18

maio

2012

3

Comentários

1964 – O título da defesa

No ano de 1964 o Boston Celtics começava a temporada sustentando o título de atual pentacampeão da liga de forma consecutiva, porém naquele ano ocorreu algo que gerou desconfiança por parte do mundo da NBA quanto ao time de Massachussetts: “Seria o Celtics capaz de ser competitivo sem Bob Cousy ?”

Cousy foi uma das caras mais importantes da equipe nos ultimos anos, porém agora o time não contava mais com o mesmo, e todos sabiam que a equipe perderia e muito sua força ofensiva sem ele. Mediante esta situação Red Auerbach disse a frase que resumiria a temporada: “Compenso isso aumentando nossa intensidade defensiva”.

Red deu mais minutos em quadra e depositou uma maior confiança em jogadores de excelente defesa como KC Jones, e Tom Sanders, que formariam com Bill Russell e Sam Jones um dos melhores quartetos defensivos da história da liga.

Auerbach ainda foi ao mercado, e trouxe ao Celtics o pivô Clyde Lovellette, que adicionou experiência e boa defesa ao banco de reservas do time Green.

Na temporada de 1964 mudanças ocorreram na liga e novos times fortes começaram a surgir, entre esses o que mais se destacava era o San Francisco Warriors que havia acabado de se mudar da Philadelphia para terras californianas.

O time tinha como grande destaque o astro Wilt Chamberlain, alem de jogadores de grande qualidade como Nate Thurmond, Wayne Hightower e Tom Meschery.

Os jogos começaram, e os dois favoritos fizeram o que foi esperado na temporada regular e nos playoffs.

Temporada 1963-64

O Boston Celtics, com uma defesa muito contundente e sólida, terminou a temporada regular com uma campanha de 59-21. Na final da conferência venceu o Cincinnati Royals de Oscar Robertson, sendo está uma série memorável de Bill Russell que teve vários jogos com mais de 30 rebotes, e de KC Jones que conseguiu limitar o jogo do Mr Triple Double, Robertson.

Já o Warriors também terminou com o primeiro lugar na conferência, porém sofreu muito mais na sua decisão contra o St Louis Hawks. Enquanto batalhava em uma desgastante série de 7 jogos, o Celtics descansava.

Foi então que as finais chegaram e os dois times apontados como favoritos no começo da temporada estavam presentes.

Final 1964 – Boston Celtics X san Francisco Warriors

No primeiro jogo da série, Frank Ramsey, que tinha uma vantagem  de altura considerável contra seu marcador conduziu o Celtics ofensivamente, dando uma aula de basquete naquela noite.

Enquanto Ramsey se destacava no ataque, Russell estava demais na defesa, reduzindo o jogo de Wilt Chamberlain e fazendo o pivo do Warriors passar sérias dificuldades, sendo esses os dois principais fatores para a vitória Green por 108-96.

No jogo 2, Wilt Chamberlain parecia intimidado com a forte defesa de Russell na primeira partida. Chamberlain e todo o time do Warriors tiveram uma atuação ruim, enquanto o Celtics, com um jogo forte de meia quadra repetia uma boa performance para abrir 2X0 na série.

Na terceira partida em San Francisco, o Warriors veio mais disposto, e teve uma bela atuação, jogando o bom basquete apresentado na temporada regular, vencendo o Celtics por 115-91 em uma partida cheia de provocação por parte do time da Califórnia.

O jogo 4 veio, e foi nele que brilhou a estrela de um jogador que estava um tanto quanto sumido na série, Tom Heinsohn.

Quando o Celtics perdia por 52 X 51, Heinsohn resolveu decidir, sendo feitas por ele a maioria das cestas do time. Graças ao bom desempenho de Tom Heinsohn, o Celtics abriu uma vantagem considerável de 11 pontos, suficiente para que na base da defesa a equipe Celta garantisse uma vitória suada. Nem os 38 rebotes de Chamberlain foram capazes de tirar o triunfo de Massachussetts…Celtics 98 X 95 Warriors.

Vencendo agora a série por 3X1 e com a mesma voltando ao Boston Garden, o título parecia algo mais que consumado.

Mas Wilt Chamberlain pensava diferente. Ele anotou 30 pontos na partida, sendo 13 no período final, e fez com que o jogo chegasse aos seus segundos derradeiros com uma liderança de apenas 2 pontos para Boston, vantagem esta que já tinha sido de 11 no começo do quarto período.

Porém o Celtics resistiu a pressão do Warriors nesses últimos instantes. Com um rebote ofensivo já com o cronometro estourando Russell garantiu a vitória e o sexto titulo consecutivo ao Celtics, o sétimo em sua história

E com mais um titulo indo para Boston, começava nos Estados Unidos o boato de que o Celtics era invencível, e que agora que o time tinha muitos titulos qual seria a motivação para continuar jogando?

Red Auerbach respondeu a esta pergunta: “Primeiro nossa motivação era apenas ganhar um título, agora é se tornar a maior equipe da história”.

Fonte: www.nba.com/history