Afiliado do Celtics, Maine Red Claws avança à final do Leste na D-League

Afiliado do Boston Celtics na Liga de Desenvolvimento da NBA (D-League), o Maine Red Claws conquistou, na noite de quarta-feira (12), um feito histórico: com a vitória em casa por 124 a 119 sobre o Fort Wayne Mad Ants, os Garras Vermelhas garantiram a presença inédita na final da Conferência Leste. A franquia de Maine, que está em sua oitava participação na D-League e disputa os playoffs pela quarta vez, teve a melhor campanha da Divisão do Atlântico na temporada regular, com 29 vitórias em 50 jogos.

Nos playoffs da D-League, o Maine Red Claws conta com o reforço de dois atletas que estão inscritos pelo Boston Celtics na temporada 2016/2017 da NBA: o armador Demetrius Jackson e o ala-pivô Jordan Mickey, que não estão tendo muito espaço no Alviverde, mas são titulares absolutos nos Crustáceos. Além disso, o ala egípcio Abdel Nader e o ala-pivô francês Guerschon Yabusele, recrutados pelo Celtics no NBA Draft 2016, estão adquirindo experiência em Maine e devem reforçar Boston na próxima edição da liga.

Agora, o Maine Red Claws disputará a final da Conferência Leste da D-League contra o Raptors 905, que é afiliado do Toronto Raptors. O primeiro duelo da série melhor de três será disputado neste domingo (16), às 18h, no Portland Expo Building, casa dos Garras Vermelhas.

Confira o desempenho dos atletas que pertencem ao Boston Celtics nos playoffs da D-League:

Demetrius Jackson: 15,7 pontos, 7,0 assistências e 3,0 rebotes em 34,4 minutos.

Abdel Nader: 22,7 pontos, 5,7 rebotes e 5,7 assistências em 40,5 minutos.

Guerschon Yabusele: 16,7 pontos, 6,7 rebotes e 2,7 assistências em 26,9 minutos.

Jordan Mickey: 25,0 pontos, 14,3 rebotes e 3,7 tocos em 37,7 minutos.

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

9 Comentários

  1. Triste ver Jackson e Young no Roster e o menino Nader passando a temporada toda lá no Miane…rs

    0

    0
  2. Sander disse:

    Para o ano que vem, só traria o Nader e Yabusele.

    0

    0
  3. Mauricio Green disse:

    O ponto aí é, pq o Mickey não traduzir esse jogo para a NBA.

    O que para mim falta p ele quando muito raramente jog no Celtics se achar na defesa, ele fica perdido e não acha as rotações ….

    Será que ele vai conseguir melhorar isso é poder ficar em quadra mais minutos ano que vem?

    Hoje temos de bigs AH, Amir, KO, Jerebko e Zeller. Contratualmente os 4 últimos não estão garantidos e precisaremos desse espaço de CAP para fechar com nossa escolha do Draft, principalmente sendo 1 ou 2, e ainda poder fechar um contrato maximo.

    Então da p pensar em AH, veterano barato ou Griffin, Mickey, Zizzic e Yabou. Tenho receio se esse novatos vão conseguir traduzir seu jogo p NBA. Acho que a Summer vai ser usada p testar isso é indicar se Mickey e Yabou vão ficar no roster ou não.

    Torço para que os 2 fiquem e já estou me preparando para ter muita paciência com eles nos 25 primeiros jogos da temporada que vem. Porque se isso acontecer devemos perder jogos em prol do desenvolvimento dos nosso bigs boys.

    0

    0
  4. drakes disse:

    Do time da D-league, James Jones também vem sendo o destaque no ano todo é considerado um dos top10 do torneio.

    0

    0
  5. drakes disse:

    Abdel Nader: ganhou melhor calouro da D-league.

    0

    0
  6. Renato disse:

    Tenho grande expectativa em ver o Yabuselle na NBA, acho ele muito diferenciado pela sua agilidade e qualidade de arremesso para um cara tão forte. Nader merece sua chance desde a summer league, mas não vejo um teto do nível do Yabuselle e Zizic

    0

    0

Deixe um comentário