Blazers 111 x 120 Celtics

Na metade do segundo período da partida contra o Portland Trail Blazers, disputada na madrugada desta sexta-feira (10), no Moda Center, pela temporada 2016/2017 da NBA, um filme muito desagradável passou pela cabeça de boa parte dos torcedores do Boston Celtics. Derrotado parcialmente por 17 pontos pela franquia de Oregon, o Alviverde estava encaminhando o segundo tropeço seguido como visitante na Conferência Oeste, depois de perder para um desfalcado Sacramento Kings, e deu a impressão, pela apatia em quadra, de que a terrível sequência de três jogos sem vitórias em janeiro poderia se repetir ainda nesta semana. Entretanto, para alívio e delírio dos celtas, a franquia de Boston mostrou um incrível poder de reação no segundo tempo, conseguiu a virada e derrotou o Blazers por 120 a 111. Foi a oitava vitória do Celtics em seus últimos nove compromissos nesta edição da liga.

Com bom aproveitamento de três pontos, liderado pelo ala-armador CJ McCollum e aproveitando os desfalques de Avery Bradley e Jae Crowder pelo lado do Boston Celtics, o Portland Trail Blazers não teve dificuldades no primeiro tempo: depois de abrir 10 pontos de vantagem no primeiro quarto, os donos da casa ampliaram a liderança sem sustos no início do período seguinte. Acuado, o Celtics precisava de uma resposta rápida, e ela veio nas mãos de Isaiah Thomas, que fez 10 pontos em pouco mais de dois minutos e cortou o prejuízo celta para apenas seis pontos.

Animado pela reação no segundo quarto, o Boston Celtics voltou do intervalo com a mesma pegada e assumiu temporariamente a liderança no placar, mas o Portland Trail Blazers, com Al-Farouq Aminu em noite inspirada, não permitiram que o time verde e branco disparasse na frente. No último lance do terceiro período, o calouro Jaylen Brown colocou o Celtics com uma vantagem mínima, graças a um arremesso de longa distância.

Já no último quarto, o Portland Trail Blazers tentou, a todo custo, manter um ótimo aproveitamento nos arremessos, e até conseguiu, só que esse bom momento não foi capaz de superar o forte ritmo do Boston Celtics. Com Isaiah Thomas justificando a fama de “Rei do Último Quarto” e anotando 15 pontos, além de uma atuação impecável de Marcus Smart nos dois lados da quadra, o Alviverde fez inacreditáveis 43 pontos em 12 minutos e confirmou uma de suas vitórias mais expressivas nesta temporada.

Comandante da reação no segundo período e com mais um show no último quarto, o armador Isaiah Thomas foi o cestinha do Boston Celtics em Portland, com 34 pontos, e ainda contribuiu com quatro assistências. Titular no lugar de Jae Crowder, liberado para resolver problemas familiares, o armador Marcus Smart fez uma de suas melhores partidas com a camisa verde e branca: foram 18 pontos, seis rebotes, cinco assistências, cinco roubadas de bola e nenhum desperdício em 37 minutos. O ala calouro Jaylen Brown, que voltou a atuar em sua posição original, também fez uma boa atuação, com 14 pontos e sete rebotes. Além disso, outros quatro atletas do Celtics deixaram o jogo com mais de 10 pontos: o ala-pivô Kelly Olynyk (13), o pivô Al Horford (12), o armador Terry Rozier e o ala-armador Gerald Green (11 cada).

Pelo lado do Portland Trail Blazers, como já era esperado, a dupla de perímetro formada por Damian Lillard e CJ McCollum comandou as ações ofensivas. Enquanto Lillard fez 28 pontos e flertou com um triplo-duplo, ao distribuir sete assistências e pegar seis rebotes, McCollum contribuiu com 20 pontos. Entre os reservas, destaque para o ala nigeriano Al-Farouq Aminu, que fez 26 pontos e pegou cinco rebotes.

Com a vitória no Moda Center, o Boston Celtics continua em situação confortável na vice-liderança da Conferência Leste. No momento, o Alviverde tem 34 triunfos em 53 jogos, aproveitamento de 64,2% e está a 2.5 jogos de distância do líder Cleveland Cavaliers. Já o Portland Trail Blazers, com apenas 23 vitórias em 54 partidas e 42,6% de aproveitamento, desperdiçou a chance de voltar ao G8 da Conferência Oeste e permanece na nona posição.

O Boston Celtics volta a jogar pela temporada 2016/2017 da NBA na madrugada de sábado (11) para domingo (12), às 1h (horário de Brasília), quando encara o Utah Jazz na Vivint Smart Home Arena, em Salt Lake City, com transmissão do SporTV para todo o Brasil. O Portland Trail Blazers terá um descanso maior e só entra em quadra novamente nesta segunda-feira (13), contra o Atlanta Hawks, no Moda Center.

Destaques da Partida

Portland Trail Blazers

Damian Lillard: 28 pontos, sete assistências e seis rebotes
Al-Farouq Aminu: 26 pontos e cinco rebotes
CJ McCollum: 20 pontos, quatro rebotes e quatro assistências

Boston Celtics

Isaiah Thomas: 34 pontos e quatro assistências
Marcus Smart: 18 pontos, seis rebotes, cinco assistências e cinco roubadas de bola
Jaylen Brown: 14 pontos e sete rebotes

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

3 Comentários

  1. Sander disse:

    Jaylen Brown evoluindo a cada jogo!!!

    0

    0
  2. Celso Cachali Jr disse:

    Ele precisa de confiança a partir do momento que tiver confiante será uma bela aquisição para nós… Torço muito para que ele seja este jogador que esperamos…

    0

    0

Deixe um comentário