Boston Celtics e Abdel Nader tentam resolver impasse

Durante a noite do último Draft, foi relatado que o ala Abdel Nader (a 58ª escolha) havia concordado em ir diretamente para a D-League para desenvolver seu jogo nesta primeira temporada como profissional. Uma notícia já esperada e bastante compreensível. Mas, logo em seguida, Nader surpreendeu a todos na Summer League – ele foi o segundo melhor marcador de Boston (em termos total de pontos) em Las Vegas e no geral, foi sem dúvida o terceiro melhor jogador do Celtics atrás de Terry Rozier e Jaylen Brown.

Agora, parece que Nader e seus agentes estão repensando o que parecia já estar acordado com a direção celta. Em entrevista ao jornalista americano Adam Himmelsbach (Boston Globe), o agente de Nader, Cervando Tejada, disse o seguinte:

Ele já é um jogador de nível NBA, está pronto para isso. Agora, temos de decidir qual será o próximo passo. Boston deu à Nader uma oportunidade através do Draft, e foi uma grande chance para ele. Deram-lhe uma chance e não há o que reclamar quanto ao tratamento que deram ao atleta. Não é que Abdel é avesso a ir para a D-League. É apenas uma situação difícil, porque ele teve um ótimo verão com a equipe.

Mas por que o Celtics deveria se preocupar com tudo isso?

Bem, para reter os direitos de um jogador de segunda rodada, as equipes devem, até 10 de setembro, estender um acordo exigido, que é normalmente de um ano, oferta não garantida, pelo salário mínimo de calouros (cerca de U$550.000). No entanto, muitas equipes têm contratos de “boa-fé” com escolhas de segunda rodada, acreditando que o jogador não vai aceitar a proposta, porque se for aceito, ele pode forçar a barra em fazer parte do elenco da equipe. Isso é um problema com equipes que possuem outros planos para o jogador, como a liga de desenvolvimento por exemplo, justamente o caso de Celtics e Nader.

Então hoje, existem basicamente três possibilidades na mesa:

1) O Celtics poderia optar por não oferecer à Nader um contrato, permitindo que o jogador se torne um free agent.

2) Ele poderia aceitar o acordo em ir para a D-League, como previsto inicialmente.

3) Nader poderia aceitar o acordo de um ano e ir para o training camp.

Se ele optar pela opção 3, as coisas começariam a ficar feias. O Celtics já tem 18 jogadores sob contrato para a temporada 2016-17. Se Nader for para o training camp e não fizer parte da lista de 15 jogadores que vão fazer parte do elenco final (um cenário muito provável), ele vai se tornar um agente livre. Ele ainda assim poderia ser atribuído ao Maine Red Claws (equipe afiliada ao Celtics na D-League), mas outras equipes da NBA teriam a opção de contratá-lo.

Boston só pode manter os draft rights (direitos do Draft) de Nader se ele rejeitar o acordo de um ano ou se conseguir uma das 15 vagas no elenco final para a temporada.

Sob o ponto de vista de Nader, obviamente seu maior interesse seria em aceitar o acordo e fazer parte do elenco profissional do Boston Celtics, enquanto o cenário menos favorável para ele seria atuar por um ano na D-League. No entanto, é bastante claro que o Celtics não teria selecionado Nader sem a sua promessa de atuar um ano na liga de desenvolvimento. Boston já estava bem consciente do seu problema com vagas no elenco e a abundância de escolhas do Draft, e teria simplesmente selecionado o próximo jogador em sua lista que estivesse disposto a aceitar estes termos.

 

Bruno Penna
Bruno Penna
Nascido e criado no Rio de Janeiro, é formado em Administração e apaixonado por esportes. Começou a se interessar por basquete em 2005 ao assistir um monstro chamado Kevin Garnett em quadra. Se apaixonou pela história do Boston Celtics e desde então dividiu o fanatismo que antes era ocupado só com o Botafogo.

6 Comentários

  1. Situação complicada.
    Na Summer, só o Rozier foi melhor que o Nader.
    Nem o Jaylen Brown jogou melhor que ele…daí foram lá e deram contrato garantido pro Bentil e Jackson que foram NOJENTOS na Summer.

    Jackson até entendo, pois é um cara que é considerado Still e traz pro time uma característica que falta no elenco, mas o contrato do Bentil, foi totalmente desnecessário ao meu ver.

    Então dou razão ao Nader em bater o pé e buscar o que é melhor pra ele

    0

    0
  2. Sander disse:

    Quebrar um acordo é grave. O cara foi selecionado no final da segunda rodada, tinha um acordo com a franquia e quebra?
    Não sou a favor de atrapalhar um planejamento por um “nada”.

    Tchau filho!

    0

    0
  3. Sander disse:

    Esqueci que deram um um contrato para o Bentil.
    Kkkkkkkkkkkkkkkkk

    0

    0
  4. Roberto Donadone disse:

    Não tem como o Celtics dispensar o Young? Nader vai render muito mais que ele, Bentil, Jackson e até o Hunter.

    0

    0
  5. Jota Boy disse:

    Não entendo admitir esse Bentil que é horrível, e dispensar o Nader… Outra coisa, deveríamos ir pra cima do Dario Saric, que jogador meus amigos! Cairia como uma luva no sistema Stevens, e não vai ter tanto espaço no sixers com Simmons e Okafor la.

    0

    0

Deixe um comentário