Boston Celtics perde dois jogos na Summer League de Las Vegas

Depois de uma campanha arrasadora na NBA Summer League de Utah, onde derrotou Philadelphia 76ers, Utah Jazz e San Antonio Spurs, o Boston Celtics iniciou, no último sábado (9), a sua participação na Summer League de Las Vegas. O desempenho em Salt Lake City e o elenco cheio de jovens talentos encheram os torcedores celtas de esperança para a competição em Nevada, mas o Alviverde não correspondeu às expectativas e perdeu os dois primeiros jogos que disputou: em sua estreia, o Celtics foi derrotado por 71 a 62 pelo Chicago Bulls, enquanto o Phoenix Suns foi o algoz celta no domingo (10), vencendo por 87 a 74.

O último jogo do Boston Celtics na primeira fase da Summer League de Las Vegas será nesta terça-feira (12), às 19h (horário de Brasília), no Cox Pavilion, contra o Dallas Mavericks, que estreou com vitória sobre o Miami Heat, mas foi derrotado pelo Toronto Raptors na última rodada. Já nesta quarta-feira (13), oito jogos abrem a fase decisiva da Summer League.

Boston Celtics 62 x 71 Chicago Bulls

Na estreia da Summer League de Las Vegas, Boston Celtics e Chicago Bulls chamaram a atenção pelo fraco aproveitamento nos arremessos: no intervalo, cada equipe tinha anotado 38 pontos. Nos períodos decisivos da partida, o Celtics não conseguiu corrigir os erros e sofreu com boas jogadas do Bulls, que fez uma atuação sólida no último quarto e venceu o confronto por 71 a 62.

Melhor jogador do Boston Celtics na Summer League de Utah, o armador Terry Rozier foi o cestinha celta diante do Bulls, com 13 pontos. O ala Abdel Nader, que começou o jogo no banco de reservas, foi muito bem e anotou 12 pontos, enquanto o ala-pivô Guerschon Yabusele ficou perto de um duplo-duplo, com 10 pontos e sete rebotes.

O destaque do Chicago Bulls foi o ala-pivô Bobby Portis, que registrou um duplo-duplo, com 17 pontos e 13 rebotes. O principal auxiliar de Portis foi o armador Jerian Grant, que fez 14 pontos e pegou três rebotes. Entre os reservas, destaque para o ala-pivô Jack Cooley, que fez 11 pontos.

Boston Celtics 74 x 87 Phoenix Suns

Sem Terry Rozier e James Young, mas com Demetrius Jackson na armação e o retorno de R. J. Hunter, o Boston Celtics teve uma ligeira melhora nos arremessos e incomodou o Phoenix Suns em alguns momentos do jogo. Porém, o Alviverde não conseguiu frear a artilharia da franquia do Arizona e sofreu a sua segunda derrota em Las Vegas, desta vez por 87 a 74.

Improvisado como pivô, Jordan Mickey foi o melhor atleta do Boston Celtics contra o Phoenix Suns, com 18 pontos e seis rebotes, três deles na quadra de ataque. Recuperado de lesão, R. J. Hunter também foi bem e anotou 17 pontos. O ala egípcio Abdel Nader foi o cestinha entre os reservas, com 13 pontos.

Já o Phoenix Suns, que rodou menos o time e utilizou os titulares por mais tempo, contou com uma grande atuação do ala-armador Devin Booker, que fez 24 pontos e distribuiu sete assistências. Dois titulares de Phoenix anotaram duplos-duplos: Marquese Chriss (15 pontos e 14 rebotes) e Alan Williams (15 pontos e 12 rebotes).

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda

Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando “Let’s go, Celtics!”, e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

8 Comentários

  1. Danilo Jeolas disse:

    No geral até aqui, o Celtics vem fazendo bons jogos e obviamente segundanistas e terceiranistas levam vantagem.

    Preocupa um pouco o arsenal ofensivo do Brown, mais cru do que eu imaginava. Mas a realidade é que Adam Morrison, Pat Carroll e Kelly Olynyk foram reis em Summer League, qualquer avaliação mais contundente tem alto risco de revelar-se precipitada.

    0

    0
  2. Pablo disse:

    E aí… vcs já estão sabendo dos rumores sobre uma possível troca envolvendo 03 times… com o LAC mandando o Blake G. e o Celtics enviando Jae C. e algumas picks? Não li sobre a a outra equipe envolvida, mas já se falou no Kings… Ficaria, na minha opinião, o melhor garrafão da Liga.

    0

    0
  3. drakes disse:

    Do pouco que vi, o Celtics precisa de uma troca rápido pelo menos para ganhar um ala, só dar uma olhada no elenco.

    Primeira Unidade

    PG: Isaiah Thomas
    SG: Avery Bradley
    SF: Jae Crowder
    PF: Amir Johnson
    C: Al Horford

    Segunda unidade

    PG: Terry Rozier
    SG: Marcus Smart
    PF: Jonas Jerebko
    C: Kelly Olynyk

    Terceira unidade = Maine = garbage time.
    SF: Jaylen Brown
    SG: RJ Hunter
    SF: James Young
    C: Jordan Mickey
    PG: Demetrius Jackson
    PF: Ben Bentil

    Só vejo o Rozier como passível de ganhar muitos minutos na rotação. Em um campeonato longo como é a NBA, ter uma rotação curta gera problemas, como tivemos na reta final da temporada.

    Apesar de pouco usual, o ideal seria Demetrius Jackson e Ben Bentil ficarem em Maine sem assinar com Celtics, via stash. Abdel Nader já aceitou.

    0

    0
    • Wesley Lacerda disse:

      Creio que Brown e Mickey entrem na rotação principal, Eles já foram testados pra isso. Jerebko é um SF na verdade, Hunter e Jackson devem ganhar bons minutos.
      O problema na verdade é que não temos um C de ofício (todos os caras do garrafão são PF improvisados).
      Profundidade o elenco até tem, a summer mostrou isso, mas a questão é o quão profundo esses jovens podem ir.
      Creio que o time principal seja:IT, Bradley, Jae, Amir e Horford com uns 27 minutos de média e uma rotação bem alta entre eles.

      0

      0
  4. Francisco Machado disse:

    Será que rolaria:
    IT – Bradley – Pierce – Griffin – Horford

    0

    0
  5. […] Derrotado por Chicago Bulls e Phoenix Suns nas primeiras rodadas da NBA Summer League de Las Vegas, o Boston Celtics encerrou a série negativa e conquistou, na noite desta terça-feira (12), a sua primeira vitória na competição. Em partida disputada no Cox Pavilion, o maior campeão da história da liga melhorou a sua produção ofensiva, criticada nos primeiros duelos, e derrotou o Dallas Mavericks por 88 a 82. […]

    0

    0

Deixe um comentário