Boston Celtics renova parceria com o Maine Red Claws

Afiliado do Boston Celtics na Liga de Desenvolvimento da NBA (D-League), o Maine Red Claws confirmou, na última segunda-feira (31), através de sua conta no Twitter, a renovação da parceria com o maior campeão da história da liga. O acordo entre as duas equipes, que começou em 2012, quando o Celtics assumiu o controle de operações de forma exclusiva, foi prorrogado até a temporada 2017/2018.

A renovação do vínculo com os Red Claws foi comemorada por Danny Ainge, General Manager do Boston Celtics. Além de elogiar a estrutura e a torcida de Maine, Ainge destacou os benefícios que a parceria trouxe para as duas franquias e espera que, nas próximas três temporadas, Celtics e Red Claws caminhem juntos em busca de bons resultados, tanto na NBA quanto na D-League.

“Nós não poderíamos estar mais animados para continuar nosso relacionamento com o presidente Bill Ryan e os Red Claws. Maine tem muitos fãs do Celtics e nós ouvimos o tempo todo, dos jogadores da NBA e da própria D-League, que o ambiente na Portland Expo (quadra dos Red Claws) é o melhor da liga. Simplesmente não há lugar melhor do que Maine para os nossos jovens jogadores ganharem uma valiosa experiência contra concorrentes de nível superior, esperamos que vários deles aproveitem essa oportunidade nos próximos anos”, afirmou o dirigente celta.

O Maine Red Claws, é claro, também destacou a importância do trabalho conjunto com o Boston Celtics. O presidente Bill Ryan acredita que, com o suporte da franquia de Massachusetts, a equipe de Maine poderá brigar pelo título da Liga de Desenvolvimento.

“Estamos entusiasmados em ampliar o nosso relacionamento com o Celtics. Uma vez que eles tomaram o controle das nossas operações de basquete, chegamos aos playoffs em duas oportunidades. Nós criamos uma grande parceria e esperamos continuar com o Celtics no futuro”, disse Ryan.

Depois de romper o vínculo com o hoje extinto Utah Flash, em uma parceria pouco frutífera e muito distante, o Boston Celtics entrou em acordo com o Maine Red Claws em 2012. Além de observar atletas que estão lutando por uma oportunidade na NBA, o Alviverde utiliza a estrutura de Maine para enviar jovens talentos que não estão sendo utilizados na temporada regular e que podem ganhar experiência na Liga de Desenvolvimento. O maior exemplo disso é Avery Bradley, hoje titular absoluto do Celtics, mas nomes como James Young, MarShon Brooks, J. R. Giddens, Chris Babb e os brasileiros Fab Melo e Vitor Faverani também já vestiram a camisa vermelha dos Red Claws.

Para o Maine Red Claws, a parceria com o Boston Celtics é importante para o desenvolvimento da franquia na D-League. Saco de pancadas da competição nas primeiras três temporadas, a equipe de Maine começou a se destacar com o auxílio do Alviverde, indo aos playoffs duas vezes nos três anos seguintes. Em 2014/2015, o Maine Red Claws caiu no primeiro round, mas fez uma campanha histórica na temporada regular, com 35 vitórias em 50 jogos e 70% de aproveitamento.

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

Deixe um comentário