Celtics 100 x 108 Bucks

Aguardada com muita expectativa pelo torcedor, a temporada 2017/2018 não começou do jeito que o Boston Celtics esperava. Depois de estrear com derrota para o Cleveland Cavaliers e perder o ala Gordon Hayward, que sofreu uma grave lesão no tornozelo esquerdo, o time verde e branco de Massachusetts enfrentou o Milwaukee Bucks na noite de quarta-feira (18), no TD Garden, mas nem o apoio da fanática torcida de Boston salvou a equipe celta de mais um tropeço: com uma atuação abaixo da média, o Celtics não teve forças para superar a jovem equipe do Bucks, que venceu por 108 a 100.

Assim como na partida contra o Cleveland Cavaliers, o ala Jaylen Brown chamou a responsabilidade e liderou a pontuação do Boston Celtics. Em 28 minutos, Brown contribuiu com 18 pontos, cinco rebotes e três assistências. Principal contratação celta para a temporada, o armador Kyrie Irving fez 17 pontos, mas não teve uma noite inspirada e acertou apenas sete dos 25 arremessos que tentou. Entre os reservas, destaque para o armador Terry Rozier, que ficou perto de um triplo-duplo: 15 pontos, sete rebotes e seis assistências.

Premiado como atleta de maior evolução na temporada 2016/2017, o ala Giannis Antetokounmpo foi o protagonista da vitória do Milwaukee Bucks no TD Garden. Com muita força e habilidade, o grego foi o cestinha da partida, com 37 pontos, 16 deles no último quarto. Além disso, Antetokounmpo pegou 13 rebotes e registrou um duplo-duplo em seu primeiro jogo na temporada. Calouro do ano na última edição da liga, o armador Malcolm Brogdon contribuiu com 19 pontos, enquanto o armador Matthew Dellavedova e o ala Khris Middleton anotaram 15 pontos cada.

Com duas derrotas em seu primeiro back-to-back na temporada 2017/2018 da NBA, o Boston Celtics ocupa a última colocação da Conferência Leste. O Milwaukee Bucks, por sua vez, lidera a Conferência ao lado de outros seis times que venceram em suas estreias na competição: Detroit Pistons, Orlando Magic, Indiana Pacers, Cleveland Cavaliers, Washington Wizards e Atlanta Hawks.

Boston Celtics e Milwaukee Bucks voltam a jogar na noite desta sexta-feira (20), às 21h (horário de Brasília). Enquanto o Alviverde de Massachusetts encara o Philadelphia 76ers no Wells Fargo Center, a equipe de Wisconsin recebe o Cleveland Cavaliers no BMO Harris Bradley Center.

Destaques do Celtics

Jaylen Brown (18 pontos e cinco rebotes)

Kyrie Irving (17 pontos e quatro rebotes)

Terry Rozier (15 pontos, sete rebotes e seis assistências)

Al Horford (13 pontos e seis rebotes)

Destaques do Bucks

Giannis Antetokounmpo (37 pontos e 13 rebotes / duplo-duplo)

Malcolm Brogdon (19 pontos e quatro assistências)

Khris Middleton (15 pontos, nove rebotes e seis assistências)

Matthew Dellavedova (15 pontos, um rebote e uma assistência)

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda

Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando “Let’s go, Celtics!”, e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

8 Comentários

  1. Beto Castro disse:

    Vindo de um baço to back, com todos os traumas (na motivação e no entrosamento) e contra um bom time, nao acho que foi uma atuação abaixo da média

    Nosso time, com dois moleques jogando o jogo todo, encarou e perdeu. Cometeu erros claros e normais nessa altura do processo, mas tem tudo pra melhorar (fts por exemplo)

    Sem Gordon, talvez não sejamos mais uma ameaça tão clara ao Cavs, mas acho que dá pra brigar no mesmo nível do ano passado (e ainda desenvolver os moleques )

    1

    0
  2. Raphael Machado disse:

    Kyrie 7/25 arremessos e o Greek 37 min de quadra e 37 pontos resumem um pouco o que foi o jogo.
    Smart tentando resolver sozinho, Kyrie jogando muito off ball. Claramente ainda falta uma liderança e entrosamento pro time. Parece que vamos sofrer um pouquinho nesse início de temporada, mas ainda faltam 80 jogos e as coisas tendem a melhorar.
    Também não entendi o back to back. Boston viaja pra Cleveland e jogam em casa no dia seguinte; Cavs jogam em casa e o segundo jogo é hoje. Achei que o Adam Silver quisesse começar a temporada mais cedo pra evitar esse tipo de situação, mas enfim, coisas da NBA.

    1

    0
    • Beto Castro disse:

      Eu acho que o Kyrie não levando a bola o tempo todo é uma opção do Brad, foi a impressão que tive. Vamos aguardar

      1

      0
      • Raphael disse:

        Sim, Beto. Foi mais uma observação do que uma reclamação da minha parte.
        Fazer o back court o tempo todo é cansativo, não tenho nada contra outros jogadores carregarem a bola, mas tem que carregar e fazer a bola rodar, o que não aconteceu ontem no último quarto.

        1

        0
  3. Barros disse:

    Acredito numa melhora e entrosamento la pra dezembro, começa a melhora do time. Mas precisamos de alguém pro elenco na ausência do Hayward, buscar algum scorer na China, na europa, qualquer coisa.

    0

    0
  4. Lucas Oliveira disse:

    Uma coisa que temos que ter em mente é que além do time quase inteiramente novo, a pré temporada foi por água abaixo com a contusão, colocando o time em uma situação de ter de se adaptar durante o jogo.
    Essa falta de entrosamento pesou muito nesta partida, em especial com Kyrie e Smart que não aprenderam a coexistir em quadra.
    Falei sobre isso no post anterior e o Marcus ressaltou ainda mais da importância do Morris entrar logo neste time, pois precisamos de um 4 mais pesado contra times como o Bucks.
    Dito isso estou muito feliz com o nosso banco! Mesmo o Semi teve oportunidade e fez uma boa partida. Baynes é um achado. Theis (que merece mais tempo) e Nader entraram como se fossem veteranos… Que mudança em relação ao ano passado…

    1

    0
  5. Raphael disse:

    A propósito:
    Bem legal ter o scoreboard por aqui, será de grande valia. Parabéns ao Gustavo e todos os envolvidos.

    2

    0
  6. digor33 disse:

    Também estou sentindo que o Smart quer resolver tudo, está muito afobado.

    Nem parece o veterano do time!!!!

    0

    0

Deixe um comentário