Celtics 104 x 107 Lakers

O cenário era de festa: TD Garden lotado e barulhento, como há tempos não se via; a volta de Rajon Rondo, após quase um ano fora devido à lesão sofrida em seu joelho; a nomeação do camisa 9 como décimo quinto capitão celta na história da franquia; e, claro, jogo contra o eterno rival, Los Angeles Lakers.

Melhores história e motivação para uma vitória, impossível. E ela esteve bem próxima, com a boa atuação do time em quase todos os 48 minutos da partida. Por coincidência ou destino, na volta do jogador que liderou a NBA em assistências, nas duas últimas temporadas, o Boston Celtics quebrou o seu recorde, na temporada, para passes que resultaram em cestas: foram 34 assistências ao longo da partida. Destaque para o calouro Phil Pressey, que realizou sua segunda boa partida consecutiva, ao distribuir 9 passes e conseguir 6 pontos, em pouco mais de 22 minutos em quadra.

Contudo, vamos falar do retorno do novo capitão celta. Rajon Rondo atuou por menos de 20 minutos. A falta de ritmo de jogo era visível, mas boas coisas foram vistas. A principal é que Rondo não mostrou ter medo de atacar a cesta, buscando infiltrações e não temendo choques com os pivôs adversários. O maior adversário, o lado psicológico, foi superado com louvor ! Ademais, Rondo teve uma boa estreia, ao conseguir 8 pontos (todos no segundo quarto), além de distribuir 4 assistências, no período em que atuou.

Entretanto, outro armador também estava em uma noite iluminada: Kendall Marshall. O secundanista, que até pouco tempo jogava na D-League (liga de desenvolvimento da NBA) roubou a noite para si, ao recolocar o Lakers no jogo, com cestas e passes decisivos ao longo do jogo. O atleta, draftado pelo Phoenix Suns, em 2012, terminou a noite com 19 pontos e 14 assistências, assegurando seu quarto double-double na temporada. O espanhol Pau Gasol, que era dúvida para a partida, também contribuiu bastante, com sua experiência e jogo no garrafão, convertendo importantes bolas no último quarto.

Os olhos dos fãs celtas estavam voltados, com justiça, ao retorno do camisa 9, mas o calouro canadense Kelly Olynyk também merece menção. A 13ª escolha do Draft de 2013 impressionou a todos, ao ter sua melhor atuação, na temporada, justo no jogo contra o arquirrival de Boston. Olynyk terminou o jogo com ótimos 25 pontos (career-high), com FG de 11/17, fora as 7 assistências, 5 rebotes e 2 roubadas em bola. A lamentar que, na quadra defensiva, o calouro compremeteu ao deixar Pau Gasol converter inúmeras cestas no garrafão.

Outro ponto a ser trabalhado pelo treinador Brad Stevens, é a marcação no perímetro. Isso porque a franquia californiana converteu inaceitáveis 12 bolas de 3 ao longo da noite, com um aproveitamento imperdoável de 60%. O Celtics, por sua vez, converteu 7 em 23 tentadas, com aproveitamento de 30,4%.

A derrota incomoda, ainda mais, porque o Celtics chegou a liderar por 102×94, a 4:12 minutos do fim. Todavia, o adversário converteu cestas de três em sequência, ultrapassando a franquia de Boston, com o placar de 104×105, a 69 segundos do final. Nos segundos finais, após Bradley ter errado um arremesso, o Celtics conseguiu forçar uma bola presa entre Gerald Wallace e Wesley Johnson. Após a indecisão da arbitragem, a bola ficou com o Lakers, que converteu 2 FT’s com Ryan Kelly. 104×107. Rajon Rondo ainda tentou forçar uma prorrogação, mas sua bola de 3 não caiu, dando a vitória ao segundo maior campeão da NBA.

Destaques da Partida:

Boston Celtics:

– Rajon Rondo: 8 pontos, 4 assistências e 2 rebotes;
– Kelly Olynyk: 25 pontos (11-17 FG), 5 rebotes, 7 assistências, 2 roubadas de bola e 1 toco;
– Jeff Green: 12 pontos e 9 rebotes;
– Gerald Wallace: 14 pontos, 4 rebotes, 5 assistências e 2 tocos.

Los Angeles Lakers:

– Kendall Marshall: 19 pontos (7-11 FG) e 14 assistências;
– Pau Gasol: 24 pontos, 13 rebotes e 6 assistências;
– Ryan Kelly: 20 pontos e 4 rebotes;
– Wesley Johnson: 11 pontos e 11 rebotes.

Rômulo Portugal
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

42 Comentários

  1. Walisson disse:

    Perder pra esse Lakers todo desfalcado foi foda…

    0

    0
  2. Jean disse:

    Gostei do jogo e do retorno do Rondo, aos poucos ele vai se sentir mais a vontade e render ainda mais pro time, e esse Phil Pressey ta me impressionando. No meu ver os arremessos de 3pts definiram o jogo no final do terceiro pro último quarto, o Lakers não foi superior…

    0

    0
  3. Fernando C S disse:

    FALTOU atenção no perímetro

    0

    0
    • Vagner Melo disse:

      Muito fácil dizer isso, mas se focassem a defesa no perímetro o Gasol tinha deitado ainda mais no garrafão.

      0

      0
      • Fernando C S disse:

        O Kelly Cabeleira o marcou por bons.minutos, o que explica o desempenho do Gasol. Dado o equilíbrio do jogo e do placar, um fator positivo como a marcação do perímetro e consequentemente menor eficiência do Lakers na bola de 3, creio que seria suficiente para modificar o resultado.

        0

        0
  4. Júnior LaLotto disse:

    Nosso time é um lixo, perder para o lakers nesta fase e todo desfalcado…smh

    0

    0
  5. Beto Castro disse:

    Sei que não é o objetivo, mas com o Rondo saudável esse time pega playoff.

    Faltou atenção na defesa de perímetro ontem, mas eu vi evolução no time, evolução em caras como Pressey, Olynik e Bradley. Acho que foi a volta do Rondo…

    0

    0
  6. rafael taborda disse:

    Foi incrível ver Rondo atuar novamente… e os Layups? E mesmo a juizada metendo a mão… Gostei da Atitute do Rondo em querer ganhar o jogo… não passar a bola! fazer um good shot selection! Não demos sorte… mas gostei do Rondo Olynik e Wallace…!

    0

    0
    • rafael taborda disse:

      Gostei do Pressey também… dando umas assistências lindas. e uma marcação de transição parecida com a de Bradley este por sinal foi muito mal ontem!

      Muita gente vai meter a boca no Celtics… mas eu só tenho uma coisa a reclamar: Green… se continuar assim vai ter seus minutos reduzidos eu acho…!

      0

      0
  7. prometheu disse:

    na moral…. perdemos, fiquei puto, beleza….. mas o time do lactars foi pro tudo ou nada na linha de 3 … e nunca mais eles faram 12 cestas de 3 em um jogo ( os caras pareciam a seleção da Costa Rica… com jogo se resumindo a tiros de longa distancia) nossa equipe pelo menos demostrou jogadas de infiltração, boa movimentação no garrafão e etc… vamos ver se o Rondo faz o Green pegar no tranco…. Green e Bradley tem que fazer pelo menos 20 pontos por jogo, se não… não da canja….

    0

    0
    • Fernando C S disse:

      Concordo com tudo. No início da season eu achava que o G-Wall faria esta parceria com o Green, que combinados chegariam a 30, 35 ppg. Enfim, hoje esperamos do AB. Mas acho complicado.

      0

      0
  8. Eduardo Junior disse:

    Olha foi muito doido ver o jogo como acabou, o C’s abrindo 10, 12 pontos e eles iam la e faziam malditas cestas espiritas de 3 pontos, nós abríamos a vantagem e eles conseguiram se matam no jogo, faz oque? acontece , agora é focar nos pontos positivos, Rondo fazendo jogadas que só ele sabe fazer, G-wall marcando e atacando a cesta, dando tocos, Phil jogou mt, com boas assistências, consistência na marcação, o Cabelera jogou mt mesmo, mas faltou mas do Sully , Do Kardashian e do Green, Bradley, não vamos crucificar só o Green não pessoal..

    0

    0
  9. Eduardo Junior disse:

    Nós aqui criticamos muito o G-wall pela forma com que vem jogando, mas no jogo de ontem eu entendi a visão do DA sobre ele, todos nós consideramos ele um peso extra no time, mas eu aposto minhas fichas ( podem me chamar de louco) que quando na próxima temporada, com Rondo, Sully, Bradley, Olynyk, Green, + Draft + Allstar (Deus queira C.A) e mais 1 ou 2 bons jogadores pro nosso banco, ele será um baita jogador como ja foi, será a espinha da nossa defesa..

    0

    0
  10. RICARDO RJ disse:

    Poxa, Eduardo você tá de brincadeira falar em GREEN na próxima temporada é sacanagem o cara faz 12 pontos num time todo desmontado como os amarelos e você diz que ele é jogador pra próxima temporada é jogador para o time dos mortos pq esse cara já foi pro além a muito tempo.

    Morto vivo GREEN fora você é a eterna promessa, o cara tá vivendo daquela bola contra o Miami até hoje.

    Espero muito a seguinte noticia: Jeff Green foi trocado o time da puta que pariu, esse cara me irrita muito joga na posição 3 e faz 12 pontos, o garoto Kelly Olynyk fez 25 e o R.R depois de 11 meses fez 8 pontos.

    Mas beleza tem gente que gosta dele né fazer o que?

    0

    0
  11. Oberdan Gonzalez disse:

    …Olynyk e MARCAÇÃO nunca foram apresentados…

    0

    0
  12. PHABIO PASSOS disse:

    detalhe do jogo omtem: TRES ATAQUE ERRADOS NO CELTICS E TRES CESTA DE 3 DOS LARKERS,esse foi diferença do jogo..estamos com 8 pontos, os caras me arruma tres bolas 3,isso nos matou..

    0

    0
  13. Renato disse:

    Rapaziada,

    Os jogadores tem vontade de vencer, mas o time é escalado para “tank”.

    Nosso melhor jogador defensivo é o Bass, o cara ficou em quadra o que 15 minutos?

    Em contrapartida Olynyk é uma aguá na defesa e joga 25 minutos…

    Pressey até jogou bem, mas na defesa é um anão, aí a gente se surpreende com tantas bolas de 3 pontos.

    Infelizmente esse será nosso caminho até o fim da temporada, espero que essa estratégia nos traga um futuro All Star, mas é duro perder um jogo para um time tão ruim.

    0

    0
  14. Doc Rivers disse:

    Meu celtão só leva piaba do Lakers ultimamente , ta foda viu tamo virando fregues já pow , time vagabundo !!

    0

    0
  15. Fernando C S disse:

    Contra o Magic… Vitória

    0

    0
  16. Renato disse:

    No site da ESPN, fiz uma simulação de Trade com Sixers, o que acham:

    Green + Bass + Bradley por Hawes + Turner + First Pick 2014

    O que me deixa dúvidas é se o Sixers aceitaria incluir sua First pick, porque de resto acho que o negócio era bom para as duas equipes.

    O Sixers teria uma base sólida com Carter Willians, Bradley, Green, Bass e Young, , e ainda teria muito CAP para trazer 2 ou 3 bons jogadores.

    Nós ganharíamos espaço CAP e estaríamos fortalecendo o Sixers para pegar Playoff 2015 o que nos garantia outra First Pick, além do que Turner e Hawes são bons atletas para compor o elenco.

    Nosso time ainda seria razoável com Rondo – Bayless – turner – Sullinger – Hawes

    Teríamos muito espaço CAP para trazer o Hayward + 1 All Star + 3 first pick 2014,sendo 2 escolhas TOP 10

    0

    0
  17. PHABIO PASSOS disse:

    nossa time ta uma draga total, perdendo pra orlando so venceu 10 jogos, tomamos 35 ponto so segundo quarto, acho que ta havendo certo preconceito contra vitor, esta perdendo reboute direto,pelo menos vitor briga, esse preesey e ruim e pessima, tem que sair logo do celtics…

    0

    0
  18. Fernando C S disse:

    O segundo quarto foi muito ruim.

    0

    0
  19. Fernando C S disse:

    O Vitor perdeu totalmente o seu espaço no roster, ao meu ver por.conta do Humphries

    0

    0
  20. Renato disse:

    Tankkkk!!! Mesmo esse time do Celtics sendo limitado, perder para o Magic é piada.

    Espero que pelo menos fiquem com uma das piores 3 campanhas para permitir pegar o Parker ou o Embiid.

    2 equipes no meu entender já tem essa vaga garantida: Magic e Bucks, o Celtics, O Jazz e o Kings brigam pela outra, a continuar como hoje vamos ficar com ela.

    0

    0
  21. PHABIO PASSOS disse:

    time jogou muito mal omtem,preesey errou tres vez no ataque, green fez 22 pontos, 13 em lance livre,isso ponto de pivo,wallace ganha uma fortura,joga mais de 20 minutos nao faz 1 ponto sequer no jogo,pra piorar nosso outra armador baylles saiu contundido,bass so faz 4 pontos,nosso time foi uma porcaria omtem
    perdemos dois time esta fazendo campanha horriveis…ta pior que da decada de 90 e 2000, pelo nosso time briga no jogo….esse dorme na quadra sempre..

    0

    0
    • Marcos disse:

      O Green errou um lance livre decisivo… Mas a última jogada foi ridícula AB é uma mula mesmo…

      Queria registrar que essas mudanças de supetão (tirar o Lee e o Crawf) do esquema do treinador prejudica muito o trab do Stevens, não pela qualidade desses jogadores mas quando os caras são fracos o esquema de jogo tem que ser treinado a exaustão…

      Se continuarmos ruins assim vamos acabar pegando uma boa pick…

      []’s verdes

      0

      0
  22. Renato disse:

    Forte Rumor de que Detroi e Celtics estão conversando sobre Rondo.

    Ainge quer pela troca :

    Drummond ou Monroe + First Pick 2014

    A princípio não existe acordo, mas interesse de Detroi em ter Rondo é enorme.

    Fonte: HoppsHype

    0

    0
  23. Jota disse:

    Sinceramente n vejo futuro pro celtics se n draftar um top5 nesse próximo draft, e ainda trocando o Rondo, temos q se livrar logo desse G-Wall

    0

    0
  24. Marcos disse:

    Cara, se o Rondo sair vai ser MUITO broxante.

    0

    0
  25. Danilo Jeolás disse:

    Monroe seria interessante sim. As últimas movimentações do Ainge pioraram ainda mais o time, o que é lamentável para uma franquia como o Celtics. E ele vai preservar o Green, pois foi escolha dele ao liberar o Perkins e jogar o anel daquele ano no lixo. Capaz de sacrificar o Rondo e manter o Green.

    0

    0
  26. Guxa disse:

    Só pra reflexão:
    Minha impressão no jogo contra o Lakers é que há certo descompasso entre o estilo de jogo do Rondo e a estrutura ofensiva que o Stevens está propondo. O ataque do Boston tem sido baseado em rodar bastante a bola até criar uma situação boa para a finalização. E o estilo de armação do Rondo é baseado em permanecer boa parte dos 24s com a bola na mão até colocar alguém em situação de encestar, e quem recebe a bola dele já é para ser o finalizador da jogada. Não estou dizendo nem que o Rondo deve sair nem que o jogo ofensivo proposto pelo Stevens é ruim. É apenas uma reflexão inicial. O que acham?

    0

    0
  27. PHABIO PASSOS disse:

    bem, que rondo começou a jogar no estili de brad agora, so foram dois jogos ate na como dizer nada agora.vamos com mais jogos…acho que ainge nao vai negocio rondo,ele pode colocar outras cara no negocio,menos rondo,sully,green , bradley,olynkyk o resto pode negociar todo mundo, pior que isso, tem dois jogadores a menos no banco que serve para nada, o tal antony e bogans…

    0

    0
  28. drakes disse:

    Em princípio, as trocas lá para frente não devem ter muito impacto, mas por enquanto deve ter piorar na defesa do perímetro, como Rondo é um grande marcador também eu nem tenho muito receito, mas como ele está fora de forma, agora é meio complicado para se arrumar. Outro seria a bola de 3.

    O da bola de três, o Rondo não iria resolver com seus tiros, vai precisar de um jogador acima da média nesse quesito provavelmente para próxima temporada.

    A princípio concordo com com a analise do Guxa, nem me passou pela cabeça mesmo, mas lendo pareceu claro, só tenho um obs o esquema foi arumado para cortas os turnovers e ajudar o Crawford que estava improvisado na posição, acho que o Stevens tem um playbook para quando o Rondo chegar…caso seja para ele ficar, afinal ele é o all-star.

    Sobre a troca do Detroit, ele não é proprietário do seu pick em 2014 caso ele seja top 12, portanto algo está estranho na notícia .

    0

    0
  29. Marcos disse:

    Discordo sobre a historia do Perkins. Quem liberou foi o Doc Rivers. Concordo que foi uma cagada homérica que custou titulos.

    []s

    0

    0
  30. RONDO09 disse:

    RONDO NÃO VAI SER TROCADO, ESQUEÇAM

    Tem fonte de dentro do C que alega ser Rondo a peça principal desse processo de reconstrução…. Dizem que quando trocaram KG e PP34 ele foi comunicado da que a intenção de Ainge era que ele tivesse mais liberdade pra crescer como líder e ser o capitão do time pelos próximos anos….

    Dizem ser esse um ano pra tankar realmente e próxima temporada começar a montagem do time trazendo inclusive um prospecto de alto calibre, em 14/15 pretendem trazer jogadores no nível Kevin Love para que na temporada 16 possam brigar por títulos….

    Ao meu ver seria fantástico… Reconstruiremos o time, manteremos o capitão por longos anos, formaremos um jogador pro futuro (prospecto desse ano) e logo brigaríamos por títulos…

    Se Rondo não for trocado então darei razão a Ainge nas trocas malucas que ele fez até hj… Agora trocar o time todo pra pegar so pick seria abrir oportunidade de brigar por título só daqui 6 8 anos…

    0

    0
  31. Marcos disse:

    Guxa/Drakes,

    Momento de distração 1:
    Saiu hj um entrevista do Stevens que ele vai prezar os jogadores por habilidade e inteligência (pobre AB e Bass)…

    Momento de reflexão:
    Stevens é um treinador que faz o time fazer o fit (encaixar) no jeito de jogar do adversário, uma estratégia muito útil quando o Roterdã não é mt forte e conseguimos levar vários jogos ao limite (levamos sacoladas de pontos em jogos contra os Spurs e Rockets só).

    Daí vem D Ainge e arranca das mãos do cara Lee e Crawford que nem são ótimos jogadores, mas que o técnico tinha levado 15 rodadas para ajustar.

    Bom aí chega o Rondo. Jogando mais de 20 mins (mt na minha opinião para o retorno) e ele tem de refazer todo o modo do time jogar.

    E com a implicação: O Rondo DITA o jogo, o esquema do Stevens é para encaixar no jogo ( o equivalente basqueteiro do contra-ataque no futebol).

    Vai demorar aí uns 8 jogos para o time se arrumar com Rondo. E Stevens arrumar o time com os novatos. Mas ainda não vamos mandar no jogo então é provável que Rondo se adapte ao esquema e vai se sobressair com os passes de qualidade.

    E acho que ganhamos m definidor de jogadas. Rondo não é o melhor shooter da Liga, mas tem coragem q até agora ngm mostrou, em especial Green.

    []s

    0

    0

Deixe um comentário