Celtics 108 x 94 Spurs

Um incômodo jejum de seis anos e 11 partidas foi encerrado pelo Boston Celtics na noite desta segunda-feira (30). Atuando ao lado de sua torcida, no TD Garden, depois de duas partidas consecutivas como visitante, o time verde e branco de Massachusetts confirmou o excelente momento na temporada 2017/2018 da NBA e completou cinco jogos de invencibilidade na competição com a vitória por 108 a 94 sobre o San Antonio Spurs, equipe que não derrotava desde março de 2011.

De astral renovado pela grande atuação na vitória sobre o Miami Heat, o armador Kyrie Irving foi o cestinha do Boston Celtics diante do San Antonio Spurs, com 24 pontos, sendo que 16 deles foram marcados nos dois primeiros quartos. Mais uma vez titular, o ala Jaylen Brown anotou 18 pontos, enquanto o armador Terry Rozier saiu do banco de reservas para marcar 12 pontos.

Vivendo uma grande fase neste início de temporada, o pivô Al Horford encerrou o jogo com um duplo-duplo: 14 pontos e 13 rebotes. O ala calouro Jayson Tatum não foi bem na quadra de ataque e contribuiu com apenas sete pontos, mas foi importante na defesa, com 11 rebotes e três tocos.

Pelo lado do San Antonio Spurs, que não contou com Tony Parker e Kawhi Leonard, o cestinha foi o ala-armador reserva Brandon Paul, que fez 18 pontos e pegou cinco rebotes em 29 minutos. Também saindo do banco, o ala Rudy Gay contribuiu com 14 pontos. Principais esperanças do San Antonio Spurs, o ala-pivô LaMarcus Aldridge e o pivô Pau Gasol anotaram apenas 11 pontos cada um.

Com a vitória em casa, o Boston Celtics assumiu a liderança da Conferência Leste, com cinco triunfos em sete partidas e 71,4% de aproveitamento. O Detroit Pistons também tem a mesma campanha, mas o Alviverde leva vantagem por ter melhor campanha contra os rivais do Leste. Já o San Antonio Spurs, que tem quatro triunfos em sete compromissos, divide a quinta colocação da Conferência Oeste com o Golden State Warriors, sendo que as duas equipes têm 57,1% de aproveitamento.

O próximo compromisso do Boston Celtics será na noite de quarta-feira (1º), contra o Sacramento Kings, novamente no TD Garden. A partida começa às 21h30 (horário de Brasília). Após quatro partidas seguidas fora de casa, o San Antonio Spurs volta a jogar em seu AT&T Center na noite desta quinta-feira (2), quando recebe o Golden State Warriors.

Destaques do Celtics

Kyrie Irving (24 pontos e seis assistências)

Jaylen Brown (18 pontos e quatro rebotes)

Al Horford (14 pontos, 13 rebotes e cinco assistências / duplo-duplo)

Terry Rozier (12 pontos e quatro rebotes)

Destaques do Spurs

Brandon Paul (18 pontos e cinco rebotes)

Rudy Gay (14 pontos e três rebotes)

Pau Gasol (11 pontos e oito rebotes)

LaMarcus Aldridge (11 pontos e cinco rebotes)

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda

Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando “Let’s go, Celtics!”, e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

10 Comentários

  1. Digor33 disse:

    Excelente partida tanto do KI como do Horford.

    Os JJ tb foram bem, eis que defensivamente o Tatum fora muito bem.

    Dá gosto de ver a nossa defesa, todos brigando….

    2

    0
  2. Ranieri disse:

    Grande vitória e um grande jogo de equipe, ficou muito claro a evolução do jogo coletivo a movimentação da bola no estilo Brad Stevens, a cada jogo que passa da pra ver o Kyrie mais solto no sistema, mais a vontade, e esse jogo coletivo foi q facilitou o jogo, queria enfatizar que o Kyrie ficou apenas 30 minutos em quadra, ou seja, um quarto e meio no banco e mesmo assim ganhamos com uma relativa facilidade. Al Horford eh monstro ta jogando muito e mostrando uma desenvoltura que eu não via ano passado, ele simplesmente apagou o Lamarcus Aldridge e da uma dinâmica diferenciada ao time. O Baynes principalmente na quadra defensiva tbm ta jogando muito eh o protetor de aro muito bom, uma evolução enorme em relação ao Amir. O Brown pra mim a melhor coisa eh ver a evolução do ano passado pra esse, melhorou e muito, acho q daqui pra metade da temporada deve ter uma regularidade melhor mas eh nítida a evolução dele, não eh a toa q Danny Ainge desligava o telefone quando tenta van pegar ele em alguma troca. E o Tatum oq falar desse moleque, tendo em vista q o ponto forte dele eh na quadra de ataque ele fez uma ótima partida defensiva, ele ontem teve a maturidade de perceber que não tava numa noite boa de arremesso e não ficou tentando e tentando, fez o simples, e parecia q a bola tinha um imã nele todo renite ia parar nas mãos neles, vai ser monstro. Resumindo uma ótima partida de equipe, todos contribuindo inclusive o banco, Rozier jogando muito, Theis foi um achado ótimo, Semi eh monstro defendendo ta só marcando cara bom e dando conta do recado, boa vitória e que venha os Kings!!!

    13

    0
  3. drakes disse:

    – Eu já tinha sido alertado que este é o pior Spurs de anos, sem Leonard, o time depende do LMA que vem fazendo um campeonato monstro; ninguém acreditava que o Spurs teria chance;
    – Sobre o jogo, negativo teve um momento que o Stevens errou na rotação e o time do Pop virou o jogo, ainda foi ajudado por um péssimo tiro de 3PT do Boston, e Terry Rozier teve um péssimo jogo até o quarto quarto,
    – Baynes e Theis são ótimos bancos, que achado;
    – Tatum ganhando bom tempo, o que é bom para desenvolvê-lo,
    – Celtics acaba a rodada como mais eficiente defesa com 95.6 pts por jogo, e quarto em rebotes defensivos, ontem massacrou nesse quesito o terceiro colocado.

    4

    0
  4. Andre disse:

    O time perdeu os primeiros 2 jogos pelo abatimento com a fratura do Hayward, e por desentrosamento! Mas agora o time está evoluindo! Achava que o campeonato tinha ido pro brejo sem o Hayward! Mas está sendo ótimo pra evoluir esses moleques! Brown destruindo, Tatum melhor escolha desse Draft, Rozier sangue nos olhos, Ojeleye indo bem, Theis… enfim. Satisfeito com esse time! E o que está acontecendo com os Cavs?

    3

    0
    • drakes disse:

      Os Cavs foram sub-.500 após a parada do All-Star da temporada passada, não é surpreendente ao perder seu segundo melhor jogador e seu substituto ainda não estreou que o time fosse ruim, eles devem se recuperar mas podem ficar ali próximo a casa das 47 vitórias, eles são o time mais idoso da NBA, principalmente a intensidade defensiva é menor até para se poupar.

      8

      0
    • Pedro disse:

      Concordo André. Eu, sinceramente, acho que se Hayward não tivesse se machucado, poderíamos estar invictos nesse momento. Tendo em vista que acho que só perdemos o primeiro jogo por causa de sua lesão e no segundo o bucks ganhou mesmo na metade do último quarto pro final, tendo mais um pontuador pra chamar atenção em quadra, acho que ganharíamos. Mas time está bem, essa temporada é pra cimentar esse time. Ano que vem, renova todo mundo, drafta com pick dos lakers ou troca por mais um All Star e é tudo nosso nos próximos 3/4 anos. Em relação aos Kings, acho que vai ser um time MUITO bom daqui uns 2 anos, a molecada estará entrosada e jogando junto já algum tempo, se não fizerem nenhuma besteira lá, acho que é o futuro.

      2

      0
  5. GENERIO JUNIOR disse:

    Temos um grande time, evoluímos muito este ano, nossa defesa é brava ( ano passado se estendia tapetes vermelhos no nosso garrafão), não tem bola perdida Beynes e Theis agregaram muito, aliás não temos NENHUM jogador muito abaixo da media, podemos não levar o título este ano, mas esses caras vão representar muito bem a tradição do Boston.
    Acho que com esta defesa agressiva,contra ataques rápidos, KY controlando bem o ataque junto com toda aquela movimentação podemos encarar qualquer time da NBA.
    Lets Go Celtics.

    4

    0
  6. Celso Cachali Jr disse:

    QUe time temos impressionante e olha que perdemos o Bradley e o Crowder mas o crowder com o Tatum fazendo o que esta fazendo nem fara falta, o Brown é esforçado tambem então pode evoluir mais ainda na parte defensiva. Estes garotos vao ser so orgulho. futuro incrivel nos temos.

    Nossa defesa ano passado era horrivel so o Bradley e o Smart sangravam verde de fato, tomavam porrada toda hora… este ano o Al Horford mostrou a que veio, e anulou o LaMarcus incrivelmente.

    Ate o Irving esta começando a se doar mais na defesa, ele esta com muita vontade… achei que seria sempre uma avenida com ele assim como era com o Thomas… mas nao esta sendo assim não.

    Ainge realmente mostrou porque é um monstro nas trocas.

    Gostando de mais deste time.

    E querendo ou não o time que tiver o Thomas na armação nao será campeão por que pela sua altura e fisico, os cara deitam em cima.

    2

    2
  7. Antonio Jhennyson de Souza disse:

    Parabéns também ao nosso técnico Brad Stevens que tá dando aula de basquete. Acho q toda esse evolução do Celtão desde o rebilding passa pelas mãos dele. Agora é continuar torcendo e não fechar o olho achando q tá tudo certo. Tem muito time bom ainda que não engatou nem a 2°. Então vamos na humildade, trabalho e luta.

    3

    0

Deixe um comentário