Celtics 108 x 97 76ers

Com relativa tranquilidade, o Boston Celtics venceu sua 19ª partida na temporada 2017/2018 da NBA, desta vez diante do jovem time do Philadelphia 76ers. A partida disputada no TD Garden na noite de quinta-feira (30) foi totalmente controlada pela equipe de Massachussets, comandada pelos astros Kyrie Irving e Al Horford. A vitória por 108 a 97 mantém o time celta como melhor campanha da liga até então.

O primeiro tempo foi marcado pela brilhante atuação do camisa número 11 celta. Kyrie Irving marcou 20 de seus 36 pontos da partida somente nos dois primeiros quartos. Seu aproveitamento em bolas de três pontos foi excelente, convertendo 62.5% dos arremessos (5 acertos em 8 tentativas). Além disso, Daniel Theis contribuiu com 13 minutos de qualidade, salvando diversas bolas no lado ofensivo e pegando 8 rebotes, sendo 6 defensivos, além de ter distribuído 3 tocos. O ala-pivô alemão de 25 anos tem, até então, provido valioso esforço vindo do banco e tem provado, a cada jogo, que Danny Ainge acertou em sua contratação.

Além dos acima citados, Al Horford e Marcus Morris foram destaques da equipe verde e branco. O pivô dominicano, que nas últimas partidas demonstrou sinais de cansaço, esteve em boa forma anotando 21 pontos, 8 rebotes e 5 assistências. Já o camisa 13 celta, que atuou liderando os atletas vindos do banco, fez 17 pontos (a maioria no segundo tempo) e pegou 5 rebotes. Sua ótima partida levanta uma interessante questão: deve Aron Baynes ganhar a titularidade para que Marcus Morris seja o principal pontuador vindo do banco? Essa é uma questão que, nas próximas partidas, será respondida pelo técnico Brad Stevens.

A equipe de Philadelphia, que havia vencido o Washington Wizards na noite anterior (29), jogou desfalcado de seu principal jogador, o pivô Joel Embiid, poupado pelo técnico Brett Brown. Além do camaronês, não atuaram os armadores Markelle Fultz e T.J. McConnell, ambos com lesões no ombro. O pivô Jahlil Okafor, que perdeu espaço na rotação, sequer viajou com o time. O destaque do 76ers foi o ala-pivô Dario Saric, que anotou um duplo-duplo, fazendo 18 pontos e 10 rebotes.

Por sua vez, Ben Simmons, que é forte candidato ao prêmio de calouro do ano, foi limitado à 15 pontos pela equipe celta, que trabalhou de forma a afastá-lo do garrafão, região da quadra em que produz grande parte de seus pontos. No entanto, o australiano conseguiu impactar o jogo de outras formas, pegando 6 rebotes, distribuindo 7 assistências e conseguindo 5 roubos de bola.

As duas equipes terão somente um dia de descanso, já que o Boston Celtics enfrenta o Phoenix Suns às 16h (horário de Brasília), no TD Garden, enquanto o Philadelphia 76ers recebe o forte time do Detroit Pistons.

Destaques do Celtics

– Kyrie Irving: 36 pontos;

– Al Horford: 21 pontos, 8 rebotes e 5 assistências;

– Marcus Morris: 17 pontos e 5 rebotes.

Destaques do 76ers

– Dario Saric: 18 pontos e 10 rebotes (duplo-duplo);

– Ben Simmons: 15 potnos, 6 rebotes, 7 assistências e 5 roubos de bola;

– JJ Redick: 17 pontos.

 

Boxscore


Melhores Momentos

Eduardo Quirino
Eduardo Quirino

Eduardo, 30 anos, nascido em Niterói/RJ mas é Resendense de coração. Bacharel em Direito, estudante de Administração e flamenguista, é apaixonado por esportes e envolvido com o basquete desde os 14 anos. Ex-pilar do Volta Redonda Rugby, ex-capitão do Resende Rugby e atual ala-pivô do Basquete Resende, tem como espelho a lenda Kevin Garnett, razão pela qual começou a torcer para o Boston Celtics em 2008. KG se foi, mas o amor pelo Celtics é pra sempre! Sou um dos calouros do Celtics Brasil e espero vê-los muitas vezes por aqui!

8 Comentários

  1. eric diegues disse:

    boatas sobre okafor em Boston procedem ?

    3

    0
    • Eduardo Quirino disse:

      Enquanto Okafor estiver com sua situação indefinida no Sixers, os boatos dele em Boston existirão! Eu, pessoalmente, não acho que seja uma boa.

      0

      0
  2. eric diegues disse:

    boatos

    0

    0
  3. Fernando Silva disse:

    Rádio peão

    0

    0
  4. Alex Shima disse:

    Eduardo, desculpe, mas o Ben Simmons não foi draftado pelo Phila ano passado? Então não pode ser o rookie do ano conforme está descrito no seu texto.

    0

    0

Deixe um comentário