Celtics 86 x 82 Pistons

O Boston Celtics alcançou sua quarta vitória consecutiva ontem (19) contra o Detroit Pistons em Boston.O Boston Celtics venceu o Detroit Pistons dentro de casa por 86 a 82 nesta quarta-feira. A equipe entrou no quarto período em desvantagem, mas conseguiu a virada no fim e saiu de quadra com a quarta vitória consecutiva.

Paul Pierce foi o cestinha da partida com 22 pontos. Shaquille O’Neal também apareceu bem pelo Boston, alcançando um “double-double”: foram 12 pontos, 12 rebotes e 2 tocos para o pivô. Já o armador Rajon Rondo somou seis pontos, oito rebotes e oito assistências. Kevin Garnett contribuiu com 11 pontos, 6 rebotes e 3 assistencias, porém acertou somente 5-14 FG, Ray Allen também não esteve bem na noite de ontem, o ala-armador errou seus 4 tiros da linha dos 3 pontos e acertou somente 2-8 FG durante toda a partida, Allen anotou somente 7 pontos.

Davis veio do banco e contribuiu com 11 pontos, 6 rebotes e 3 assistencias, ainda marcaram pela equipe Green, Daniels 2 pontos, Nate 3, Wafer 6 e Erden também com 6 pontos fecharam o placar Celta.

Quem comandou a pontuação do Detroit foi o armador Rodney Stuckey, dono de 15 pontos. O pivô calouro Greg Monroe, que substituiu Ben Wallace no quinteto inicial, marcou 13 pontos e apanhou nove rebotes. Prince também anotou 13 pontos, do banco de reservas, Ben Gordon contribuiu com 10 pontos e Charlie Villanueva com 11 foram os melhores do time de Detroit. Mas foi pouco para evitar o revés da equipe de Michigan – o primeiro após uma série de três triunfos.

O ala-armador Richard Hamilton, cujo nome tem sido envolvido em rumores sobre uma possível negociação, foi novamente preservado pelo treinador John Kuester. Foi a quinta partida consecutiva que o atleta não entrou em quadra pelo Pistons. Os rumores dão conta que Kuester não gosta nenhum pouco de Rip, este que é ídolo do time de Detroit e fez parte da equipe campeã de 2004.

A partida foi bastante equilibrada, tanto que os times se revezaram na liderança do confronto 12 vezes e estiveram empatados em outras 13 oportunidades. E em nenhum momento o placar apontou liderança maior do que oito pontos de uma equipe sobre a outra.

Uma cesta de três de Ben Gordon com pouco menos de oito minutos por jogar deu ao Pistons oito pontos de superioridade no marcador (75 a 67). Mas a alegria dos visitantes durou pouco: o Celtics anotou nove dos dez pontos seguintes e empatou o jogo em 79 pontos.

A bandeja de Monroe com exatos 2:43 minutos restantes no relógio voltou a deixar os visitantes em vantagem (82 a 78). Mas esta foi a última cesta do Detroit no jogo. O Boston aproveitou-se da pane ofensiva do adversário, passou à frente e conquistou o resultado positivo.

O baixo aproveitamento dos arremessos indica o baixo placar, o Celtics acertou somente 44.7% dos arremessoas, enquanto o Piston anotou somente 41.9%, da linha dos 3 pontos o time de Boston anotou somente 28.6% e o Detroit 26.7%. Nos rebotes o time Celta foi bem, 47×34 e nas assistencias 22×19. Nos lances livres o time Celta foi muito mal, apenas 56% e o Detroit foi bem melhor com 72,7%.

O próximo confronto Celta é contra o Utah Jazz amanhã (21) em Boston as 22:30hs. Esse é o último confronto da série de seis jogos seguidos em casa do time Green.

http://www.youtube.com/watch?v=OcnVQtea4Qc

9 Comentários

  1. Rafael Forner disse:

    Detroit tá dando trabalho esse ano hein ?!

    pelamor …. rssss

    Ray Ray tava MTO ICE ontem, credo …. huhquuhauhuehahe

    0

    0
  2. Daniel Ferreira disse:

    COMO pode jogar dessa forma contra o Detroit!!!!
    QUe merda Rondo jogo nada Ray Ray nem comento Shaq foi razoavel enfim o unico que fez alguma coisa foi o Pierce ate parece que quando jogamos contra times fracos jogamos mal pior pessimo ainda bem que eu so vi metade do jogo poque se nao nao iria aguentar
    Pessimo Jogo!!

    0

    0
  3. Guilherme Bomfim disse:

    é o detroit deu trabalho ontem mais celtics é celtics!

    0

    0
  4. Ederson disse:

    eu disse q ia ser dificil haha mas falei do T-Mac e ele nao fez porra nenhuma,5 pontinhos só…Stuckey q comandou o time, pqp, q sufoco da porra, achei q iamos perder de novo pro Detroit, ta enjoado demais esse time, mas é isso aí, pra cima do Jazz amanha pq dps tem uns 4 jogos fora de casa

    0

    0
  5. Diogo disse:

    O jogo dos Celtics é pra cardiaco, sempre vencendo nos minutos finais. Até quando isso vai dar certo?

    0

    0
  6. Liu disse:

    lol, que isso, Shaq jogou MUITO, meu deus, lindo ver ele brigando pela bola daquele jeito.
    Só que os juízes tão de marcação com o Celtics, certeza isso, mesmo jogando em casa chega a ser ridículo a marcação de algumas faltas.

    0

    0
  7. Bruno disse:

    Concordo com a Liu ali em cima, nos ultimos jogos Shaq tem jogado muito, da pra percebe que ele ta se esforçando bastante, tava ateh correndo, no otro jogo ele fez 23 ponto, nesse jogo volto a pega rebote (12), eu soh posso concluir que alguem falo alguma coisa pra ele criticando que nao pegava rebotes ou que nao se esforçava ou algo do tipo pq ele jogo ontem como se fosse o jogo 7 da final, teve 3 roubos!!Alguma coisa de diferente aconteceu…E o PP jogando muitoo, RAy Ray ontem nao acertava nem ne uma piscina

    0

    0
  8. Felippe disse:

    É… acho que quem diz que Detroit é nosso maior rival depois dos Lakers, tem razão, pois eles sempre dificultam pra nós!

    0

    0
  9. Ever disse:

    Os Pistons sempre dificultam… Eles, como nós, se orgulham de ter uma defesa forte. É sempre complicado jogar contra times assim. O time deles é uma zona taticamente, mas tem grandes valores individuais… Seria legal se eles tivessem um bom técnico.

    Em quanto isso vamos ganhando sempre.

    0

    0

Deixe um comentário