Celtics chega a um acordo e troca Rondo com o Mavericks

Chegou ao fim, na noite desta quinta-feira (18), a passagem do armador Rajon Rondo pelo Boston Celtics. O camisa 9 da franquia mais vencedora da história da NBA e último remanescente do título conquistado em 2008 defenderá, a partir de agora, o Dallas Mavericks, de acordo com informações do repórter Marc Stein, da ESPN. Para contar com os serviços de Rondo, a franquia texana enviará o ala-pivô Brandan Wright, o ala Jae Crowder e o armador Jameer Nelson, além de uma escolha de primeiro round e outra de segundo round nos próximos NBA Drafts. Para completar a troca, o ala-pivô Dwight Powell também foi enviado pelo Celtics.

Por oito temporadas, Rajon Rondo viveu uma relação vitoriosa com a equipe da capital de Massachusetts. Depois de dois anos na NCAA, onde defendeu o Kentucky Wildcats, o armador foi o primeiro de sua posição a ser selecionado no NBA Draft de 2006, na 21ª posição geral. Selecionado pelo Phoenix Suns e negociado com o Celtics logo em seguida, o camisa 9 teve uma temporada de estreia tímida, mas mostrou todo o seu potencial em 2007/2008, sendo titular na campanha que rendeu o 17º título da NBA ao time verde e branco, ao lado de veteranos como Paul Pierce e Kevin Garnett.

Nos anos seguintes, mesmo sem conquistar títulos, Rondo ganhou espaço como um dos melhores armadores da NBA. Foram duas temporadas como melhor assistente da liga, líder de roubadas de bola em 2010, quatro presenças no All-Star Game, líder em triplos-duplos por duas vezes, quatro escolhas para o primeiro ou segundo time defensivo da liga e uma escalação no terceiro melhor time da NBA, em 2012. Depois de se recuperar de uma grave lesão nos ligamentos do joelho direito, Rondo foi escolhido, no início de 2014, o 15º capitão da história do Celtics, substituindo os negociados Pierce e Garnett na liderança da franquia.

Desde o início da temporada em um Celtics bastante renovado e com a dura missão de liderar um time bastante jovem, Rondo alternou bons e maus momentos. Apesar de anotar três triplos-duplos, o camisa 9 alternava partidas de alto nível com exibições de pouco brilho. Rondo encerra a temporada 2014/2015 pelo Celtics com 22 partidas e as médias de 8,3 pontos, 7,5 rebotes e 10,8 assistências, em 31,8 minutos por jogo. Nas temporadas anteriores, Rondo teve médias de 11,1 pontos, 8,4 assistências e 4,6 rebotes.

O futuro pós-negociação

Para o Dallas Mavericks, a chegada de Rondo significa a finalização da montagem de um quinteto para brigar pelo seu segundo título na liga. Com a chegada do armador, a franquia do Texas monta um quinteto de respeito, com Monta Ellis, Dirk Nowitzki, Chandler Parsons e Tyson Chandler. Na sexta posição da Conferência Oeste e com duas vitórias a menos que o líder Golden State Warriors, o Mavericks fez um papel digno na última pós-temporada, vendendo caro a classificação do futuro campeão San Antonio Spurs. Com os reforços de Parsons, Chandler e, agora, Rondo, o time treinado por Rick Carlisie atrai de vez a atenção dos demais times: pelo menos no papel, é um time para dar trabalho e brigar pelo troféu.

Por outro lado, o Boston Celtics escreve mais um capítulo de seu difícil processo de renovação. Depois da mega-troca de Paul Pierce e Kevin Garnett com o Brooklyn Nets e, agora, a saída de Rondo para o Oeste, o Celtics terá que se renovar a partir das diversas escolhas de Draft que estão em seu poder, fora a exceção salarial de quase US$ 13 milhões. Os salários dos atletas que virão do Dallas serão pagos pela exceção do salário mínimo e por exceções herdadas das negociações de Kris Humphries e Joel Anthony, sendo que Nelson e Wright são contratos expirantes.

Além disso, duas alterações significativas acontecerão, de imediato, no Celtics. No quinteto, o calouro Marcus Smart deve assumir a titularidade na armação, com o auxílio do experiente Evan Turner e do jovem Phil Pressey. Além disso, o time verde e branco terá que confirmar a saída de mais um atleta, já que ultrapassou o limite de 15 atletas permitidos pela liga.

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo, repórter esportivo do Imirante.com e colaborador do Futebol Maranhão. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

149 Comentários

  1. Triste demais com essa troca, foi horrivel parecia Alemana AUSHAUSHU, brincadeira a partes, fiquei triste e muito puto com essa noticia..

    Espero que Ainge tem carta na manga, pois ele troco melhor jogador por um monte de amebas ¬¬

  2. Jonas disse:

    Parabéns aos envolvidos. Quem queria ver Rondo longe vai ficar feliz. “Ele não se encaixava no sistema do Brad”. Olha, melhor então torcer para o tal sistema não ter nenhuma falha. Nenhuma. Porque temos boas chances de estarmos diante de Rick Pitino, o retorno.

    Acabamos de atrasar o rebuild em pelo menos três anos. Se antes a ideia era ser contender em 2016, agora é melhor pensar em 2019.

    Até mais, abraços celtas.

    • Rondonildo disse:

      Vergonha, vergonha do q esse cara fez.
      RIDICULO cara
      Parabens Ainge, parabens.Mas uns 20 anos na fila.Obrigado.

    • Marcos disse:

      Eu concordo sobre o treinador fraco que temos.
      Sobre o Rondo é mt difícil vê-lo partir (eu achei ruim o PP34 sair tb), mas sendo racional estavámos correndo sério risco do cara sair de graça na off-season.
      Claramente Rondo e Prof. Pardal Stevens não estavam se entendendo.
      RR9 vai ser campeão esse ano em cima dos Cavs e nós temos mais uma first-round e salários expirantes infinitos para montarmos um time.

      Se não montarmos um time logo na próxima temporada podem ter certeza que títulos demorarão a retornar,

      []s verdes

  3. Jackson Monteiro Barros disse:

    Sou fã dele! Acabei de comprar uma camisa do BOSTON Nº 9….acho que a renovação deveria ser feita em torno dele e do J. Green!!!

  4. Carlos Gadelha disse:

    Isso só pode ser piada!!! Agora não falta mais ninguém pra trocar.

  5. drakes disse:

    Bem, confirmada a troca, é aquilo que escrevi antes, o plano do Ainge é piorar o time, cada vez da menos para Brad e não tem como cara tirar coelho da cartola.

    Ano passado, tivemos trocas de jogadores limitados, mas que ferraram a defesa do perímetro, já antes de começar a temporada foi-se o segundo técnico e especialista defensivo do time. Agora quando o time pegaria uma sequência mais simples, troca-se o melhor jogador.

    Isso que desde ano todos pedem um defensor de aro, agora trazem Wright, Nelson é um péssimo defensor, vai fazer dupla com o thornton na segunda unidade???

    Se alguém notou, ferrou-se com a segunda unidade legal, Nelson é um péssimo defensor, vai fazer dupla com o thornton e ainda tem olynyk.

    Nelson e Ab, vai ser uma coisa medonha…triste mas estamos tankando de novo.

    • Rondonildo disse:

      O mais legal é que assistiremos esse time lixo perdendo e no final, na esperança de pegar pick top 3 , ficamos com uma top 6, 7 ,8………
      Isso é q é o + legal

    • Marcos disse:

      Fera né Drakes?
      E o jogo do Rondo contra o Magic foi o melhor dele na temporada,

      E vamos nos ferrar no draft de novo.
      Torcendo para conseguirmos atrair uns 2/3 com max contracts.
      Como disse, monta-se um time competente, queima-se um treinador experiente em 3/4 anos estamos na briga de novo -> Ainge é meio maquiavélico,

      []s verdes

    • carlos alberto disse:

      rondo ñ ficaria; passe livre daqui a pouco;
      com o troca troca celtics ganhou mais escolhas no draft. e baixou a folha salarial! q cairá ainda mais no final dos contratos destes caras q vieram + gw!
      aí ainge terá $ pra trazer uma STAR! ok?

  6. Rafael disse:

    Bom é quando voce compra ingresso pra ir no jogo Celtics e Orlando dia 23 e dia 18 troca o Rondo (Y)

  7. Rafael disse:

    E era melhor aquela troca com os kings

  8. Rondonildo disse:

    Agora é trocar o Grenn por fulano + Pick top 50 , pro time perder perder perder perder perder e pegar first pick ano q vem.
    FELIZ NATAL

  9. bruno disse:

    se a ideia era um reconstrução a longo prazer pra diabos seu filho da putaaa ( Ainge ) renovou com o Bradley , porra nem se livrar do contrato ruim do G-WALL ele conseguiu ahh se não fosse a paixão eu já tinha largado esse time de lado.

    • carlos alberto disse:

      pra se livrar do contrato ruim do gwallace é necessário cúmplice – como no amor; quem ficaria com o pepino? gwallace fica até 2016! Qdo ainge terá $$$ pra trazer uma STAR.

  10. Igor Fig disse:

    Masoq ? foi de graça

  11. Renato disse:

    Sempre fui a favor da troca do Rondo a partir do momento que ele pediu o contrato maximo.

    Tive a certeza que isso iria acontecer quando vi o Smart jogando muito bem para um novato e com uma defesa absurda.

    Concordo que isso possa levar o Celtics a ter uma reconstrucao mais longa, mas talvez posso ocorrer diferente, ja que so em 2015 serao 3 first pick ou 4 se contarmos a segunda escolha do sixers que sera a pior de todas.

    Por incrivel que pareca, existe a possibilidade do time ficar melhor sem o Rondo,desde que o Green nao seja negociado, ja que o Brandan Wright vai fortalecer nosso garrafao, nos dando um atleticismo que nos nao tinhamos.

    O Turner tem sido muito bom na armacao e o Nelson tambem deve encaixar bem devido seus arremessos de 3 pontos. Smart ira ganhar minutos.

    Nos vamos encontrar mais jogadores de elite via draft, devido a qualidade do Ainge em achar talentos e devido as milhares de escolhas que teremos.

    Nao se surpreendam de ver essa equipe muito competitiva e jovem em breve.

    • Jonas disse:

      Green? Desista, agora sabemos que será trocado. E espero não ver nenhuma mente doentia falar de FA por pelo menos uns dois anos.

    • Fernando C S disse:

      Renato, concordo contigo. Somos torcedores e queremos uma equipe campeã. No entanto, temos que pensar na franquia. O Rondo pediu o contrato máximo, já tinha declarado que, sem um time forte, preferia sair. Então qual o motivo de manter um atleta insatisfeito com o rebuild? E olha que a reconstrução seria em torno dele. Ao meu ver, o Rondo não demonstrou a identificação ao Celtics que o PP provou nos anos de vacas magras. Evidentemente perdemos qualidade, mas qual é a opção? Ou saimos contratando em prejuízo da franquia para agradar o Rondo (e o DA tentou trazer o Love) ou pedir pelo amor de Deus fique Rondo… Melhor que saia e seja feliz.

    • carlos alberto disse:

      bom raciocínio, renato;
      lembre; a folha salarial diminuiu;
      diminuirá mais com o fim do contrato do gwallace em 2016! ano em q o ainge terá $$$ pra seduzir uma STAR! q tal o kd? Imaginou?

  12. ian pablo disse:

    AINGE É UM CANCER #FIREDANNYAINGE

    • Rondonildo disse:

      Ele era um lixo como jogador tbm.

      • carlos alberto disse:

        sorry; dainge ñ era lixo como jogador!
        ou ñ teria ficado tanto tempo ao lado dos
        CARAS!
        Logo q os jogos da nba começaram a ser exibidos no BR, um dia o Luciano do Valle comentou:
        – Como está bem, o DAinge!
        Fez uma pausa e completou:
        – Aliás ele está sempre bem.
        sds.

  13. bruno disse:

    que fosse trocado , mais picks n são garantia de nada , alem do que essas picks do MAVS serão altas , nem pra se livrar do contrato do G.Wall ele serviu , que filho da puta e Ainge

  14. Jonas disse:

    Para não dizer que tudo é tragédia: The Boston Celtics will generate a $12.9 million trade exception after their five-player, two-draft pick swap with the Dallas Mavericks is finalized on Thursday evening

    13 mi é um valor alto. Estou curioso para ver o que o Ainge vai fazer com a exceção,

  15. bruno disse:

    Jonas , ele não vai fazer nada pode apostar rs

  16. Jack disse:

    Só não desistimos porque torcemos muito.
    O GM está de palhaçada, tirando onde.
    RIDÍCULO!

  17. Victor disse:

    Com o time que temos nao vamos longe tão cedo! O time que esta se renovando precisa montar um elenco e por mais que Whight, Crowder e Nelson nao sejam jogador de ponta, vao compor o elenco e as duas escolhas no draft sao otimas chances pra melhorar ainda mais a franquia pensando no futuro da franquia. Rondo vai deixar saudades mas eu acho que a troca foi muito boa para Boston(minha opiniao)

  18. Rondonildo disse:

    Quem vai assistir ao jogo amnha???
    Pressey armando com backup do Turner

    • Eduardo Madeira disse:

      Eu vou, cara! Assisti 21 dos 23 jogos até aqui! Não é porque trocou um jogador, que deixarei de assistir! Assisti até agora após a saída do Pierce, não é porque o Rondo saiu que vou deixar de assistir!

      • Marcos disse:

        Eu também vou assistir.
        Eu e meu irmão eramos mega fãs do Rondo.
        E acho que o Turner assume a titularidade e não Pressey.
        Smart segue jogando na 2.

        Meu C’s no 2k segue com:
        Cousy; Havliceck; Bird; McHale; Russel
        Rondo; Sam Jones, Pierce, Garnett, Parish

        Eu não consigo contar quantos campeonatos tem aí e não vou desanimar do C’s assim tão fácil,

        []s verdes

  19. Rondonildo disse:

    So atrazou anossa vida

  20. bruno disse:

    essas Picks do Mavs serão altas já que eles passam a serem favoritos no Oeste

  21. Bald disse:

    Só trouxe cara rodado, dava pra ter trocado por coisa bem melhor.

  22. Tiago Coelho disse:

    Queria uma trade com Rondo, mas uma trade mesmo, nao uma porcaria dessa.

    Si era pra trocar Rondo, com certeza si coloca em cartaz que Rondo estava em troca, apareceriam prospostas muito melhor que essa, brincadeira, essa do Ainge nao to conseguindo entender.

    • carlos alberto disse:

      rondo estava no final do contrato e só renovaria por muito mais $;
      esta A razão do troca troca.
      CEltics baixaram a folha, ganharam fôlego, baixarão mais a folha, ganharão mais fôlego com o fim do contrato dos caras q vieram! E do GWallACE. E aí terá $$$ pra jogada com uma ESTRELA. Esta é a estratégia! Coisa de mais longo prazo.

  23. Eduardo Madeira disse:

    A troca do Rondo foi sacramentada no dia da escolha de Marcus Smart no Draft! Só não viu quem não quis!

  24. Jesse Jr disse:

    No .. péssimas notícias .. pensando do outro lado, Dalas vem contudo agora

  25. Jack disse:

    Triste demais, time que só pega jogador médio não consegue nada.
    Na NBA ou vc é bom ou fica para traz. Somos muito grandes para ficar perdendo tanto.

  26. Jota disse:

    Não estou triste pela saída do Rondo, estou triste por não conseguimos nada melhor. O cara é um all-star, armador de elite e só conseguimos meio dúzia de gato pingado + picks provavelmente acima da 15 posição? Fala sério.

    Agora resta saber o que será feito com tantas picks. Muito provavelmente ele vai entubar várias + jogador e tentar subir. É possível que ele queira o Towns ou o próprio Okafor. Ainda não tenho opinião formada por nenhum dos dois, vou até acompanhar mais agora.

    Quanto a galera que tá chorando a saída do Rondo… Calmem. Como eu falei em outra postagem: ele vei acrescentando pouco ao nosso boxscore. Ele tem médias excelentes de assistências, faz quase todo mundo jogar, mas pontua pouco, e isso na NBA hoje em dia é complicado.

    Vale lembrar também que provavelmente o próprio Rondo deve ter forçado demais essa saída. É claro que o Ainge preferia mandá-lo para o 76ers em troca de um Noel + Pick, por exemplo, para deixar todos felizes. Mas o Rondo iria? Não! Ele é agente IRRESTRITO, então provavelmente ELE escolheu ir para os Mavericks, que não tem nada de tão bom para dar para nós em troca. Não culpem o Ainge totalmente. Analisem a situação. O Rondo deve ter vetado outras trocas, para times piores, com picks e jogadores melhores (Lakers, Knicks, 76ers e etc) justamente para ser campeão em Dallas. O que o Ainge poderia fazer? Ele é, como disse, agente irrestrito.

    Agora é acumular essas picks e subir de vez no draft até o top 5. Entubar derrotas atrás de derrotas para ficarmos com picks valiosas. Por exemplo:

    Pick 5 Celtics + Pick Dallas por Pick 76ers, que provavelmente será top 3.
    Sixers não tem pretenção nenhuma de draftar mais um pivô, e é bem provavel que não draftem o Mudiay por já terem o Carter-Williams. Ficariam com uma Pick 5 felizes e cederiam espaço para draftarmos o Towns ou o Okafor (Ou o próprio Mudiay).

    Nossa situação não é desesperadora, não. Temos uma base bem promissora de jogadores. Como eu disse, Smart pode vir a contribuir mais que o Rondo. Explico: defesa melhor, chute melhor, melhor agressividade para pontuar e pode, como Lillard e Curry por exemplo, ter 6ast por jogo de média tranquilamente. Sem contar que é novo e tem espaço demais para evoluir.

    Não estou comparando Smart ao Rondo. Rondo é cirúrgico e cadencia o jogo, mas o Celtics é maior que ele. Bola pra frente e vamos tentar fazer o melhor. Temos muito, MUITO recurso para montar um time jovem agora. Nem dá para pensar mais em trazer all-star.

  27. Arthur disse:

    Ah pqp
    parei com NBA
    Esse bicho é louco, agora oficialmente um time médio!

  28. bruno disse:

    tomara que o Rondo quebre a perna.

  29. luiz Eduardo disse:

    Eu era um dos que não suportava a ideia de ver o rondo com outra camisa, mas pelo fato dele querer ganhar muito pelo o basquete que ele ta jogando ? Não dá, meio preguiçoso, parece que ele só queria aparecer nos stats de lideres de assistencias, fora que o smart não iria nunca jogar de SG, mas esperava que pelo menos o gwall fosse embora

  30. luiz Eduardo disse:

    Já gostava dos mavs por causa do nowitzk, agora vou torcer ainda mais pra eles

  31. phelipe disse:

    essa galera que fica pagando pau pra picks no draft, me digam qual time top foi montado somente partindo de draft. esse ainge é um otário desde a troca do perkins que ele so faz cagada na equipe

    • Jota disse:

      Falou brincando ou é sério?

      Todos, TODOS, os times candidato ao título tem 1 ou 2 pilares que vieram do draft direto para o time. O mais difícil é consegui trazer all-stars para um time que vem de tank, isso sim é quase impossível de ver.

      Você querendo ou não, Ainge tirou o Celtics de uma fila de décadas para o título. Não que ele não erre, mas algumas pessoas acham que estamos no MyGM da 2k, que é só oferecer que os outros times aceitam; ou é só oferecer contrato que os jogadores vem. Há muitas coisas por trás de negociações, que não envolvem somente dinheiro. Na maioria dos casos a vontade do jogador conta, seja pela cidade, time, conferência e até número de camisa, se bobear. Não custa lembrar a quantidade de jogador que aceita receber menos para ter times competitivos. Esses mesmos jogadores, como aceitariam vir para o Celtics se estamos em tank? O jeito é reconstruir de forma demorada e lapidando os talentos.

      Não custa salientar que no draft estamos nos saindo bem nos últimos anos, com raras exceções.

      • luiz Eduardo disse:

        Todos não, o Houston tem ?!

        • Jota disse:

          O Houston montou um time na base de trocas de picks, basicamente.

          James Harden veio Kevin Martin e o novato da época Jeremy Lamb, duas escolhas de primeira rodada e uma de segunda.

          O resto se juntou à ele e demorou, já tem uns 3 anos isso (Ou vai fazer, acho) e ainda não demonstrou muito resultado, demonstrou? Chegou às finais? Fez final de conferência? Ganhou título?

        • Marcos disse:

          As únicas vezes que o Houston foi respeitado na NBA foi graças ao MONSTRO draftado Hakeem.

          Houston = equipe meia-boca, vai ficar nas quartas de final.
          GSW com Bogut, Memphis, San Antonio e agora Dallas são capazes de vencê-los com facilidade,

          []s verdes

    • Matheus disse:

      OKC que draftou o Steven Adams, que tá tendo bastante espaço na rotação e o Durant e o Westbrook se for considerar que eles foram escolhidos pelo Sonics e o OKC herdou os dois.

  32. pessoa disse:

    O problema não é o Rondo sair,e sim esses jogadores de nota media virem pro nosso time,vamos ser mt prejudicaros com essa troca,porem,vejo muito futuro em Smart,turner e pressey,jogadores que terão muito mais espaço após a saida do rondo.

    Fiquei muito triste,pois estava acreditando que chegariamos na oitava colocação caso vencessemos os timberwolves (ja que o nets tem grandes chances de perder pro cavaliers), talvez pudessemos permanecer classificados pros playoffs na oitava colocação,e no proximo ano,adicionando os picks qie ja tinhamos com rondo e green pudessemos alcançar um time verdadeiramente forte e competitivo.Mas tudo agora não passa de um sonho.

    Tudo que podemos fazer agora é esperar por bons jogadores do draft e que os novatos surpreendem e nos mostrem que estamos julgando-os erroneamente.

  33. Renato disse:

    Jota,

    Concordo com voce integralmente.

    Acredito que o Ainge poderia ter conseguido mais, mas a vontade do Rondo tambem deve ter sido considerada.

    Se o Green for negociado, o tank ficara declarado, mas acho que ele pode ser mantido, sendo negociado BASS

    Nelson sera apenas um aluguel que ira sair dos livros em 2015.

    Os outros 2 jogadores podem ser uteis na rotacao e fortalecer ainda mais a equipe.

    Ano que vem sem Rondo e G Wall na folha teremos CAP para contratar quem quiser, e com as muitas escolhas podemos ter uma equipe muito forte, até por ja ter uma base jovem de qualidade.

  34. phelipe disse:

    cara G Wall tem esse ano e o proximo de contrato, nao pense que vai encontrar um ainge trouxa pra absorver o contrato dele, e com esse time lixo que vai sobrar pode ter cap livre que for nenhum jogador que preste vai querer vir pro celtao, to achando que na real esse ainge torce pro fakers

  35. Slender Man disse:

    Simplismente ridículo, Ainge tá manchando com a sagrada camisa do celtics, não consigo acreditar nessa notícia. Parabéns Danny Ainge, por trocas um dos melhores armadores da liga por um monte de bosta. O jeito agora é aguentar esse time que vai sofrer por um bom tempo! #luto

  36. luiz Eduardo disse:

    Cara, fico imaginado os caras quem vem de Dallas, o Nelson era titular, o Wright tava jogando muito vindo do banco, e agora ?? Foram parar Boston, kkkkkkk

  37. luan carlos disse:

    um time tao grande e não tem um ídolo, um all star, ainda vai trocar por promessas, sem saber quem SÃO as promessas, na moral fez agada

  38. phelipe disse:

    procede a informação que o Celtics abriu mao do contrato do faverani?

  39. Scal disse:

    Triste, tinha o Rondo como um ídolo, sempre admirei muito suas qualidades.

    Eu esperava q ele fosse negociado, mas não sabia q o acordo seria tão ruim, apesar de achar q o Ainge estava sem saída. Ou fazia a trade agora, ou ele sairia de graça ao final da temporada, pq eu não via o Rondo motivado para aceitar uma nova proposta do Celtics, só se oferecessem um contrato máximo, mas ele não vale tanto assim. Infelizmente a lesão grave da temporada passada atrapalhou demais, com certeza conseguiríamos muito mais pelo Rondo na época.

    O rebuild agora vai demorar beeem mais tempo do q eu imaginava, e apostar em draft eu acho arriscado, primeiro pq tem uma loteria q pode nos desfavorecer (como ocorre tradicionalmente), segundo pq nem sempre os primeiros draftados de fato vingam, é uma previsão complicada de se fazer mesmo qndo parece óbvia. São inúmeros os casos de flop.

    Eu sempre confiei no Ainge, mas acho q ele fez besteira na condução do fim do top 4. Com exceção da saída do Ray Allen, em q ele não poderia fazer mais nada, acho q dava para conseguir acordos melhores por PP, KG e Rondo.

    Enfim, agora só nos resta torcer e contar com a sorte nos drafts, q se não derem certo vão significar um longo jejum em Boston.

  40. conti disse:

    ele poderia trocar o Bradley tambem, ganharia alguns pontos a seu favor

  41. Rômulo Portugal disse:

    Bem, vamos lá: o Celtics está com o rebuilding a todo vapor.

    Como sabem, Rondo é expirante e será free agent em poucos meses. Tudo indica que ele queria receber salário máximo ou algo próximo ao teto salarial da liga. Não acho que esteja valendo.

    Com a saída dele, o Marcus Smart vai assumir, de vez, a vaga de PG titular em Boston.

    O Celtics tá acumulando mil picks e contratos expirantes. A franquia de Boston vai querer, no mínimo, uma escolha top 3 no próximo Draft.

    Se for preciso, dará picks e contratos expirantes pra subir de escolha no recrutamento de 2015.

    Imensa parte dos atuais candidatos ao título montaram seus elencos através do Draft:

    Warriors = Curry, Thompson, Barnes e Green foram via draft;
    Spurs = Duncan, Ginobili, Parker e Leonard foram via draft;
    Bulls = Rose, Butler, Gibson e Noah foram via draft;
    Grizzlies = Conley e Gasol foram via draft;
    Wizards = Wall e Beal foram via draft;
    Raptors = DeRozan, Ross e Valanciunas foram via draft;
    Thunder = Durant, Westbrook, Ibaka e Jackson foram via draft.

    E etc. É o processo comum na NBA. Não é rotineiro que equipes montem elencos contender por meio do mercado. Rockets e Mavericks são exceção.

    É a vez de Celtics, Knicks, Lakers, Pistons e 76ers passarem por esse processo.

    Agora, quanto ao Mavericks:

    o time ganha a peça que faltava. Terão um dos melhores PG’s da NBA. Minha dúvida é quanto ao Monta Ellis.

    Ele é um SG que gosta de conduzir a bola e precisa dela pra render.

    Rondo também é um PG que concentra a bola em suas mãos. Vão saber coexistir?

    Veremos.

    • Jota disse:

      Foi exatamente o que eu queria dizer ali em cima. Todos os times passam por isso. Veja os Cavaliers o que eram nos últimos anos. O próprios Warriors. Wizards? Puts, era piada. Raptors? Não ganhava de ninguém. Agora vejam como estão, e tudo, em sua maioria, graças ao draft. Times que não tinham nenhum atributo para seduzir as estrelas, lapidaram suas próprias via draft e outras vieram.

      A maioria de nós, dos que comentaram aqui, vou chutar, não tem idade para ter visto o Celtics na fila de anos sem ganhar nenhum título; a maioria só viu o Celtics em boa fase na época do último Big 3. Eu mesmo vi muitas vitórias, vi o título, chorei o vice, vi meu time indo aos playoffs ano após ano e brigando de verdade pelo título de conferência e pelo título da NBA.

      Agora só vi o time em UM ano de tank, que nos trouxe 2 jogadores que tem teto alto de evolução; sem contar que temos o Sullinger e Olynyk que estão dando frutos aí; e não estou vendo motivo para desespero. Não estamos no escuro, temos uma base e picks aos montes para montar times como Raptors, Wizards e Warriors… Lapidando talentos vindos do draft e, em um futuro próximo, seduzindo estrelas para jogar com eles.

    • Guxa disse:

      Acho que Leonard não foi pro Spurs via draft, não. Se não me engano, veio em troca pelo George Hill. Mas isso não invalida o raciocínio de sua argumentação, Rômulo.

  42. Marcelo disse:

    Galera,

    Numa boa, essa troca foi ridícula, trocar nossa estrela por 3 jogadores nota 5? olha jota se o Rondo forçou então que ele ficasse até o final do contrato, a troca foi péssima, temos um time hoje sem estrela sem alma sem nada, promessas? Pode ser mais vamos apanhar MUITO E PASSAR VERGONHA ATÉ ISSO ACONTECER! nós somos o BOSTON CELTICS o maior de todos, AINGE PRECISA SABER DISSO! NÃO PODEMOS PASSAR POR ISSO!

    • Jota disse:

      Se ele ficasse até o final do contrato, ele sairia por NADA, nem por pick, nem por jogador top 5.

      Se argumentassem que o Ainge deveria ter trocado ele antes, talvez na última temporada, ou junto com o KG e PP eu concordaria. Mas qual time ofereceria tanto pelo Rondo, sendo que ele pode assinar sem perder nada em alguns meses?

      Contando o fato de que o Rondo, com certeza, forçou a ida dele para os Mavericks para não parar em um Knicks ou 76ers da vida, acho que o Ainge conseguiu ainda muito.

  43. Vitor disse:

    Quem sabe o Ainge fez isso para receber uns picks e na FA ele de o max contract pro Rondo?Quem sabe

  44. conti disse:

    ainge esta nos transformando em um wolves com tradição

  45. conti disse:

    sera que o pistons nao aceita nelson e mais alguma coisa por Monroe?

  46. […] no anúncio do atleta que seria dispensado pelo Boston Celtics, após a negociação que resultou na saída do armador Rajon Rondo para o Dallas Mavericks, confirmada na noite desta quinta-feira (18). De acordo com o jornalista Adrian Wojnarowski, do […]

  47. The Real Jay disse:

    Ainge, como vc fala q o rebuild vai ser em torno do Rondo, e manda ele embora, tome vergonha na cara seu viad*, agora trás Nelson, Crowder e Wright, uma pick de primeira rodada alta, pq o mavs tá voando, da segunda nem falo, só deixo aqui o seguinte. RIP CELTICS

  48. Daniel Emiliano disse:

    Ridículo.
    Vou resumir meu comentário a isso pra não despejar muitos palavrões aqui no site

  49. Raphael disse:

    eu tento ser otimista, mas essa troca foi tão bosta que eu nao consigo ver vantagem nenhuma o celtics saiu com a mão abanando de novo ja não bastasse a troca do PP34 e do KG5 por um monte de porcaria agora o Ainge faz mais uma troca zuada se ele pelo menos tivesse se livrado do G Wall blz essa trade foi inexplicavel

  50. Billy Costigan disse:

    Red Auerbach chora no céu, o caminho será arduo e exígira muita mais muita sorte para que esses jogadores que virâo possam trazer esperanças a Boston.

  51. Willian Stanley disse:

    Foda, fiquei puto demais com a saída dele e ainda mais desse jeito.

    O problema que a maioria dos torcedores que reclamaram do Rondo que estava com o rendimento “ruim”, deve ter achado uma boa mesmo essa trade.

    Só que se esquecem que ele voltava de lesões esse ano, não fez pré-temporada e ainda vai o Ainge e drafta um jogador First Round – Pick Top 10 na posição dele, ele vendo o time nessa de toda hora entra e sai jogador, sem ninguém de confiança pra jogar ao lado dele, achei meio que normal a queda de “rendimento”, fora que acho que tem a ver ainda com a lesão que ele teve na mão.

    Acho que o povo tem memória curta e um pouco de ingratidão, o cara sempre jogou muito por nós e sempre se mostrou e portou-se como um celta, também ajudou a conquistar o caneco e sair da fila de anos.E com apenas 1/4 de campeonato jogado o cara já foi deixado de lado por torcedores e Ainge.

    Só não vamos esquecer que ele nunca foi um armador pontuador como Irving, Wall ou Curry
    Ele é pass first!!!
    A média de pontos dele diminui um pouquinho, mais a de rebote aumentou também.

    E na questão do draft, por mim tudo bem. Só que cade o Rondo pra ser a base do rebuild?
    Porque na base de garotada somente pra mim, não vai arranjar nada.
    Sem esquecer também que essas picks pegas de times contenders não adianta nada, ai vai ter que ficar fazendo mais trades loucos e joga pick pra lá e pra cá.

    Se for pra fazer rebuild na base só do draft por enquanto, faz logo igual o Sixers sai perdendo e já eras.

    E os jogadores que virão de draft nem sempre dão certo, tem muita coisa envolvida.
    Agora tem que por a molecada pra jogar bastante, minutagem alta e que se dane os veteranos e os outros perebas.

    Por último, jogadores de draft pelo menos top 5 pra baixo. Porque, jogador de draft pra reerguer franquia e ser all-star já vem pronto, disponta já na primeira temporada, no máximo na segunda.

  52. Danilo Jeolás disse:

    A troca não alivou CAP, mandou embora nosso Franchise Player, trouxe picks acima da #20 e roles players medíocres,sendo que o mais caro deles não é expirante.

    Era muito melhor que Rondo saísse de graça ao final da temporada, pelo menos o CAP ficava menos inchado.

    A troca foi um desastre completo e soa inexplicável. Tinha certeza que Danny “End” pioraria o plantel, mas não com uma negociação bizarra assim.

    E aos que defendem, argumentando que Ainge não mandaria Rondo para um rival do Leste, lembro que o mesmo implodiu o Big 3, transacionando com um rival de divisão.

    Em suma, negócio sem sentido. E capaz de completar o serviço, trocando o Green, o mesmo que vaidosamente, nos custou um anel, naquela igualmente imbecil troca com o Thunder

    Ainge não merece mais o meu respeito.

  53. Augusto disse:

    Que ridículo!
    Nós últimos tempos passei a considerar uma trade pelo Rondo, mas não uma trade ridícula igual essa, não conseguimos nada, não aliviou o CAP, não conseguimos um futuro talento, as picks não são garantia de nada.

    Gostaria de ter o mesmo otimismo dos outros colegas aqui desse espaço, mas sinceramente não tenho não!

  54. Eder disse:

    Que bela troca !!! Acho que os gestores do Celtics estão aprendendo como destruir um time com o Paulo Nobre do Palmeiras…..trocar Rondo por nada, por 3 cabeças de bagre….que faseeeeeeeeee…o verde realmente não é a cor da moda !!!! Triste ver esse time jogar !!!! Quem sabe daqui uns 10 anos voltamos a brigar por uns play-offs pelo menos…..Triste !!!

  55. Walisson disse:

    Inacreditável!

    Qual a idade dos três que recebemos?

  56. Douglas Luiz Mallmann disse:

    Danny Ainge = Patrícia Amorin

  57. Digor33 disse:

    Pô pessoal, RONDO pelo jeito não queria renovar com Boston, ou pior, queria contrato máximo!! Isso não é justo….

  58. The Real Jay disse:

    Eu preferia ver ele saindo de graça, do q essa troca ridícula, como o amigo já falou em cima, não reduziu em nada nosso CAP, e eu nem vi o salário desses pokemon q vieram, o único q salva é o Wright, mas msm assim. Troca ridícula #fireonainge

  59. The Real Jay disse:

    Galera, quem tiver como ver, vai lá no celtics life ver o vídeo q eles fizeram pro Rondo, sinceramente demais, do nível PP e Kg, e eu que tenho esse cara como um dos maiores ídolos, realmente n tem como n se emocionar. Mais uma vez obrigado Ainge, por destruir o pilar do rebuild, seu desgraçado!

    • luiz Eduardo disse:

      Eu tbm fiquei triste por perder o rondo, ainda mais não conseguir nada melhor com ele, mas sinceramente, ele não era o nosso pilar de jeito nenhum, a forma como ele tava jogando não era o líder que precisamos, pode ate ser pelas lesões, mas foi o que deu pra fazer já que ele ele ia querer sair

    • pessoa disse:

      Realmente muito emocionante,tantos anos nos emocionando com jogadas excepcionais para agora nos emocionar com uma despedida.O segundo melhor armador da historia do celtics até então,sem duvidas.

  60. Leandro disse:

    Tá de brincadeira?! Obrigado Ainge, “Jênio”. Pode parar, o cara de desfez do melhor jogador do time e digo mais, se desfez do melhor armado da liga e ainda por cima me trouxe jogadores de pouca relevância, parabéns Ainge, voltaremos a ganhar alguma somente quando você sair do comando. Até tinhamos chances de se classificar para para os playoffs mesmo que em 8 até pq a conferência leste anda fraca. Mais agora com a ida do Rondo essas chances cairam por terra. Revoltado, pqp!

  61. Leandro disse:

    Que as próximas escolhas no draft nos ajude, pelo amor!

  62. Jonas disse:

    Passado o ardor da notícia, vou fazer minha análise completa.

    Jota, se você pegar meus comentários aqui no blog há meses, vai ver que eu nunca fui um anti-rebuild. Por mais que doesse, eu sabia que era melhor trocar Pierce e Garnett, e acho que quanto a essa troca ninguém – repito: ninguém – pode levantar suspeitas. O tempo provou o quanto Ainge estava certo: Pierce já está fora do Brooklyn, o time deles é um apanhado de jogadores caros e em fim de carreira e os caras não têm quase nenhuma pick nos próximos anos. Podem começar a feder pra valer a partir de 2015 e nós teremos lucro por isso.

    Ora, nós ficamos meses discutindo aqui: estamos no caminho certo (e muitos nos xingavam, Jota, dizendo que o Celtics perdia, tinha um bando de moleque, lembra?), colecionando assets, jovens talentosos que precisavam evoluir, mesmo que perdendo os jogos. O quanto nós apanhamos. E era o caminho mesmo: tínhamos dois grandes jogadores, Rondo, um campeão cujo talento ninguém pode negar, e Green, um cara que tinha que conseguir a consistências (e quantas, quantas, quantas vezes eu falei aqui que ele iria melhorar, que não dava para julgá-lo por aquele time péssimo do ano passado, era só termos paciência…), dois calouros promissores, um punhado de jovens com um baita futuro (sério, comecem a olhar fóruns americanos dos outros times; todo mundo acha que o Olynyk vai ser all star). Sabíamos que era passar a temporada evoluindo e esperar pela FA e pelo draft, onde teríamos chance de acrescentarmos bons centers ao elenco.

    O plano vinha correndo bem. Faz semanas que eu deixei este blog por não aguentar mais nego falando de tank. Tank? Façam-me o favor. Nós temos um time jovem, em evolução. É absolutamente natural que percamos jogos no terceiro quarto a essa altura. Que diabo, vocês viram qual era o calendário de novembro? Tivemos um dos mais difíceis de toda a liga. Não por acaso dezembro tem sido melhor. O que não quer dizer que não vão ocorrer oscilações, como contra o Knicks. Vão, a molecada ainda está crescendo. Mas o time estava melhorando. Por Júpiter, lembrem-se da desgraça do ano passado e comparem. Zeller vinha fazendo uma tremenda dupla com Rondo. Olynyk oscila, mas quando tiver toda a confiança que falta, sai de baixo. Óbvio que tivemos jogos irritantes (contra Charlotte particularmente me incomodou), mas e outros? As vitórias contra Lakers e Wizards, as derrotas pau a pau para Mavericks e Wizards. Sério, como alguém pode reclamar de um time que jogou pau a pau contra Dallas e Washington?

    Rondo tem 28 anos. 28, apenas: Pierce tinha 30 quando montamos o Big 3, e estava na mesma situação – há anos falavam de trocá-lo, diziam que era egoísta, que não se encaixava no esquema do Doc. Eu colei outro dia aqui vários trechos de um texto de 2006 sobre isso, mas ninguém nunca presta atenção, preferem só ficar berrando “tank!”, “tank!”. Pois bem: Green também tem 28, acho. Na free agency teríamos grandes chances de pegar um bom pivô. Hibbert (que tem player option) é um dos melhores amigos de Green, jogaram juntos na universidade. Eu achava que era ele o cara que poderia vir, e ainda teríamos um shot no draft. Rondo, Green e Hibbert: todos com 28. Teríamos ainda Sullinger, Olynyk, Smart. Mais algum bom pivô no draft, com certeza não Towns ou Okafor (não percam tempo torcendo por isso, sério…), mas talvez Myles Turner, Cauley-Stein, Dakari Johnson, Frank Kaminsky. Não faltam opções.

    Aí o Ainge decidiu trocar o Rondo. Olha, não é que eu achasse absurdamente impossível trocá-lo. Mas há maneiras e maneiras de fazer isso. Quando os boatos começaram a esquentar pra valer ontem, eu achei que o Ainge não faria dessa forma, e sim que incluiria um terceiro time. Na minha cabeça, o Phoenix Suns. Explico: Isaiah Thomas está profundamente incomodado lá. Foi contratado achando que teria destaque e seria um starter, mas está divindo espaço com Bledsoe e Dragic – acabou de demitir seu agente, inclusive, de tão insatisfeito que está. Considerando que Ainge foi o primeiro GM a ligar para o Isaiah na FA, achei que ele e o Cuban dariam um jeito de arrumar jogadores para o Suns, com o intuito de trazer o Thomas para Boston. O cara é anão, mas é um foguetinho, grande arremessador, penetra muito bem, tem qualidades que o Rondo não tem. Se fosse essa a troca, eu não estaria reclamando. Ou mesmo pelo Dragic, que será FA também, e o Phoenix não tem certeza se ele irá renovar – mesma situação da Rajon conosco. Mesma coisa: Thomas ou Dragic jogando com Green e, talvez, Hibbert, mais uma pick do draft, estaria nascendo um time promissor.

    Eu, pessoalmente, preferia que o Rondo fizesse parte do rebuild. Até por razões históricas: catzo, eu torço para o time de Red Auerbach, e toda nossa história envolve ligações fortes com jogadores. Russell, Cousy, Heinsohn, Havlicek, Bird, McHale, Pierce: nós temos uma relação com os ídolos que é uma coisa que poucos times têm na NBA. Os Lakers têm um pouco, mas nem se comparam conosco. Sério, eu sou tão fresco que só consigo ver jogo do Celtics na CSN, para ouvir o Tommy comentar. O cara tem 80 anos, dedica a vida ao Celtics faz mais de 50, isso é lindo. Rondo nunca desrespeitou nossa instituição. Nunca. Inclusive li relatos ontem de que ele se esforçou muito, como um soldado, para se encaixar no esquema do Stevens. Viu vários jogos do Spurs para analisar o jogo do Tony Parker sem a bola. Ele tentou fazer dar certo. Eu sei que ele estava instável. Mas gente do céu, o cara perdeu a pré-temporada INTEIRA. Lembram-se de quando ele quebrou a mão? As primeiras previsões davam conta de que ele voltaria no início de dezembro apenas. Ele voltou na noite de abertura da temporada. Era óbvio que demoraria um pouco para melhorar. Rondo nunca foi um Ray Allen em termos de arremesso, evidentemente, mas ele é muito melhor do que vem mostrando. Bastaria ter esperado mais um pouco.

    Esse é outro perigo. Eu gosto do Brad, acho um cara inteligente. Mas não podemos apostar tudo no “sistema” de um cara de 36 anos que acabou de chegar na NBA. Corremos o sério risco de ter um Pitino Parte 2. Sei que não dá para comparar o caráter dos dois, o Pitino era um escroto, talvez os mais jovens nem façam ideia de quem é (imaginem, comecei a torcer em 1995, numa época de m*****), só estou dizendo que NBA se faz com grandes jogadores. Queremos um bom técnico, mas não podemos girar tudo em torno disso. Olha lá como estão os Knicks tentando se adaptar à baboseira do triângulo do Phil Jackson. O Doc nunca foi um graaaaaande técnico, e nos levou a um banner. Porque tinha grandes jogadores. Muitas vezes acho que o Stevens entende de maneira caricata a motion offense do Pop, e fica fazendo as rotações bizarras só pelas rotações bizarras.

    Uma última reflexão sobre a troca. Ela não terminou, podem ter certeza. Ainge CORREU com ela ontem por uma razão: ganhar flexibilidade em relação ao trade deadline. Os jogadores que vieram terão três dias para serem trocados antes do deadline. Mais importante: a troca gerou uma TPE de 12,9 milhões. Não desprezem achando que o Danny não vai usar. Ele sempre usa. Conseguiu o Zeller “de graça”. Ontem usou duas ou três para absorver “de graça” os caras de Dallas. Com essa exceção ele pode trazer caras insatisfeitos. Em teoria, o Lance Stephenson – espero que não, esse animal tem cabeça de vento, atrapalharia a química no vestiário. Ou… Isaiah Thomas mesmo. Muitas coisas ainda podem acontecer. Só que depende do direcionamento que vai ser dado. Se Ainge pensa em fazer um rebuild pra valer, só com jovens e em torno do Smart, não adianta torcer: Green vai embora, Bass e Thornton também. E aí podem se preparar para quatro ou cinco anos na merda – e AÍ SIM vou concordar com vocês, é tank. Ou o Ainge pode estar pensando em fazer trocas com os caras novos e essa TPE para trazer um Thomas, um Dragic ou alguém que nem tenhamos nos dado conta, mas alguém de grande qualidade, que arremesse melhor que o Rondo (sério, não pensem que o Smart vai cumprir O papel; ele é talentoso, mas é um Tony Allen melhorado), aí talvez Green fique e possamos pensar em FA. Se Green for embora, ESQUEÇAM a FA. Ninguém vai querer vir. Ninguém.

    Outra coisa: a pick que pegamos de Dallas tem umas proteções curiosas. Para 2015 ela é protegida de 1 a 3 e acho que de 15 a 30. Ou seja, dificilmente a usaremos em 2015. A partir de 2016 ela é protegida só no top 7. Ou seja 2, temos chance de em 2016 termos a nossa pick, que deve ser alta, mais uma pick vinda de um Brooklyn que pode estar apenas começando o rebuild, e ainda uma pick de Dallas que pode estar lá por 15.

    Enfim, escrevi demais. Em resumo: não gostei da troca, acho que Rondo daria conta de liderar o rebuild, mas só vamos ter certeza das coisas quando o Ainge der sinais do que pretende fazer até o deadline. Estou chateado, mas não tenho como desistir do time. Se não desistir no fim dos anos 90, não vai ser agora.

    • Danilo Jeolás disse:

      Odiei a troca, não encontro explicação. Mas a proteção no Top 3 e entre 15-30 é benéfica.

      Falei que ele trocaria o Rondo. E ainda acho que piorará ainda mais o plantel.

    • jota disse:

      Eu concordo com o que disse.

      Eu sempre disse que estávamos no caminho certo. É um rebuild e não um tank propriamente dito, tendo em vista que não subimos tanto no draft do ano passado; não trocamos tudo de uma vez para ter o pior desempenho. É muito provável, até, que o plano estivesse totalmente traçado desde o ano passado, com jogadores já prometidos para essa troca que ocorreu ontem e ocorrerá ainda. Alguém ainda duvida? Vale lembrar que o Ainge fez o time de 2008 praticamente do dia para noite.

      Bom, eu comecei a acompanhar em 2008, justamente pelo Rondo, Pierce e Garnett. Por vários motivos gostei do time e acompanhei o título (Não era tão fanático como hoje). Vi o vice, vi vários playoffs, vi temporadas em alta do nosso time, vi recordes e comecei a ver as trocas, jogadores chegando e saindo. Como falei em cima: eu não vi um time ruim do Celtics ainda (Só o do ano passado), e mesmo com essa molecada, não tá tão ruim que não possa melhorar.

      Reconstruir ao redor do Rondo era o ideal. Ele É um celta, de corpo e alma. É um ótimo jogador, um excelente armador. Faz jogadores como Bass e Wallace jogarem. Faz Zellers pontuarem. O cara termina com 15 assistências em um time que tá, como muitos dizem, em tank/rebuild. Então vamos traçar um plano para trazer um Center de qualidade na F.A, vamos começar a fazer contatos para ver quem pode vir, vamos traçar planos para contratações e dispensas, vamos conversar com o Rondo e oferecer o ideal para fechar o time… Obviamente algo nessa conta deu errado. Seja com Rondo, com o contato do F.A ou seja lá o que for. Não dá para termos certeza do que acontece. O que podemos fazer é somente especular e chamá-lo de burro. Dar crédito? Isso não é coisa de torcedor. De quase todos eles (Inclusive eu. Tento ser racional, mas também tô put0).

      Agora… Quais são os caminhos? Muitos! Temos alguns jogadores, picks aos montes e flexibilidade com exceções e etc. Não é fácil montar um time rodeado de jovens, se quer seduzir alguém para jogar por nós. Logo, se não dá para seduzir ninguém, temos que forçar a lapidação dos jovens talentos. Se todos vemos que Olynyk e Sullinger podem ser all-stars, por quê a maioria aqui bate na tecla de “não dá para confiar no draft”? Como assim? Olha quantos talentos tiramos de lá, e a maioria abaixo da 10 colocação, incluindo Pierce e Rondo. Então por quê tanta desconfiança? Seria melhor ter um Durant no nosso time? Seria! Mas como? Mesmo com Rondo e Green, quem poderia aqui garantir que o C viria? Quem aqui poderia cravar isso? Se não conseguimos antes, porque no próximo verão conseguiríamos? Ao meu ver, o movimento do Ainge foi justamente por não ter certeza e poder, como muitos times (Lakers no caso do Howard, Cleveland no caso do LeBron e etc), acabar ficando sem nada. O que veio de Dallas é uma porcaria? Pode ser, eu também acho, mas nesse caso, ONTEM, o culpado foi o Rondo. Ninguém pode garantir quais foram as outras propostas. De repente o Noel + pick 2015 dos 76ers estava na mesa. Randle + pick 2015 dos Lakers estava na mesa… Qual o Rondo escolheria ir por contrato e por ser irrestrito? Se ele fosse restrito e tivesse ido para um dos dois times, Ainge seria gênio hoje.

      No mais, eu não confio em jovens que ainda não estão inteiramente prontos para NBA (Smart e Young) mas é inegável que talento eles têm. Não preciso listar aqui cada peculiaridade deles. Acho que o Smart pode assumir nossa 1 e ser, no mínimo, um Lillard com menos arremesso e melhor defesa. Explico: ele tem muito mais gana para atacar, finaliza bem, demonstrou, já, uma grande evolução no chute, e tem uma defesa nível seleção americana. Assistências? Ninguém nunca será como o Rondo. Nem o Chris Paul é! Mas médias de 6 assistências não é ruim. São as médias do Lillard, Park, Curry e etc. Não é o fim do mundo. Problema é que estamos acostumados com o alto nível nas assistências. Todo mundo vai sentir falta… Mas vida que segue. Jogadores vem e vão, o time fica. Tem gente condenando o time aqui pela saída de 1 jogador, como se o time tivesse vendido todo mundo. Smart pode encher nosso Boxscore. Ou quem sabe vem mais troca? Resta esperar.

      Título da NBA é 1 só. Nem os melhores times conseguem se quer chegar na final de conferência. Spurs não venceram todos os títulos. King James foi derrotado. Durant ainda não ganhou nenhum título… E por aí vai. É difícil ganhar o título da NBA, e o Ainge demonstrou, queiram ou não, que sabe montar time para ser campeão da noite para o dia, em um único verão. Por ver o que eu vi em 2008, que eu ainda acredito que com tanto recurso, pode dar resultado ainda. E, melhor, resultado por muitos anos, não por 3 anos como foi em 2008.

      Isso é esporte. Times ganham e perdem. O importante é nos divertirmos com a jornada. É por isso que me divirto vendo os jogos, as jogadas e os jogadores. Gosto do Celtics porque sabem criar ídolos. Conheci isso em 2008 e até hoje admiro. O caminho pode até ser longo, mas que bom que tem torcedor que acredita, se não o TD Garden viveria vazio. Ainda vou assistir os jogos, vou me divertir, vou torcer pelo Smart, Young… Vou torcer para o Sullinger acertar mais arremessos, vou torcer pela defesa melhorar do Olynyk, torcer para o Zeller continuar evoluindo; torcer para o Pressey (Sim, gosto do jogo do Pressey, podem tacar pedra)… A base nós temos. Ninguém tem coragem aqui de dizer o contrário.

      Aliás, sou torcedor do Flamengo, acostumado com o sofrimento e ter que apoiar na maioria das vezes nas trevas. hahaha! O que não podemos é achar que tá tudo perdido. É hora de ser racional.

  63. ALEX SHIMA disse:

    Rondo ia sair por nada no final da temporada, já que seria agente livre irrestrito e iria querer muito. Um cara como o Rondo não aceitaria mais tankar… ele já tá velho e não tá jogando como era antes da cirurgia… será que ele voltará a ser como antes? Já que iríamos perdê-lo será que foi tão ruim assim?
    Lá em Dallas vai sair faísca… vai dar pau entre ele e o Monta Ellis. E se o Rondo acha que negociar com o Mark Cuban vai ser igual… está redondamente enganado.

  64. Daniel Vasconcellos disse:

    Desisti do Ainge no ano em que era certo o título e ele trocou o Kendrick Perkins e o Nate Robinson (com o OKC) pelo Jeff Green. Ele matou o rodízio que permitia que o Shaq, o Garnett e o Jermaine jogassem em alto nível mesmo com a idade avançada.

  65. Plácido disse:

    Sempre fui fã do Rondo, continuarei sendo com ele no Dallas. Mas o Celtics demorou pra trocar ele, acabou até se desvalorizando, Celtics muito certo em abraçar de vez a rebuild. Se pensar que todos os contratos já estão perto de acabar não foi tão ruim assim, claro que não vale o Rajon Rondo, mas não tinha como ser melhor que isso, só times que brigam por títulos se interessaram no Rajon. Celtics fizeram um grande trabalho agariando escolhas de primeira rodada, agora tem MUITAS mesmo. Embora muitas serem altas podem ser trocadas pra subir no draft também. Já o Jeff Green pode ficar por um tempo a mais, se valorizar e ser trocado por coisa muito melhor, como o Afflalo. Além de que Celtics já tem boas peças jovens como Sullinger, Olynyk, Young, Smart. E em 2016 se encerra o contrato do Gerald Wallace, Celtics com folha salarial completamente limpa. Creio em playoffs em 2017. Não tem como viver no topo sempre, perder o Rondo foi necessário, no mais ganhamos um time pra torcer nos playoffs.

  66. Digor33 disse:

    Interessante que tanto Boston como Los Angeles estão em fase de reconstrução, parece na época em que Bird e Magic entraram em cena.

    Pode ser que esta coincidência de momentos gere um futuro de rivalidade bem mais forte, com ambas franquias lutando pelo título.

    Agora é esperar e torcer, Celtics até o final, jogamento mal ou bem, mas sempre VERDE!!!!

    • Jonas disse:

      Mas antigamente nós tínhamos o Red. O homem era um MAGO. Sério, o cara tinha o domínio para abreviar os rebuilds. Pensa: tivemos uma dinastia espetacular nos anos 60, com Bob Cousy, Tommy Heinsohn e Bill Russell. Os caras foram se aposentando aos poucos, aí o Havlicek, que na época do Russell era “só” um grande sexto homem virou o dono do time, o Red juntou mais alguns talentos (Cowens, JoJo White, Silas) e conseguimos mais dois anéis nos anos 70.

      Quando o Havlicek e o Cowens pararam tivemos UMA temporada de merda, e o Red já tinha conseguido duas picks. Com uma delas pegou o Bird. Como o Red adorava colecionar picks (com quem vocês acham que o Ainge aprendeu?), dois anos depois de draftar o Bird (vejam bem, dois anos depois) nós tínhamos a pick 1 e a 13. O Red trocou as duas com o Golden State pelo Parish e mais uma pick, com a qual draftou o McHale. Olha como o mago montou um timaço.

      E o Red se preparou para quando essa geração espetacular parasse. Em 1986 fomos campeões com o melhor time da história, mas o Auerbach tinha trocado um jogador por uma pick que acabou sendo a número 2 (!!!). Só que aí tudo começou a dar errado. Escolhemos o Len Bias, que tinha tudo para ser do nível do MJ, mas morreu, e aí o toque de Midas do Red murchou de vez – piorou ainda quando o Reggie Lewis morreu também. Se não fosse por esses golpes bizarros do destino, teríamos sido um time forte também nos anos 90.

      Não sei, ainda acho que o Ainge pode tentar alguma maluquice antes do deadline.

      • Digor33 disse:

        Concordo com vc, tudo é possível. Mas ainda vejo as duas franquias mais rivais vivendo um momento parecido com perspectiva de um futuro de grandes embates.

  67. Matheus disse:

    Nunca vou me esquecer da cena dele, querendo escutar o que o spo falava pro heat no time out, e o lebron deu um chega pra lá no menino rondo hahahaha

  68. Guisinho disse:

    RIDÍCULO!!! AINGE FDP!

    Muito triste.. Em pensar que eu comecei a torcer pelo Celtics exatamente pelo Rondo.. Meu maior ídolo na NBA. Tristeza sem fim.

    Porém, bola pra frente! :/

  69. RFORNER disse:

    Voltamos aos anos 2000

    Tamo é ferrado …..

  70. Jonas disse:

    Jae Crowder usava a camisa 9 em Dallas, mas vai usar a 99 aqui. Ainge estaria pensando em aposentar a camisa do Rondo?

    • pessoa disse:

      Ainda é muito cedo pra dizer,na minha opinião.Rondo jogou um bom tempo como celta,conseguiu um titulo e sempre jogou como um maestro em quadra.Porém,tem muita coisa pela frente,vamos ver como o mavericks vai se posicionar a respeito,ja que o rondo está representando pro dallas um quinteto inicial perfeito e pode muito bem levar mais um ou alguns titulos para o estado do texas.Talvez seja a intenção do ainge,mas não depende só dele

    • Leandro disse:

      Acho que não. O Rondo é um grande jogador, fato. Mais acho que falta nele um perfil de ídolo, palavra essa que se encaixa mais com o Paul Pierce e KG, acho esses dois um marco na história do Celtics ainda mais por suas atitudes de respeito com a franquia.

  71. Lucas Sales disse:

    Galera aqui acha que o site é de futebol. NBA é um puta negócio, e temos que abrir mão de alguns jogadores para pode montar um time. Não pensem que o Ainge é o culpado, ninguém sabe oq passa nos bastidores, ninguém sabe a vontade do Rondo. Vamos acreditar no projeto, nada que dura vem em curto tempo, um projeto demora um tempo para vingar. Quanto tempo o PP34 jogou sem ninguém do lado ? Foi preciso todo um planejamento para ele ser lapidado e formarmos um time em volta dele. Acredito que todo o Staff Celta está trabalhando em Rebuilding de muito sucesso, e tenho certeza que isso irá acontecer.

  72. Lucas Sales disse:

    Isso aqui é CELTICS, São 17 BANNERS, 17 não é brincadeira !! Dallas vai lutar pelo banner 2, vamos deixar o menino jogar !

  73. Renato disse:

    Digamos que o Ainge não tenha a intenção de utilizar o Smart como Pg titular, podemos na agência livre trazer 1 desses 2 jogadores:

    A) Reggie Jackson – Jogador excelente que enquanto o Durant e Westbrook estavam lesionados, teve a média de 22 pontos por jogo.

    Seu salário é de 3milhões e 400 mil, mas ele vale por baixo de 10 a 12 Milhões.

    O OKC não tem como cobrir essa oferta devido aos grandes salários da equipe.

    O Celtics pode usar a exceção e enviar Pick(s)

    B) Dragic – atualmente ganha 7 milhões e 500 mil, mas com certeza vale entre 12 a 14 Milhões.

    Suns ficaram sem CAP se fizer uma oferta com esses valores, e não seria coerente, já que eles tem Bledsoe e Thomas, logo acho bem viável que eles aceitem negociá-lo.

    Novamente podemos usar a exceção e Picks.

    Outra coisa, se retirarmos do CAP, Green e G Wall teremos comprometidos apenas 26 Milhões, o que nos permite ir a frente.

    Outro fator é que essa pick que recebemos do Dallas é para 2016, e nada impede que essa equipe venha a cair na temporada que vem já que é envelhecida e tem 3 jogadores titulares na agência livre e querendo perto do máximo ou o máximo.

    Resumo da Ópera, a troca não foi muito pelo potencial do Rondo, mas precisava acontecer para nos dar flexibilidade e não comprometer nosso CAP, e independente da troca ainda podemos trazer um armador TOP para o Celtics.

    • Jonas disse:

      Dragic seria incrível, sou grande fã do jogo dele. E joga bem na 1 e na 2. Mas duvido que esteja fora dos planos dos Suns – fala-se de ele optar por sair só para dar uma testada no mercado, mas renovar com Suns mesmo. Acho mais fácil trocarem pela exceção o Isaiah Thomas, embora ele tenha acabado de chegar lá. Prefiro o Dragic, o Thomas tem uma cabeça meio estrela que me incomoda, embora seja talentoso.

      Agora, tem que ver o quanto se animam de pegar um armador por mais de 10 milhões. CAP a gente tem, mas aí o técnico não teria nenhuma opção que não colocar o cara de titular, pela grana investida, e voltaríamos à situação de uma pick 6 ficar sem espaço. Torço para que o Smart volte o quanto antes para vermos como ele vai se comportar tendo mais minutos em quadra. O que tem me incomodado até agora é que ele não ataca o aro. Às vezes vejo os highlights dele na universidade e fico abismado com o quanto ele ligava o foda-se e entrava de qualquer jeito no garrafão. Sofria boas faltas com isso. Com o Celtics ele mal tem feito isso, tem preferido chutar de fora. Não sei se era uma pressão interna para que ele melhorasse o arremesso de fora na marra para jogar de 2 ao lado do Rondo. Enfim, agora é com ele. Se por um lado vai ter a chance da vida, por outro a pressão vai aumentar muito, não vai mais ter o Rondo como pára-raio (pararraio?) de polêmicas para proteger o resto do elenco. Acho que o Smart tem cabeça boa o suficiente para lidar bem com isso.

      Só quero que o Ainge mantenha distância absoluta do cabeça de vento do Lance Stephenson. Esse cara é um pulha, espero nunca ter que vê-lo com a nossa camisa.

    • Matheus disse:

      Mas a contratação de algum desses dois não atrapalharia a evolução do Smart? Pq eu acho que ele pode ser o nosso PG titular em algum tempo, então talvez seja melhor focar em trazer alguém de outra posição, mesmo que eu goste do Reggie Jackson e principalmente do Dragic

  74. Carambola disse:

    Não, mil vezes não. O Jameer Nelson é horrível. Eu detesto esse cara. Tomara que se machuque.

  75. Thiago disse:

    Já era, toda vez que esse otário do Angie faz uma merda sempre aparece alguém falando que ele tem um coelho na cartola. Agora que assistir aos jogos do OKC.

  76. Danilo Jeolás disse:

    Meu questionamento é que seria melhor ter deixado o Rondo sair ao fim do contrato, do que absorver o Nelson, que fatalmente exercerá sua player optionn, roubando mais 3,3 MI do nosso CAP na próxima temporada e tirando minutos valiosos para a evolução do Smart.

    Perdemos nosso Franchise Player, não nos livramos do GWall, a pick de primeira rodada é protegida em Top 7, inchamos ainda mais o CAP e os expirantes são roles medíocres.

    O negócio é péssimo, não dá para defender. Como disse, deixar o Rondo ir embora ao final do contrato era melhor. E sem essa que Ainge se preocupou com a questão de Rajon migrar para o leste, já que a trade de Pierce/Garnett reforçou um rival de divisão.

    Entendo que muitos aqui se sintam agradecidos ao Ainge por 2008, mas a troca do Rondo nesses moldes inexplicáveis, foi algo completamente nonsense.

    E por fim, vieram as famosas TPEs, que de efetivo, agregam bem menos do que a importância que têm.

    • Jota disse:

      Por qual motivo o Nelson iria aplicar a PO?! Ele tem médias “boas” e pode ajudar um contender. Ainge pode colocá-lo em qualquer pacote com Green ou o Próprio Bass para um Rockets da vida, ou qualquer outro time que precise de um PG que possa vim do banco para jogar os playoffs.

      Não gosto do Nelson, mas ele não é nenhum Gerald Wallace da vida. Ainda pode ser um bom ativo para troca. Acredito que até ele vá querer isso justamente para não ficar em um time de Rebuild.

  77. Renato disse:

    Danilo,

    Tenho que discordar de você.

    Podíamos ter feito uma Trade melhor?
    R: Sim

    Podiamos ter negociado o Rondo antes?
    R: Sim

    Agora dizer que era melhor deixar expirar o contrato do que assumir 3,3 Milhoes???

    Isso é nada na NBA, e se o Celtics quiser tirar ele do roster, basta enviar junto do Green ou do Bass ou dar uma segunda escolha, ou seja, fácil.

    O Center que recebemos de Dallas também me parece uma boa aposta.

    A pick de Dallas será usada em 2016, logo pode ser no meio de tabela, se eles não renovarem contratos expirantes.

    Entendo a insatisfação de todos, mas isso com certeza é melhor que nada.

    • Danilo Jeolás disse:

      É fácil tirar do roster, até que concordo. Mas fatalmente vai no lugar de outro.

      Brandan Wright é um role, nada muito diferente do Zeller, talvez pouca coisa melhor.

      Rondo era a chance de limarmos o contrato do GWall, nem isso Ainge conseguiu. Teremos que entubá-lo no CAP do próximo ano, o que diminui as chances de êxito na FA.

      E quanto à pick, provavelmente Chandler e Rondo estenderão o compromisso, bem como Nowitzki tem saúde para jogar mais um ano. Os Mavs irão aos playoffs na temporada que vem e teremos uma escolha acima da #20. A não ser que aconteça uma catástrofe no Texas.

      Continuo dizendo, o negócio foi muito ruim, beira o inexplicável.

  78. Guxa disse:

    Bom, é uma reconstrução radical mesmo. Ainda assim, acho que é importante manter alguns jogadores mais experientes para ajudar os mais jovens. Agora, quais manter? Depende da proposta de jogo, das contribuições dos mais experientes etc. Talvez Rondo e “Sistema Brad Stevens” não encaixassem muito bem mesmo. Afinal, a proposta de rodar bastante a bola e achar as melhores oportunidades de pontuar de acordo com as respostas da defesa adversária é uma proposta que precisa que todos os jogadores:
    1- Saibam jogar com e sem a bola;
    2- Tenham boas condições de concluir a jogada;
    3- Tenham bom passe;

    Talvez o Rondo não encaixasse muito bem nos itens 1 e 2 (jogar sem a bola e concluir as jogadas, principalmente com arremessos de longe).

    Ou seja, em última instância, ou era o Rondo ou o “Sistema Brad Stevens”. Não sei qual escolher ou qual seria o melhor para o Celtics. Mas o Ainge apostou no novo técnico quando o contratou, dando a ele um contrato para desenvolver tranquilamente seu trabalho. Com tudo isso posto, penso que foi o resultado de uma escolha na qual pesou a aposta no técnico, em sua visão do jogo e em seu sistema de jogadas. E, infelizmente, esse sistema combina mais com um armador que precise menos de bola na mão e arremesse melhor quando a bola chega a ele.

    Será que a ideia é manter ainda alguns jogadores experientes para dar consistência à formação dos jovens? Quem serão os experientes que o Ainge e o Brad querem manter (se quiserem)?

  79. Renato disse:

    Danilo,

    Acho que o contrato do G Wall da para usar ano que vem em outro negocio como trunfo e nao problema.

    O Brandan Wright e muito melhor que o Zeller, seu atleticismo e defesa podem ser a grande surpresa dessa trade, so nao sei se o Ainge ira pagar os 10 Milhoes que ele vai valer provavelmente.

    E em relacao aos Mavs, eles terao Chandler, Ellis e Rondo para renovar.

    Rondo e Ellis irao querer o maximo com certeza, ai que quero ver se o Dallas ira pagar, e se o fizer tera seu CAP totalmente comprometido, e se alguem se lesionar o que e bem provavel ja que Rondo, Dirk e Chandler sao propensos, a equipe despenca.

    Vou dizer mais uma vez, a troca foi fraca, deveria ter trazido mais pelo Rondo, mas com certeza e melhor do que deixar o contrato vencer ou dar o maximo.

  80. luan carlos disse:

    todo mundo sabe que no futuro pode vir um time pra brigar anos por titulos, mas ninguem quer perder jogadores allstar, quanto mais tres, um atras do outro

  81. […] última quinta-feira (18), o Boston Celtics confirmou a troca de seu armador e capitão Rajon Rondo com o Dallas Mavericks. Na negociação, que também envolveu o ala-pivô Dwight Powell e resultou na dispensa do pivô […]

  82. […] Nelson foi 1 dos 3 atletas adquiridos, pelo Celtics, na troca que enviou Rajon Rondo para o Dallas M…. O armador teve 3 pontos, 3 assistências e 2 turnovers, em pouco mais de 20 minutos, na sua estreia, sob o uniforme verde, contra o Miami Heat, no último Domingo. […]

  83. […] dado curioso é que os 3 atletas recém-chegados de Dallas (Jameer Nelson, Jae Crowder e Brandan Wright) apresentaram os melhores plus/minus do elenco celta […]

  84. […] nesta 6ª feira, que ”deixou de defender há alguns anos”, e sugeriu que sua recente chegada em Dallas o fez bem, pois o incentivou a voltar a defender e a se esforçar nesse lado da […]

  85. […] equipe do Celtics tenta voltar aos trilhos depois da troca que levou Rajon Rondo ao Dallas Mavericks. Desde a negociação, a equipe de Boston jogou 9 vezes e ganhou apenas 2 delas, contra Minnesota […]

  86. […] Rondo, que foi trocado com o Dallas Mavericks, no dia 18/12/2014, será agente livre irrestrito, ao final da corrente temporada. […]

  87. […] de 27 anos, chegou ao Boston Celtics, junto com Jameer Nelson e Jae Crowder, como parte da negociação que levou o armador e capitão celta Rajon Rondo ao Dallas Mavericks. Reserva na rotação de Brad Stevens, o pivô jogou em apenas oito partidas com a camisa verde e […]

  88. […] Depois de enviar Rajon Rondo para o Mavericks, acertar a transferência de Brandan Wright para o Phoenix Suns e trocar Jeff Green com o Memphis Grizzlies, o Boston Celtics concretizou mais uma negociação na noite desta terça-feira (13). De acordo com o jornalista Adrian Wojnarowski, do Yahoo! Sports, o maior campeão da história da NBA acertou, junto ao Denver Nuggets, o retorno do armador/ala-armador Nate Robinson, em troca do armador Jameer Nelson. […]

  89. […] tendo apenas 24 anos, é o jogador com mais tempo de casa, após as recentes trocas que enviaram Rajon Rondo e Jeff Green para equipes da Conferência […]

Deixe um comentário