01

janeiro

2016

20

Comentários

Celtics presenteia Kobe Bryant com pedaço da quadra do TD Garden

Antes da partida da última quarta-feira, 30 de dezembro, sua última no TD Garden, Kobe Bryant encontrou-se com a alta cúpula do Boston Celtics, como convidado especial de um compromisso privado promovido pela franquia. Nesta pequena reunião, Bryant fora presenteado com um pequeno pedaço do lendário parquet do Boston Garden, como um singelo presente de despedida.

Encontravam-se no compromisso, da esquerda para a direita na foto abaixo, o presidente de operações de basquete do Boston Celtics, Danny Ainge, o presidente do Celtics, Rich Gotham, o homenageado Kobe Bryant e o co-proprietário da equipe de Boston, Steve Pagliuca.

A placa recebida por Bryant continha um pedaço da antiga superfície da quadra da arena do Celtics, uma foto de Bryant perto do centro da quadra, uma anotação dos jogos que o ala do Lakers fizera em Boston e uma inscrição que diz o seguinte: “Em reconhecimento de seus lendários desempenhos na quadra do Parquet. De seus amigos e rivais, o Boston Celtics”.

O pedaço de parquet dado a Bryant pertencia à superfície original do Boston Garden. Este conjunto de peças de parquet foi instalado no Boston Garden em 1952, movido para o TD Garden na mudança de casa do Celtics em 1995, e utilizado como quadra da equipe do Celtics até 1999, quando o conjunto de peças foi aposentado. Mas não totalmente aposentado, já que algumas porções da quadra foram mantidas no novo conjunto de parquets do TD Garden, no intuito de manter intacta a história da equipe. Já as peças de parquet não utilizadas na nova quadra são guardadas pela franquia para servir de souvenirs para jogadores lendários, muitos da própria franquia, mas também para rivais, como no caso de Bryant.

A última visita a Boston como jogador do Lakers significava tanto para Bryant que ele levou sua família junto para a cidade, com intuito de dividir com seus familiares todas as experiências que tivesse em Boston.

“Está no mesmo alto nível de Filadélfia (cidade natal de Bryant), em termos de (experiência) mais emotiva”, disse Bryant sobre quão importante era Boston em relação a suas últimas partidas como visitante na NBA. “Este lugar realmente significou muito para a minha carreira. Eu não posso salientar o suficiente, mas por isso que eu quis meus filhos aqui. Eu queria que eles pudessem ver isso e sentir isso.”

“Eu lembro da minha filha tendo uma partida difícil numa semifinal no softball, tendo strikeouts, e ela estava chorando. Ela estava furiosa. Então eu mostrei a ela o vídeo de nós perdendo para o Celtics e eu saindo da quadra chorando. Eu disse ‘escute, está tudo bem. Está tudo bem. Você tem que apenas recuperar-se.’ Este é o tipo de impacto profundo que esta quadra teve (na minha carreira).”

Poucas horas depois da homenagem, Bryant liderou o Lakers à vitória, por 112 a 104, anotando 15 pontos e coletando 11 rebotes.