Celtics x Knicks – Parte 1

Neste Domingo, dia 08/12/2013, Boston Celtics e New York Knicks escreverão mais um capítulo na histórica rivalidade entre as franquias. Rivalidade essa que começou no longíquo ano de 1946. Assim, Celtics e Knicks formam 2 dos 3 times remanescentes do primeiro ano de vida da NBA (o Golden State Warriors é o terceiro).

A rivalidade entre as franquias nasceu antes mesmo dos seus primeiros duelos, motivada pelo já centenário confronto entre as cidades no Baseball (entre Boston Red Sox e New York Yankees). Ademais, a proximidade geográfica entre Boston e New York incentivou o crescimento da disputa, entre as cidades, em todas as ligas esportivas dos Estados Unidos.

De 1946 até 2013, os Celtics e os Knickerbockers disputaram 451 jogos de temporada regular, tendo a equipe de Boston vencido 276, contra 175 do time nova-iorquino. Já nos confrontos de pós-temporada, a supremacia Celta, mais uma vez, se sobressai, tendo a equipe de Bill Russell, Larry Bird e Paul Pierce vencido 36 jogos em 67 disputados até a presente data. O primeiro jogo oficial, entre as franquias, ocorreu em 7/12/1946, e foi disputado em Boston. O New York Knicks levou esse jogo pelo placar de 90×65. A primeira vitória Celta veio em 10/01/1947, pelo placar de 66×62.

O primeiro duelo de Playoffs, entre as franquias, ocorreu na temporada de 1950/1951, pela primeira rodada daquele ano. A série consistia em uma melhor de 3 jogos, tendo o Knicks derrotado o Celtics, ao vencer, de cara, os dois primeiros jogos (um em cada cidade). Na oportunidade, o Knicks conseguiu chegar a NBA Finals, mas perdeu o título para o extinto Rochester Royals.

Na temporada seguinte, mais um duelo, pelas semi-finais de conferência. Nesse duelo, o Boston Celtics conseguiu vencer seu primeiro duelo de Playoffs, na história, contra o time da Big Apple, forçando o decisivo Game 3 em Boston. Todavia, em um jogo disputadíssimo (com direito a dois tempos de prorrogação), o Celtics foi batido pelo apertado placar de 88×87. Mais uma vez, o Knicks foi às Finais e perdeu. Dessa vez, para o, até então, Minneapolis Lakers. A primeira vitória Celta, em uma série contra os Knickerbockers, veio na temporada de 1954/1955, quando, mesmo fora de casa, o Celtics venceu com segurança o time adversário, sob a tutela do inesquecível Bob Cousy.

A década de 60 marcou a maior soberania de um time esportivo nos Estados Unidos, tendo o Celtics conquistado todos os campeonatos de 1959 a 1966, em um time repleto de jogadores que tiveram suas camisas aposentadas pela franquia, como: Bill Russell, Bob Cousy, K. C. Jones, Sam Jones, dentre outros. A equipe da Big Apple, por outro lado, passou por difíceis anos, ficando fora dos Playoffs de 1960 a 1966. Finalmente, em 1967, as duas franquias se reencontraram na pós-temporada. A equipe de Boston acabou vencendo o duelo com tranquilidade, fechando a série com uma bela vitória na casa do adversário. Em 1969, mais um encontro, dessa vez pelas Finais da Conferência Leste. Em uma emocionante série (na qual o Celtics venceu dois jogos por apenas um ponto), o Boston carimbou sua passagem rumo a mais um título. Essa temporada foi a última disputada pelo lendário Bill Russell.

Na primeira temporada sem o eterno camisa 6, o Boston fracassou e não chegou aos Playoffs pela primeira vez em 19 anos. O New York Knicks, no entanto, se aproveitou e acabou conquistando o primeiro título de sua história, no mesmo ano (1970). Na temporada de 1971/1972, as duas franquias se reencontraram em mais uma Conference Finals, tendo o time da Big Apple levado a melhor por 4×1. No ano seguinte, mais um duelo pelas Finais do Leste. Em um confronto parelho (no qual o Celtics chegou a empatar a série em 3×3, após estar perdendo por 1×3), o Knicks levou a série por 4×3, ao derrotar o Celtics, em Boston, no decisivo Game 7, sob a liderança de Walt Frazier e Willis Reed.

Para fechar as disputas na década de 70, Celtics e Knicks travaram, pelo terceiro ano consecutivo, mais um embate na Eastern Conference Finals. Diferentemente dos anos anteriores, a equipe de Boston levou a melhor, ao vencer a série por 4×1, encaminhando a franquia rumo ao seu 12º título. O Celtics ainda ganharia mais um, naquela década, em 1976. O Knicks, por outro lado, voltou ao costumeiro fracasso, após a aposentadoria dos seus dois maiores astros: Frazier e Reed.

Boston Celtics e New York Knicks voltariam a enriquecer essa histórica rivalidade nos anos 80. Entretanto, agora, com novos protagonistas, como o primeiro Big 3 celta, formado por Larry Bird, Kevin McHale e Robert Parish. O time da Big Apple teria em Bernard King e Patrick Ewing, seus dois maiores ícones à época. Entretanto, essa parte fica para outra matéria, a ser publicada ainda na semana que antecede ao primeiro duelo da temporada entre duas das maiores franquias da NBA.

Rômulo Portugal
Rômulo Portugal

Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

6 Comentários

  1. Rafael Taborda disse:

    Ótimo texto informativo… Parabéns! Viva as Rivalidades…!

    0

    0
  2. Bruno Dumas disse:

    Boa Rômulo!

    0

    0
  3. RFORNER disse:

    MTO LEGAL ´PARABENS ROMULO

    0

    0
  4. Thiago Vieira disse:

    Show! Uma pena o Boston hoje estar numa situacao não tão boa assim.. aliás, nem o Knicks hahaha

    0

    0
  5. […] anos 80, Celtics e Knicks, já órfãos de seus primeiros grandes ídolos, precisavam de novos protagonistas para seguirem capazes de disputar mais títulos. Coube a Larry […]

    0

    0
  6. […] ficarem mais por dentro dessa disputa, deem uma conferida na trilogia especial que o Celtics Brasil fez sobre essa eterna rivalidade entre Celtics e Knicks. Tweet (function() { […]

    0

    0

Deixe um comentário