Crowder e Thomas são lembrados para jogador de maior evolução da temporada

Nas últimas duas semanas, em meio às séries da primeira rodada dos playoffs, a NBA divulgou, em seu site oficial, o resultado das votações para alguns de seus tradicionais prêmios da temporada. A equipe do Boston Celtics teve representantes em todos os quatro prêmios já divulgados pela liga: Evan Turner ficou na quinta colocação da eleição de melhor sexto homem da temporada, Brad Stevens ficou na sexta colocação da corrida pelo prêmio de melhor técnico da NBA, Avery Bradley e Jae Crowder receberam votos na eleição de melhor defensor da temporada e o mesmo Jae Crowder, junto de Isaiah Thomas, foram lembrados para a eleição de jogador de maior evolução da temporada. Participaram destas eleições 130 jornalistas esportivos de Estados Unidos e Canadá, cada um deles representando uma mídia esportiva escolhida pela liga.

Na eleição de jogador de maior evolução da temporada, deu a lógica, com uma esperada larga vantagem, onde o agraciado foi o ala-armador do Portland Trail Blazers, CJ McCollum. Por ter sido uma votação tão dilatada, muitos outros atletas receberam votos, diversificando os nomes lembrados nessa disputa. Entre estes nomes estão dois jogadores do Boston Celtics: o armador all-star Isaiah Thomas, também candidato a figurar entre os mais votados na eleição de MVP da temporada, e o ala Jae Crowder.

Jae Crowder, também votado para eleição de melhor defensor da temporada, ficou na sexta colocação da eleição de jogador de maior evolução da temporada, com 45 pontos. Entre estes pontos, há 16 votos para terceiro lugar, oito votos para segundo lugar e um voto para primeiro lugar, dado pelo narrador da Comcast SportsNet New England, de Boston, Mike Gorman, que colocou-o a frente do premiado McCollum e do ala do Milwaukee Bucks, Giannis Antetokounmpo.

Já Isaiah Thomas, terminou esta eleição na oitava colocação, com 30 pontos. No entanto, Thomas recebeu mais votos de primeiro lugar, três, além de outros três votos de segundo lugar e seis votos de terceiro lugar. Os jornalistas Mike Fratello, da TNT, Sam Smith, do Bulls.com e Keith Pompey, do Philadelphia Inquirer, votaram em Isaiah Thomas como jogador de maior evolução da temporada, com o campeão CJ McCollum e o armador do Charllote Hornets, Kemba Walker, completando os votos, sendo McCollum o segundo lugar pros dois primeiros e Walker para o último.

Confira o resultado da votação de jogador de maior evolução da temporada 2015/2016:

1º – CJ McCollum (Portland Trail Blazers) – 559 pontos
2º – Kemba Walker (Charlotte Hornets) – 166 pontos
3º – Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks) – 99 pontos
4º – Stephen Curry (Golden State Warriors) – 83 pontos
5º – Will Barton (Denver Nuggets) – 62 pontos
6º – Jae Crowder (Boston Celtics) – 45 pontos
7º – Draymond Green (Golden State Warriors) – 43 pontos
8º – Isaiah Thomas (Boston Celtics) – 30 pontos
9º – Hassan Whiteside (Miami Heat) – 26 pontos
10º – Kawhi Leonard (San Antonio Spurs) – 18 pontos
11º – Andre Drummond (Detroit Pistons) – 11 pontos
12º – Gary Harris (Denver Nuggets) – 6 pontos
13º – Kent Bazemore (Atlanta Hawks) e Evan Fournier (Orlando Magic) – 4 pontos cada
15º – Rodney Hood (Utah Jazz), Russel Westbrook (Oklahoma City Thunder), Reggie Jackson (Detroit Pistons) e Ian Mahinmi (Indiana Pacers) – 3 pontos cada
19º – Zach LaVine (Minnesota Timberwolves) e Kyle Lowry (Toronto Raptors) – 1 ponto cada

Fábio Malet
Fábio Malet
Gaúcho de Porto Alegre, bacharel em Ciência da Computação e analista de sistemas. Apaixonado por esportes, tem o jornalismo como um hobby, e, pretende, futuramente, fazer pós-graduação na área. Acompanha NBA desde o começo de 2007 e, pé-quente, viu seu Boston Celtics ser campeão na primeira temporada inteira que assistiu. Torce também para Grêmio, Tottenham Hotspur, Green Bay Packers, e por conta da afinidade com Boston, tornou-se fã de Bruins e Red Sox.

11 Comentários

  1. Francisco disse:

    Andre Drummond evoluiu o que? Os lances livres? kkkkk
    Se o Curry evoluir mais, a NBA vai ter que mandar ele de volta pra área 51, o cara é um ET.

    0

    0
    • Maurício Green disse:

      Drumont diminuiu muito os airball em lances livres… KKKKK Mas uma 3 temporadas ele chega a 50%, tenho fé…KKKK Na verdade le piorou os lances livres, esse foi o pior ano dele em lances livres na NBA 36% o melhor ano foi 13-14 com 42%.

      A NBA vai cria uma linha de 4 para o Cury….

      0

      0
    • Marcos disse:

      Bom, você não deve ter assistido aos jogos dos Pistons, mas o Drummond andou matando (várias) bolas do meio da quadra, na zona intermediária e está com a mecânica de arremesso em lances livres melhor, comparado a D Howard, DA Jordan E Rajon Rondo.

      O Drummond também foi jogador da semana e um dos maiores reboteadores do Oeste.
      O time do Pistons evoluiu demais do ano passado para este.
      Falta virar porradeiro, para dar orgulho nas gerações anteriores.

      Ah, se Olynyk, Sully, Zeller, Amir conseguissem evoluir como o Drummond…

      []s verdes

      0

      0
      • Mauricio Green disse:

        Marcos vi poucos jogos do Pistons realmente. tava falando só dos lances livres…. Acho que um cara com 36% de lance se marca, se anula… Isso mata toda evolução. Como vai ficar em quadra em um momento decisivo?

        Mas li uma matéria sobre o arremesso dele que fala justamente o que vc colocou. Diz que ele mete 70 /75 % nos treinos. O problema e o bloqueio no jogo, a linha de lance livre pesa p o cara.

        0

        0
        • Marcos disse:

          Esse FT% me irrita também… E não é para reclamar da regra, é reclamar da ruindade do arremessador mesmo.
          O fato é que quando um pivô desse nível tem FT% aceitável, ele vira logo monstro em números (A. Davis, Cousins,…).

          No caso do Andre D acho que uma comparação justa é com o Greg Monroe. Eles estavam no mesmo time e o pessoal dizia que tinham o mesmo nível… Bom, agora é bem claro qeu o Drummond está bem acima…

          Ninguém falou, mas W. Caulley-Stein fez uma temporada muito boa no Kings (inclusive o DMC muitas vezes jogou deslocado de PF para ele fazer C).
          Acho o WCS um jogador que ainda podemos pegar e o cara tem físico e agilidade invejáveis para a posição.

          []s verdes

          0

          0
  2. Mauricio Green disse:

    Crowder continuou a marcar como um leão e estabeleceu um jogo ofensivo de 14.2 de media. Deveria ter sido melhor votado. O fim da temporada e o off dele não foram legal por causa do tornozelo baleado. Ele jogou no sacrifício.

    0

    0
  3. drakes disse:

    Do time do Celtics evolução tiveram ao meu ver boa parte do elenco de uma temporada para outra, tirando:
    Zeller, – teve momentos, mas me parece que não se encontrou no ano, um lugar na rotação.
    Amir Jonhson – apesar do bom playoffs, nos 86 jogos disputados foi discreto na maioria deles.
    Young, não vi diferença alguma.
    E os rookies por motivos óbvios de comparação..
    Sullinger é um caso a parte, teve mais da metade jogando bem, com grandes jogos contra Drumond, Cousins e Whiteside que dominou, mas no total devido ao seu físico ficou a desejar.
    Decadência, apenas o David Lee, este foi péssimo, algumas bandejas perdidas foram imperdoáveis.

    0

    0
  4. Fernando C. da Silva disse:

    Nossos 3 principais jogadores são IT, AB e Jae. Com eles chegamos aos offs pela segunda vez, e, acredito que poderiamos ter feito pouco mais contra o Atlanta.

    Mas, é inegável que precisamos de uma jogador de impacto para sermos contender.

    Estou otimista com a próxima season. Estaremos fortes.

    0

    0
  5. Leonardo Almeida disse:

    Só eu acho que o Boston precisa de um Pivô melhor?

    0

    0
  6. […] passaram a offseason inteira trabalhando para melhorar seus desempenhos, e não por acaso, receberam votos na eleição de jogador de maior evolução da temporada (vale citar aqui que também há outros jogadores notabilizados por essas […]

    0

    0
  7. […] exposto, podemos apontar suas indicações aos prêmios de melhor defensor e jogador que mais evoluiu na temporada. Jae Crowder ocupou a 13ª e a 6ª posições, respectivamente, […]

    0

    0

Deixe um comentário