Defensor de elite, Crowder começa a se firmar no setor ofensivo de Boston

Se você perguntar para um torcedor celta o que falta para a equipe se consolidar como um postulante as finais da NBA, 9 entre 10 dirão que falta um SF pontuador e um C defensor.

Isso não parece ser um desejo apenas da torcida, mas também da gerencia de Boston.

No inicio da temporada passada, Ainge buscou a todas as custas uma negociação para Gordon Hayward, “queridinho” de Brad Stevens. Hayward no entanto aceitou uma renovação de contrato pelo salário máximo com a equipe de Utah e se tornou uma carta fora do baralho.

Durante o Draft deste ano, Danny Ainge ofereceu um pacote, que para muitos chegava a ser absurdo, para conseguir a escolha do Hornets e assim selecionar Justise Winslow, jovem e atlético SF de Duke.

Sem sucesso na transação, muitos rumores davam contas de que o Celtics ainda buscava esse SF que pudesse pontuar com regularidade. O primeiro procurado foi Tobias Haris, que acabou renovando com o Magic também por um contrato máximo e depois vieram os rumores sobre Chandler Parsons e Danilo Gallinar (que até hoje tem seu nome sondado em Boston).

Sem sucesso em todas essas investidas, coube ao Celtics dar sequencia ao trabalho e firmar Jae Crowder como titular.

Conhecido por ser um jogador “3D”, ou seja, que baseia seu jogo em defesa + bolas de 3pts pontuais, Crowder sempre teve rotulado em sua testa o estigma de um “jogador de papel”, aquele que faz pequenas coisas para a equipe, mas que nunca será um destaque ou uma das primeiras opções ofensivas.

Alheio a isso tudo, Crowder que sofreu muito com irregularidade de seus arremessos nos primeiros meses em Boston, foi aos poucos assumindo liderança dentro de quadra e se tornando mais regular ofensivamente, de forma que aos poucos, sem fazer alarde e sem que a própria torcida percebesse, se tornou o terceiro maior pontuador da equipe na temporada, atrás apenas de Isaiah Thomas e Avery Bradley.

Mas foi no último mês que Crowder deu o “pulo do gato”, ofensivamente falando.

Em Dezembro Crowder fechou o mês com médias de 16,1 pontos e 6,8 Rebotes tendo um aproveitamento de 45% nos arremessos (39,3% da linha dos 3 pontos)

Não temos bola de cristal para saber se Crowder pode manter esses números por toda a temporada daqui para frente, mas caso o faça, e devido a sua defesa de elite, podemos dizer que ele não deverá em nada em termos de impacto de quadra, para jogadores como Hayward, Tobias, Wislow, Parsons e Gallinari, o que deixaria Ainge com um problema a menos para resolver na próxima FA.

Claro…a próxima FA terá simplesmente Durant e Lebron como agentes livres, e aí a história muda completamente de figura, já que estamos falando de 2 dos 5 melhores atletas da liga, dos quais eu não tenho dúvida nenhuma que Ainge faria de tudo para adquirir.

Mas tirando isso, talvez a necessidade de adquirir um SF, tão alardeada nos últimos meses, possa estar diminuindo em muito, com a evolução de Crowder.

Vale lembrar que Crowder ainda é um atleta muito jovem, com apenas 3 anos de liga completos, o que sugere que ele ainda não chegou ao ápice de seu jogo.

Daniel Emiliano
Daniel Emiliano

Daniel é publicitário, web designer e ilustrador residente em Campinas/SP.
Em 2008 uniu paixão e profissão e deu vida a um Blog de notícias e opiniões sobre o Boston Celtics.

Com ajuda de outros apaixonados o Blog foi tomando proporções inimagináveis e hoje é este Celtics Brasil, o maior site sobre uma equipe da NBA no Brasil.

13 Comentários

  1. eduardo disse:

    Quais as chances de tentamos o Lebron?

    0

    0
  2. Sander disse:

    Prefiro o Durant ao Lebron.

    0

    0
  3. Fernando Fabiano Corrêa disse:

    Apesar de na época ter ficado indignado com a trade com o Dallas que levou Rondo, e trouxe Crowder. Hoje vejo que o Ainge fez um ótimo trabalho, é notória a evolução do Crowder no tempo dele vestindo a camisa do Celtics, hoje diria que é um dos pilares desse time.

    0

    0
  4. Thiago Matos disse:

    Ta jogando DEMAIS!!!! Defensor muito melhor do que eu esperava, digo até mais, Não tem nenhum SF na liga q ele não seja capaz de defender bem

    0

    0
  5. Jack disse:

    Na minha opinião, temos alguns jogadores bons que precisamos manter, Crowder é um deles.
    Penso que Sullinger é um caso oposto.
    É só comigo ou tem mais alguém que não suporta ver esse cara jogando nos Celtics?

    0

    0
  6. Chiovato disse:

    Crowder vem bem e cobrando o mesmo da equipe, aos poucos mostra qualidades de líder e isso muito por realmente ‘vestir’ e saber o que é ser Celtics…tomara que eleve mais seu nível!! Seria gratificante pra ele pessoalmente e ao clube que investiu!

    0

    0
  7. No momento, está produzindo ofensivamente o mesmo que o Green fez em sua passagem, com a diferença de ser MUITOOOOO mais defensor que o Jeff.

    0

    0
    • Gustavo Arruda disse:

      Produzindo o mesmo que o Green no ataque, mas com muito mais disposição para o jogo. Crowder virou uma espécie de segundo capitão do Celtics e é, disparado, o jogador que tem mais “Celtic Pride” do elenco.

      0

      0
  8. Erich Machado disse:

    Crowder não só está jogando bem, como faz com que o coletivo jogue bem: É notória a melhora do time quando ele está em quadra. Fico feliz ao ver um jovem com tamanho espírito de liderança e cobrança.

    0

    0
  9. Nívio disse:

    Pô, se mantiver esse ritmo no ataque, com a defesa monstruosa que tem, vira um jogador de nível Draymond Green/Kawhi Leonard haha Na torcida que siga esse caminho

    0

    0
  10. Renato disse:

    Acho o Crowder um jogador excelente, confesso que antes do Celtics adquiri-lo não o conhecia, mas tem se tornado um jogador muito importante para equipe.

    Sua evolução é considerável, basta analisar os números e ver sua presença em quadra.

    Estatística 2014

    24 Minutos por jogo – 76% acerto lance livre, 28% na bola de 3, 5 rebotes , 1 roubo de bola e 9 pontos por jogo.

    Estatística 2015

    32 Minutos por jogo – 81% acerto lance livre, 35% na bola de 3, 5 rebotes , 2 roubos de bola e 13 pontos por jogo.

    Já vi análises que comparam o Crowder ao Leonard e o Butler em início de carreira, acho sinceramente que ele não tem talento para esse nível, mas pode chegar próximo o que já seria ótimo para um jogador que recebe 7 milhões de dólares nos próximos 4 anos.

    0

    0
  11. Fernando C. da Silva disse:

    Hoje são dois os jogadores que o DA deve olhar com carinho para permenecer em Boston por muitos anos: Jae e o Cabeleira. Este último tem contado com a defesa por zona para melhorar a sua condição, mas igualmente se empenha. No ataque é talentoso.

    0

    0
    • Renato disse:

      O Ainge tem hoje 4 contratos valiosos em suas mãos, diria os inegociáveis, ou parte de uma mega trade por 1 all star:

      Bloco 1

      Thomas + 3 anos de 6 milhões
      Bradley + 3 anos de 8 milhões
      Crowder + 4 anos de 7 milhões
      Smart + 3 anos de 5 milhões

      Aí tem os jogadores que considero bons roler players, mas negociáveis pelo preço certo:

      Bloco 2

      Olynyk
      Sullinger
      Jhonson
      Turner

      Existem as promessas:

      Bloco 3

      Hunter
      Mickey
      Rozier
      Young

      Existem os dispensáveis:

      Bloco 4

      Lee
      Jerebko
      Zeller

      Aí encontra-se o dilema, temos 7 escolhas de draft em 2016, e apenas 3 jogadores dispensáveis, logo precisamos de alguma trade, para qualificar o elenco e empurrar as escolhas.

      Tenho convicção que do bloco 4 ninguém irá ficar para próxima temporada, e no bloco 2 e 3 pelo menos 1 de cada bloco será negociado.

      O Bloco 1 só será movimentado para fazer o Celtics mudar de patamar, (Cousins ou Lopez falo de vocês),, mas o provável é que isso não ocorra.

      0

      0

Deixe um comentário