Desempenho do Celtics nos grandes confrontos impressiona

“Contender”, do português “competidor”, é um termo utilizado nas grandes ligas americanas para designar quais equipes realmente brigarão para disputar as finais da liga.

Pequenas discordâncias sempre existirão na hora definir esses postulantes, mas antes da temporada 2017-18 da NBA começar, o que a maioria das pessoas e mídia especializada previa, era de que 8 eram as equipes com potenciais para jogar as finais da NBA. Eram elas: Warriors, Rockets, Spurs, Thunder, Timberwolves e Cavaliers, Celtics e Raptors.

Com metade da temporada já percorrida, uma rápida olhada na tabela de classificação mostra que as previsões não estavam erradas e sete dessas equipes, possuem de fato, as sete melhores campanhas da temporada. A única exceção é o Thunder, que passou muitas dificuldades na adaptação do novo elenco, mas que recentemente vem demonstrado uma forte recuperação, já aparecendo com a nona melhor campanha da liga.

Dito isso, se tem uma coisa que tem impressionado a liga até o momento é o quão eficiente o Celtics tem sido nos jogos contra todas essas equipes que formam a elite da NBA nos dias atuais.

Contando com a tabela mais difícil da liga até o momento, o Celtics não só fez mais jogos que qualquer outra franquia da NBA, como também foi um dos que mais enfrentou as equipes de elite até aqui.

Ao total foram 9 embates contra os contenders:

Franquia Vitória Derrota
Warriors 1 0
Rockets 1 0
Cavaliers 1 1
Raptors 1 0
Spurs 1 1
Thunder 1 0
Timberwolves 1 0

 

Total: 7 vitórias e 2 derrotas (aproveitamento de 78%)*

*Isso sem falar que a derrota para o Cavaliers na primeira partida do ano, foi decidida no último lance, mesmo com o Celtics abalado pela lesão do Hayward. Porque se não, não sei não, hein! rs

 


 

E como andam os adversários?

Nos confrontos entre essas equipes contenders, os demais rivais apresentam as seguintes campanhas:

Franquia Vitórias Derrotas Aproveitamento
Warriors 5 3 62%
Thunder 5 4 55%
Spurs 4 5 44%
Rockets 3 4 43%
Timberwolves 3 4 43%
Cavaliers 1 3 25%
Raptors 1 4 20%

Interessante notar que as equipes com piores resultados nos grandes confrontos são justamente Raptors e Cavaliers, as duas franquias do leste que poderão cruzar o caminho do Celtics nos playoffs. Ambas as equipes também são as que tiveram o calendário mais fácil até aqui , contando com um expressivo menor número de confronto grandes, do que o Celtics.

Isso significa que daqui em diante, o Celtics tem um calendário um tanto quanto mais confortável que seus rivais de conferência. No mês de Janeiro por exemplo, o Celtics só tem um confronto contra contender, no dia 27, contra o Warrios (Dia do 4ª Encontro Celtics Brasil), enquanto Cavaliers e Raptors tem 5 confrontos contra contenders no mês.

 


 

Defesa ganha jogos!

Todo mundo que está habituado um pouco com a NBA, já ouviu a velha frase:

“- Ataque ganha jogos, defesa ganha campeonatos”

Bom, está muito cedo pra saber se a defesa vai ganhar o campeonato, mas está bastante claro que é ela que está ganhando os jogos para o Celtics.

Em todas as suas sete vitórias sobre os contenders, a equipe de Boston limitou seus rivais a dois dígitos na pontuação, enquanto as duas derrotas ocorreram quando seus adversários conseguiram ultrapassar a marca de 100 pontos.

Franquia Pontos sofridos Resultado
Rockets 98 Vitória
Raptors 94 Vitória
Spurs 94 Vitória
Thunder 94 Vitória
Cavaliers 88 Vitória
Warriors 88 Vitória
Timberwolves 84 Vitória
Cavaliers 102 Derrota
Spurs 105 Derrota

 

Dentre esses jogos, as atuações defensivas mais impressionantes foram contra os dois atuais finalistas da NBA, Warriors e Cavaliers.

O Warriors, dono do melhor ataque da NBA com média de quase 116 pontos por partida, foi limitado a quase 30 pontos a menos do que costuma realizar em uma noite.

Stephen Curry foi limitado a um aproveitamento de 21% nos arremessos, convertendo apenas 9 pontos. Foi a única vez na temporada que o craque não alcançou o duplo dígito em pontuação.

Já o Cavaliers, teve não um, mas vários jogadores anulados por completo no ataque.

Crowder, Love, Jeff Green e Wade foram responsáveis por 44 arremessos na partida, dos quais apenas 8 foram certeiros, resultando em um bizarro aproveitamento de apenas 18%!

 


 

E você, o que pensa a respeito da campanha extremamente positiva do Celtics contra as grandes forças da NBA?
Deixe sua opinião nos comentários!

 
 

Daniel Emiliano
Daniel Emiliano
Daniel é publicitário, web designer e ilustrador residente em Campinas/SP. Em 2008 uniu paixão e profissão e deu vida a um Blog de notícias e opiniões sobre o Boston Celtics. Com ajuda de outros apaixonados o Blog foi tomando proporções inimagináveis e hoje é este Celtics Brasil, o maior site sobre uma equipe da NBA no Brasil.

18 Comentários

  1. Tomas P disse:

    campanha maravilhosa até aqui. Dando gosto de ver esse time jogar, principalmente por isso. nossas derrotas estao vindo em noites distraidas, contra adversarios com campanhas medianas, e nao nos jogos em que há um nivel maior e mais competitivo.
    Gostando demais do banco do celtics:tem dias que sofre, mas em jogos como estes contra os times de melhor campanha tem aparecido positivamente. Gosto muito do BAYNES, pivo brigador que batalha bem , e do empenho defensivo do SMART. Rozier virando aquele armador que vem do banco e poe fogo no jogo, pontuando, que sempre esperei dele.
    Dos titulares em toda a campanha, pouco a dizer : kyrie me fazendo acreditar que a troca foi boa e nos deu o jogador que precisavamos, jaylen brown é aquele cara essencial que tem responsabilidades defensivas, tatum MONSTRO e Al contribuindo a sua maneira.
    VAMO celtics, esse ano é nosso

    9

    0
  2. Fernando Silva disse:

    Concordo que as equipes listadas acima sejam as principais forças na NBA.

    Porém eu não acredito em Raptors, Wolves e Thunder sequer em finais de conferência.

    São ótimas equipes. Capazes de nos bater, porém em 7 jogos, a cada qual falta algo.

    Raptors e Wolves não têm punch para superar por exemplo Spurs,Torpedos e Cavs na respectiva conferência.

    Thunder? E a defesa? Nos offs vai ficar nítido que a defesa é deficiente e podem ser supreendidos nas primeiras rodadas.

    Quanto a nós, se tivermos 10 ou 15min de GH saudável nos offs, podemos levar a conferência.

    Não será fácil: Wizards, Raptors e Cavs podem nos superar.

    Porém, entendo como improvável se tivermos GH completando o time, ainda que tenha minutos reduzidos (e restante do time saudável).

    1

    6
    • Como assim e a defesa do Thunder?
      O Thunder tem a terceira melhor defesa da NBA, pô! rs

      Tirando o Carmelo, todo mundo ali sabe defender, e como eles tem 3 all stars pra definir, o Adams e o Roberson podem dedicar suas energias quase que unica e exclusivamente pra defender.
      Roberson inclusive, pra mim, deveria ter sido o DPOY do ano passado, e esse ano faz novamente temporada pra concorrer.
      Paul George e Westbrook são respectivamente o PRIMEIRO E O SEGUNDO jogador com mais roubos de bola da liga…rs

      Se tem algo que não falta pro Thunder, é defesa…rs

      10

      0
      • Fernando Silva disse:

        Eu fico cético quando a panela é demais.

        Já vimos isso ocorrer diversas vezes: um time excelente no papel que não concretiza as expectativas.

        Recentemente ocorreu com os Nets.

        Com George, Carmelo e West, pelo poder de ataque é que não vão perder.

        Na minha visão, nossa defesa, por exemplo, é superior.

        Vejamos o que o Thunder consegue nos offs.

        Vou ficar surpreso se superarem os Spurs. Mas, creio em um confronto equilibrado com Houston. Não vejo chances contra GSW (mas se enfrentarem, torcerei pelo Thunder).

        0

        3
    • Marcos disse:

      Sem chance que sairíamos para Raps e Wiz na melhor de 7 jogando em casa.
      O time do ano passado ganhou com o terrível Olynyk.

      Na briga só os Cavs mesmo.

      Do lado oeste, com Melo vindo do banco, é Okc e Gsw com espaço para alguma artimanha doida do Pop.

      []s

      3

      0
      • Fernando Silva disse:

        Concordo que somos superiores à equipe da season anterior, em todos os aspectos.

        Também acho que são remotas as chances de perder para Raptors e Wizards.

        Mas, prefiro manter cautela. Há qualidade nestas equipes.

        4

        0
  3. Guilherme disse:

    O nome disso é maturidade. Acho que o time amadureceu consideravelmente com essa reformulação feita no início da temporada. Existiam dúvidas se os resultados apareceriam de imadiato, se o time se entrosaria rapidamente, entre outros questionamentos. Acho que, com a metade da temporada já completada, essa dúvida foi sanada.

    Esses resultados expressivos contra postulantes ao título mostra o quão pronto estamos para encarar grandes desafios. Temos certamente o futuro mais promissor da liga, e mesmo sem Hayward e o amadurecimento completo dos meninos(especialmente Tatum e Brown), estamos apresentando, na grande maioria das vezes, um basquete que prima pelo coletivo. Trabalho de jogadas, alta rotatividade de pontuadores, defesa bem encaixada. É claro que em alguns momentos as coisas saem um pouco de controle, mas isso é normal em qualquer time.

    Tenho esperanças gigantescas de que o futuro nos reserva muitas alegrias. E porque não sonhar com algo maior já nessa temporada? Não custa nada.

    Saudações.

    7

    0
  4. Marcos disse:

    O Stevens tem feito sua mágica (ontem forçou o Yabusele e o Semi a jogarem, para ver com quais peças poderá contar nos offs – Algo muito típico do Pop).

    É inegável que temos jogadores com melhor qualidade que no ano passado, mas a “culpa” desse desempenho tem muito a ver com o COY Stevens e sua defesa sufocante.

    Se não ocorrerem lesões de impacto, reafirmo minha aposta em okc-gsw e cel-cavs nas finais, com chance não desprezível de vermos os Cs ou o Okc nas finais.

    []s verdes

    11

    0
  5. Antonio Jhennyson de Souza disse:

    Realmente Brad faz algo de diferente pois não pode ser coincidência esses números de defesa. Ano passado era boa esse ano está ainda melhor. Minha preocupação era o ataque mas nosso banco melhorou demais nos últimos 3 jogos. Smart e Rozier se destacando. Não quero me empolgar tanto mas acho que podemos ser campeões de conferência se o ataque se manter bem. Defesa já temos.

    3

    0
  6. Marchall disse:

    Os times mais “pesados” da NBA são do lado Oeste. Thunder, Rockets, Spurs e Warriors.

    Nossa batalha é contra o Cavaliers que tem uma defesa horrível. E, na minha opinião, são dois jogadores. James e Isaiah.

    Imaginem se o Hayward consegue voltar nos playoffs?

    Respeitem nosso time. Os meninos são excelentes! Nosso único ponto fraco é o garrafão mesmo, porque do resto temos um coletivo ótimo!

    2

    2
  7. Fernando Silva disse:

    Uma equipe que deve fazer bom papel nos offs é Detroit. Podem incomodar bem aos Raptors e aos Wizards.

    5

    0
  8. Bruno Ferronato disse:

    Estou maravilhado com a campanha. Um time muda o elenco quase que inteiro e mesmo assim consegue estar no topo na classificação geral e na defensiva também, mesmo tendo perdido um de seus principais jogadores por toda a temporada logo na primeira partida que disputava. Como assim? É algo digno de tirar o chapéu.
    Se continuar nesse ritmo vamos para uma temporada de 60 vitórias. Eu acharia isso surreal se viessem cogitar logo após o Hayward se lesionar. O futuro será grandioso em Boston, pois o presente já o é.

    2

    0
  9. OKC tá começando a se encaixar agora, mas ainda acho o banco bem fraco e não gosto do Donovan. Rockets tem um banco melhor e um tecnico melhor tbm, mas o Harden sempre cai de rendimento nos playoffs… Spurs até agora não usou a força completa, pra mim vão sofrer quando precisar do Parker e do Gasol nos playoffs.

    Ainda acho o Warriors bem acima dos outros, seja no oeste ou no geral, eles vão perder alguns jogos igual perderam na regular do ano passado mas quando começar os playoffs vão amassar todo mundo de novo. Talvez Spurs e OKC tenham chances de levar a 6 jogos.

    Cavs tem um técnico horrivel mas a gente tá careca de saber que o LeBron vira um jogador ainda melhor nos playoffs, sem Hayward nessa temporada pra mim o Cavs ainda é o favorito no leste. Deve ser mais dificil que ano passsado, e por incrivel que pareça, podemos tirar vantagem do Isaiah na defesa igual eles fizeram ano passado. Loucura né

    Raptors e Wizards são times de semis, e Wolves vai cair na 1 rodada, mas é bom pra dar uma experiencia maior pro KAT e pro Wiggins.

    5

    0
  10. Renato disse:

    Essa campanha está longe de ser por acaso.
    Nosso “Mago” Ainge, percebeu que para a equipe ser contender de verdade precisava se fortalecer na defesa e no ataque.
    No ataque a chegada de Hayward, Tatum e Morris foi um encaixe perfeito, a lamentar a grave lesão do Hayward e as ausências do Morris, mas Tatum tem garantido o bom desempenho esperado.
    Na defesa a saida de Thomas e Bradley, com Irving e Brown assumindo as vagas, permitiu uma melhora sensível na defesa pela altura, pq Bradley apesar de excelente defensor, era baixo pra posição 2, e Thomas é um anão rs.
    Baynes e Theis foram os encaixes perfeitos para dar suporte a equipe.
    Falta na minha opinião um scorer pro banco devido a ausência do Hayward, de resto a equipe está pronta.

    2

    0
  11. Oberdan Gonzalez disse:

    Ótima matéria Daniel !
    Parabéns.
    Abs

    3

    0
  12. JailtonSV disse:

    Primeiramente gostaria de elogiar a matéria, além de muito bem escrita (como é comum por aqui), vem de uma boa observação, não é somente uma matéria que foi escrita por que um jogo aconteceu, vem de uma análise do que ocorre/ocorreu com o time, coisa de quem entende e gosta do Celtics (estendo este elogio a todos que escrevem no Celtics Brasil).

    Vale observar, principalmente para os que não puderam acompanhar todos os jogos, que alguns deles tiveram circunstâncias especiais:

    Contra o Rockets, o Celtics veio de um back to back. E eles não tinham o Capela e o Chris Paul.

    Contra o Spurs eles não tinham o Leonard (não lembro se o Celtics vinha de back to back) e perdemos somente na última bola em um jogo muito bom de se assistir.

    Os Cavs vieram de back to back nos enfrentar no Garden.

    Contra os Raptors vencemos sem o Irving.

    Embora não esteja cotado como um contender, o Wizards merece destaque. Bradley Beal vem voando e Oubre Jr e Otto Potter deram um UP (ao menos nas poucas partidas que eu vi). É uma equipe que quando o Celtics enfrenta considero tão especial quanto qualquer um dos contenders da matéria.

    Obs : as partidas contra os contenders do Oeste tem um charme a mais pq só os enfrentamos 2 vezes por temporada.

    5

    0
  13. Daniel Monteiro disse:

    As derrota para os cavs e spurs ficaram no “quase”, Irving errou o game winner, mas tinhamos chance de vencer ou de levar para o tempo extra.

    1

    0

Deixe um comentário