Draft 2017 – Jonathan Isaac

isaac

Calouro de Florida State, o combo forward Jonathan Isaac é um dos prospectos mais empolgantes da classe do 2017 NBA Draft. O ala é uma aberração em termos de atributos fisico-atléticos e possui fluidez e controle de bola raríssimos para alguém de sua altura (2,11 m). Além disso, é bom defensor e possui vasto repertório ofensivo, com ótimo aproveitamento em arremessos de média e longa distância. Se atingir seu ilimitado potencial, Isaac pode tornar-se um dos superstars da liga na próxima geração.

Leia mais
Mock Draft 2017 Celtics Brasil 2.0
Um dos principais talentos do próximo Draft, Jonathan Isaac treina para o Celtics

Informações do atleta

PosiçãoAla/Ala-Pivô (SF/PF)
Experiência19 Anos | Freshman (1 ano universitário)
Altura2,11 m (6’11”)
Envergadura2,17 m (7’1.25″)
Peso93 kg (205 lbs)

Prós

Atributos físico-atléticos: Jonathan Isaac é uma aberração da humanidade. Não à toa, recebe inúmeras comparações com o ala All-Star do Milwaukke Bucks, Giannis Antetokounmpo, a “Aberração Grega” (“Greek Freak“). O jovem de Florida State tem 2,11m de altura, 2,17m de envergadura e 2,76m de alcance vertical. E mesmo com a altura de um pivô, Isaac movimenta-se como um verdadeiro ala, mostrando velocidade, agilidade, atleticismo, fluidez, coordenação e leveza de sobra para encarar atletas até mais de 20 centímetros menores que ele.

Defesa: Isaac é bom defensor, com potencial para ser um dos grandes marcadores da liga no futuro, mas que já pode ajudar de imediato a franquia que o selecionar no próximo recrutamento. Seus atributos fisico-atléticos descritos anteriormente auxiliam-no bastante na quadra defensiva. Seus braços longos são um terror para os seus matchups, facilitando o trabalho de roubar bolas, bloquear arremessos, desviar passes, e diminuir o campo de visão do adversário. Sua versatilidade defensiva também é importante para a equipe que selecioná-lo: Isaac pode marcar até quatro posições com bom desempenho, desde armadores até ala-pivôs. Sente-se confortável defendendo tanto no perímetro quanto no garrafão, sendo bastante ativo e competitivo em qualquer lugar que sua equipe necessite. Possui também ótima leitura defensiva, ajudando bastante seus companheiros, quando batidos pelo adversário.

Versatilidade ofensiva: Isaac não chega a ter a técnica de jogadores de elite da posição, mas é um atleta que consegue fazer um pouco de tudo no ataque para colocar pontos no marcador da sua equipe. Isaac tem um bom controle de bola, incomum para alguém de sua altura, permitindo-o trabalhar algumas vezes como point forward, armando as jogadas para seus companheiros, além de criar inúmeras situações de infiltração finalizando próximo à cesta com maestria. Isaac é um grande arremessador, de média e longa distâncias, excelente em situações de catch-and-shoot e também com bom desempenho quando cria seu próprio arremesso, chutando após o drible ou na corrida. Ainda, o jogador de Florida State é um atleta com grande capacidade em situações de pick-and-roll, pick-and-pop e isolation, mostrando grande trabalho dos pés e controle do corpo nestas jogadas.

Rebote: Isaac é um dos melhores reboteiros da classe. Sua capacidade física, altura e envergadura ajudam-no a conseguir coletas rebotes no meio do garrafão lotado. Mesmo assim, Isaac é um competidor nato, que briga por todos os rebotes nas duas tábuas, criando oportunidades de rebotes também para seus companheiros. Possui boa leitura dos rebotes e ótimo trabalho de bloqueio de rebotes. Aproveitando-se de seu atleticismo, Isaac consegue muitas pontuações em segundas chances, principalmente em enterradas a partir de rebotes ofensivos.

Contras

Força física: Apesar dos atributos fisico-atléticos tão destacados em suas qualidades, Isaac é bastante leve e com pouquíssima força física para competir de imediato na NBA. Parafraseando o técnico Vanderlei Luxemburgo, à época treinador do Santos, justificando a não utilização do então jovem de 17 anos, Neymar, Isaac é um “filé de borboleta”. Isaac deverá dedicar bastante tempo na academia para adquirir uma forma física mais indicada para o nível profissional, trabalhando principalmente a musculatura dos braços e tronco, para conseguir defender situações de poste baixo.

Polimento técnico: Isaac não é um grande playmaker, apesar de, em muitas vezes, ser o condutor dos ataques da sua equipe, ele possui pouca criatividade e leitura do jogo para criar situações favoráveis a seus companheiros. Mesmo sendo um jogador alto, Isaac possui pouco repertório de jogadas no poste baixo. Geralmente quando se posiciona dentro do garrafão, de costas para a cesta, tentará algum turnaround jumper, após hesitações. Falta-lhe sentir-se confortável em conduzir a bola de costas e tentar alguns ganchos arremessos mais elaborados no low post. Talvez a adição de força física seja também necessária para evoluir neste aspecto.

Consistência: Isaac tem grande problema com a consistência em seus arremessos, provocado basicamente por dois aspectos: confiança e cansaço. Quando é marcado por um atleta especialista defensivo, Isaac tende a sentir-se menos confiante para arremessar e peca na seleção de arremessos, errando arremessos em sequência, perdendo ainda mais a confiança em cada erro, registrando até alguns air balls. Além disso, quando está cansado, Isaac perde a consistência de seus arremessos e decisões, aumentando a média de desperdícios de bola e diminuindo o aproveitamento nos arremessos. Um agravante neste último aspecto é o fato de ter asma, ou seja, possui problemas de respiração que atrapalham seu jogo.

Resumo

Jonathan Isaac é um prospecto bastante sui generis. Alguém de 2,11m de altura, 2,17m de envergadura e que pode jogar de ala, com tamanha mobilidade, coordenação e controle de bola, é algo raro. Como destacado anteriormente, Issac tem todos os atributos físico-atléticos para atuar nas três posições de ala do basquete: altura, envergadura, atleticismo, velocidade e agilidade sobram no combo forward de Florida State. Para ficar perfeito no aspecto físico, basta a ele gastar um tempo na academia para ganhar mais massa muscular. Em termos técnicos, Isaac impressiona ainda mais: ele é um dos melhores arremessadores da classe, um dos melhores reboteiros deste Draft e um grande e versátil defensor. Se tudo der certo para ele na carreira e atingir seu máximo potencial, deverá se tornar uma grande estrela da liga e um verdadeiro steal para quem escolhê-lo neste recrutamento.

Comparação NBA: Kevin Durant; Brandon Ingram; Jabari Parker com melhor defesa e rebote; Giannis Antetokounmpo com melhor arremesso.

Médias em 2016-2017

JgsMinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
3226,212,07,81,21,21,551,334,878,01,5

Cotações para o Draft

Draft Express – www.draftexpress.com6ª Escolha
NBA Draft – www.nbadraft.net6ª Escolha

Melhores Momentos em 2016-2017

Fábio Malet
Fábio Malet
Gaúcho de Porto Alegre, bacharel em Ciência da Computação e analista de sistemas. Apaixonado por esportes, tem o jornalismo como um hobby, e, pretende, futuramente, fazer pós-graduação na área. Acompanha NBA desde o começo de 2007 e, pé-quente, viu seu Boston Celtics ser campeão na primeira temporada inteira que assistiu. Torce também para Grêmio, Tottenham Hotspur, Green Bay Packers, e por conta da afinidade com Boston, tornou-se fã de Bruins e Red Sox.

19 Comentários

  1. drakes disse:

    Não sei se dei azar, mas os três jogos que assisti dele, ele foi uma figura apagada, dominado por jogadores mais experientes que ele, mesmo assim algumas análises dão a ele maior teto do atual draft, por isso não estranhei quando ele fez workout com o Boston.

    Acho que caso, haja uma troca, e o celtics fique com uma pick mais baixa, ele seria um risco a se pensar, mas a torcida deve ter paciência por que como salientado no texto ele precisa de uma boa sessão de treinos para aumentar a massa muscular.

    0

    0
  2. Paulo Sérgio disse:

    Se eu estiver pensando de maneira certa, acho que o Celtics além de manter a Pick 1 vai tentar algo mais. E ele é um excelente encaixe de imediato. Celtics Percebe-se que o Celtics tá fazendo treinamento com gente dá Pick 5 pra baixo …. Até o Giles já foi treinar.

    Não sei … Talvez Crowder+Rozier+Picks de segunda rodada por uma Pick de loteria …. Não sei se é pouco … Mas tô sentindo algo assim. Até pq cada vez mais aumenta a confiança de que o Hayward vai ser um celta. Crowder é uma boa peça de mercado. Rozier também. Eu mandaria até mesmo o Smart se pudéssemos pegar até a sétima escolha …. Monk, Izaac, Tatum … São bons nomes a se pensar

    0

    0
    • Sander disse:

      Se o Fultz não fosse uma aberração de talento, esse cara seria meu jogador preferido. Como o amigo falou aí em cima, acho que Crowder e Rozier + pick Celtics 2018 seria o ideal para fechar. Poderíamos atacar o Sacramento, pois, eles terão duas picks 5 e 10, se o Ainge for esperto pode levar essa pick 5 deles com Rozier, Crowder + duas picks. Imagina ter uma. Futuro com Fultz, Brown, Smart, Isaac, Zizic e Yabusele. Fora I.T, Bradley, Horford e CIA…

      0

      0
      • Marco Ferreira disse:

        Sander,
        negociar com o Sacramento a pick 5 seria ótimo, mas acredito que se chegarmos a ter essa pick o Tatum deveria ser o jogador escolhido.

        0

        0
        • Sander disse:

          O Tatum é excelente, mas o Isaac preencheria nossas necessidades (pode jogar de PF). Ele poderia evoluir muito jogando com o Horford.

          Todos sabem como o Divac é fraco como GM e, o R. Gay saiu do seu contrato, logo vão precisar de um SF (Crowder deve perder espaço no nosso time, para dar tempo ao Borwn e/ou com a chegada do Hayward e seria titular no Kings) e precisam de um PG ( Rozier tbm deve perder espaço com a chegada do Fultz, tem tudo para ser titular e evoluir nos Kings). Ainge com a proposta certa, pega essa pick deles.

          0

          0
      • Paulo Sérgio disse:

        Sei que queremos um título agora. Sei que nesse draft existem muitos jogadores que podem ser super estrelas da NBA. Mas essa Pick de 2018 do Nets eu guardaria com muito carinho por dois motivos : Michael Potter Júnior e Deandre Ayton.
        Sei que Tatun, Jackson, Izaac, Fox, Monk são excelentes prospectos, e principalmente os três primeiros iriam trazer um impacto muito grande em lacunas que nós temos.
        Mas vejo Ayton e MPJ como futuros​ MVP’s da liga. Eles possuem um potencial gigantesco. Se MPJ se inscrevesse nesse draft, ele já seria a primeira escolha.
        Fazendo uma análise da próxima temporada, posso concluir que tirando o Suns e o próprio Kings, todos os times querem ganhar, seja pra irem aos playoffs (Hornets, Pelocans, Knicks), seja pra evoluir e criar uma mentalidade vencedora na molecada (Sixers, Lakers) e o time do Nets vai continuar bem ruim. Tenho certeza que essa nossa Pick será top 3, no máximo top 5. E até por encaixe e pensando no futuro é na dominação do BronBron e do GSW prefiro esperar pelo MPJ ou pela Ayton (vejam no YouTube e apreciem)
        Mas claro que não podemos rejeitar um cenário de troca. Na minha visão, tirando o Thomas, o Horford, Bradley e o Brown, todos são negociáveis. E o Kings precisa de Armador e ala … Podemos oferecer coisas interessantes como por exemplo:
        Crowder+Rozier+Picks de segunda Rodada pela Pick 5
        Ou na Trade que eu quero que aconteça:
        Crowder+Rozier+Smart+Pick de segunda Rodada pela Pick 5 + Skal Labissière ou Willie Cauley-Stein.

        Feito esse movimento, atacamos um SF All Star na FA, um SG defensivo ou um reserva pontuador e um Center pra fazer o jogo sujo
        Agora imaginem:

        Thomas
        Bradley
        Hayward
        Willie Cauley-Stein ou Skal Labissière
        Horford

        Fultz
        Tony Allen ou Jamal Crowford
        Brown
        Olynik
        Nenê ou McGee ou Zizic (Pode dar uma chance pro moleque que ele boa)

        E aí teríamos ainda Yabusselle, Nader, Jackson e a escolha top 5 (eu iria de Izaac pq acho que ele tem o maior teto do draft. Não será o melhor pq Fultz é uma aberração, mas vai crescer muito) pra evoluir.

        Também estou sedento por um título. Comecei a acompanhar a nba justamente no nosso último título. E chegamos no estava mais complicado de uma reconstrução. Ainda mais com dois super times. Mas podemos fazer uma fumaça enorme. Já chegamos a uma final de conferência. É só manter a calma e fazer os ajustes necessários.

        0

        0
        • Marco Ferreira disse:

          Paulo Sérgio,

          Sua analise é muito boa, confesso que não conheço os atletas do possível Draft 2018, porém quando o Sander diz “pick Celtics 2018”, não é a pick do Nets não, é a nossa pick mesmo, este ano no contrato era que poderíamos trocar de pick com o Nets, a do ano que vem a pick do Nets é nossa sem troca e ainda temos a nossa, neste caso teremos 2 escolhas de primeira rodada.

          Por isso a necessidade de encontrar essa troca, se não vamos draftar mais um jovem e não haverá tanto espaço para evoluirmos eles.

          Nossa primeira escolha deste ano, mais o Brown, Zizic, Yabusele e umas das primeiras escolhas do ano que vem nos garante um excelente time de jovens promissores. Além do Smart que pode ser envolvido em uma troca (Eu não faria isso, mas pode ser).

          0

          0
        • Sander disse:

          Paulo, vi os vídeos MPJ o cara é monstro. Ano que vem teremos a pick Nets e a nossa que provavelmente será final de primeira rodada. Até em outro post eu tinha falado que seria possível ter um time no futuro com: Fultz, Brown, Isaac, MPJ e Zizic. Seria top demais, fora os outros veteranos.

          0

          0
  3. Marcos disse:

    COMEÇOU a temporada de especulações!

    Obs 1.: O GSW vem para ser dinastia, nesse caso a menos que consigamos DOIS all-stars com bom físico (um deles elite defender) como em 2007 não vamos ter chance
    Obs 2.: O melhor jogador da Liga não joga no GSW, mas ele será o Wilt Chamberlain 2.0 – Mts recordes e poucos canecos.

    Ainda gostaria de forçar a trade por PG com contrato renovado por Fultz, mas também podemos seguir com

    Mega-move Aingesco (Wyc já disse que vai abrir a carteira):
    1- Thomas
    2- Butler (Crowder + Zeller + Rozier + Mickey + 1st 2018 Nets + 1st 2018 Memphis + 1 picks sobrando 2017)
    3- G. Hayward (F.A. – max)
    4- Horford
    5- Sanders (McGee-like)

    Fultz,Bradley,Brown,KO,Zizic
    Nader,Smart,vet,Urso gordo,draft sorte

    São muitas possibilidades, não vamos apostar tudo no draft ou na trade,
    []s verdes

    0

    0
    • Marco Ferreira disse:

      Marcos,

      Acho muita loucura este projeto, mas não descordo dele não, porém, loucura por loucura, vamos atras do Lebron!
      kkkkkkkkkkkkk

      Lebron disse que sua missão no Cavs já foi cumprida e que não importaria de atuar por qualquer uma das equipes de Los Angeles (Onde sua moradia se encontra) caso eles apresentem um projeto que possa ganhar do Golden.

      Lakers e Clipers ganharem do Golden? Se o Clipers segurarem suas duas estrelas nesta free agents pode até ser bem atrativo para o Lebron, mas se tem uma franquia que tem possibilidade (Esperanças) de bater de frente com o Golden é o Celtic’s, por que não apresentar uma proposta ao melhor jogador da atualidade?

      Claro que isso é só um sonho, mas se Ainge quiser a dica foi dada!

      0

      0
      • Marcos disse:

        Hehehe,

        Ele é craque, por mais que me doa dizer isso.
        Se nunca tivesse saído de Cleveland, certamente teria um lugar de mais destaque no paentão dos craques.
        Mas acho que os 32 estão batendo, e deveríamos apostar em craques com mais pernas.

        Mas, o Ainge sendo GM, não duvide de absolutamente nada,

        []s verdes

        0

        0
    • André disse:

      Butler deve ser um dos jogadores mais superestimados da NBA… nunca que vale isso.

      0

      0
      • Marcos disse:

        André, as vezes os números de jogadores parecem enganadores.

        Vamos ver, Butler é um dos melhores defensores da Liga, cria arremesso quando quer, joga na posição 2 quando precisa (vc viu o que o Iguodala fez com o cuidado do K Irving só pela capacidade de marcar?).
        Única brecha é o arremesso de 3, mas o cara ainda é bem novo.

        Crowder -> Jogador esforçado né? sem mais. Precisa sair para dar espaço pro Brown.
        Rozier -> Não consegue nem tirar minutos do M. Smart.
        Zeller -> Filler.
        1st 2018 Nets -> Não deverá ser top-3, Kings piorou a ponto de ser o pior da Liga e o Suns será saco de pancadas com mais violência
        1st Memphis -> Nem vai ser de Loteria
        Escolha baixa desse ano -> Será um James Young na mão dos nossos olheiros.

        Quando vc olha no final do dia a troca é da 1st 2018 Nets por um All-Star elite defender hoje com contrato bem baixo e muito novo.

        []s verdes

        0

        0
  4. Danilo Gomes disse:

    Gostei da ideia, que tal :

    Thomas
    Bradley
    Melo
    Lebron
    Al Horford

    Smart
    Fultz
    Brow
    Olinyk
    Zizic
    Etc

    0

    0
  5. phabio passos disse:

    BEM, SERA QUE O SACRAMENTO ACEITA UMA TROCA: MANDAMOS YOUNG, MICKEY, JACKSON E MAIS AS ESCOLHAS 53 E 56, PELA ESCOHA NUMERO 10 DELES….

    0

    0

Deixe um comentário