Final do Leste (Jogo 5) – Boston Celtics (1-3) x Cleveland Cavaliers (3-1)

Celtics x Cavaliers

Após duas partidas fora de casa, com uma vitória heroica e uma derrota apertada, o Boston Celtics disputa, na noite desta quinta-feira (25), no TD Garden, o quinto jogo da final da Conferência Leste, contra o Cleveland Cavaliers. Com três tropeços na série, o Alviverde precisa vencer diante de sua torcida, no TD Garden, para evitar a eliminação. O duelo decisivo começa às 21h30 (horário de Brasília) e terá transmissão do SporTV para todo o Brasil.

As duas derrotas inquestionáveis em casa no início da série evidenciaram um desgaste físico, técnico e emocional do Boston Celtics, mas as atuações convincentes em Cleveland, jogando de igual para igual com o Cavaliers, reanimaram elenco e torcida, que ainda acreditam em uma virada histórica. A missão é difícil, não dá para negar, só que a camisa mais pesada da NBA promete lutar até o final pela classificação.

Na quinta partida contra o Cavaliers, o técnico Brad Stevens deve manter o quinteto titular do Jogo 4, com Marcus Smart substituindo o lesionado Isaiah Thomas, e Kelly Olynyk formando dupla de garrafão com Al Horford. O ala-pivô Amir Johnson é dúvida, assim como os alas Jae Crowder e Jaylen Brown, mas pela importância do duelo, devem estar disponíveis.

O Cleveland Cavaliers, por sua vez, quer se livrar logo da pressão e garantir a vaga para mais uma final da NBA contra o Golden State Warriors. As duas partidas equilibradas contra o Celtics em Cleveland ligaram o sinal de alerta na franquia de Ohio, que esperava uma série mais tranquila. Se não vencer hoje, o Cavs dá uma grande chance de reação do Celtics, e isso é tudo o que o time treinado por Tyronn Lue não quer.

Assim como nos duelos anteriores da série, o Cleveland Cavaliers deve manter o quinteto titular com o ala-armador J. R. Smith, o pivô Tristan Thompson e o “Big Three” formado por Kyrie Irving, LeBron James e Kevin Love. A única baixa do Cavs é o pivô Walter Tavares, com uma fratura na mão.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 21h30

Transmissão: SporTV e NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Marcus Smart, Avery Bradley, Jae Crowder (Gerald Green), Kelly Olynyk e Al Horford. T: Brad Stevens

CLEVELAND CAVALIERS: Kyrie Irving, J. R. Smith, LeBron James, Kevin Love e Tristan Thompson. T: Tyronn Lue

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo, repórter esportivo do Imirante.com e colaborador do Futebol Maranhão. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

25 Comentários

  1. Fernando C Silva disse:

    Celtics 113 x Cavs 110

    0

    0
  2. E tome 40 pontos em um quarto dnovo

    0

    0
  3. Andre disse:

    Arbitragem tá bem, hein? Correr do lado do Lebosta é falta. Tá de sacanagem saporra.

    0

    0
  4. Barros disse:

    Temporada chegando ao fim, fiquei bastante feliz onde chegamos, uma pena de ter se encerrado com derrotas tão largas. Mas só orgulho do Celtics!

    0

    0
  5. Francisco Machado disse:

    E mais um quarto levando 40 pontos , e tudo graças a defesa do Thomas……

    0

    0
  6. Fernando C Silva disse:

    O time equilibrou o jogo no Q2. Eu ainda não joguei a toalha.

    As vezes prefiro a equipe reagindo nos Q3 e 4 do que abrindo frente e perdendo a vantagem.

    A diferença de pontos permite reação.

    Mas, para isso, nossa defesa ainda precisa melhorar.

    Smart mal, deve melhorar.

    KO mal, deve melhorar.

    Brown, mesmo machucado, bem.

    Rozier bem.

    AB irregular no ataque.

    AH pode muito mais.

    Jerebko esqueceu de tomar a catuaba do KO. Voltou a ser Jerebko.

    Entendo que nossa peça fundamental será o Smart. Precisa jogar bem melhor.

    0

    0
  7. Sander disse:

    A juizada marca cada falta hein… Se a sombra passar perto de alguém do Cavs os juízes marcam.

    0

    0
  8. Sander disse:

    Perdi minha paciência com o Crowder.

    0

    0
  9. Barros disse:

    Um ala all-star, Fultz, Zizic + um jogador pontuado vindo do banco.

    0

    0
    • marcosivni disse:

      Serve o Melo para jogar na ala?

      Entuba as segundas escolhas (que não podemos usar pq não temos espaço no roster nem na D-League) + Memphis + Crowder + fillers por Melo.
      Contrata o Ibaka e L. Williams na FA e renova, sem máximo, com Bradley e Thomas.
      Thomas-Bradley-Melo-Horford-Ibaka
      Fultz-L. Willians-Brown-KO-Zizic
      Smart-Nader-Green-Yabu-Mickey

      Lembrando que Melo só teria 18 e 19 sob contrato e não engessaria muito o cap.
      Sobra salário para 2019 e ainda a pick Nets.
      Seria o presente melhor e futuro promissor (se conseguirmos draftar alguém com mais de 2,0m né?)

      Esse seria o meu plano Z (não conseguimos Hayward, nem Griffin, nem Paul George com sign-n-trade, nem Butler por pick de forma de direta).

      []s verdes

      0

      0
  10. Marcus disse:

    Agora e pensar no draft, e nos comercios depois de hj crowder nao da pra jogar no time ,crowder ,olynik,green,jerebko,zeller. Nao da mas pra ver esses caras jogar.Tras um pivo de respeito e um ala.So o fultz nao vai resolver o problema.

    0

    0
  11. Fernando C Silva disse:

    A equipe piorou no Q3.

    Estavamos com alguns reservas em quadra em.decorrência de lesões.

    Jogadores machucados: IT, AB, Brown. Talvez Amir.

    Boa temporada.

    Fico feliz com a nossa equipe e com a sensação que poderíamos mais.

    Não acreditava em uma classificação contra os Cavs mas em partidas melhores.

    KO, Rozier, Smart e Brown cresceram muito.

    Smart é um ótimo jogador. Contudo precisa de um trabalho especial. Ansioso e precipitado no ataque. Reconheço qualidades em Smart mesmo no ataque e na armação. Porém falta maturidade, controle.

    Creio que alguns jogadores perderam muito da consideração do Stevens. Amir, Zeller e Jerebko, em especial, creio que chegaram ao final das suas passagens pelo Celtics.

    Green é útil vindo do banco.

    IT, AB, Crowder e AH formam nossa estrutura. Destes penso apenas no Crowder como negociável.

    Rozier, Smart, Green e KO são nossos melhores suplentes. Todos são negociáveis.

    Young e Mickey pouco agregam.

    Stevens amadureceu. Bom trabalho. Supreendeu nos offs mudando a forma da equipe jogar em diversaa situações. Supreendeu os Wizards com jogo de garrafão quando todas as cartas pareciam na mesa.

    A FA será sim produtiva. Teremos mudanças na equipe e serão para melhor.

    Creio que DA agirá com serenidade. Poucas mudanças dentre os titulares. Talvez uma.

    Não creio em loucuras.

    Teremos ajustes pontuais, nas carências da equipe.

    A postura tradicional do Celtics no draft é optar pelo melhor talento disponível: Fultz.

    O garoto será trocado apenas se o negócio certo aparecer: PG ou Butler.

    Não creio em grandes esforços de DA por Carmelo.

    Uma negociação de impacto na equipe titular. Bons reforços para o banco e enfrentaremos os Cavs nas próximas finais, mais bem preparados.

    0

    0
  12. Essa mudança do Crowder é absurda, o cara piora demais nos offs.. pior jogador disparado da nossa rotaçao, e titular, pqp.

    É a maxima conhecida..
    Em playoffs, o ruim fica pior kkk

    0

    0
  13. Mantenho minha posiçao sobre o IT e torço mto pra que ele fique e aceite jogar 30-, como iguodala faz no warriors, sendo ex-mvp.

    Orgulho do time ter chegado tao longe, mas ficou claro que pra chegar mais longe, precisamos melhorar MUITO.
    Ate porque, o time que nos humilhou perde por muito para esse atual Warriors favorito.

    Let’s go Celtics!

    0

    0
  14. Matheus disse:

    Boa temporada, primeiro no Leste foi acima do esperado e final de conferência deu a sensação de missão cumprida. Poucas expectativas geradas com essa final, pelo menos da minha parte.

    Já pensando na temporada que vem, Clippers pode perder Chris Paul, Griffin, Redick, Mbah a Moute e Speigths, ou seja, 4 titulares e um bom reserva na FA, sem contar Pierce na aposentadoria, sobrando apenas DeAndre dos titulares.
    Se esse cenário se concretizar, o mais provável é que eles entrem em rebuild. Sendo assim, não vale a pena dar uma sondada pelo DJ? Mandar aquele “oi, sumido” pro Doc e consultar o valor dele, que vindo pelo preço certo agregaria muito?

    0

    0
    • JailtonSV disse:

      Jordan teria mais um ano de contrato e player option, ele recebe mais de 20M, acho que é muito e não agregaria tanto assim.

      Resolveria o problema de rebotes no garrafão e é um bom defensor, mas o que me incomodaria seria ver o Horford deslocado pra jogar de PF que é onde ele gosta mas não produz.

      0

      0
  15. marcosivni disse:

    E está ABERTA a temporada de especulação da off-season.

    Continuando aqui com meu #PGnoCeltics e esperando que Thomas não seja trocado pelos próximos 2 anos (o melhor da carreira).

    Barca de depejo: Olynyk, Amir, Jerebko, Crowder, Zeller, Young, Mickey e, em menor escala, Smart e Rozier.

    LBJ será conhecido como Wilt Chamb 2.0 = números bestiais e poucos anéis.
    Pensei que conseguiria torcer contra o GSW por causa do Durant, mas não será possível.

    []s verdes

    0

    0
  16. R Green disse:

    Orgulho dessa trajetória!
    Uma pena foi esses placares tão elásticos mas faz parte, mostra que precisamos saltar um nível ainda pra chegarmos a brigar com os favoritos.

    Lets Go Celtics!

    Obrigado

    0

    0
  17. Raphael disse:

    Galera falando em PG13 mas eu não faria nenhum troca por ele ano que vem ele será free agent se for pra vir e melhor esperar ele ficar sem contrato e fazer uma investida e não trocar a primeira pick 1 da história do Celtics por um jogador que já deu a entender várias vezes que quer ser um Laker e quanto ao Butler o Bulls vai pedir o time todo pra libera lo e eu não acho que vale a pena até pq ele é problemático no vestiário se for pra trazer alguém eu iria de Griffin ele ia resolver o problema dos rebotes que é nosso calcanhar de Aquiles entendo que é uma contratação de risco pó ele se machucar muito mas pelo preço certo vale a pena acharia interessante o Carmelo vindo pra Boston mas volto a dizer pelo preço certo nada de loucuras

    0

    0
  18. Felipe Resende disse:

    Uma pena q não teve jogo em nenhum momento nas 3 partidas em Boston. Torcida e time mereciam.

    Trocaria o Crowder, tentaria Melo e Butler (acho q a relação defesa e ataque dele é melhor). Talvez em alguns momentos IT seria mt mais útil vindo do banco, mas será q ele como FP aceitaria isso?

    Fultz – AB – Butler – Melo – Horford

    IT – Smart – Brown – Olynik – Zizic

    Ainda teria Rozier, Green. Dava pra tentar um Speights da vida. Próxima temporada temos tudo pra dar mais trabalho ainda. Só sumir com Amir e Zeller, já começaria bem.

    0

    0
  19. drakes disse:

    Do começo da temporada até aqui alguns pontos:

    – Nas minhas previsões, o Celtics teria 52 vitórias, terceiro colocado do leste, vice na divisão atlântica, cairia nas semi-finais, brigaria pela pick com o nets ficando em terceiro, e ainda queria saber como o “stash” Zizic sairia,
    – Sonho: finais e top pick 1,
    – Realidade: o Celtics conseguiu 53 vitórias, primeiro colocado do leste, campeão na divisão atlântica, caiu nas finais, e brigou pela pick com o nets ficando em trigésimo lugar, ganhou a pick n.1, Zizic foi considerado o segundo jogador novo na votação da Euroleague.
    – Como resultado, eu sou um que não tenho o que reclamar, claro que na trajetória teve momentos angustiantes, alguns jogadores decepcionaram, alguns surpreenderam, não houve trocas em fevereiro,
    – Acredito que agora marca o fim da reconstrução, a escolha do draft já me parece garantidas, vamos de Fultz, na FA as ramificações do novo CAP e CBA trazem novas complicações portanto não sou otimista; para próxima temporada as futuras escolhas, o nets acabou com 20 vitórias, tirando o Suns todos indicam movimentos que querem ir aos playoffs, sendo uma classe que deverá ter vários bigs, portanto deveremos pegar outro jogador promissor,
    Concluindo: Temporada acima das previsões, FA complicada, um futuro promissor.

    0

    0
  20. tomas p. disse:

    Orgulho celta! Nossa temporada foi além das expectativas. Não pensei que pudéssemos bater os Wizards, sinceramente. Chegamos na final e tirando os placares elásticos, cumprimos nosso papel. Temos a #1 no draft(e pra mim ela é inegociável) e assim poderemos manter Fultz e Brown amadurecendo e focar na Disputa no leste para os próximos 2 anos. To feliz demais, muito bom saber que nosso rebuild não foi como o de outros times da liga e que agora estamos brigando de novo. Final de conferência, mesmo com times fracos do lado de cá, é um resultado muito expressivo. Sobre a FA, tentaria uma troca por Butler ou assinaria Gordon Hayward. Os outros , sinceramente, pouco interessam. Um C para o banco é essencial também

    0

    0

Deixe um comentário