Hornets 114 x 121 Celtics

CHARLOTTE, NC - APRIL 8: Al Horford #42 of the Boston Celtics shoots the ball against the Charlotte Hornets on April 8, 2017 at Spectrum Center in Charlotte, North Carolina. NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and or using this photograph, User is consenting to the terms and conditions of the Getty Images License Agreement. Mandatory Copyright Notice: Copyright 2017 NBAE (Photo by Brock Williams-Smith/NBAE via Getty Images)

Poucas equipes conseguem ser bestiais e bestas, em um único jogo, como o Boston Celtics. Hoje, tivemos mais uma prova disso.

Após um primeiro tempo simplesmente espetacular, no qual tudo funcionou (absolutamente tudo: ataque, defesa, pontuação do time sem Isaiah Thomas na quadra, etc), o Celtics desperdiçou uma confortável liderança de 19 pontos no segundo tempo do duelo e chegou a estar perdendo por 7 no quarto derradeiro, mas reergueu-se e conseguiu conquistar sua 51ª vitória na edição 2016/2017 da maior liga de basquete do mundo.

Na primeira metade do confronto, vimos um Celtics diferente das últimas partidas. A equipe de Boston estava decidida a espantar os rumores de má fase, às vésperas dos playoffs, e impôs seu jogo, silenciando o lotado ginásio da franquia pertencente a Michael Jordan.

O maior campeão da NBA, que sofreu muitos pontos nos jogos contra Cavaliers e Hawks, também foi forte na quadra defensiva, limitando a franquia de Charlotte a apenas 44 pontos nos primeiros 24 minutos.

Na metade final, contudo, o Hornets voltou outro. Muito se deve, também, ao fato do time ter descoberto que o Bulls havia perdido para o Nets. Com isso, caso o time de Kemba Walker conseguisse a virada sobre o Celtics, continuaria com o sonho vivo de chegar aos playoffs pelo segundo ano consecutivo.

Com isso em mente, os comandados de Steve Clifford partiram para cima do Celtics, o que animou o até então calado ginásio. Acuado nas cordas e sem saber sair das mesmas, o Celtics cedeu. Cedeu ao ponto de perder uma enorme vantagem, como citado acima.

Quando muitos já pensavam em jogar a toalha, a mesma inconsistência que nos derrubou, nos levantou. Liderada por Isaiah Thomas e Avery Bradley, a equipe de Boston cortou a desvantagem no placar e reassumiu a liderança, para nunca mais perdê-la. Nos minutos finais, os dois jogadores de perímetro titulares de Boston acertaram incríveis cestas de três, aniquilando quaisquer esperanças e possibilidades de playoffs do Hornets.

Com a derrota para Boston, a equipe de Michael Jordan está oficialmente eliminada da temporada. Foi também a última partida do Celtics como visitante na atual edição da liga. Em 41 confrontos longe do TD Garden, a equipe de Brad Stevens sagrou-se vencedora em 23.

Em sua penúltima partida pela temporada regular, o Celtics receberá o Brooklyn Nets, no próximo dia 10. O Hornets, por sua vez, cumprirá tabela em seus dois jogos finais, a começar também no dia 10, quando enfrenta o Bucks, em Wisconsin.

Destaques do Hornets:

  • Nicolas Batum: 31 pontos, 8 rebotes e 3 assistências;
  • Kemba Walker: 23 pontos (7/19 FG) e 8 assistências;
  • Jeremy Lamb: 17 pontos (6/8 FG) e 5 rebotes.

Destaques do Celtics:

  • Isaiah Thomas: 32 pontos (10/18 FG) e 6 assistências;
  • Avery Bradley: 15 pontos (6/14 FG), 6 rebotes e 4 assistências;
  • Kelly Olynyk: 13 pontos (6/10 FG), 11 rebotes e 4 assistências;
  • Jae Crowder: 15 pontos (6/9 FG), 9 rebotes e 3 assistências.

Melhores Momentos:

https://www.youtube.com/watch?v=AU7HPQ3Z5Do

Rômulo Portugal
Rômulo Portugal

Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

12 Comentários

  1. Renato disse:

    Essa irregularidade não pode continuar nos offs.
    Resultado ainda nos dá chance de passar o Cavs e nos deixa a uma vitória em 2 jogos de garantir o segundo lugar.
    Nos offs Thomas tem que jogar pelo menos 40 minutos, aí podemos surpreender Cavs e Raptors que hoje são superiores na minha opinião

    0

    0
    • Marcos disse:

      Concordo 100%.
      Imagina se não levássemos trolha de 76ers e Suns fora de casa como estaria essa briga pela 1a posição…

      Acredito que a estabilidade emocional também pesa nos offs, especialmente nos 3 primeiros encontros de cada chaveamento.

      []s verdes

      0

      0
  2. David Pessoa disse:

    Com essa vitória e com a derrota do cavs pro hawks, nossas esperanças de conseguir o mando de quadra em uma possivel final de conferencia se torna uma grande possibilidade. Isso porque nossos próximos jogos são contra times inferiores e em casa e o cavs enfrenta hawks, raptors e heat, 3 times perigosos.

    Sinceramente, ainda acho que com o mando de quadra, o Celtics possa vencer o cavs ou qualquer outro time do leste. Acho que sou o único, mas sim, eu acho que o Celtics pode conseguir o titulo do leste.

    0

    0
  3. drakes disse:

    “Poucas equipes conseguem ser bestiais e bestas, em um único jogo, como o Boston Celtics. Hoje, tivemos mais uma prova disso.” Melhor do que foi ontem em uma singela frase,eu desisti do assistir o jogo ontem por que estava difícil de ver o que ocorria em quadra quando o Hornets virou…

    Depois vitória e da derrota do wizards, outro time que está oscilando demais agora, garantiu-se o terceiro lugar da conferencia, o time tem que vencer o próximo jogo contra o Nets e descansar o time contra o Bucks, dando ao time pelo menos 5 dias de descanso.

    0

    0
  4. Paulo Jr disse:

    Viram noticias dizendo que Ball tem preferência em atuar pelo lakers?
    Se eu no lugar do Aige com a segunda escolha (com a primeira iria de Fults) eu iria de Jackson!! Não vira ficar com um cara tendencioso a sair em um futuro próximo.
    Eu vou rir de mais caso o Lakers não seja top 3, se não me engano ela irá para os 76ers. Veremos!!!!

    0

    0
    • JailtonSV disse:

      Talvez eu esteja enganado em relação aos contratos da NBA, mas ao término do primeiro contrato o clube não teria prioridade para renovar com o atleta que foi dradtado por ele? Nesse caso daria pra “segurar” o Ball por uns bons anos.

      Sobre o draft, acho que se não for Fultz, essa pick vai virar um George ou um Butler.

      0

      0
    • Marcos disse:

      O esquema é fazer figa que esse timeco púrpura vai ficar é SEM pick (loteria abaixo da posição 3).

      Falando sério, é 8% mais provável que o Fakers perca a pick do que tenha a primeira escolha.

      []s verdes

      0

      0
      • sua consciencia disse:

        prefiro q a pick fique com o lakers, o sixers tem muito mais potencial para virar concorrente do celtics nos anos vindouros, fora q é da mesma divisão

        0

        0
  5. Barros disse:

    OFF

    Falta ao Ainge ousadia, se lembram do Jordan Crawford que atuou pelo Celtics, era um ótimo arremessador, na mesma época do Jeff Green e tal… O cara tava na China doutrinando por lá, Pelicans trouxe de volta, resultado 15ppg desde volta dele. Aí eu penso, um cara que já jogou pelo Celtics, é o tipo de jogador que precisamos vindo do banco para pontuar, principalmente nos offs e Ainge não pensa nisso? Falta ousadia.

    0

    0
  6. Rodrigo disse:

    Que jogo doido é esse do Cleveland x Atlanta?? Goo Celtics!!

    0

    0
    • Lucas Oliveira disse:

      Kkkk to rindo até agora do Cavs! 26 pontos de diferença no final do terceiro, é verdade que a arbitragem deu uma ajudada, mas tomar de 44 a 18 no último quarto é bizarro demais.

      0

      0

Deixe um comentário