Isaiah Thomas dá sua opinião sobre a relação de Crowder e Hayward

Quando Gordon Hayward divulgou que levaria seus talentos para Boston, muitos deram a passagem de Jae Crowder por Boston como encerrada.

Devido às polêmicas do passado e à necessidade de abrir espaço na folha salarial, essa ideia foi bem aceita. Com a chegada do pupilo de Brad Stevens, o Celtics estaria pronto para montar um trio de respeito, formado por Isaiah Thomas, Al Horford e, obviamente, o próprio Hayward, que ocuparia a vaga de Crowder no quinteto titular.

Para quem não lembra, no começo do corrente ano, Crowder envolveu-se em uma grande polêmica com a torcida de sua própria equipe, ao criticá-la diretamente por aplaudir o mesmo Gordon Hayward (então jogador do Utah Jazz), quando este jogou no TD Garden.

“Eu ouvi os aplausos e elogios a ele. Eu não gostei nem um pouco disso, pois encarei esse ato como um desrespeito à minha pessoa, que defendo o Celtics e atuo na mesma posição”, disse Crowder, à época dos fatos.

O bate-boca de Crowder com os fãs celtas ocorreu no Twitter. O camisa 99 de Boston apagou muitos dos tweets recheados de raiva que postara na ocasião, só restando um em sua conta:

Para a surpresa de muitos, o escolhido para ser negociado foi o queridinho da torcida, Avery Bradley, que fora trocado com o Detroit Pistons. Em seguida, o presidente de operações do Celtics rasgou elogios a Crowder, ao dizer que ama sua intensidade dentro das quadras e que ele é peça fundamental para que Boston alcance os objetivos traçados.

Por conseguinte, o que antes estava desenhado para ser um cenário “Crowder ou Hayward”, terá que ceder espaço para o quadro no qual os dois alas dividirão a quadra. Do mesmo lado, dessa vez.

Todavia, algo ainda preocupa a torcida do Celtics: existem rusgas entre os jogadores? Haverá briga de egos?

Se depender do também All-Star Isaiah Thomas, a resposta é “não”.

“Não temos tempo para briga de ego, nosso objetivo é conquistar o campeonato”, disse Thomas. “Nós colocaremos quaisquer discordâncias e desavenças de lado. Vamos buscar aparar as arestas e melhorar nosso entrosamento o mais rápido possível. Em seguida, naturalmente, teremos que entrar em quadra e mostrarmos que somos fortes candidatos ao título. Qualquer problema que tenha ocorrido no passado, lá ficará, uma vez que os dois, agora, são companheiros de time”.

Você acha que a relação de Jae Crowder e Gordon Hayward pode trazer algum problema para o Celtics no decorrer da próxima temporada? Opine abaixo.

Rômulo Portugal
Rômulo Portugal

Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

6 Comentários

  1. Kenderson disse:

    Com toda sinceridade isso pode sim afetar o ambiente interno da franquia… Vejamos a situação do D.Carrol de Toronto que nunca concordou com as atitudes da dupla all star da franquia canadense e ate ja dividiu o grupo. Todavia,acredito que temos uma direção competente e muito segura em suas ações, e se Ainge decidiu continuar com Crowder é pq tem plena confiança no jogador garantindo todas suas características tanto pessoais como profissionais .

    0

    0
  2. Fábio Malet disse:

    Não houve nada entre Hayward e Crowder e sim uma reclamação, bastante legítima, de Crowder com sua própria torcida. Aplaudir/apoiar jogador adversário, a exceção daqueles que fizeram história na franquia (como Garnett, Pierce, Rondo, e outros), é uma atitude patética. Crowder tinha total razão na reclamação, que, novamente, não era com Hayward. Vida que segue, nada para se preocupar.

    0

    0
  3. Barros disse:

    Desculpe Fábio mas ouve sim, Crowder ficou bem puto e até uns dias atrás a torcida pedindo a troca dele e a contratação do Hayward, ele ficou curtindo os comentários da galera e tal. Espero q ele tenha cabeça e não comprometa o Celtics, a temporada passada dele, principalmente os offs foi pífia, bem abaixo do que acredito ele render.

    0

    0
  4. Samucarj disse:

    Em terra de cegos, quem tem enxergar é Rei….

    Não passa de bom marcador e acha que é um gênio, tenho preguiça desses caras. Precisamos de qualidade e não de jogadores medíocres como ele.

    Como comentei no post anterior, devemos colocar o que temos de melhor em quadra.

    IT, Gordon H, Brown/Tatum, Morris e Al H.

    Deixa os garotos jogarem e manda esse trouxa pra pqp.

    Aí muita gente vem com papo de marcação no perímetro e tal, tínhamos um dos melhores times nesse quesito e o que aconteceu fomos varridos como todo ano.

    Sou a favor da qualidade, um monte de gente defende esse cara e depois mete o pau no cara quando o mesmo amassa o aro.

    O M. Morris não preste é isso é aquilo, deixa o cara jogar e depois avaliamos.

    0

    0
  5. Fernando C Silva disse:

    Prefiro esperar a reação do Crowder.

    A princípio podem jogar juntos, sem maiorea problemas quanto às posições e funções em quadra.

    Porém a atitude do Crowder ao receber Gordon, ou não, será determinante.

    Certamente Stevens e DA já conversaram com Jae.

    Sobre eventual disputa de posição: a concorrência é boa pois Kae caiu demais de produção nos offs. Já na regular season a sua defesa foi bem inferior à temporada passada.

    Creio que DA aguarda a negociação correta para incluir o Crowder.

    0

    0
  6. Na boa não entendi o Avery ter sido mandado embora,cara dava seu sangue em quadra acho que era um legitimo CELTA de sangue verde…!!!…agora espero que o Crowder jogue muito se mate na quadra..se vai sair pra tomar um cafe com o Hayward pouco me importa…acho que no fundo todos vão brigar por um unico objetivo aquele anel lindão no fim da temporada…que faz muita diferença entre os que vão ficar eternizados na NBA ou os que so passaram por ela..!!

    0

    0

Deixe um comentário