Jayson Tatum é eleito o melhor calouro da Conferência Leste em dezembro

A National Basketball Association (NBA) anunciou, na tarde desta quinta-feira (4), através de seu site oficial, que o ala Jayson Tatum, do Boston Celtics, foi escolhido o melhor calouro da Conferência Leste no mês de dezembro. Na Conferência Oeste, a premiação ficou com o ala-armador Donovan Mitchell, do Utah Jazz, que teve médias de 23,1 pontos e 3,8 assistências até o último domingo (31).

Leia mais

Jayson Tatum se firma como segunda opção ofensiva do Celtics e arranca elogios de Stevens

É a quinta vez na história que um atleta do Boston Celtics conquista o prêmio de calouro do mês, sendo que o último celta a receber a honraria foi o armador Marcus Smart, em fevereiro de 2015. Antes de Tatum e Smart, foram premiados o pivô croata Dino Radja (1993-1994), o ala Paul Pierce (1998-1999) e o ala-armador Adrian Griffin (1999-2000).

Em 17 jogos com o Boston Celtics em dezembro, Jayson Tatum registrou médias de 14,6 pontos e 5,9 rebotes em 32 minutos, com aproveitamento de 52,9% nos arremessos, 45,1% nos chutes de longa distância e 81,9% nos lances livres. O jovem ala celta também foi o jogador com mais pontos e o segundo com mais rebotes no mês, além de anotar 10 ou mais pontos em 14 partidas.

Mesmo com apenas 19 anos e tendo que lidar com a pressão de estrear como profissional na franquia com mais títulos na história da NBA, Jayson Tatum está mostrando um basquete de alto nível. O camisa 0 celta é um dos únicos atletas que estão com pelo menos 50% de aproveitamento nos arremessos, 45% nos lances de longa distância e 80% nos lances livres, ao lado do ala Otto Porter Jr, do Washington Wizards.

O desempenho de alto nível de Tatum, coroado com a premiação da NBA, já rende vários elogios entre os companheiros de Boston Celtics. “Ele está fazendo um excelente trabalho. É um jogador de alto nível, com uma mente de alto nível. Ele tem uma maturidade além da idade, então está sempre aprendendo algo no dia-a-dia. Ele é um calouro, e ainda tem um longo caminho a percorrer, mas agora ele está em um patamar acima da maioria dos calouros da liga”, afirmou o armador Kyrie Irving.

Já o técnico Brad Stevens, por sua vez, disse que Jayson Tatum está no caminho certo para se tornar um astro da NBA no futuro e destacou o potencial do ala como arremessador. “Para um cara com a sua estrutura, ele arremessa sem esforço. Quero dizer, ele vai poder arremessar ainda melhor e será capaz de fazer funcionar, na medida em que fica um pouco mais forte, mais acostumado e tudo mais. Será um grande atirador”, disse o comandante celta.

O grande momento de Jayson Tatum é um dos trunfos do Boston Celtics para manter a liderança isolada da Conferência Leste. A próxima partida do time verde e branco na temporada 2017/2018 da NBA será nesta sexta-feira (5), às 22h (horário de Brasília), contra o Minnesota Timberwolves, no TD Garden, com transmissão da ESPN para todo o Brasil.

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 26 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

7 Comentários

  1. Chiovato disse:

    olha o Smart na aparecendo curiosamente na matéria genteeeee… rsrsrs

    Tatum mereceu!!! Bom rendimento, dentro daquilo que se imagina projetando potencial futuro dele, ou seja, tudo nos conformes e amostra dum star dentro do prazo normal de seu desenvolvimento!!! Será crucial..ele e Brown somados a pick lakers serão a coluna celta pra muito tempo e quem sabe de ídolos eternos!!! Assim espero!

    2

    0
  2. Sander disse:

    Chiovato, será que vem um trio de: Brown, Tatum e Ayton?

    3

    0
    • Chiovato disse:

      Sander, seria um sonho!!!!!!!! Ainda mais de picks adquiridas!!!

      Penso em Ayton há um tempo e ele no Celtics seria a concretização de uma espinha dorsal desde a saída de armação até o garrafão, tendo bolas de fora, infiltração e defesa….. seria a peça que tentaria, só temo ser um pick 1… Brown será incrível, Tatum e Ayton monstruosos… e esse trio somado ao Irving seria certeza de um time brilhante e início de uma dinastia nas mãos do Stevens…

      torço muito pra vermos isto se concretizar!!

      1

      0
  3. Meu menino está crescendo 🙂

    0

    0
  4. Beto Castro disse:

    Eu tento, mas não consigo não me empolgar com o potencial do Tatum, é muito repertório

    Será All Star logo logo. Se não for temporada que vem, no máximo em 2020

    2

    0
  5. Leonardo Pereira disse:

    Acho que é um dos rookies que menos nos surpreende. Faz tudo o que se espera dele de forma natural. É muito consistente, e talvez seja essa a característica que mais o destaca dos demais. O FG% dele é alto porque dificilmente escolha mal um arremesso.

    Não é atoa que sempre participou das seleções de base, e diferente de outros aí, nunca precisou de um jogo vistoso pra se destacar.

    2

    0
  6. JailtonSV disse:

    Tatum é realmente assombroso.

    Não há nada em seu jogo que eu enxergue como deficiente. Seu repertório ofensivo que já era destaque antes da NBA vem funcionando contra os melhores jogadores do mundo. Sua defesa me surpreendeu positivamente, é um bom reboteiro.

    Talvez pelo jogo coletivo do Celtics, ele não possua um volume de arremessos muito elevado. Mas gostaria de vê-lo arremessar mais.

    2

    0

Deixe um comentário