Jayson Tatum impressiona em treino e desponta como favorito para ser o novo calouro do Celtics

Após a confirmação da troca da primeira escolha-geral do 2017 NBA Draft pela terceira do mesmo recrutamento, junto ao Philadelphia 76ers, nomes, até então, pouco especulados em Boston passaram a ganhar força como possíveis alvos de Ainge no evento a ser realizado amanhã, em New York. Entre eles, está o do ala Jayson Tatum, da Universidade de Duke.

Na última segunda-feira, o jovem jogador, de 19 anos, realizou uma sessão de treino particular, em Boston, diante dos olhos dos executivos celtas.

Segundo a imprensa norte-americana, Tatum impressionou no treino, especialmente pela sua capacidade em fazer cestas e pelo excelente trabalho de pés.

Leia Mais:

Draft 2017 – Jayson Tatum;

Mock Draft 2017 2.0.

O talentoso prospecto disse que ficara surpreso ao saber que o Celtics havia trocado a melhor escolha do Draft com o seu rival de divisão 76ers:

“No fim, contudo, eles sabem, melhor do que ninguém, o que estão fazendo. Portanto, quando recebi a ligação de Ainge, me chamando para uma entrevista, eu fiquei muito feliz e animado”, revelou o ala de 2,03 metros.

O treino desta semana foi a segunda oportunidade que Ainge e sua comissão tiveram para ver, de perto, Tatum. Semanas atrás, Celtics e o jogador já haviam se encontrado em Los Angeles. Tatum revelou que, após o treino dessa segunda-feira, ele assistiu a alguns vídeos de jogos, ao lado do dirigente Danny Ainge e do treinador Brad Stevens.

“Essa entrevista foi muito proveitosa e benéfica”, contou. “Eu ainda vou aprender e melhorar bastante. Nós assistimos a alguns vídeos de minhas jogadas ofensivas em Duke e a algumas jogadas do Celtics na última temporada, que mostram como Stevens gosta de trabalhar”.

Tatum ainda disse que o treinador celta bateu bastante na tecla acerca da importância de ser polivalente dentro de quadra. O ala foi confiante na coletiva, ao afirmar que é capaz de marcar desde armadores a alas-pivôs.

“Ele (Stevens) falou que jogadores do meu tamanho e da minha posição, que são capazes de converter cestas e de defender das posições 1 a 4, são difíceis de ficar fora da quadra”, contou o orgulhoso e feliz prospecto.

Quando perguntado se seria proveitoso atuar por uma equipe forte e que já sonha com o título, o ala disse o seguinte:

“Se eu for selecionado pelo Celtics, que é a maior equipe da NBA e tem um ótimo elenco, eu vou aprender muito. Eles têm grandes profissionais na organização e são acostumados a vencer. Eu quero isso para minha vida: vencer”, afirmou, com propriedade, o jovem atleta.

Segundo o jornalista Chad Ford, da ESPN dos Estados Unidos, ainda há dúvidas em Boston, no tocante a quem deve ser selecionado com a terceira escolha-geral. Os favoritos são Jayson Tatum e Josh Jackson, mas o maior da campeão da NBA, pelo visto, está inclinado a recrutar o ala de Duke.

Em sua única temporada universitária, Tatum obteve as médias de 16.8 pontos, 7.3 rebotes, 1.3 roubos de bola e 1.1 toco por partida.

Confira, abaixo, algumas das melhores jogadas de Jayson Tatum na NCAA:

Rômulo Portugal
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

5 Comentários

  1. Iago Pacifico disse:

    Só porque eu quero que fiquem com ele, vão trocar.. Podem anotar

    0

    0
  2. Sander disse:

    Tem que ser ele. Depois vamos atrás do Porzings com Crowder pick Celtics 18, Menphis 19 e duas de segunda rodada, se for o caso põe o Rozier tbm.

    0

    0
  3. Fernando C Silva disse:

    Tatum briga na tábua pelos rebotes. Precisamos disso.

    0

    0
  4. R Green disse:

    Acompanhando a tempos as opiniões dos colegas aqui do site e tirando o Fultz que era praticamente unanimidade a grande maioria depois dele optava por Tatum.
    Vem pro Celtão e vamos pra cima!
    Depois a pickLakers + Crowder + pick Boston18 e + Rozier vamos tentar alguém de peso, tentando manter nossa escolha e pickNets18.
    Sem loucuras por um único jogador, Celtics é mais parecido com o Spurs que quem vence é o conjunto da obra e vamos pegar pesado na Free Agency.
    Lets Go Celtics!

    0

    0
  5. Gustavo Pedrosa disse:

    A necessidade atual dos Celtics é muito maior de um ala do que um armador. Tatum seria perfeito.

    0

    0

Deixe um comentário