01

maio

2017

12

Comentários

Jogo 1 – Celtics 123 x 111 Wizards

Cercada de expectativa e rivalidade, a primeira partida das semifinais da Conferência Leste, entre Boston Celtics e Washington Wizards, teve um enorme gosto de déjà-vu para o Alviverde e seus torcedores. Após sofrer no começo da série contra o Chicago Bulls e conquistar uma reação heroica na sequência, o Alviverde escreveu, na tarde deste domingo (30), no TD Garden uma história similar no embate inicial contra a franquia da capital do Estados Unidos: depois de um início de jogo desastroso, o Celtics se recuperou, mostrou a sua força, venceu o Wizards por 123 a 111 e abriu vantagem no segundo round dos playoffs.

Mesmo exausto psicologicamente e fisicamente, já que viajou para acompanhar o velório de sua irmã Chyna e só chegou a Boston horas antes da partida, o armador Isaiah Thomas foi o protagonista da vitória celta. O camisa 4 se impôs diante de uma marcação implacável do Wizards, que resultou na perda de um dente no primeiro quarto, foi o cestinha do Alviverde e ainda ficou perto de um duplo-duplo, com 33 pontos e nove assistências. Criticado pelas atuações sem brilho na série contra o Chicago Bulls, o ala Jae Crowder fez a sua “estreia” nos playoffs, com 24 pontos e seis rebotes em 35 minutos. O pivô Al Horford, por sua vez, fez mais uma grande atuação e flertou com um triplo-duplo: 21 pontos, 10 assistências e nove rebotes. Destaque diante do Bulls, o ala-armador Avery Bradley foi mais discreto dessa vez, mas foi fundamental, anotando 18 pontos e pegando cinco rebotes. Entre os reservas, destaque para os 12 pontos do ala-pivô canadense Kelly Olynyk.

Pelo lado do Washington Wizards, o perímetro deu as cartas. Enquanto o ala-armador Bradley Beal foi o cestinha da franquia da capital, com 27 pontos, o armador John Wall, autor de 20 pontos e 16 assistências, anotou um duplo-duplo. Também registraram dois dígitos em dois fundamentos o pivô polonês Marcin Gortat, que fez 16 pontos e pegou 13 rebotes, e o ala Otto Porter Jr, com 16 pontos e 11 rebotes.

Com a vantagem de 1 a 0 na série, o Boston Celtics volta a enfrentar o Washington Wizards na noite desta terça-feira (2), às 21h, no TD Garden, com transmissão da ESPN para todo o Brasil. Quem vencer quatro partidas primeiro, garante classificação para a final da Conferência Leste, sendo que a outra vaga na decisão sairá da série entre Cleveland Cavaliers e Toronto Raptors.

O jogo

Apesar de jogar em casa e em clima de total euforia pela virada sobre o Chicago Bulls, o Boston Celtics tomou um susto com o excelente início do Washington Wizards, que precisou de apenas quatro minutos para abrir 16 a 0. Mesmo com Isaiah Thomas e Kelly Olynyk chamando a responsabilidade, o time verde e branco fechou o período com um prejuízo de “apenas” 14 pontos. No segundo quarto, com a rotação entrando bem e os destaques chamando a responsabilidade, o Celtics cortou o prejuízo e empatou o jogo, mas o Wizards, embalado, levou uma vantagem de cinco pontos para o intervalo.

Animado pela reação e com um excelente aproveitamento de longa distância, o Boston Celtics continuou pontuando e conseguiu a virada com uma cesta de três pontos de Jae Crowder. Depois disso, o Wizards não se encontrou mais em quadra, o Alviverde manteve o ritmo forte e abriu 15 pontos de vantagem. No último quarto, embalado por Bojan Bogdanovic, Washington esboçou uma reação, mas o Celtics, totalmente à vontade, continuou pontuando com frequência e garantiu a importante vitória no primeiro jogo das semifinais do Leste.

Destaques do Celtics

Isaiah Thomas (33 pontos e nove assistências)

Jae Crowder (24 pontos e seis rebotes)

Al Horford (21 pontos, 10 assistências e nove rebotes / duplo-duplo)

Avery Bradley (18 pontos e cinco rebotes)

Destaques do Wizards

Bradley Beal (27 pontos e quatro assistências)

John Wall (20 pontos e 16 assistências / duplo-duplo)

Marcin Gortat (16 pontos e 13 rebotes / duplo-duplo)

Otto Porter Jr (16 pontos e 11 rebotes / duplo-duplo)