Jogo 2 – Celtics 129 x 119 Wizards

Cestinha do Boston Celtics na temporada 2016/2017 da NBA, o armador Isaiah Thomas não é só um ídolo da torcida verde e branca, mas um sinônimo da franquia de Massachusetts. Assim como o atual elenco do Alviverde, por mais que seja talentoso, o camisa 4 é alvo de desconfiança por parte dos fãs de basquete espalhados por todo o planeta, principalmente pela altura incomum para o esporte e pela grande responsabilidade de comandar o maior campeão da história da liga. Entretanto, mais do que sofrer com o ceticismo alheio, Thomas e Celtics se destacam pela superação, e mostraram isso mais uma vez na noite desta terça-feira (2): na segunda partida das semifinais da Conferência Leste, contra o Washington Wizards, Thomas fez a melhor atuação da carreira e conduziu o Boston Celtics a uma espetacular vitória por 129 a 119, na prorrogação, para delírio de um lotado TD Garden e de torcedores celtas espalhados por todo o mundo.

No Jogo 2 contra o Washington Wizards, Isaiah Thomas sofreu com uma série de problemas. De saúde, por ter que consertar o dente quebrado durante a primeira partida da série, em quadra, com a forte marcação da franquia da capital dos Estados Unidos, e fora de quadra, com a lembrança de sua irmã Chyna Thomas, que morreu em um acidente de carro antes dos playoffs e completaria 23 anos nesta terça-feira. Todos esses problemas, porém, se transformaram em uma atuação espetacular: em 44 minutos, o armador celta fez 53 pontos, seu recorde pessoal e a segunda melhor marca da história da franquia nos playoffs, pegou quatro rebotes, distribuiu quatro assistências e conseguiu três roubadas de bola. Conhecido como “rei do último quarto”, Thomas fez 29 pontos nos 12 minutos finais do tempo normal e nos cinco minutos da prorrogação.

A atuação histórica de Isaiah Thomas não foi o único destaque do Boston Celtics nesta terça. Mais uma vez nesses playoffs, o pivô Al Horford mostrou talento, raça e inteligência, sendo premiado com um duplo-duplo: 15 pontos e 12 rebotes. O ala Jae Crowder e o ala-armador Avery Bradley, que também marcaram presença no quinteto titular, contribuíram com 14 pontos cada. Entre os reservas, destaque para o jovem armador Terry Rozier, que fez 12 pontos, pegou seis rebotes e registrou plus minus de +25, o maior da partida.

No Washington Wizards, o armador John Wall também estava em uma noite inspirada e travou um duelo e tanto com Isaiah Thomas. Em 47 minutos, Wall marcou 40 pontos e distribuiu 13 assistências. Dúvida até poucas horas antes do jogo, com uma torção no tornozelo esquerdo, o ala-pivô Markieff Morris atuou normalmente e agradou, com 16 pontos e seis rebotes. O ala-armador Bradley Beal e o pivô polonês Marcin Gortat, por sua vez, anotaram 14 pontos cada um.

Com duas vitórias em casa sobre o Washington Wizards, o Boston Celtics manteve a vantagem do mando de quadra nas semifinais da Conferência Leste. Agora, as duas equipes se enfrentam duas vezes no Verizon Center, casa do Wizards, sendo que o primeiro desses duelos será nesta quinta-feira (4), às 21h (horário de Brasília), com transmissão do SporTV para todo o Brasil. Se vencer as duas partidas, o Celtics confirma a classificação antecipada para a final da Conferência Leste.

O jogo

Assim como na primeira partida da série, o Washington Wizards tomou a iniciativa no TD Garden e rapidamente abriu vantagem sobre o Boston Celtics, que evitou um início mais desastroso graças a Isaiah Thomas, que anotou 15 pontos só no primeiro quarto. Porém, apesar do esforço celta, o Wizards fechou o período com a vitória parcial por 42 a 29. Com uma rotação alerta e mais sólida que a de Washington, Boston cortou o prejuízo e virou o jogo com um arremesso de longa distância de Al Horford. Nos dois últimos minutos antes do intervalo, entretanto, o Wizards abriu uma pequena vantagem de três pontos.

O início do terceiro quarto foi muito parecido com o começo do jogo: enquanto o Wizards, preciso, abria vantagem, o Celtics parecia não ter forças para impedir as ações ofensivas dos visitantes. Washington abriu 14 pontos de liderança, mas Boston, valente, foi para o último quarto perdendo apenas por cinco pontos. Embalado pela reação e por um Isaiah Thomas inspirado, o Celtics entrou de vez no jogo e levou o duelo para a prorrogação.

No começo da prorrogação, Kelly Oubre Jr assustou a torcida celta com um arremesso preciso de três pontos, mas Boston rapidamente assumiu a liderança, com cestas de Isaiah Thomas e Al Horford, e incendiou de vez o ginásio com uma grande jogada de Avery Bradley, que roubou a bola de John Wall e partiu para a enterrada. Depois disso, o show particular foi de Isaiah Thomas, que anotou sete dos últimos nove pontos celtas e confirmou um triunfo histórico.

Destaques do Celtics

Isaiah Thomas (53 pontos, quatro rebotes e quatro assistências)

Al Horford (15 pontos e 12 rebotes / duplo-duplo)

Jae Crowder (14 pontos e sete rebotes)

Avery Bradley (14 pontos e quatro rebotes)

Destaques do Wizards

John Wall (40 pontos e 13 assistências / duplo-duplo)

Markieff Morris (16 pontos e seis rebotes)

Marcin Gortat (14 pontos e 10 rebotes / duplo-duplo)

Bradley Beal (14 pontos e cinco rebotes)

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo, repórter esportivo do Imirante.com e colaborador do Futebol Maranhão. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

28 Comentários

  1. Junior disse:

    O A.H. mostrou experiencia toda a temporada se poupo para offs e agora tá mostrando que valeu cada sentavo. Estou muito animado para próxima temporada e se o time mantiver esse nivel poderemos bater o cavs. Só isso já seria de bom tamanho para essa temporada mais que venha o título afinal não custa nada sonhar… Go Celtics…..

    0

    0
    • Junior, apesar da empolgação pelos ultimos jogos dos playoffs, vamos com calma.

      Acredito que, infelizmente, ainda temos poucas chances de bater o cavs em uma melhor de 7. O time e o banco deles é mais completo que o nosso.

      Mas tá maravilhoso ver esse Celtics jogar. Certamente muitos FA estarão olhando com bons olhos uma vinda pra cá (sim, Paul George, venha ganhar a NBA com a gente!).

      Acho que com as peças certas, teremos um time completamente forte para o ano que vem e que poderá durar por bons anos.

      0

      0
  2. Rafael Lima disse:

    Que orgulho desse time! Não temos um time titular definido (temos 4 titulares), não temos jogadores experientes em playoffs, não temos o time mais técnico, mas SIM! Temos coração! Temos uma camisa que entorta varal! E temos o maior jogador baixinho de todos os tempos!
    Por isso, podemos sonhar em dificultar a vida dos atuais campeões. Acho muito, mas muito difícil ganharmos dos Cavs, só que nessa temporada deixaremos um recado pra toda a liga: O gigante acordou! Venham entrar pra história do time com mais camisas aposentadas na NBA! Ser campeão é bom, mas campeão pelo time mais tradicional é indescritível!

    Uma pergunta, caso tenhamos a pick 1, vocês preferem o Fultz ou uma troca por George, Whiteside ou Millsap?

    0

    0
    • Chiovato disse:

      Atacaria a FA com tudo primeiro…Por George vale a troca da pick que ‘seria’ Fultz em caso de renovação..MAS pelos outros eu não faria, ainda mais pensando em Griffin ou Hayward … creio que um destes e mais um FA pra ajudar no garrafão ou pontuação sejam suficientes somados a vinda do draft (que não sabemos se será Futz)!!

      Horford rendendo muito de C… tem que jogar ali e não de PF como fazia muitos jogos!! Temos que pensar que a renovação de Thomas e Bradley se aproximam, 2 caras…1 excepcional e outro fundamental!!! Por isso a vinda do ‘Fultz’ seria importante, onde já teríamos salários nível Griffin ou Hayward pra gastar $$, ou seja, Fultz flexibiliza uma trade caso os jogadores não aceitem receber menos pra ajustar melhor um time pra títulos!

      SE Fultz vier, Thomas, Bradley, Smart, Jackson e Rozier… 1-2 destes talvez se envolva em trade pra formatar o time no garrafão!

      0

      0
      • Fernando C Silva disse:

        Griffin se machuca demais. Tenho receio de fazer um insvestimento tão alto.

        Se ele aceitar um salário compatível com os jogos que participa…

        0

        0
    • Paulo Sérgio disse:

      Eu não troco o Fultz não. Mesmo que esse cara não se desenvolva defensivamente, só pelo seu mix ofensivo, é muita difícil não ser um All Star. Na FA tem o Hayward que encaixa no nosso jogo e foi treinado pelo Brad. Eu iria atrás de um PF via trocas e envolveria o Smart ou o Rozier, até mesmo os dois, se fosse um PF top. Ou ia atrás do Noel. Ou até mesmo manteria o Crowder de PF
      Fico pensando que nosso elenco tá muito inchado. Não podemos esquecer dos caras da D-League e do Zizic que foram muito bem. Acho que podemos pegar um PF muito bom se adicionarmos caras assim.
      Mas não troco o Fultz não. Nem pelo PG 13.
      Imagina esse time:
      Thomas-Fultz-Hayward-Noel-Horford

      Smart ou Rozier-Bradley-Crowder-Yabuselle-Zizic

      Teríamos um time forte e jovem. Muito bom na defesa e no ataque também. Nessa FA não vejo nenhum PF top. Vejo no Noel um bom encaixe e tem o lado dele ser torcedor também. Tem o Millsap mas fico com um pé atrás. E na próxima NCAA tem bons valores nessa posição. E temos mais uma Pick do Nets que deve ser top 5. Nós precisamos ter calma. Não adianta ganharam logo e passar mais uma era sem ganhar nada. É preciso pensar no futuro.

      0

      0
    • Beto Castro disse:

      se tiver chance, é impossível não ir atras de possibilidades como Butler e Paul George, mas é tentadora a opção de arrumar um quinto titular pra esse time e deixar ele se desenvolver

      O que poderíamos fazer com esses quatro caras mais um ótimo PF/C? Há a opção de tentar um Milsap, mas não precisa ser All Star. Vamos pensar no Noel, por exemplo, que tem salário baixo de primeiro contrato ainda.

      Ficaria algo mais ou menos assim:

      Thomas, Bradley, Crowder, Noel e Horford
      Fultz, Smart, Brown, Olynik e Zizic
      Rozier, Green, Yabusele, Jerebko e C

      0

      0
    • JailtonSV disse:

      Depende muito de qual postura o Celtics adotará para a próxima temporada, os caminhos são inúmeros mas vou aqui brincar de GM.

      1. Contratos restantes

      Jerebko, Jonhson, Young, Mickey Green. Quem permaneceria? Por mim apenas Green, até vejo talento no Mickey mas não há sentido permanecer com ele devido a chegada dos Big man(s) oriundos do draft passado.

      2. FA

      Griffin e Hayward são os nomes mais chamativos, mas gostaria de ver o Celtics fazer pequenos movimentos também, trazendo experiência e (ou) qualidade ao nosso banco. Um Tony Allen, um Terrence Jones, um Ibaka (se ele chegar a conclusão que vestido de alviverde estará mais próximo de um anel), um Bogut por um salário razoável (o tão falado protetor de aro) são reforços que me agradariam. Os nomes são exemplos, o que quero dizer é que temos uma boa equipe titular e se o banco puder manter um nível similar pode ser nosso diferencial.

      3. Trades

      Vai depender da movimentação na FA. A vinda de um Tony Allen pode significar a disponibilidade para uma trade do Smart. A vinda de jogadores com altos salários pode indicar que não haverá renovação com Bradley que deve pedir um salário elevado.

      Lembrando que não podemos engessar o CAP, pois pode até ser que não renovemos com Bradley, mas com Thomas a renovação tem que sair e teremos que ter o que oferecer. E se não renovarmos com Bradley, que ele entre em uma trade, pois é um jogador com muito valor de mercado.

      Tentaria o Butler em um cenário que o Hayward não vem na FA, acho o George mais jogador, mas essa conversa de não garantir que renova, querer jogar nos Lakers, parece ter alguma resistência em vir pra Boston, isso sinceramente me incomoda. Uma “terceira opção” seria a vinda do Melo. Jackson tá desvalorizando o cara demais, capaz de aceitar Jerebko e Johnson por ele e ainda mandar uma Pick.

      4. Ficar com a Pick?

      Gostaria sim. Se for Fultz seria um grande potencial por um baixo salário. E o teto dele parece maior do que dos nossos jovens. Se for outro envolveria dependendo da Trade embora existam jogadores aparentemente muito promissores para escolher.

      0

      0
  3. GENERIO JUNIOR disse:

    Galera foi incrível assistir ao jogo do Boston Celtics, que time de coração valente, uma torcida apaixonada.
    Não acredito que fecharemos fácil está série, mas acredito que o melhor já foi feito, foi ver um renovado Celtics mostrando para a NBA que os próximos anos serão de vitórias e quem sabe o título, acredito que ainda falta banco, mas se falta banco sobra coração.
    Com mais duas peças experientes e boas de grupo, não só seremos capazes de vencer uma melhor de 7 com Cleveland , mas vencer melhor de 7 com qualquer um.
    Obrigado ao nosso técnico por montar um time tão guerreiro!.

    0

    0
  4. Daniel Fialho disse:

    Contra tudo e contra todos. Eu acredito nesse time e sempe acreditei, Não da mais pra negar. Que trabalho do Ainge , Stevens e cia, e que grupo nós temos.

    0

    0
  5. RODNEY OLIVEIRA disse:

    Rozier esta surpreendendo muito, esta jogando D+!
    AB melhorando a cada jogo, se mantiver esta melhora teremos chances com estes 2 caras.

    0

    0
  6. Vítor disse:

    E pensar que já li muita gente falando (inclusive blogueiro famoso) que deveriam trocar o IT pq no próximo draft tem armadores all-star. Impressionante como esse cara é subestimado.

    0

    0
  7. Sander disse:

    Galera, menção honrosa para o Brown e Rozier, pq no 3/4 eles nos colocaram de volta no jogo com bastante raça.

    Falando do futuro:
    Eu não trocaria o Fultz. Ele é peça importante para o nosso futuro e, eu pensaria duas vezes antes de trazer um All Star, pq a maior virtude que o Stevens conseguiu, foi fazer os jogadores pensarem que a maior estrela é o elenco. Se Algum jogador top vier, tem que ser para fazer igual o Horford ( deixa as estatísticas de lado e jogar para o time). Tenho medo de algum “estrelinha” vier é acabar com o ambiente criado, prefiro trazer alguém que vá dar o sangue pelo time.
    Bons nomes, mas menos badalados, que iriam cair como uma luva : Ibaka e Noel.
    O Fultz irá trazer a ofensividade vindo do banco, podendo crescer sem pressão.

    I. Thomas, Bradley, Crowder, Ibaka/Noel e Horford

    Fultz, Smart, Brown, Yabusele e Zizic

    Rozier, Nader, Green, Olynyk e Karnowski(podemos trazer na segunda rodada, pivô muito forte, técnico e pode evoluir).

    Um time excelente, jovem, potencial absurdo e cap para renovar com Bradley e Thomas.

    0

    0
    • Rafael Lima disse:

      Quando fiz essa pergunta lá em cima foi pela dúvida entre estrela atual ou futura. Mas seguindo o seu raciocínio acredito que Millsap, Iguodala e Noel seriam ótimas (possíveis) aquisições pra gente, mantendo o Fultz.

      C- Horford, Zizic e Olynik
      PF- Millsap, Noel e Yabusele
      SF- Crowder, Iguodala e Brown
      SG – Bradley, Fultz e draft pick
      PG – Thomas, Smart e Rozier

      O que acha?

      0

      0
      • Sander disse:

        Milsapp seria o ideal, pq joga muito e é um cara de grupo. Mas até que ponto iria impactar o cão para renovação do Thomas e do Bradley?? Olynyk tbm é FA, vale a pena gastar cap com ele???
        São perguntas pertinentes, que me causam dúvidas ( até gostaria que alguém comentasse, para me ajudar a esclarecer).

        Iguodala dificilmente sairá do GSW, Noel seria a opção mais barata para o garrafão( e muito boa), Bogut só você machucado, Ibaka deve pedir alto(mas gosto muito dele).

        Nosso garrafão ano que vem, terá uma melhora sensível, com Yabusele e principalmente o Zizic. Na segunda rodada eu traria o Karnowski, o cara é um elefante e tem bastante técnica coma mão esquerda, ainda não defende bem, mas me lembra bastante o Marc Gasol ( ngm dava nada por ele), pode ficar como terceira opção para evoluir atrás do Horford e Zizic.

        Não acredito em uma grade, pois, os GMs querem pedir 3 vezes mais do que vale o jogador, pq tem medo de tomar uma volta do Ainge( Nets, Suns e Dallas que o digam rsrsrs). O Ainge não é bobo e, o próprio já falou: ” As vezes o melhor negócio é não fazer negócio).

        0

        0
        • Jean Brazuna disse:

          Celtics deve usar a BIRD exception pra exceder o teto do salário tanto com Thomás como com bradley time pra ser campeão tem q gastar mesmo mas concordo q pra algumas posições não precisa ala por exemplo só si vir um fora de série pois o crowder tá bem e eu acredito muito no brown

          0

          0
    • Chiovato disse:

      Focaria sim na manutenção de um time unido e com essa mentalidade, mas acho Ibaka e Noel + Fultz pouco pra bater de frente com GSW, Cavs e ficamos atrás do Rockets e Spurs, mas tendo boa chace de bater esses 2 últimos.

      tentaria Hayward na vaga do Ibaka, precisamos dum cara que ajude na pontuação auxiliando Thomas!! Noel daria boas estabilidade defensiva e junto a ZiZic creio que o garrafão ficaria bom e sustentável!

      Thomas-Rozier-Fultz (quem sabe tb de SG)
      Bradley-Smart(alterna com Fultz)
      Crowder-Brown-Hayward
      Noel-Yabusele
      Horford-ZiZic-KO

      *lembrando que no small ball teríamos Hayward e Crowder juntos. Seria interessante! Optaria por tentar flexibilizar bom salário com Hayward, assim como na renovação com Bradley e dando a Thomas o justo pelo que joga!

      *na boa, sentaria e diria: ‘vcs querem anéis? nos ajudem, a lhes ajudar!’

      Sander você acha na saída do Amir, Zeller, Jerebko somado ao cap disponível e novo teto, você acha que é possível Hayward no time + Thomas e Bradley com contratos renovados?? se alguém souber números, me ajude por favor!

      0

      0
      • Nosso CAP comprometido para o ano que vem é de USD 70MM (atualmente gastamos 93MM, sendo que 12,000,000 do Amir, 5,000,000 do Jerebko, $1,825,200 do Young, $1,410,598 do Gerald Green, $1,200,240 do Hunter vencem, (tem mais uns trocos do Bentil, Damion Lee e outros).

        Dessa forma, pra 2017 o CAP máximo (pagando luxury tax) ano que vem é de 122 Milhões (sem luxury tax cai para 102MM). Assim temos 52 Milhões de dólares para queimar em 2017.

        Gastando esses 52 MM, para 2018 o CAP com luxury tax aumenta para 125 MM. Desses, temos garantidos $37,554,035. Se somarmos os 52 MM que teoricamente gastamos trazendo dois all stars em 2017, ficaria 89,554,035, o sobrando 35,445,965 para renovar com Thomas, Bradley e mais boa parte do nosso banco. Seria bem pouco.

        Mas, considerando que Horford já foi pro all star game e Thomas e all star, trazer mais dois (Hayward e Griffin, por exemplo), seria um time com 4 all stars. GSW só conseguiu fazer isso pq o Curry ganha pouco (contrato dele é de 12MM, igual o do Amir, por exemplo) e pq mtos dos jogadores não pediram o máximo para tentar ganhar títulos. Se o Ainge conseguir convencer jogadores virem para cá com esse argumento, aí sim dá pra conseguir manter todo mundo, mesmo sendo bem difícil.

        Mas eu confio plenamente no DA. É um dos melhores GM’s da liga, senão o melhor.

        Fontes: hoopshype e spotrac

        0

        0
        • Rafael disse:

          Sendo assim, daria pra trazermos Millsap e Noel dando aumento para os 2, sem trocar o Fultz.
          Se não conseguirmos a pick 1 (Fultz) ou a 2 (Jackson), acho que vale a pena fazermos uma boa troca por alguém que queira o Lonzo Ball.

          0

          0
        • Chiovato disse:

          -pegadasdeixadas valeu pelos dados….

          ontem mesmo dei uma olhada no hoopshype pra ver isso, e numa simulação rápida que fiz, renovando (valor anual e Hayward não lembro se simulei 25 ou 28) com Bradley por 25M…Thomas 30M e Hayward 25M… nesses valores ficaríamos com cap +- 128M…fora a pick nets e Zizic + Yabusele

          fiz só pra ter noção.. porque nessa área de cap não domino todas as regulamentações e exceções!

          *creio que dá pra renovar com Thomas e Bradley além de assinar ao menos com Hayward na FA!!! Iria nele, pois é tão de grupo quanto Millsap, mas acho o jogador do Jazz mais acerto pela relação com Stevens e porque teríamos um small ball fortíssimo alternando jogadores como Crowder, Fultz, Thomas, Bradley, Hayward e Smart…com Horford no garrafão!

          Gosto do Millsap, mas iria no Hayward por preferência e por ofensivamente ter melhor gosto pelo padrão dele, além da idade! mas só por isso… ambos encaixam bem, mas com características distintas…

          0

          0
          • Sander disse:

            Deslocar o Crowder para a 4 e colocar o Hayward na 3, poderia ser bem efetivo, visto, que apesar de a estatura baixar, nossa defesa ainda iria incomodar e a pontuação explodiria. Mas não sei como vai ficar, pq com o Hayward e Fultz (se vierem), vai ficar muita gente para o perímetro I. Thomas, Bradley, Fultz, Brown, Rozier, Smart, Crowder, Hayward e Green.
            Na próxima temporada eu já vejo o Brown incomodar o Crowder pela titularidade, pois, o garoto tem um teto alto e o Crowder é instável e fala besteiras.

            0

            0
      • Sander disse:

        Chiovato, o amigo aí explicou bem…
        Fica difícil pegar um top na FA por salário máximo e renovar com Bradley e Thomas. Teremos que fazer uma escolha difícil, ou o Ainge faz as suas mágicas convence a galera a assinar contrato por menos.

        0

        0
  8. David Pessoa disse:

    Um belo, lento e gostoso “chupa” pra quem disse que o celtics não passaria nem da primeira fase, kkkkkkkk.

    Brincadeiras a parte, tudo que eu tenho a dizer é que estou muito orgulhoso desse time e do jogador maravilhoso que é o thomas, nosso mais novo ídolo celta, um cara que vem escrevendo o seu nome na história da franquia de maior tradição e história da liga. Nosso baixinho merece todo o respeito do mundo, pois é incrível o que ele tem feito mesmo com tantas adversidades e fico muito feliz em ler os comentários do pessoal exaltando merecidamente esse “capeta em forma de guri”.

    0

    0
  9. Poko Yo disse:

    nao troquem o Rozier ele ta jogando mt mais o olynyk

    0

    0
  10. PHABIO PASSOS disse:

    PARA MIM, SAI SMART,JONHOSON, ZELLER, JONAS, YOUNG, MICKEY ,JACKSON, PODE COLOCAR EM PACOTES DE NEGOCIAÇOES

    RENOVA COM GREEN,RENOVA OLYNYK E CONTINUAR COM ROZIER….

    0

    0

Deixe um comentário