Jonas Jerebko e Amir Johnson seguem no Celtics em 2016/2017

Depois de muito mistério e expectativa, o Boston Celtics confirmou, na noite desta quinta-feira (7), a permanência do ala Jonas Jerebko e do ala-pivô Amir Johnson para a temporada 2016/2017 da NBA. Apesar de ainda terem um ano de contrato, os dois atletas dependiam de um posicionamento do Celtics, já que a opção pela última temporada desse vínculo era da franquia de Massachusetts.

A possibilidade de Jonas Jerebko e Amir Johnson deixarem o Celtics foi cogitada durante a negociação com o ala Kevin Durant, já que o Alviverde planejava ampliar o espaço em sua folha salarial para assinar com o ex-atleta do Oklahoma City Thunder e abrir espaço para outras contratações. Com a ida de Durant para o Golden State Warriors, o caminho para a renovação com a dupla ficou livre. Em 2016/2017, Jerebko receberá US$ 5 milhões, enquanto Johnson embolsará US$ 12 milhões.

“Amir e Jonas são dois dos atletas favoritos de Stevens. Eles jogam duro, são amados por seus companheiros de equipe. Estamos felizes em tê-los de volta. (A renovação) não é apenas pela questão econômica, eles jogaram bem para nós. Realmente gosto desses caras, não só pelo tipo de jogadores que são, mas também pelas pessoas que eles são”, disse o GM Danny Ainge, em entrevista ao jornalista A. Sherrod Blakely.

Ala de 29 anos e com experiência de seis anos no Detroit Pistons, o sueco Jonas Jerebko chegou ao Boston Celtics em fevereiro de 2015, após uma negociação que envolveu a transferência do veterano ala Tayshaun Prince para a franquia de Michigan. Reserva nos 107 jogos de temporada regular que disputou pelo Celtics nas últimas duas temporadas, Jerebko caiu nas graças da torcida celta com a sua luta em quadra e ganhou uma oportunidade como titular nos playoffs de 2015/2016, contra o Atlanta Hawks. Nessa série, Jerebko registrou médias de 9,2 pontos e 6,8 rebotes em 27 minutos.

Também com 29 anos, o ala-pivô Amir Johnson acertou com o Boston Celtics em julho de 2015, depois de seis anos no Toronto Raptors. Contratado para ser o titular da posição 4 e melhorar a defesa no garrafão celta, Johnson nunca foi unanimidade em Boston, mas não comprometeu em sua temporada de estreia: em 79 jogos, o ala-pivô teve médias de 7,3 pontos e 6,4 rebotes em 22,8 minutos. Nos playoffs, Johnson teve os mesmos 22 minutos de média, mas melhorou o seu desempenho, com 8,5 pontos, 7,2 rebotes e 1,3 tocos.

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

17 Comentários

  1. Felipe disse:

    Acho que seria uma boa o celtics tentar trazer o Brandon Bass de volta pra Boston. Deixaria o garrafão um pouco mais encorpado na rotação do time.

    0

    0
  2. Chiovato disse:

    acho que Horford dá mais tranquilidade à estes 2, por tirar a pressão em cima deste! Sully saindo, os minutos dos 2 estarão bem distribuídos e vejo que Jerebko talvez terá sua melhor temporada após ótimas partidas nos playoffs, Johnson é outro que sempre se esperou mais… e daí com Horford, acho que o convívio e troca de informações entre eles possa dar um up nestes 2 e o Celtics ter uma contribuição maior! tomara! torço pra irem bem, preguiça nunca foi o problema deles!

    0

    0
  3. Paulo Sérgio disse:

    Ainda espero um S&T.

    0

    0
  4. Celso Cachali Jr disse:

    Queria ver o Horford de 4, mas ja que nao vai vir nenhum 5 para Boston… entao acho que os dois podem revesar bem nessa posição junto com Mickey, ele tem que ser usado para ganhar mais experiencia pois tem muito potencial. os dois sao mil luz melhores do que SULLY e KO…

    0

    0
  5. Maurício Green disse:

    Bom preços para bons jogadores. Amir tem calibre para titular e Jerebko se mostrou muito util na rotação.

    Mantemos a flexibilidade e como são contrato expirantes em 2017 também são bons assest para trades pre All Star Game.

    Não sei não mas estou achando q o KO vai ter a chance de começar como titular esse ano. (IT- AB – Jae- KO – AH) (Rozier- Smart – RJ/Brown – Jeredko/Mickey- Amir)

    Acho que nem Sully, nem Zaller devem ficar, no maximo 1. O Mickey tem que arrasar na Summer de Las Vegas, assim como Rozier fes em Utah, para começar a garantir uns minutos.

    0

    0
  6. PHABIO SANTOS PASSOS disse:

    NAO SEI LI DIREITO OS KINGS ESTAO QUERENNDO NEGOCIAR MCLOMONE, KOUFOS E GAY,SERA PODEMOS FAZER UMA TROCA COM ELE , POR SULLINGER,YOUNG, HOLLAND E ALGUMA PICK, POR ALGUM DESSES…..

    0

    0
  7. PHABIO SANTOS PASSOS disse:

    E O WORRIORS COM GANANCIA DELE, TEM TIME TITULAR, MAS QUASE NAO TEM RESERVA SO SOBROU IGOULDALA….. EAI DURANT….

    0

    0
  8. Chiovato disse:

    poisé… o que acham do Rudy Gay? acham que num negócio que seja favorável ao Celtics, ele no sentido técnico e qualitativo, agregaria o suficiente pra nos deixar bem mais fortes?

    tipo tendo ele no posição 3 e Crowder na 4? acha que o time teriam um up que compensa, visto que o salário dele é quase 13M!

    não é uma afirmação minha e nem mesmo há rumor sobre isso, peço a opinião de vocês apenas como uma hipótese sabendo que o jogador não ficará nos kings!

    0

    0
    • Paulo Sérgio disse:

      Depende da duração do contrato. Mas acho que podemos esperar até o ano que vem. Milsap e o Ala do jazz que é pupilo do Ainge vão ser FA. Acho infinitamente superiores ao Gay.
      Mas gosto dele. Um excelente pontuador.

      0

      0
  9. Sander disse:

    Ano que vem tem B. Grifin, Milsap, Westbrook, Gordon H (JAZZ), acho que o C. Paul e talvez o Durant.

    Pelo menos um deles será nosso, não é possível.

    0

    0
    • Paulo Sérgio disse:

      Milsap e Gordon seriam um up gigantesco. Não gosto do Griffin e acho que o jogo do west não combina com o do celtão. Mas se vier é o início da dinastia.
      IT
      West
      Gordon
      Milsap
      AH

      Sonhar é bom

      0

      0
      • Fernando C. da Silva disse:

        Paulo, esse time vence o Cleveland e bate de frente com GW. Sonhar é bom…

        0

        0
      • contera disse:

        CP3 e Griffin tem player option ano que vem, provavelmente devem declinar pelo aumento do cap mas nao acredito que eles saiam do clippers devem receber o maximo ou perto disso. tipo clippers tem otimo time na real perderam pro rockets a dois anos porque pipocaram e ano passado pelas lesoes claro que nao acredito que eles iriam para afinal mas poderiam ter ido mais longe alem de estarem em los angeles. e millsap duvido que atlanta nao renove com ele. acho que o celtics tem muitos ativos deve buscar uma troca agora ou ao menos tentar e ver as propostas. tambem nao gosto do estilo do westbrook apesar de ser um grande jogador brad gosta de jogadores que chutem de 3 e west tem pouco mais de 30% menos que thomas e bradley

        0

        0
        • Chiovato disse:

          Contera concordo quanto ao estilo do West não ser ‘padrão’ com o do Celtics, mas especificamente, West é um jogador que gosto do estilo! não é o meu jogador prefiro e nem perto disso, vejo no IT um padrão Celta de sofrer e sentir o peso e responsa da camisa que sou fascinado, MAS pessoalmente coloco West num seleto grupo dos atuais PG, porque o cara não tem a bola de 3 com tanta ombridade, mas é uma máquina de triplos duplos! e seria prum Celtics da vida, algo surreal agregar mais isso num bom conjunto, MAS não vejo nosso padrão de jogo sendo adequado pra encaixar West, daí não tentaria tê-lo, só se Stevens vê-lo ao lado do IT, difícil pelo bom jogo defensivo do Bradley!

          Acho que IT-Bradley-Gordon(Crowder)-AH-Okafor seria um time fortíssimo ofensivamente e que teria ótimo defesa em momentos com AH na 5 e Jae na 4! considerei só a aquisição do Gordon na FA próxima e Okafor agora! não é nunca igual ou melhor que o GSW, mas numa série defendendo bem o perímetro defensivo, bolas de fora caindo com IT e Gordon e dominando o garrafão porque teríamos forças pra isso, sinceramente tornamos qualquer time um time batível!! mesmo tendo GSW um time fantástico e jovem (nunca houve um time jovem e bom assim, difícil dar errado infelizmente)…

          0

          0
  10. Renato disse:

    O Ainge em entrevista deixou claro que o elenco não está fechado, sendo assim e possível um trade, tem sido dito que algumas trades pré draft continuam sendo conversadas com pedidos mais realistas. Acredito que Okafor ou Noel sejam os assuntos em pauta.

    0

    0
  11. drakes disse:

    Achei bom por que mantém a flexibilidade da folha e ajudam na química do time. Contando o Jay Brown ainda não assinado (sem nenhum outro calouro), são 13 contratos*, o Celtics tem algo como 82,2 M garantidos,

    Eu vejo se ocorrer um S&T com Sulliner e Zeller, pode o Boston ficar acima da “Luxury Tax” ou próximo.

    * John Holland vai ser cortado, mesmo em uma troca, o valor de 874,636 não garantido é muito baixo.

    Restam duas vagas, a não ser que alguém saia dos “contratos garantidos” e o Celtics precisa de 7 ou mais vitórias para garantir a segunda posição, lembrando que o Raptor venceu na temporada 56 jogos, pode oscilar para baixo caso confirme-se aquele pensamento antes do campeonato que os times do lestes estão melhores.

    Ainda não dá para fazer as contas pelos elencos ainda não estarem fechados , lembrando que o Bucks ano passado por quase 80% não contar a importância de veteranos do time, fez-se acreditar que eles eram o segundo melhor time do leste.

    0

    0

Deixe um comentário