Jordan Crawford quer “pagar” Stevens pela confiança

Jordan Crawford vive, no momento, a sua melhor temporada na NBA, sendo um dos destaques celtas da temporada. Perguntado o motivo dele estar jogando tão firme, ele disse que está tentando “pagar” a confiança depositada pelo treinador Brad Stevens.

Crawford tem afirmado repetidamente que sempre foi capaz de jogar da maneira sólida que vem jogando, mas era necessário que aparecesse a oportunidade para que ele pudesse mostrar seus talentos. Outros podem opinar que Crawford limitou significativamente seus lapsos de julgamento e realmente amadureceu como jogador, mas o armador acredita que tudo o que ele precisava era de uma oportunidade.

Ao ser indagado se Stevens faz algo de diferente dos outros treinadores, Crawford disse: “Eu acho que ele só me deu mais chances, e eu o aprecio por isso. Eu só quero recompensá-lo jogando duro, fazendo o que posso para a equipe”.

Parece que o apoio que Crawford recebeu da organização Celtics realmente fez uma marca no armador. Durante o Training Camp, o GM celta Danny Ainge retratava-o como um dos melhores passadores de Boston e alguém que pudesse lutar por minutos na armação da equipe armador. Stevens, por sua vez, também apoia Crawford desde o primeiro momento. No 1º dia do campo de treinamento, o treinador disse que Crawford impressionou com sua seleção de arremessos e tinha sido “um bom companheiro de equipe, muito fácil de se treinar”. A forma como Stevens trata Crawford é muito diferente do caminho adotado por Doc Rivers: o antigo treinador celta nunca atacou Crawford através da mídia, mas uma vez disse o armador pertencia a “Team All-Scare” para colocar medo nos outros treinadores, bem como em si próprio.

Não que Crawford deu a Stevens algum motivo para criticá-lo, muito pelo contrário, Stevens já disse que Crawford é o tipo de jogador que o faz gastar suas noites de sábado no ginásio. Depois que Crawford mergulhou no chão para salvar uma posse de bola na vitória contra o Orlando Magic, Stevens disse: “Eu acho que o momento em que eu fiquei mais animado desde que me mudei para Boston foi quando Jordan mergulhou nessa bola perdida”.

Uma pergunta que fica no ar é: Será que Crawford amadureceu antes da chegada de Stevens, ou será que a abordagem do treinador resultou nessa grande mudança? Talvez seja uma combinação de ambos. Crawford tem aproveitado o seu tempo de jogo e realmente dedica-se em ambos os lados da quadra.

“Acabei de assumir a responsabilidade de criar bons chutes a cada posse, seja para mim ou para meus companheiros”, disse Crawford. Em frases como essa, podemos notar que nossa equipe está focada em algo ainda maior e que o jovem treinador Stevens vem causando um impacto positivo nos jogadores. “Quando jogamos juntos, esta é a nossa força. Nós ganhamos jogos como esse” disse, após a vitória sobre o Milwaukee Bucks.

Thiago Vinícius Matos
Thiago Vinícius Matos

Paulistano de 27 anos, Líder de Operações numa empresa logística, residente em Guarulhos/SP.
Torcedor do Boston Celtics desde 2009, quando comecei acompanhar a NBA.
Minhas maiores referências atualmente são KG com sua garra sobre humana e Rajon Rondo com suas assistências desconcertantes. Sou muito frustrado por não ter visto o grande Larry Bird em ação. #Marcus_Smart_Is_The_Future!

8 Comentários

  1. Daniel Emiliano disse:

    Belo texto.
    Crawford já veio para essa temporada com outra personalidade, ao meu ver.

    Lembro me muito bem de um jogo na liga de verão, que ele ficou de fora e o time perdeu e eu cheguei a conclusão que me espantou na época, de que o time tinha sentido a falta dele. E era verdade!!!

    O único problema ao meu ver, é que acho que o Crawford é o tipo de jogador que só rende bem se tiver muitos minutos de quadra.

    Não sei se ele pode manter essa eficiência entrando frio do banco e jogando 10…15..minutos, que é o que vai acontecer quando o Rondo voltar.

    Se ele render bem nessa situação… CONTRATO RENOVADO PRA JÁ, mas ainda tenho MUITAS dúvidas sobre isso, então vou esperar pra ver.

    0

    0
    • sebas disse:

      Acho que 10,15 minutos é pouco pra ele.Acho que mesmo com a volta do rondo ele mereceria mais.O Rondo provavelmente não jogar 35,40 minutos toda noite de imediato, e o único que rendeu bem jogando de PG até aqui nos Celtics foi ele.Acho que pela versatilidade e maturidade que ele está apresentando ele pode jogar mais tempo,até porque o Bradley ainda é muito irregular.

      Não seria o caso também de trocar algum jogador que temos na posição 2?Temos no elenco o Crawford,o Bradley,Lee,Brooks e Bogans.É muita gente.

      0

      0
    • Acredito que seu jogo sofrerá um retrocesso com a volta de Rondo por causa do tempo de quadra…. Mas qual a chance dele ganhar a posição de Bradley, visto que ele sempre foi SG? Ou tbm ser o Sixth Man da equipe.

      0

      0
  2. Rafael Taborda disse:

    Talvez Stevens tenha voz ativa na direção para manter Crawford que seria o Reserva imediato de Rondo… más como dito acima: será que Crawford se contentará com poucos minutos e será que renderá tão bem quanto STARTER…?

    0

    0
  3. Rafael Taborda disse:

    o que seria :“Team All-Scare” ???

    0

    0
  4. Fernando disse:

    Vocês não acham que podemos encontrar uma forma de ter Rondo e Jordan juntos na equipe?

    0

    0
  5. Fernando disse:

    Eu gostaria que sim. Se Jordan continuar rendendo bem ao lado do Rondo. Um problema a menos: teríamos titulares bem.definidos nas posições 1, 2, 3 e com Sully potencialmente na 4.

    0

    0

Deixe um comentário