05

abril

2013

8

Comentários

Mesmo com críticas de Riley, Ainge mantém sua opinião

A tensão entre Celtics e Heat que vêm aumentando nas quadras a cada partida tomou agora outras proporções, atingindo a diretoria das duas franquias. Pat Riley (presidente do Miami Heat) e Danny Ainge (GM do Boston Celtics) trocam palavras a cada entrevista concedida.

Tudo começou quando Ainge criticou Lebron, dizendo que a estrela de South Beach deveria “sentir vergonha por reclamar tanto da arbitragem”. Em resposta, Riley mandou Ainge “calar a boca e gerenciar sua equipe”.

Agora, em outra entrevista à uma rádio de Boston Ainge disse: “O que eu disse? Ambos estamos certos, eu quando digo que Lebron deveria parar de reclamar da arbitragem, e Riley quando diz que eu devo gerenciar minha equipe, eu também reclamava da arbitragem quando jogador. Nós dois estamos certos.”.

Através de um porta-voz do time de Miami, Riley respondeu: “Ele (Ainge) foi o maior chorão que eu já vi enquanto jogava (Ainge atuou pelo Celtics de 1981-1989, e na NBA até 1995), eu sei disso porque o enfrentei quando eu era técnico (Riley foi técnico de 1981-2008)”.

Celtics e Heat ainda se enfrentarão mais uma vez nessa temporada regular. O jogo acontecerá em Miami no dia 12 de Abril. Mantendo-se a classificação atual, com o Celtics em sétimo e o Heat em primeiro, os times só poderão se enfrentar novamente em uma possível Final de Conferência.

Se essa final se confirmar, cabeças vão rolar…