Não se pode perder, o que não se quer

SACRAMENTO, CA - NOVEMBER 1: DeMarcus Cousins #15 of the Sacramento Kings reacts after the play against the Los Angeles Clippers at Sleep Train Arena on November 1, 2013 in Sacramento, California. NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and or using this photograph, User is consenting to the terms and conditions of the Getty Images Agreement. Mandatory Copyright Notice: Copyright 2013 NBAE (Photo by Rocky Widner/NBAE via Getty Images)

Desde que a troca, que enviou DeMarcus Cousins para o New Orleans Pelicans, foi confirmada, muitos torcedores celtas têm reclamado do presidente de operações da franquia, Danny Ainge, dizendo que o mesmo perdera uma grande oportunidade, especialmente pelo preço pago pela equipe do estado da Louisiana para adquirir os talentos do ex-jogador do Sacramento Kings.

Eu entendo. É a reação natural, afinal, Cousins é um pivô que produz a nível de uma verdadeira super-estrela da melhor liga de basquete do mundo. O Celtics, por sua vez, atualmente segundo melhor time da Conferência Leste, possui escolhas de Draft e jovens jogadores que seriam capazes de seduzir a franquia californiana a trocar seu melhor jogador conosco. Por fim, quando lembramos que uma de nossas principais fraquezas são os rebotes e que pivô em questão tem esse ponto como uma de suas maiores virtudes, tendemos a querer, de imediato, os serviços do jogador três vezes convocado para o All-Star Game.

Nos últimos anos, convivemos com inúmeros rumores que diziam que Cousins poderia desembarcar em Boston. Muitas matérias e jornalistas apontavam que, caso o Kings trocasse seu pivô, o Celtics seria um dos destinos mais prováveis.

No entanto, após o All-Star Weekend, Boogie (como o jogador é apelidado) passou a ser um Pelican. De acordo com o excelente jornalista Adrian Wojnarowski, Sacramento enviará o super-talentoso Cousins, de 26 anos e que angaria mais de 27 pontos e 10 rebotes por noite, e Omir Casspi para o New Orleans Pelicans, que, por sua vez, dará Buddy Hield, Tyreke Evans, Langston Galloway e duas escolhas no 2017 NBA Draft (uma de cada rodada), como contraprestação.

Difícil encontrar um fã de NBA que não pense que o Pelicans conseguiu uma grande barganha nessa transação. Entre os torcedores celtas, também reina a dúvida acerca do porquê o maior campeão da NBA não foi atrás de Cousins. Afinal, é indiscutível que o Celtics tem melhores peças para oferecer, quando comparado à franquia de Big Easy (como é conhecida a cidade de New Orleans). Um pacote envolvendo Amir Johnson, Jaylen Brown, a escolha do Nets no 2017 NBA Draft e, talvez, mais uma ou duas escolhas de Draft seria o bastante para adquirir o jogador de 2,11 metros. O Celtics poderia ter conseguido um dos 10 melhores jogadores da liga, mas não o fez.

Isso tudo nos diz uma coisa, e se você pensa que a mensagem é que Trader Danny (apelido dado a Danny Ainge, devido ao seu histórico de grandes trocas feitas) perdeu o jeito pra coisa ou está fazendo um mau trabalho, está enganado. A mensagem é a seguinte: o Celtics não fez uma oferta por DeMarcus Cousins, simplesmente porque não quer contar com seus serviços.

Talvez, em algum momento, no passado, o Celtics tenha tido interesse no pivô, quando os rumores começaram a surgir. Talvez, os rumores não tenham sido nada mais do que meros….rumores. O fato é que o Celtics poderia ter oferecido algo melhor ao Kings, mas, ao que tudo indica, não o fez. E por quê? Por que o interesse de Ainge não era forte o bastante, ou por que o GM celta perdeu o desejo em adquirir Cousins? Eu diria que é um pouco dos dois.

A história nos mostra que Ainge não tem medo de contar com jogadores problemáticos em seu elenco, especialmente quando os mesmos vêm a preço de banana. Contudo, quanto a Cousins, talvez Ainge pense que o jogador não tenha solução e que é um caso perdido. Talvez, Ainge tenha ouvido coisas negativas de Cousins, vindas de Isaiah Thomas, antigo companheiro do jogador oriundo da Universidade de Kentucky. Talvez, Brad Stevens também tenha sido contrário à negociação, o que seria bastante relevante, já que ele seria o encarregado a lidar com a forte personalidade do super-pivô.

Os “talvez” são infinitos. Talvez, Ainge veja, no próximo recrutamento, um jogador com potencial de ser o franchise player da equipe para os próximos quinze anos e que não traga, consigo, os mesmos problemas que Cousins traz. Talvez, Ainge tenha achado que não valia a pena realizar uma troca, por um jogador que já disse, abertamente, que não renovaria antes de testar o mercado, como agente livre irrestrito, em 2018. Por fim, talvez, o GM celta pense que o Celtics tem reais chances de adquirir Paul George, Jimmy Butler ou qualquer outra estrela da liga que ofereça menos riscos de prejudicar o bom ambiente interno da equipe.

Nós poderemos eliminar muitos desses “talvez” ao longo da semana, especialmente quando a Trade Deadline for encerrada, o que ocorrerá às 17h da próxima quinta-feira, dia 23.02.2017. Por ora, a única certeza que temos, é que DeMarcus Cousins foi trocado, mas não com o Celtics. Não porque não o conseguimos, mas porque não o quisemos. Hora de seguir em frente e não viver de lamentações.

Rômulo Portugal
Rômulo Portugal

Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

39 Comentários

  1. Celso Cachali Jr disse:

    Tambem nao erá tao a favor assim, claro que um jogador do Calibre do Cousins nao pode se desperdiçar. Voce tem que pensar em varias coisas inclusive o CAP da equipe, nao é uma tarefa simples… Acredito que Ainge queira um jogar mais barato para manter as duas picks dos nets em boston.

    0

    0
    • Teobaldo disse:

      Concordo contigo, Celso. O Ainge quer um jogador “top”, com contrato longo e que não exija que se gaste as nossas principias picks. Atendendo todas essas necessidades, temos as seguintes opções: Papai Noel, Cuca e Mula sem Cabeça.

      0

      0
      • Rômulo Portugal disse:

        O Ainge não se importa em abrir mão de nossas principais moedas de troca, por um jogador impactante.

        Ele apenas entende que Cousins não é o jogador pelo qual vale a pena esse esforço todo.

        E eu concordo com ele nisso, conforme ilustrei na matéria. No entanto, é uma matéria opinativa e a intenção é gerar o debate mesmo.

        Valeu pela opinião contrária, sempre bom ver uma divergência.

        0

        0
  2. Marcelo Paolielo disse:

    Primeiro pra mim Ainge não é tudo isso, segundo nosso quadro de atletas da posição 5 é ridícula,terceiro todo ano a mesmo lorota… Ainge monstro, Ainge isso é aquilo e a gente penando toda temporada pra chegar em playoff e sair na primeira rodada, temos um time promissor e nas mais, já passou da hora de adquirir um Reboteiro Pontuador, perdemos Ibaka e cousin, se o Ainge precisar posso indicar o rolando aposentado, Emil Rashid aposentado tem vários SR AINGE, PRA MIM MAIS LOBE QUE PRODUCAO! E NÃO SE ILUDAM QUE COM ESSE TIME A GENTE VAI GANHAR ALGO…

    0

    0
    • Rômulo Portugal disse:

      Oi, Marcelo. Valeu pelo comentário, mas, respeitosamente, discordo de você em muitos pontos.

      Para começo de conversa, não estamos penando para chegar aos playoffs. Somos os vice-líderes do Leste e, ano passado, terminamos em quinto, com a mesma campanha do terceiro colocado. Isso tá longe de ser algo penoso.

      Quanto à qualidade do Ainge, discordo do seu ponto de vista também. Começamos o rebuild no mesmo ano que 76ers, Lakers e Knicks. Veja como estão essas franquias e como nós estamos. Nosso processo de reconstrução tem sido exemplar.

      Por fim, ao meu ver, a maior necessidade é um ala que pontue e seja consistente, como Paul George ou Jimmy Butler. Um pivô brucutu e reboteiro, podemos achar na offseason, pagando pouco. É o que mais tem por aí.

      0

      0
      • vtormartins disse:

        Cousins é brucuto reboteiro?? Oo
        Tá bom…

        0

        0
        • Rômulo Portugal disse:

          Se você leu o artigo que escrevi, viu que o classifiquei como um jogador top-10 da liga.

          Portanto, ao escrever “pivô brucutu reboteiro”, obviamente não me referi a ele, mas que um jogador desse perfil já basta para sanar nossas necessidades.

          0

          0
      • vtormartins disse:

        Eu não acho que Cousins e Al formariam um garrafão interessante, não nessa NBA. E nem acho que Davis e Cousins são uma boa combinação. Tem que esperar para ver. Não acho ruim Cetics ter “perdido” essa oportunidade, mas confesso que gostaria de ver uma troca pela escolha do Nets sim, não essa, mas por algum jogador interessante, tendo em vista que os melhores prospectos são armadores e continuaria apostando no IT.

        0

        0
    • Mauricio Green disse:

      Não se faz um contender de uma hora p outra…..

      0

      0
  3. Marcelo Paolielo disse:

    Bem isso, vai enrolar e vamos perder as melhores opções… chega de lorota nossa posição 5 é super carente, resumindo não chegaremos sem um Big pivô, mais o GENIO AINGE TA AI COMENDO E DORMINDO

    0

    0
    • Mauricio Green disse:

      Marcelo, concordo com vc q nossa posição 5 precisa de up grade. Mas pereba q a NBA e outra a era dos “Big pivôs” passou. Quem são os BiG picos dos últimos 2 campeões?

      0

      0
  4. Sander disse:

    Galera esqueçam uma grande troca, é quase impossível acontecer. Vou dizer o porquê:

    Nenhuma franquia quer negociar com o Ainge com medo de ser o novo Nets, novo Suns (IT veio quase de graça) e Dallas ( Crowder).
    Todos os GMs dá liga na hora de fazer um negócio vai pedir muito mais do que o jogador merece, não duvido nada que o Divac pediria AB, Crowder, Brown e as duas picks do Nets para fechar com o Cousins. Tudo isso por medo de ser ” passado” para trás. Até um jogador mediano e reserva vai ser difícil, pois, eles vão achar que viram alguma qualidade que eles não perceberam ( vide os citados acima). O que adianta dar um monte de jogadores e de picks e perder a base que está dando tão certo???
    Assinar com o Cousins e daqui um ano ele sai de graça?? Prefiro esperar!
    O Ainge está super certo em ser paciente, pois, como ele mesmo disse : ” As vezes o melhor negócio, é não fazer negócio.”

    0

    0
    • Fernando C Silva disse:

      Sander, assino embaixo.

      Como todos, estou na expectativa de um movimento que nos leve ao patamar dos Cavs (já que para chegar ao GSW está mais difícil).

      Porém, precisamos manter a base e principal não fazer loucuras.

      Temos sim o sentido de urgência pois logo haverá negociação contratual a reduzir nosso CAP (IT, AB…).

      Mas entre valorizar nossos jogadores e sair entregando vários ativos, melhor aguardar.

      A negociação certa vai aparecer. É questão de tempo.

      Somos a princesa da festa: Carmelo e PG já se declararam.

      É escolher e negociar muito bem o valor de troca dos nossos ativos.

      0

      0
  5. Willian Stanley disse:

    Eu tento entender ainda porque tem tanta gente brava por causa dessa negociação. Cousins é o melhor pivô da liga mas não é garantia que dará certo ainda mais pelo seu comportamento, outra ele disse que quer testar o mercado em 2018. Eu fico pensando se valeria apena nos livrar de tanta coisa por ele(E sim, o que o Pelicans pagou, pediriam muito mais da gente) e chegar na Free Agency ele nos deixar pra voltar pra Sacramento ou ir pra outro time por problemas em Boston.

    E mesmo que ele viesse, eu acredito que esse ano é muito difícil tirar o título do GSW ou do Cavs.

    PG e Butler mesma coisa, não iria atrás agora a não ser que fosse uma proposta muito boa.

    Iria atrás do Noel ou de um Big Defensivo/Reboteiro. E aguardaria a FA feliz da vida pra pegar o Hayward e esperando Lonzo Ball ou Fultz.

    0

    0
  6. Francisco Machado disse:

    Ainge teve tá pulando carnaval.

    0

    0
  7. Alex Shima disse:

    Muito bom Rômulo! Parabéns pelo texto, ótimo pra acalmar os ânimos dos mais exaltados…

    0

    0
  8. Renato disse:

    Muitos aqui querendo o Butler… pelo que ele vai receber não vale a pena, prefiro um pivô defensivo/reboteiro e o Hayward ano que vem.

    0

    0
  9. Ranieri disse:

    Bom, devo admitir que fiquei um pouco decepcionado quando vi a troca do Cousins, eu sempre fui um dos que mais pediram por ele em Boston, porém levando em consideração que a negociação conosco seria diferente, pediriam bem mais, e mais Cousins se recusando em assinar uma extensão Danny fez certo em não fazer a troca, como eu disse em outro posto acho que a mesma coisa se aplica ao PG13, por mais que a gente queira ele, uma troca só deve ser feita com uma extensão, pq não adianta a gente abrir mão dos nossos ativos pra ficar um ano com o jogador, um cara que eu acho que poderíamos ir atrás que resolveria um de nossos problemas é o Drummond, o cara é um animal pegando rebotes, muito atlético, dominante no garrafão e seria mais 4 anos sem se preocupar com renovação.

    Rômulo o que vc acha??

    0

    0
    • Rômulo Portugal disse:

      Bom comentário, Ranieri.

      Nós, da equipe, chegamos a debater sobre o nome do Drummond, e eu fui a favor que não façamos uma troca por ele.

      Eu acho que ele estagnou, não é o protetor de garrafão que dizem ser e ele é alvo de hack. Quando mais precisássemos, ele estaria fora do jogo. Pagaríamos caro por um pivô que estaria no banco, devido ao hack.

      Como eu disse antes, não precisamos ter um pivô top, um mediano, que faça o trabalho sujo e pegue os rebotes, já basta.

      Acho que o foco deve ser um reforço para a posição 3.

      0

      0
      • Ranieri disse:

        Será que ele estagnou mesmo, ou será que ele está sendo mal treinado, ou quem sabe o esquema, será que ele num melhoraria nas mão do stevens, quanto ao hack não sei se faria tanta diferença ate pq na hora da decisão a bola vai pra o IT, achávamos que o Al poderia ser o cara que dividiria essa responsabilidade com o IT mas não vem sendo assim, concordo que devemos investir num jogador da posição 3 mas acho que um não exclui o outro até mesmo pq se pegarmos por exemplo Jimmy B. que tem um salário abaixo dos 20MI ainda podemos pegar o Drummond

        0

        0
  10. Bruno Ferronato disse:

    Penso que Ainge acertou nessa. Cousins é problemático demais, tenho certeza que Thomas foi interrogado e não teceu os melhores comentários sobre Boogie.
    Seria muito arriscado ficar sem ativos por um jogador que viesse a trazer problemas pro vestiário e nos deixar na mão depois (vide o Howard com o Lakers).
    Soma-se a isso o fato do excelente espírito de companheirismo obtido por Stevens na equipe. Isso não é nada fácil de se obter e não pode ser colocado em risco na primeira oportunidade. Pra piorar, Cousins sempre esteve entre os líderes de faltas pessoais e técnicas ao longo destas temporadas.
    Por tudo isso, ao meu ver, ponto pro Ainge mesmo.
    E não se iludam pela proposta “ridícula” aceita pelo Kings. A nova regra salarial a qual só o time formador pode oferecer um absurdo de contrato para allstars está por trás disso. Kings é uma franquia que só tem feito trapalhada mas dessa vez estava contra a parede. Foi tipo assim: “ou me oferecem o mega contrato que tenho direito ou pulo fora”. Aí você para pra pensar se vale a pena comprometer o cap por tantos anos com um cara tão problemático. É de certa forma até compreensível, e pelo visto Cousins é mais queimado do que se imagina, pois do contrário propostas melhores chegariam na mesa.

    0

    0
  11. Ao que parece o Ainge até tinha interesse no Cousins mas o Stevens que não o quer no elenco. Ao que parece o Coach K passou pro Stevens que Cousins é insubordinado e não executa em quadra o que os treinadores pedem, e ainda por cima é muito ruim de vestiário.

    Junte isso ao fato do imbecil declarar que não iria assinar extensão com nenhuma equipe..e pronto…. a chance dele ir pra Boston se tornou ZERO…rs

    0

    0
    • Fernando C Silva disse:

      Some a tudo isso alguma coisa que IT certamente disse…

      0

      0
    • Fernando Ferreira disse:

      Pessoal Boa noite. Dentro das analises que todos acabamos de compartilhar, fica clara uma coisa pelo menos ao meu ver.

      “Jogar no Boston Celtics e diferente de tudo”.
      Eu explico o porque dessa frase.

      Nossa franquia e uma organizaçao muito vitoriosa e seria ao ponto de que nao basta ser apenas muito talentoso para vestir o manto verde.
      Danny Ainge por diversas maneiras, em Draft free, agency, trocas, equipe de treinamento deixa sempre muito claro que o “querer e correr atras” para se tornar um celta esta acima. Podem se lembrar. O Celtics ja mudou diversas vezes nos ultimos anos as escolhas de draft por jogadores de fibra, na sua maioria com QI de basquete alto e atleticismo acima da media. A qualidade tecnica se estiver em equivalencia com os outros fatores de jogo nao seram o fator determinante para que o jogador seja contratato.
      Se formos analizar, o elenco mostra isso. Nossos jogadores sao o grupo extremamente competitivo de jogadores que quem vencer e batalham toda noite a cada posse.

      Entao eu imagino que na cabeça do Ainge passa que nada e mais importante do que execução regrada desse processo de reconstrução, que vem sendo muito elegiado. O Celtics e o 2 melhor time da Conferencia com apenas uma All Star que tambem esta buscando agora sua maior evidencia na liga.

      Pode parecer besteira, mas puxando para o inicio do meu comentario sobre aquele JOGAR EM BOSTON e diferente, o Thomas e o maior exemplo disso. Ele e um cara que tem o orgulho de vestir o manto e mostra isso para todo mundo a todo momento. Ele foi o unico jogadoe ontem a usar algum acessorio remetendo ao seu time (usou o tenis verde durante o jogo). E algo pequeno mas que mostra a mentalidade da equipe. Que mostra o orgulho de ser celta.

      Cousins. E fera. Um Center dominante na liga. Seus numeros sao fantásticos. Pensando no momento do time ele seria uma resposta evidente para os nossos problemas dentro de quadra. Mas sera que ele entenderia que ele nao e maior que os Celtics? Seu claros problemas de temperamento seriam controlados pelo Stevens?Eu tenho minhas duvidas.

      Entao o negocio e que Ainge nao vai parar a construção. E aguardando o momento para que a oportunidade seja dada a um all star que queira realmente se envolver nesse processo.

      E ao que tudo indica o Franchise Player tem 2 caminhos:

      Jimmy Butler
      Ou
      Paul George

      Se a oportunidade de negocio com renovaçao aparecer ai sim o Boston pode abrir mao de alguns ativos.

      A parte disso
      Nessa offseason acredito em Hayward chegando para qualificar ainda mais o time. Faz todo o sentido que ele seja contratado por todos os motivos que nos ja conhecemos.

      Draft.
      Provavelmente Fultz.
      Muleque de grande talento.
      Que na minha opinião faria um time de rotaçao do Celtics muito intrigante para a proxima temporada.

      Smart
      Fultz
      Brown
      Olynyk
      Zizic

      Entao mesmo se nao vir a troca gigante vamos imaginar.

      Thomas
      Bradley
      Hayward
      Horford

      Podemos trabalhar com o que ja temos em segurança. E ter ate possibilidade de um teste de recebimento de propostas por Crowder buscando um Center que se encaixe no time titular.

      Ainge nao vai largar o processo. Nenhum jogador e maior que a franquia.

      0

      0
  12. drakes disse:

    Além de todo dito acima, parece que pacote que eles pediam para cada time era uma coisa, segundo o Elhassan no 5×5 :

    “Perhaps, but all indications are that the Kings’ asking price to different franchises varied greatly. They’re all probably scratching their collective heads trying to figure out how this deal trumps their own lowball offers to Sacramento”.

    Também a própria organização ser disfuncional e todos anos passados ter começado negociações e depois encerrar abruptamente por que o proprietário não queria, deve ter afugentado muitos Gms.

    Aquela briga de bar com Barnes e Cousins que ele socou o namorado e saiu gabando e as histórias sobre treinos do Kings, nada ajuda, somo isso ao pacote para Celtics não ser paçocas, além de estarem cansados das idas e vindas do Vivek Ranadivé e a tudo falado acima, o interesse era pequeno.

    0

    0
  13. marcelo paolielo disse:

    Romulo, com certeza sem respeitoso, mais isso não quer dizer que seja obrigado a achar o Ainge genial, pra mim ele não é…com relação as equipes citadas, apenas o Lakers é grande em comparação ao Boston, digo isso porque somos os maiores de todos e acho que por sermos os maiores deveríamos galgar mais coisas.

    Estamos sim em segundo ok, mais a poucas vitórias de WIZARDS, Toronto e Hawks, NÃO ESTAMOS SOBRANDO NA CONFERENCIA, isso que quis dizer, podemos terminar em 5 lugar.

    BOSTON CELTICS é time de Larry Bird, Bill Russel, Bob Cousy, Paul Pierce,Kevin Mchale e por ai vai….duro ter que disputar a NBA sem expectativas de títulos, nisso que bato na tecla, nosso ultimo título foi em 2008, a quase 10 anos…meu filho é CELTÃO e até hoje nunca viu seu time campeão!

    0

    0
  14. Renan Lima disse:

    Prefiro dar prioridade ao Butler, Hayward ou PG13 e tentar sobreviver com Amir e Olynik. Não temos um paint de respeito, porém nosso siege ao garrafão é um dos melhores da liga com Bradley, Smart e Crowder. Butler é minha preferência entre os três, já que é um exímio marcador que também compensaria a maior fraqueza do nosso little guy… Espero que consigamos algo ainda nessa Dead line, se quisermos disputar o título, e creio que possamos fazer tal com Butler, temos que investir.

    0

    0
  15. Gustavo Miglioretti disse:

    A questao é que dava pra conseguir o Cousins sem mexer no Crowder, Bradley e Smart. Qual outra estrela ia acontecer isso?

    Brown + pick + Amir é melhor que essa troca do Pelicans

    O Celtics ia ter esse ano e o próximo um time pra bater de frente com o Cavs, aí Isaiah, Bradley e Cousins seriam FA, provavelmente seriam 2 anos pra tentar ser campeao e o time ia meio que se desfazer

    eu consigo ver o pq o Ainge nao tentou, mas foi uma chance unica de melhorar o time pra agora sem perder nada de muito importante

    o Ainge tem bastante interesse no Butler, caso aconteça a troca, qual a chance de Bradley ou Crowder nao estar envolvido? nao tenho interesse no Celtics abrindo mao de muita coisa pelo Butler…que alias nao é tao diferente do Cousins nao.. se falam tanto do Cousins ser problemático, Butler tbm é

    0

    0
    • Fernando C Silva disse:

      Por isso eu prefiro o PG13.

      Butler seria um.encaixe.melhor no nosso time. Mas e o vestiário?

      Se o Crowder chutasse a última bola do jogo já teria beicinho?

      Jae é esquentado e não deixaria por menos.

      Pronto, jogamos as picks no lixo.

      Gosto do jogo do Butler, mas… é um cara complicado.

      0

      0
  16. Lucas Oliveira disse:

    Deixei a bomba no post do Paul George e fui embora porque sabia que iria dar o que falar nos comentários…

    Pessoal mais nervosinho podia pelo menos esperar a trade deadline antes de cair matando. Pelo menos me divirto com o pessoal que acha que o mercado da NBA é igual a trocar bolinhas de gude no recreio da quinta série.

    Aliás o Rômulo falou tudo no ultimo parágrafo do post.

    0

    0
  17. Renato disse:

    Agradeço todos os dias pelo Ainge está a frente de nossa reconstrução, pq sua maior qualidade e a paciência. Não podemos fazer maus negócios para competir de imediato, Cousins era problema na certa. Somos hoje um banco de ativos que todas as equipes querem, logo o controle dos negócios e nosso, a gente diz o preço e a gente escolhe a mercadoria, quem não quiser negociar passar bem, uma ora alguém se interessa. Enquanto isso vamos dando corpo ao elenco e na ora certa a gente vira esses ativos em jogadores

    0

    0
  18. Patrick Tavares Gomes disse:

    Não sei o porquê, mas acredito que o Kings recebeu muito pouco justamente por que sabia que DMC n queria renovar com eles, portanto, para não sair de mãos vazias optou por negocia-lo.

    No entanto, DMC garantiu que queria testar o mercado e não garantiu renovar com ninguém, logo os times ficaram com medo de oferecer muito e ter apenas um “empréstimo a curto prazo”, então o pelicans pagou para ver.

    Eu tenho uma teoria de que o DMC quer ir a um grande polo como cavs ou Spurs para ganhar títulos, visyobq a moda eh montar times estrelares, ou ele acabará indo para o suns jogar com seu amigo bledsoe e optou dessa forma para que assim o suns n tenha que desembolsar grandes coisas para adquiri-lo agora e DMC iria para o time esfacelado, portanto, ele indo como Free agency, o suns manteria suas promessas e estrelas + DMC, ficaria um time forte!

    0

    0
  19. marcosivni disse:

    Jogador só é problema com técnico zoado. Pq o Rondo sempre funcionou pianinho com o Rivers? Enfim, já vi grandes estrelas problemáticas e talentosas funcionaram sobre a mão-de-ferro.
    É óbvio que aqui manda o viés de bom moço do Ainge de não querer o DMC.
    Duvida? Manda o Cousins pro Spurs que vc vai ver como a banda toca.

    Agora, olhando só sobre a perspectiva de ativos, acho que o Kings fez um péssimo negócio. Muito ruim mesmo. Ficou com duas balas juquinhas e role players.
    Por outro lado NOLA vai ter dificuldade de encaixar dois pivôs que tem características essencialmente similares.
    A Davis e DMC não são exatamente o Admiral e Tim Duncan, os caras não se complementam, eles se sobrepõem!

    []s verdes
    P.S.: Mantenho minha posição que vamos acabar com o Melo por duas balas juquinhas (escolhas baixas) e abatimento de salário. E não acho que seria ruim para o time se acontecer e o Crowder ficar.

    0

    0
    • Mauricio Green disse:

      Aposto 100 mariolas que o Melo não vem. Nem pelas 2 juquinhas e baixa salarial ( que duvido ele aceitar).

      E segue os trades de camelo de ônibus!!! Kkkk

      0

      0
  20. Fernando Ferreira disse:

    Parece que a tendencia fica entre a chegada de Melo ou Griffin via trade multipla.

    0

    0
  21. Barros disse:

    Existe outros nomes menores e mais fáceis. Ben Mclemore e Terrence Jones, podemos nos livres de picks de segundo Round e jogadores “encostados” .

    0

    0

Deixe um comentário