Nova era em Boston: Isaiah Thomas é trocado, e Kyrie Irving fecha com o Celtics

Surpreendente e impactante. Assim podemos definir a troca realizada na noite desta terça-feira (22) entre Boston Celtics e Cleveland Cavaliers, últimos finalistas da Conferência Leste da NBA.

Para contar com os serviços do armador Kyrie Irving, destaque da franquia de Ohio nas últimas seis edições da liga, o time verde e branco de Massachusetts pagou um preço altíssimo: além de abrir mão do armador Isaiah Thomas, ídolo da torcida, o Celtics enviou o ala Jae Crowder, o pivô Ante Zizic e a escolha de primeiro round do Brooklyn Nets no 2018 NBA Draft para o Cavaliers. A troca, anunciada em primeira mão pelo jornalista Shams Charania, do site The Vertical, foi confirmada ainda nesta terça pelo Boston Celtics.

Novo armador do Boston Celtics, Kyrie Irving é um dos jogadores mais talentosos e respeitados da NBA aos 25 anos. Selecionado na primeira escolha geral do 2011 NBA Draft , após defender o tradicional Duke Blue Devils no basquete universitário dos Estados Unidos, Irving coleciona grandes feitos em seis anos: além de conquistar um título da NBA pelo Cleveland Cavaliers em 2016, o armador foi convocado quatro vezes para o All-Star Game, sendo o melhor jogador da partida festiva em 2014, venceu o prêmio de calouro do ano em 2012 e integrou a terceira seleção ideal da liga em 2015. Na seleção dos Estados Unidos, Irving foi campeão mundial de 2014, sendo MVP da competição, e campeão olímpico em 2016, no Rio de Janeiro.

Apesar da carreira vitoriosa e em plena ascensão, Kyrie Irving não estava satisfeito no Cleveland Cavaliers e solicitou uma troca em julho, após reunião com Dan Gilbert, proprietário da franquia de Ohio. De acordo com o site The Vertical, o armador queria deixar o Cavaliers para se tornar protagonista em outra franquia e não ficar como uma sombra do ala LeBron James, ídolo máximo em Cleveland. Em 2016/2017, Irving ampliou o seu faro artilheiro, registrando médias de 25,2 pontos, 5,8 assistências e 3,2 rebotes em 35,1 minutos por jogo, com aproveitamento de 47,3% nos arremessos de quadra e 40,1% nas tentativas de três pontos.

Para contar com os talentos de Kyrie Irving, entretanto, o Boston Celtics teve que se desfazer de peças muito importantes, sendo que a principal delas é o armador Isaiah Thomas. Escolhido na 60ª e última escolha do 2011 NBA Draft, o mesmo onde Irving foi selecionado, Thomas chegou a Boston em fevereiro de 2015, após passagens por Sacramento Kings e Phoenix Suns. Contratado inicialmente para ser uma espécie de sexto homem do técnico Brad Stevens, o camisa 4 caiu rapidamente nas graças da sempre exigente torcida celta, se tornou titular na temporada 2016/2017 e mostrou sua força: além de referência na quadra de ataque, Thomas assumiu o papel de capitão informal do Celtics.

Na temporada 2016/2017 da NBA, Isaiah Thomas se consolidou como um dos grandes astros da NBA. Com jogadas espetaculares e atuações memoráveis, principalmente no último quarto das partidas, o camisa 4 foi o líder da excelente campanha do Boston Celtics, que ficou na primeira posição da Conferência Leste na temporada regular e terminou com o vice-campeonato do Leste nos playoffs. Em 76 partidas, Thomas teve médias de 28,9 pontos, 5,9 assistências e 2,7 rebotes em 33,8 minutos, o suficiente para colocá-lo em quinto lugar na votação para melhor jogador da temporada (MVP).

Também a caminho do Cleveland Cavaliers, o ala Jae Crowder foi contratado pelo Boston Celtics em dezembro de 2014, como parte do acordo que enviou o armador Rajon Rondo para o Dallas Mavericks. Reserva na franquia do Texas, Crowder apresentou uma grande evolução no seu jogo em Boston e virou peça importante no quinteto titular celta. Na temporada 2016/2017, o camisa 99 registrou médias de 13,9 pontos, 5,8 rebotes e 2,2 assistências em 32,4 minutos.

O terceiro atleta envolvido pelo Boston Celtics na troca com o Cleveland Cavaliers foi o pivô croata Ante Zizic, que sequer chegou a estrear na equipe profissional do Alviverde. Selecionado na 23ª escolha geral do 2016 NBA Draft, o atleta de 20 anos defendeu o Cibona, da Croácia, e o Darussafaka Dogus, da Turquia, na última temporada. Nas etapas de Salt Lake City e Las Vegas da NBA Summer League, único torneio em que defendeu o Celtics, Zizic disputou sete partidas, com médias de 8,7 pontos, 7,4 rebotes e 1,6 tocos em 19,9 minutos.

A troca histórica entre Boston Celtics e Cleveland Cavaliers terá mais um capítulo interessante já na abertura da temporada 2017/2018 da NBA, que será no dia 17 de outubro. Logo de cara, o time verde e branco de Massachusetts e a franquia de Ohio se enfrentarão na Quicken Loans Arena, em duelo que promete fortes emoções dentro e fora de quadra, principalmente para Kyrie Irving, que será visitante contra o Cavaliers pela primeira vez na carreira. Depois disso, o tempo dirá quem se deu melhor nesse acordo.

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

35 Comentários

  1. Pablo disse:

    Saudades vai deixar esse baixinho paixao eterna deixo meu carinho extremo por ele alviverde serei sempre fã dele.

    1

    0
  2. Fernando Henrique disse:

    A troca tem seus pontos positivos e negativos. É verdade que o Thomas teve essa lesão no quadril e nada garantia que ele tivesse mais uma temporada no modo mvp, mas nada garante também que o Kyrie vai se adaptar ao time, que vai sangrar verde, dar o corpo e a alma (ou os dentes e o luto) pela franquia. Achei arriscada, mas o pior foi a perda de ativos. Éramos a equipe com maior número de ativos, e perdemos os dois melhores (pick Nets e Crowder)

    Numa troca pelo Davis, quem a gente mandaria agora? Smart e pick Lakers? Ninguém aceitaria isso… Crowder com o melhor custo benefício da liga e a pick Nets eram extremamente valiosos, e fariam a diferença aqui.

    Outro ponto negativo, a defesa do time. Perdemos Bradley e Crowder, dois ótimos defensores. Ganhamos Morris, que joga bem contra o LeBron mas está longe de se destacar como um especialista na marcação. A evolução do Smart e do Brown desse lado da quadra tem que ser gigante, e o ideal seria adicionar o Tony Allen no banco. Ainda é um defensor de elite.

    Irving, Brown, Hayward, Morris, Horford
    Smart e Rozier, Tony Allen, Tatum, Theis e Baynes.

    Acabamos perdendo um pouco de versatilidade, temos menos opções de formação, mas acredito que o time titular nas mãos do Stevens pode enfrentar o Cavs com mais chances esse ano.

    0

    0
  3. Iago Pacifico disse:

    Tava esperando sair a notícia aqui pra mandar o comentário geral, vamos lá:

    Kyrie Irving é incrível, arsenal ofensivo, na minha opinião, melhor da liga. É alto, é novo, não está no seu auge ainda e tem contrato de 3 anos.
    Outro ponto a se destacar é que ele vai jogar ao lado de Hayward e Horford que jogam bem melhor sem a bola na mão e tem bom passe como característica, tornando o esquema perfeito pro próprio Kyrie.
    O Brad Stevens conseguiu tornar Isaiah Thomas que era o maior peladeiro em um all star top 5 na corrida pro MVP, o que acha que ele pode fazer com Kyrie?
    Brad Stevens conseguiu tornar Crowder que não era nada, em um sólido defensor e bom contribuinte pro time, o que ele não consegue com dois caras muito mais talentosos em Tatum e Brown?

    O time perdeu sua identidade e vai demorar pra pegar o entrosamento, mas não se enganem, o time está melhor. E por favor, confiem no Brad.

    Sobre a pick e o Zizic:

    A pick dói um pouco, eu concordo, mas parece que foi necessário, em algum momento teríamos que gastá-la, e que melhor momento que um franchise player novo e com futuro?
    Fora que o Nets melhorou do ano passado pra cá, acredito que ainda serão pick de loteria, mas não top 5 pois tem muito time querendo tankar.

    O Zizic eu também não me iludia, será um bom pivô sujo, mas nunca dominante. Eu acho né, vai que… Fora que ainda temos uma ótima pick do lakers que pode ser transformada em um outro jogador bom já da liga ou um prospecto mais dominante no garrafão ano que vem. Abraços.

    0

    0
  4. Rômulo Portugal disse:

    Antoine Walker, Paul Pierce, Kevin Garnett, Rajon Rondo e Isaiah Thomas.

    Todos ídolos do Celtics.

    Todos trocados por Danny Ainge.

    Ser ídolo do Celtics, com Ainge de GM, é roubada hahahaha.

    1

    0
  5. Rômulo Portugal disse:

    Agora, o comentário sério.

    A troca foi justa para ambas as partes.

    Kyrie Irving é um superstar. Quem o quisesse, naturalmente, teria que perder ativos. Nós os acumulamos justamente para isso: para trocar quantidade por qualidade.

    O que é inquietante nessa negociação, é o fato dela ter ocorrido com nosso principal rival de conferência.

    De todo modo, Irving tem um contrato atrativo, de pelo menos 2 anos recebendo abaixo de 20M – o terceiro, e último, é player option -, enquanto Thomas exigirá contrato máximo em Julho/2018. Ademais, Irving tem 25 anos, enquanto Thomas está prestes a completar 29.

    Portanto, rejuvenescemos o elenco e melhoramos a situação salarial da franquia a médio prazo.

    Crowder, naturalmente, perderia espaço, diante da chegada de Hayward e das ascensões de Brown e Tatum.

    Por fim, Zizic é um pivô com potencial, mas que ninguém sabe se vingará. A pick do Nets será de loteria, mas com o enfraquecimento do Leste e a melhora da equipe do Brooklyn (Russell, Carroll, Crabbe e Mozgov chegaram), creio que o Cavaliers receberá uma pick top-8, a menos que a loteria ajude.

    Boa troca para o Celtics.

    Quanto ao Cavaliers, substituíram um PG scorer e all-star por outro e adicionaram um valiosíssimo role player em Crowder. Crowder pode ser um bom marcador para Kevin Durant, além de ser um bom reserva para LeBron – que está prestes a completar 33 anos. Além disso, prepararam-se para a eventualidade do Bronha abandoná-los novamente, ao ficarem com o jovem Zizic e conseguirem uma boa pick.

    Cavaliers ainda é o favorito para ganhar o Leste. Time titular (Irving, Brown, Hayward, Morris e Horford) vs time titular (Thomas, Smith, James, Love e Thompson), as equipes se equivalem, mas o diferencial está no banco. Banco do Celtics: Rozier, Smart, Tatum, Yabusele e Baynes; Banco do Cavaliers: Rose, Korver, Crowder, Jeff Green e Zizic (fora José Calderon, Iman Shumpert e Richard Jefferson).

    Contudo, esse Cavaliers tem validade curta, talvez só viva para 2017/2018. Devido à média de idade do nosso elenco (Irving – 25, Brown – 20, Hayward – 27, Morris – 28, Tatum – 19 e Smart – 23), poderemos dominar o Leste por vários e vários anos, a partir de 2019.

    Depois de todas as trocas bem sucedidas, Ainge merece nosso voto de confiança.

    0

    0
    • Sérgio Soares disse:

      Só não concordo com a questão da pick, Rômulo. Ela não será tão alta como nesse ano, com certeza. Contudo, o draft do ano que vem deve ser no mesmo nível ou até superior ao desse ano. Nets ficando como 5-8 pior já pode garantir um cara com boas chances de ser futuro all star. E acredito que o cavs não pegaria coisa melhor numa troca, assim como com menos que isso o Ainge talvez tivesse conseguido Butler ou PG.

      0

      0
  6. Pablo disse:

    Verdade Rômulo! Só fico triste porque era nosso baixinho , mas torço muito por ele.

    0

    0
  7. Arthur Cavalcante disse:

    Processando essa troca…..

    0

    0
  8. digor33 disse:

    Perder IT é triste, seja pela identidade e pela raça, tudo a ver com o céltics. Porém, nos playoffs ficou provado que ele sempre seria um problema em razão da altura, exigindo funções e adaptações extras por parte da equipe.
    De resto vale a pena a troca, temo somente pelas contusões do KI.
    Mas acgonque Brad dará um jeito.

    0

    0
  9. Lucas Godois disse:

    E o nosso banco ? Como fica? Sem ninguém? Se é para chegar na final e ter uma chance remota contra o GSW tem que ter um banco confiável. Com jogadores excelentes como eles tem ? Acho que só o IT, o Zizic e a escolha estava perfeito. Já perdemos com a troca do AB e agora perdemos muito com essa troca. Claro que o irving é de outro mundo, mas perdemos nossos dois principais jogadores e ainda mais dois titulares. Com esse time não enxergo o Boston colocando mais um anel no dedo

    0

    0
  10. Adilis Silva disse:

    Perder IT foi doloroso! Porém, é preciso esperar a tristeza passar e analisar com calma…. Foi algo que não podíamos deixar passar!

    0

    0
  11. Marcos disse:

    Caramba, quando vc acha que o Ainge dormiu no ponto (fiquei off 2 dias e abro o blog com esta bomba).
    A pergunta é, qual o salário do Irving e vamos conseguir renovar pelo mesmo valor?

    O Thomas é um guerreiro, craque e All-Star.
    O Irving é padrão MVP-Finals.

    Troca dificil, mas aceitável.
    Thomas vai deixar saudades.

    Obs.: Pick Nets deve ficar fora do top-5 (minha opinião).

    []s verdes

    0

    0
  12. David Pessoa disse:

    Levou algumas horas pra cair a ficha, mas caiu. A verdade é que Kyrie Irving tem um arsenal ofensivo muito melhor que o do Thomas, além de ser mais alto e jovem. Dar adeus ao Thomas não é fácil, mas o seu contrato é expirante e está convencido que merece um contrato máximo pra próxima temporada, o que poderia nos prejudicar. Mesmo assim, consideraria uma troca justa se o Ainge mandasse apenas Thomas e Crowder, gostaria muito de ver o zizic se desenvolver pelo Celtics, sem falar na pick do nets que poderia nos render mais um jogador excelente.

    Irving-Smart-Hayward-morris-Horford

    O que nos resta é torcer pelo sucesso da nossa nova equipe e pelo nets.

    0

    0
  13. Fernando M disse:

    Tou ainda me recuperando do baque, não sei avaliar, acho q foi bom e montamos time para brigar de igual com o GSW

    0

    0
  14. Beto Castro disse:

    Thomas por Irving dói demais, mas pela idade, potencial de evolução e pelo contrato tinha de ser feito. Por outro lado, foi caro, bastante

    Por partes: entre Thomas e Irving, são quatro anos a menos, um ou dois anos de contrato a mais. Isaiah é um ídolo, mas depende demais do físico, da explosão e já tem quase 30

    Com o pacote enviado, o Celtics se enfraquece num primeiro momento, mas o rebuilding é um processo e o Irving é também o futuro. Por outro lado, o Celtics deveria ter explorado melhor a posição difícil do Cleveland – metido a faca

    Olhando hoje, o Cleveland leva a melhor. Olhando o processo, faz sentido o Celtics aceitar perder agora pra aumentar a validade desse time

    Foi caro, mas o Ainge economizou por muito tempo pra poder torrar numa oportunidade como essa

    0

    0
  15. Victor Cabral disse:

    Pra mim, se conseguíssemos dar um balão no Cavs e pegar o Wade pelo mínimo de veteranos, acho que brigamos de igual pra igual com eles numa final de conferência. Mas ainda que não ficássemos com Wade, me contentaria com o Tony Allen vindo do banco e auxiliando Morris na marcação do Lebron. Acho que no geral, subimos de patamar em relação a temporada passada. E ao meu ver, o Cavs por mais que tenha reforçado seu banco, deu um passo atrás.

    0

    0
  16. Leo77 disse:

    IT vai deixar muitas saudades, é um guerreiro q virou ídolo rapidamente, sobre a troca, eu ainda tô processando, mas de cara acho q fortalecemos a equipe principal, não sei se enfraquecemos tanto o nosso banco, mas acho q fortalecemos o banco dos cavs.

    0

    0
  17. Bruno Ferronato disse:

    Considero que o Celtics deu muito em troca de um jogador que pediu para ser trocado, mas analisando jogador por jogador considero Irving acima de Thomas. Irving tem um teto altíssimo, já é uma super estrela aos 25 anos, tem uma habilidade ofensiva tremenda e já é um jogador provado, muita experiência em playoffs, seleção americana e também está acostumado a decidir jogos, vide game 7 contra Warriors onde os Cavs foram campeões em plena Oakland Arena.
    Não que Thomas também não fosse allstar, ele o era e ainda muito querido pela torcida, mas penso que seus números deve ser contextualizados. Aqui ele era o cara do time, enquanto que Irving sempre teve números impressionantes mesmo dividindo a responsabilidade com Lebron. Também soma-se a isso o fato de que Thomas nos playoffs sempre dava uma caída, talvez por não ter a mesma experiência que Irving (e claro respeito os problemas por quais passou nesses últimos playoffs), e com as defesas sendo mais duras a baixa estatura também atrapalha. Nos contratos Irving também sai ganhando, Cavs terá uma temporada com Thomas e depois uma dor de cabeça pra resolver. E cá entre nós, melhor pagar 30 milhões pra Irving no futuro do que para o Thomas. Ainda ganhamos tempo.
    Quanto ao resto dos ativos, claramente foi pra cumprir as exigências do Cavs. Ponto para o Cavs nessa parte, pois foi paciente e demonstrou que não iria perder sua super estrela por nada. Mas fazendo uma análise fria, Crowder não tinha mais tanta importância no elenco com Hayward, Brown e Tatum podendo fazer tudo que ele faz. Entendo quem defenda seu valor como moeda de troca pelo ótimo contrato, mas penso da seguinte maneira: Quem quer um ótimo contrato pra aliviar cap dificilmente dá um allstar em troca somente no mano a mano. Sendo assim o valor de troca de Crowder aparecia provavelmente apenas se envolvido em algum pacote, e foi o que aconteceu.
    Quanto à Zizic era uma incógnita, mas certamente foi uma das exigência do Cavs, assim como a Pick. Essa sim foi doída de perder, mas o Nets deu uma melhorada, então realmente há chances da pick do Lakers ser melhor, então vida que segue.
    Foi triste perder Thomas, mas lembrem-se que a NBA envolve negócios, e não é como se fôssemos passados pra trás por nada, Irving é um extraordinário jogador, e quando ele estiver mitando com o manto celta (e nas mão do Stevens ele vai) iremos estar felizes da mesma forma. Time titular muito superior ao da temporada passada.

    0

    0
  18. DANIEL DELGADO NEPOMUCENO disse:

    A cinco anos vimos o fim de uma era em Boston. Perdemos nosso Big Tree. Hoje poucos times podem se orgulhar de ter um do mesmo nível. Não chegamos aqui, apenas cinco anos depois com um elenco forte e melhor que o de 2016/2017, que foi campeão de conferência. Deve ter muito time com inveja. Isso mostra como somos fortes. Estamos no caminho certo. Sempre haverá pontos positivos e negativos. O saldo está favorável.

    1

    0
  19. Teobaldo disse:

    Thomas (mais de 30; contusão no quadril cuja possibilidade de cura é mínima; apenas um ano de contrato; próxima pedida teto salarial; pouca estatura e isso faz e fez diferença nos offs) por Kyrie Irving (contusão no joelho; 4 anos mais novo; 3 presenças na final e um título; conhecedor à fundo dos Cavs, o que pode nos ajudar; decisivo em offs e em finais; não quero saber o salário: devemos pagar). O contra-peso: Crowder (bom marcador e só); Zizic (uma incógnita e nada mais); pick Nets (acho que fica entre 5 e 8, pode surpreender). RESUMO: Troca fantástica. Go Celtics!!!

    0

    0
  20. Tiago disse:

    K. Irving é extraordinario, mano a mano com Thomas ele é superior na posição 1, melhora no time titular.
    Jae Crowder si foi, mas agora temos G. Hayward na posição 3, melhora no time titular.
    Marcus Morris agora na posição 4 no lugar do Amir, melhora no time titular.
    Al Horford mantido na 5.
    Marcus Smart na posição 2 sai Avery Bradley, piora no time titular, apesar de que com Irving e Hayward precisaremos menos de pontuação de Marcus Smart.
    Nos reservas, pedemos Olynyk, Zizic e temos agora Brow, Tatum, Rozier, Baynes, creio que esta com menos opção, mas é melhor no meu ponto de vista.
    Na minha opinião o Celtics tem um time com mais potencial que o do ano passado, agora é Stevens entrosar essa galera

    1

    0
  21. Pedro disse:

    Vejo a troca de um ponto de vista diferente. O que crowder e thomas podem acrescentar aos cavs? thomas não vai ter a bola nas mão nem as jogadas preparadas pra ele, vai deixar de ser a primeira opção de ataque (várias vezes era a única) e jogar em um time que não tem trabalho em equipe nenhum. Vai ser muito mais difícil pra ele jogar nos cavs que foi no celtics. Acho muito difícil ele entregar os 25ppj que o irving entregava lá. O crowder era um jogador que não ia ter mais o espaço na rotação dos celtics que teve nas últimas temporadas, mas pode ser um jogador muito interessante para o cavs, sendo uma opção pra marca o durant, peça que não tinham antes. Mas nenhum dos dois vai acrescentar aos cavs o que o irving vai acrescentar ao celtics. Irving vem pra ter uma pontuação perto da do thomas temporada passada, e com o Stevens pode ser que ele tenha um desempenho defensivo melhor. O time principal ficou mais forte ofensivamente e pode ser que, dependendo da evolução do brown, não perca força defensiva (fora que é bem difícil o morris ser pior que o amir).

    0

    0
  22. Felipe disse:

    Achei excelente a troca. Irving é um Franchise nato, o Thomas virou esse monstro na mão do Stevens, imagina o que ele pode fazer com o Irving, no mano a mano é muito superior. Sobre a escolha do draft, acho que uma hora precisávamos abrir mão em troca de um grande jogador, virar um time com futuro, mas com ótimas condições no presente. Pra mim o time ficou melhor, e vejo Smart, Brown e Tatum com totais condições de substituírem Bradley e Crowder nas mãos do Stevens.

    0

    0
  23. Renato TD disse:

    A troca foi ótima ! O Irving já foi 4 x all star ( só tem 25 anos), mata bola de 3 de tudo quanto é lado da quadra , é super decisivo, no mano a mano é imparável e tem uma confiança no seu jogo do tamanho do mundo. Para mim não importa quem foi na troca pois uma chance de adquirir um jogador deste quilate não aparece sempre. Eu acho ele melhor e mais decisivo que o Harden po exemplo ( o Harden muitas vezes some no jogo na hora H, ao contrario do Irving que sempre cresce em momentos decisivos). O negócio tinha que ser feito. Agora tudo tem seu preço.
    Abraço a todos

    0

    0
  24. Marcelo Paolielo disse:

    Parabéns Ainge! Perdemos o Crowder que pra mim é um bom jogador na marcação mais é nota 7 no geral, iria perder a posição para o Hayward, Zizic apenas promessa, I Thomas ídolo mais final de contrato é 29 anos, queria teto salarial ano que vem, Pegamos um Monstro All Star Com25 anos e contrato vigente por mais 3…. excelente vamos pra cima Celtics

    0

    0
  25. A troca não foi ruim para nenhum dos dois, mas claramente o cavs se deu melhor nessa…

    Imaginem a seguinte situação, você não tem como manter seu imóvel e PRECISA vendê-lo… do nada aparece alguém querendo comprá-lo. Claramente você é o lado masi fraco do negócio, nesta situação você aceitaria um valor menor do que pagou pelo imóvel simplesmente para amenizar sua perda, mas o comprador chega simplesmente um pouco a mais do que imóvel vale e você, numa transação que deveria perder, acabou ganhando(ou empatando).

    Foi básicamente essa imbecilidade que o celtics fez. O cavs PRECISAVA troca o Irving, pq ele não queria jogar. A troca não deveria ter sido parelha, o Celtics tinha obrigação de sair BEM por cima nessa. Entendo que o Irving é excelente, mas essa troca não foi nem e longe boa.

    *Lembrando que ele se negou a dar essa pick pelo butler ou paul george(que eu considero melhores que o Irving)*
    *Eu espero que dê certo, mas eu vejo no irving um jogador sem sangue… a impressão que dá é que pra ele ganhar ou perder é indiferente(ainda parece estrelinha)*
    *Irving deu sorte de ter caído no Celtics, a chance dele cair em time fudido/em construção era altíssima*

    0

    0
  26. Daniel Fialho disse:

    Acho que da para entender Irving. É chato jogar em um time onde tem o Lebron que quer ser jogador, tecnico palpitar em contratações etc. Cada um no seu quadrado se não vira bagunça. Quem não se lembra naquela cena ridícula de Lebron ignorando o Blat e praticamente agindo como tecnico na lateral da quadra. Ser competitivo é uma coisa, outra é ser autoritário.

    0

    0
  27. Victor Henrique disse:

    Em caso de dúvidas sobre o benefício do negócio: https://www.youtube.com/watch?v=wu66diH0g4s

    0

    0
  28. Tomas P disse:

    Pensando friamente, a troca parece boa. Todos os movimentos do Danny Ainge me parecem isso: a primeira vista, horriveis, mas depois, com calma, voce vai entendendo melhor. Nao sei se muito disso tem a ver com a minha vontade de ver o celtao crescendo, mas acho que pensando no negocio valeu a pena a troca. Temos um núcleo com contrato pra pelo menos mais 2 anos ( e 3 anos bem provaveis), agora é hora de trabalhar e focar na EVOLUÇÃO de m. smart e j. brown. Se estes 2 conseguirem fortalecer seu jogo pra proxima temporada, seremos melhores.
    Agora fica claro que Danny Ainge não acreditava que isaiah e bradley seriam o futuro do time. Só que dói demais perder o ISAIAH, idolo celta, que jogou um dia depois da morte da sua irmã, deu o sangue por nós. ele amava a cidade e o time de boston, recrutou jogadores, fez tudo que poderia fazer. IT4 eterno idolo

    0

    0
  29. L.Pereira disse:

    A saída do IT é extremamente dolorosa, mas somente na passionalidade do torcedor (assim como as saídas do Pierce e Garnett). IT é um armador pure scorer, um dos melhores nisso. E, apesar do instinto em criticar sua defesa (1,75m), era um defensor de perímetro razoável.
    Porém, há uma grande preocupação em sua atuação nesta temporada, visto que seu jogo é físico e explosivo e o cunho de sua lesão no quadril. Ainda existe a questão do nosso (agora não mais) anão ter publicamente expresso o desejo de ter salário máximo na temporada 2018/2019. Não que ele não mereça, mas com o quadril recauchutado e um Hayward de ala se tornaria um desafio imenso para o Ainge e seu ábaco.

    Já as saídas de Crowder e Zizic não são lá um “Meu Deus Ainge!”:
    Jae sem dúvidas é um dos melhores custo x benefício da liga. Entretanto, a vinda de um 4xAll-Star, nascido logo alí em 1992, justifica o adeus.
    Zizic por sua vez é um possível center razoável num futuro, este qual seja torcedor do Celtics (o futuro curte o Celtics, entendeu?!).

    Quanto a Pick Nets: essa sem dúvidas deixou o Ainge deprimido (obs.:tá liberado torcer pro coitado do D’Angelo). Piadinhas já feitas, é algo que o Celtics não precisa neste momento. Possui dois grandes prospectos, um deles com um potencial gigantesco. Isto aliado a media de idade dos nossos atletas (Smart, Rozier, até o Irving). A não ser que queiram montar um time pra jogar a NCAA.

    Contudo, creio que o Ainge fez um baita negócio. Vale lembrar que o Irving é um jogador de nível Hall of Fame e demonstrou todo seu potencial em jogos decisivos. E o mais importante: dividindo a bergamota com o Lebrão.

    0

    0
  30. Deram muita coisa em um jogador semelhante ao Isaiah

    Kyrie e ele tem um jogo parecido e pontos fortes e fracos parecidos tbm
    Na verdade, reforçamos o nosso maior rival atual, eles trocaram um jogador insatisfeito e mantiveram o alto nivel, conseguiram um otimo role player no Crowder, imagina o tanto que ele vai ajudar a rotaçao? lembram como o cavs sofreu na final por ter q usar tanto tempo o Richard Jefferson? é um upgrade

    Zizic é um bom prospect e pra piorar ainda receberam uma pick top 5. Eles podem até usa-la junto com o Love numa troca. Enfim, trocaram o maior asset que era essa pick e nao evoluiram o time, ao contrario, reforçaram o Cavs

    e antes que falam da idade do Isaiah ou ele ser FA, o Horford é mais velho, tem um historico grande de lesoes e ta recebendo 30M. E o Isaiah tinha MUITO interesse em renovar com o Celtics, era só pagar o que ele merecia.

    Pessoal pede tanto pra jogador ser leal a sua franquia e critica quando sai (igual Durant) mas só de lembrar que ele jogou pelo time 1 dia dps da morte da irma e como recompensa ganhou o que? ser trocado

    offseason bem mediana, de positivo só o Hayward chegando, nao gostei da troca do Bradley e nem dessa.

    0

    2
  31. Rafael disse:

    Nosso time titular está melhor que no ano passado, mas nosso elenco ficou capenga. Além disso, gastamos muito pra ter o Irving. Acredito que ou Crowder ou a Pick Nets seria o ideal. (Além do IT e do Zizic é claro).
    Ainda existem opções no mercado, mesmo com a perda dos nossos ativos principais. Pra fechar o time eu iria atrás do Tony Allen e do JaMychal Green.

    0

    0
  32. Alex Sampaio disse:

    Só tem uma palavra pra falar .. BURRO

    0

    2
  33. GABRIEL NEUBERT BIASIBETTI disse:

    O cavaliers jamais trocaria o Irving por esse pacote se ele não tivesse pedido troca.

    0

    0

Deixe um comentário