Prévia – Boston Celtics (16-3) x Orlando Magic (8-10)

Orlando Magic

Depois de conspirar uma nova virada heroica no final da dura partida contra o Miami Heat, mas mesmo assim perder o jogo e, consequentemente, ver o final da sequência de vitórias e toda a repercussão exagerada sobre esse detalhe, o Boston Celtics retorna, finalmente, ao TD Garden e, determinado a trilhar novamente o caminho dos triunfos, enfrenta um Orlando Magic em má fase. A partida acontece na noite desta sexta-feira (24), às 22h30 no horário de Brasília.

É o 2° confronto entre as equipes na temporada. Na partida anterior, vitória celta por 104 a 88 num jogo relativamente tranquilo. Contudo, as circunstâncias diferentes: o Celtics contava com uma consistência maior do banco, e Orlando não contava com seus armadores principais, mas por outro lado, o Magic vinha de um momento bom na temporada, o que não ocorre agora.

Vindo de 6 derrotas seguidas – 4 delas fora de casa – a franquia da Flórida, que já teve Shaquille O’Neal e Penny Hardaway, agora conta com a dupla Aaron Gordon-Evan Fournier para fazer estrago, e faz a segunda de uma sequência de 4 partidas fora de casa. Boston espera voltar a vencer, e para isso, terá de limitar as jogadas de perímetro de Orlando, já que há bons chutadores de 3 pontos no time – Fournier e Gordon, ambos com 42%, e Nikola Vucevic com 40% de aproveitamento – e dificultar bolas longas é algo que Boston fez bem na última partida contra o Magic, além de fazer bem também na temporada: é a 2° equipe que menos cede bolas de 3 pontos por jogo.

No lado celta, espera-se a recuperação. Derrota dura frente ao Miami Heat que vinha se desenhando há algum tempo diante das exibições ruins, inclusive com o próprio Kyrie Irving admitindo em entrevista: “Foi uma bela sequência, mas era hora de chegar a um fim”. Entretanto, não há espaço para desânimo. O técnico Brad Stevens manteve o discurso de fazer ajustes na equipe e a torcida celta certamente espera, de novo, contribuição mais efetiva do banco e uma melhora no aproveitamento dos arremessos dos reservas.

Por sua vez, o Orlando Magic tem à disposição quase todas as peças, exceto o ala-pivô Jonathan Isaac, que não joga por causa de uma lesão. A equipe titular do técnico Frank Vogel deve ser formada por Elfrid Payton, Terrence Ross, Evan Fournier, Aaron Gordon e Nikola Vucevic. Na última partida, destaque para Aaron Gordon com 26 pontos e 9 rebotes na derrota para os Timberwolves. Entretanto, os titulares não são as únicas ameaças: do banco surgem bons jogadores como Jonathon Simmons, Marreese Speights e Bismack Biyombo.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, Massachusetts)

Horário (de Brasília): 22h30

Transmissão: NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Jaylen Brown, Jayson Tatum, Marcus Morris e Al Horford. Treinador: Brad Stevens.

ORLANDO MAGIC: Elfrid Payton, Terrence Ross, Evan Fournier, Aaron Gordon e Nikola Vucevic. Treinador: Frank Vogel

Leonardo Tabosa
Leonardo Tabosa

Leonardo, 18 anos, cearense de Fortaleza, estudante de Engenharia de Computação e torcedor celta e do Ceará. Fanático por basquete e futebol, torcedor celta desde 2008, na mágica temporada de título. Escrevendo para o Celtics Brasil desde 2017.

4 Comentários

  1. JailtonSV disse:

    Espectativa de uma vitória tranquila. Nada se viradas heróicas.

    0

    0
  2. Lucas Oliveira disse:

    Só alegria hoje, parece que a pressão de manter a série e os jogos fora de casa estavam pensando. Time solto, segunda unidade bem, defesa continuou encaixada, Smart quase não chutou, Irving destruindo, tudo perfeito. Nem precisa do Horford pontuando, está bom só nas assistências (embora para um big pudesse se esforçar um pouco mais nos rebotes).
    Se o ataque funcionasse assim todas as noites dava para caçar o Record do GSW 😂

    0

    0
  3. phabio passos disse:

    O TIME JOGO MUITO E MUITO BEM , NOS 3 PRIMEIROS QUARTOS, QUANDO BRAD MEXEU NO TIME,ONDE PERDEU ESSE QUARTO POR 19X 34, SMART COMO SEMPRE CHUTANDO E ARMANDO MAL COMO SEMPRE,O CARA JOGO 24 MINUTOS 4 PONTOS, CHUTA 7 BOLAS DE 3 ,ACERTOU SO 1, OS NUMEROS DIZEM TUDO,BRAD MANTEVE ONDE TEMOS LARKIN QUE ARMA AS JOGADAS MELHORES QUE O SMART, ESSA UNICA TEIMOSIA DE BRAD, DEIXA SMART ARMA, O RESTO FORAM TRANQUILO…..VAMOS PELA VITORIA, DEPOIS PERDEMOS PARA O MIAMI..

    3

    8

Deixe um comentário