Prévia – Charlotte Hornets (36-43) x Boston Celtics (50-29)

Garantido nos playoffs da Conferência Leste na temporada 2016/2017 da NBA, o Boston Celtics disputa, na noite deste sábado (8), o seu último compromisso como visitante na fase de classificação. O adversário celta será o Charlotte Hornets, que está praticamente eliminado e foi derrotado três vezes pelo Alviverde de Massachusetts nesta edição da liga. A partida entre Hornets e Celtics começa às 19h (horário de Brasília) e será disputada no Spectrum Center, casa da franquia da Carolina do Norte.

Sexto colocado do Leste em 2015/2016, o Charlotte Hornets teve uma temporada muito abaixo das expectativas. Nas últimas semanas, a franquia da Carolina do Norte ainda tentou uma arrancada rumo aos playoffs, mas os tropeços contra Washington Wizards e Miami Heat praticamente sepultaram as suas chances de classificação. Precisando de um verdadeiro milagre para entrar no G8, o Hornets faz o seu último jogo como mandante na temporada contra o Celtics, e quer aproveitar esse duelo para despedir da torcida com dignidade.

Nesse duelo diante do Boston Celtics, o técnico Steve Clifford não poderá contar com o ala-pivô Johnny O’Bryant, que se recupera de uma torção no tornozelo. Já o ala italiano Marco Belinelli, com problemas em um dedo da mão esquerdo, só terá presença confirmada horas antes da partida. No quinteto titular, os destaques são o armador Kemba Walker e o ala-armador francês Nicolas Batum.

Enquanto o Charlotte Hornets lamenta a má fase, o Boston Celtics tenta uma pequena arrancada em seus últimos compromissos da temporada regular. Além de confirmar o segundo lugar da Conferência Leste, que lhe garante mando de quadra nas duas primeiras etapas dos playoffs, o Alviverde precisa recuperar a confiança perdida após derrotas para Cleveland Cavaliers e Atlanta Hawks. Vencer o “freguês” Hornets ajudaria muito na busca desses dois objetivos.

Para o jogo contra o Charlotte Hornets, o comandante celta Brad Stevens não deve ter desfalques de peso. A única dúvida é o pivô Tyler Zeller, que foi liberado das últimas atividades para resolver problemas particulares. O armador Demetrius Jackson e o ala-pivô Jordan Mickey são as duas únicas baixas, já que estão defendendo o Maine Red Claws nos playoffs da Liga de Desenvolvimento da NBA (D-League).

FICHA TÉCNICA

Local: Spectrum Center (Charlotte, NC)

Horário (de Brasília): 19h

Transmissão: NBA League Pass

CHARLOTTE HORNETS: Kemba Walker, Nicolas Batum, Michael Kidd-Gilchrist, Marvin Williams e Cody Zeller. T: Steve Clifford

BOSTON CELTICS: Isaiah Thomas, Avery Bradley, Jae Crowder, Amir Johnson e Al Horford. T: Brad Stevens

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda

Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando “Let’s go, Celtics!”, e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

10 Comentários

  1. Dakimalo Garra Gomes disse:

    Celtics 111 x 103 Hornets

    0

    0
  2. Junior Magalhães disse:

    Celtics 113 x 104 Hornets

    0

    0
  3. Lucas Oliveira disse:

    Lakers e Suns resolveram jogar por algum motivo e mataram o Nets de vez. Uma pena os dois últimos jogos terríveis, pois com a derrota do Cavs sob o Hawks poderíamos estar pelo menos empatados.
    Mas foi uma boa temporada, que inspira um futuro brilhante.
    Estou animado para os playoffs, só gostaria que o time estivesse oscilando menos nesta reta final, especialmente depois do All Star Game.

    Mesmo o Thomas não vem na mesma pegada que estava antes do All Star Game, ainda que continue espetacular.

    Aliás, falando em Thomas, gostaria que Stevens voltasse ao esquema de último quarto com o Thomas iniciando, saindo aos 6min e voltando 1 ou 2 minutos depois. Para mim o time rendia melhor nesta condição.

    Importante destacar que o Celtics deve ser o time que mais teve problemas de contusão ao longo da temporada, dentre os times que estão na ponta dá tabela.

    0

    0
    • Gustavo Miglioretti disse:

      também prefiro essa rotaçao pro Thomas… eu gostava dele saindo no final do 1 quarto e voltando pro 2 quarto junto com os reservas. Contra o Cavs foi justamente nele ficando no banco no 2 quarto que eles abriram vantagem… Lebron em quadra e a gente com todos os reservas.. aí nao dá mesmo

      hoje de novo, ele saiu no final do 3 quarto com vantagem de 8 pts e voltou perdendo de 4 faltando 7 minutos. Ele jogando 10 mins do 4/4 foi justamente quando explodiu em pontuaçao lá

      0

      0
  4. Paulo Jr disse:

    Única coisa que me preocupa até agora em relação ao Stevens é que vem controlando bastante os minutos do time principal. Tomara que pelo menos o Thomas jogue próximo aos 40 minutos nos Offs.
    Digo isso porque quase todos os grandes jogadores jogam esse tempo. Quando ele sai do time a produção ofensiva cai muito.

    0

    0
  5. Barros disse:

    Acho que Stevens tá poupando nosso guri pros offs. Tenho certeza que nos offs ele vai ter média de 40mpg.

    0

    0
  6. SERGIO disse:

    CELTICS 120 X 102 HORNETS

    0

    0
  7. Fernando C Silva disse:

    Celtics 113 x Hornets 100

    0

    0
  8. PHABIO PASSOS disse:

    BEM, VIROU CARTILHA DO CELTICS, ENTREGO JOGO E TER SUFOCO, NOSSO “GENIO“ TREINADOR ESTA FAZENDO TESTE NESSE JOGOS,E COMEÇA TER SALTO ALTO, QUE POXA!!!! E ACORDA BRAD!!!

    0

    0
  9. Barros disse:

    A única coisa que vou cobrar sempre do Stevens, pq Green não joga 12-16 min por noite, sendo q ele demonstrou ter potencial pra fazer pontos importantes.

    0

    0

Deixe um comentário