Prévia – Milwaukee Bucks (9-41) x Boston Celtics (18-34)

Derrotado na noite de domingo (9) pelo Dallas Mavericks, em pleno TD Garden, o Boston Celtics terá pouco mais de 24h para pegar o avião, desembarcar, se concentrar e jogar novamente em busca de sua recuperação na tabela. Em seu 53º jogo na temporada 2013/2014 da NBA, a franquia de Massachusetts terá que encarar mais um back-to-back, desta vez contra o Milwaukee Bucks, no BMO Harris Bradley Center.

Após três vitórias consecutivas diante de equipes com desempenho inferior no torneio (Orlando Magic, Philadelphia 76ers e Sacramento Kings), os Alviverdes voltaram a cair na real e acabaram perdendo para uma franquia de desempenho superior, que tem boas chances de garantir presença na pós-temporada. Isso fez com que as dúvidas voltassem a se aflorar em Boston: seguir com o projeto de ‘testar’ o elenco e depositar tudo tanto em Draft quanto nos agentes livres ou lutar por uma vaga nos playoffs? A reação dos celtas em meio a esse dilema será definida neste compromisso em Wisconsin, já que os celtas medirão forças contra um adversário bem mais modesto.

Em Milwaukee, o Celtics deverá promover uma alteração no quinteto que começou atuando diante do Mavericks: como já é costume da franquia nas séries de dois jogos realizados em um intervalo de 24 horas, o armador e capitão Rajon Rondo deverá ser poupado pela comissão técnica, chefiada por Brad Stevens, com Phil Pressey sendo o substituto imediato. Além de Rondo, o brasileiro Vitor Faverani deve continuar fora da equipe, com dores no joelho esquerdo.

Classificado para os playoffs da última temporada como oitavo colocado na conferência Leste e varrido pelo futuro bicampeão Miami Heat na sequência, o Milwaukee Bucks vive um 2014 muito abaixo das expectativas. Com apenas nove vitórias e apenas 18% de aproveitamento, a franquia de Wisconsin ocupa uma lanterna tripla: divisão, conferência e liga. Sem nenhuma ambição nesta temporada, com muitos desfalques durante toda a competição e com o pensamento na renovação de seu elenco, o Bucks quer mesmo é que o tempo passe, com vitórias ou não.

Para receber o Celtics, Larry Drew tem sérios problemas: com duas ausências certas (Caron Butler e Carlos Delfino), o treinador ainda precisa saber se contará com seis atletas que seguem na lista de questionáveis para o duelo desta segunda. São eles: Luke Ridnour, O. J. Mayo, Ersan Ilyasova, Ekpe Udoh e Larry Sanders. Com isso, as poucas armas de Milwaukee para bater os celtas são o armador Brandon Knight e o ala-pivô John Henson, destaques em meio a um desempenho sofrível.

Este será o quarto e último duelo entre Celtics e Bucks em 2013/2014, sendo que a franquia de Milwaukee leva vantagem na atual temporada, com duas vitórias em três jogos. A primeira foi em novembro de 2013, em Boston, quando a franquia de Wisconsin superou uma boa atuação de Vitor Faverani e a presença da lenda Bill Russell nas cadeiras do TD Garden para conquistar uma virada histórica e vencer por 105 a 98. No final do mesmo mês, mas desta vez no BMO Harris Bradley Center, nova vitória do Bucks, desta vez por 92 a 85.

O único triunfo do Celtics sobre Milwaukee na atual temporada foi no dia 3 de dezembro, no TD Garden. Com Jordan Crawford inspirado e boas atuações de Jeff Green e Brandon Bass, a equipe de Boston venceu o oponente por 108 a 100.

Ficha Técnica

Local: BMO Harris Bradley Center (Milwaukee, WI)

Horário: 23h (horário de Brasília)

Transmissão: @Celtics_Brasil

Milwaukee Bucks: Brandon Knight, Nate Wolters, Khris Middleton, John Henson e Zaza Pachulia. T: Larry Drew

Boston Celtics: Phil Pressey, Avery Bradley, Jeff Green, Brandon Bass e Jared Sullinger. T: Brad Stevens

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda

Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando “Let’s go, Celtics!”, e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

8 Comentários

  1. luiz eduardo disse:

    que merda hein, perder para o bucks seria bom, eles tão muito na frente do tank, e ainda por cima tão com caras machucados, é capaz do celtics ganhar esse jogo

    0

    0
  2. drakes disse:

    Me preocupa nessa temporada o Celtics só ter batido de time top o Heat.

    O positivo é o Sully e Rondo voltaram de contusões bem nos dois casos, o R9 até rendendo mais que se pensaria nesses jogos de retorno.

    0

    0
  3. Guilherme Domingues disse:

    TANK!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    0

    0
  4. rafael taborda disse:

    rsrsrs não to acompanhando mais… sei que vai ser um esforço pra quem perde mais… ai os jogadores não tem como errar mais e ganham o jogo kkkkkkk

    0

    0
  5. Marcos disse:

    Cara, tank é uma droga para o presente a galera nem assiste mais aos jogos… Tomara que renda bons frutos no futuro….

    Vamos torcer para o B Cavaleiro e para a princesa de Gales (K Middleton) fazerem o jogo da vida deles, porque o Bucks é ruim mas mt ruim…

    Fazer um combinado Paulistano, Bauru e Franca e ganha dos caras fácil… huahauhauhau

    []’s

    0

    0
  6. Fernando C S disse:

    Jogo duro… de assistir.

    0

    0
  7. Danilo Jeolás disse:

    Venceremos por oito pontos, com grande atuaçäo do Green.

    0

    0
  8. João guama cabano disse:

    foi 102 a 86 e nos ganhamos pegaaaaaaaaaaaa !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! e que jogo do sullynger

    0

    0

Deixe um comentário