Prévia – Oklahoma City Thunder (4-3) x Boston Celtics (6-2)

Após disputar duas partidas em casa e completar seis jogos de invencibilidade na temporada 2017/2018 da NBA, o Boston Celtics inicia, na noite desta sexta-feira (3), uma difícil sequência de três duelos em apenas quatro dias, todos como visitante. Logo de cara, o time verde e branco de Massachusetts enfrentará o Oklahoma City Thunder, um dos favoritos ao título nesta edição da liga e que conta com o armador Russell Westbrook, MVP em 2016/2017. A partida entre Thunder e Celtics, que será disputada na Chesapeake Energy Arena, começa às 23h30 (horário de Brasília) e terá transmissão da ESPN para todo o Brasil.

Talvez nem o torcedor mais otimista pudesse imaginar que, depois de dois tropeços na primeira semana e da grave lesão sofrida pelo ala Gordon Hayward, o Boston Celtics engataria seis vitórias consecutivas e assumisse a liderança da Conferência Leste, mas foi o que aconteceu. Com um time cada dia mais entrosado e esbanjando força na defesa, o Alviverde chega a Oklahoma City com a confiança nas alturas e prometendo uma grande atuação fora de casa. Entretanto, a parada será difícil para os celtas: do outro lado da quadra, estará uma das melhores artilharias da NBA. Frear Westbrook e companhia será um grande teste para os comandados de Brad Stevens.

Diante do Oklahoma City Thunder, o Boston Celtics terá o desfalque de Gordon Hayward, que só deve voltar às quadras na próxima temporada, mas poderá contar, pela primeira vez nesta temporada, com o ala-pivô Marcus Morris, recuperado de uma lesão no joelho. Entretanto, mesmo com Morris disponível, o técnico Brad Stevens deve manter o time verde e branco com o mesmo quinteto titular das últimas partidas, com Al Horford e Aron Baynes no garrafão.

Mesmo contando com Russell Westbrook em uma fase espetacular, o Oklahoma City Thunder amargou a sexta colocação na Conferência Oeste e a eliminação no primeiro round dos playoffs na temporada 2016/2017. Para ir muito mais longe, o Thunder fez duas contratações de peso: além de contratar Paul George, que estava no Indiana Pacers, a franquia de Oklahoma tirou Carmelo Anthony do New York Knicks. Com esse trio de peso, o Thunder ainda apresenta irregularidades típicas de começo de campeonato, mas venceu seus dois últimos compromissos e está muito motivado para conquistar mais um triunfo, que é fundamental para manter a franquia entre as oito melhores do Oeste.

Para o jogo contra o Boston Celtics, o técnico Billy Donovan terá todo o elenco do Oklahoma City Thunder à disposição, sem problemas de lesão ou suspensão. Dessa forma, o quinteto titular das últimas partidas deve ser mantido, com Westbrook, George e Anthony dividindo a responsabilidade pela pontuação. Na rotação, os destaques são o ala-armador espanhol Alex Abrines e o ala Jerami Grant.

FICHA TÉCNICA

Local: Chesapeake Energy Arena (Oklahoma City, OK)

Horário (de Brasília): 23h30

Transmissão: ESPN e NBA League Pass

OKLAHOMA CITY THUNDER: Russell Westbrook, Andre Roberson, Paul George, Carmelo Anthony e Steven Adams. T: Billy Donovan

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Jaylen Brown, Jayson Tatum, Al Horford e Aron Baynes. T: Brad Stevens

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda

Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando “Let’s go, Celtics!”, e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

30 Comentários

  1. Sander disse:

    Jaylen e Smart revezando em cima do Westbrook, Ojeleye e Tatum em cima do Paul George, Horford no Carmelo, Theis e Baynes brigando pelos rebotes e distribuindo cacetadas em que se atrever entrar no garrafão.

    Obs: Lembrando que o Smart sempre joga bem contra o Westbrook e o Westbrook não joga muito bem contra o Smart.

    3

    0
  2. Marcelo SM disse:

    Jogaço!
    Rozier também vai ajudar a fazer o serviço de marcar o West.

    0

    0
  3. Renato disse:

    Jogo muito difícil. Eles tem uma defesa muito forte e 3 All Star. Acredito na vitória, mas hoje nosso banco será fundamental.
    108 x 103

    1

    0
  4. Fernando C Silva disse:

    Concordo. Ou nosso banco produz muito ou a será muito complicado.

    0

    0
  5. Antonio Jhennyson de Souza disse:

    Alguém tem link do jogo?

    0

    0
  6. Lucas Oliveira disse:

    Se o Kyrie continuar assim no 3 quarto vai ser lavada… Não acertar o arremesso acontece, mas não fazer sequer uma assistência é pq o dia tá complicado mesmo… Aí sou obrigado a ver o Smart querendo resolver.
    Acho que poderíamos ter guardado o Morris para um jogo mais tranquilo também, mas vamos lá, confiar no nosso técnico.

    0

    0
  7. Gustavo Rangel disse:

    Faço parte do esquadrão de iludidos pelo Marcus Smart. Achei que ele tivesse evoluído o jogo dele em algum aspecto, mas as tomadas de decisão continuam bem deficientes e o arremesso completamente inconsistente. Impressionante a regularidade do Tatum, é assombrosa a maturidade que ele exprime no seu jogo. Perder pro Oklahoma on the road é perfeitamente plausível!

    3

    3
    • Raphael disse:

      Smart tem que se dar conta que é limitado ofensivamente. Sempre quer resolver sozinho.
      Devia focar mais em defender e passar a bola.
      Vamos que ainda dá pra ganhar. Em comparação ao que foram os dois primeiros períodos…

      2

      1
  8. Netto Santos disse:

    Irving on fire nesse final de jogo, que bola de 3 foi essa, demorou a entrar no jogo, mas dps que entrou colocou a bola de baixo do braço e resolveu. E que jogo do Horford.

    0

    0
  9. victor disse:

    Ainda tem quem diga que o Al Hoford não merce o máximo

    3

    3
  10. Isso que é tecnico! (Brad)
    Isso que é clutch! (Irving)
    Isso que é rookie! (Tatum)
    Isso aue é PIVO! (Horford)

    21

    0
  11. Chiovato disse:

    Que segundo tempo do time!!! Merece aplausos pela recuperação e concentração na volta do intervalo! Horford decisivo no último quarto e fazendo o que sempre se cobra dele porque ele joga pra isso! Irving assumiu a responsabilidade e também foi muito bem mesmo!!! Na verdade o time todo voou no segundo tempo, defensivamente o time foi bem e na frente se recuperou!!!

    Não dá pra deixar ninguém de fora, Tatum e Morris…Brown muito bem nos rebotes também… Ojeleye me surpreendeu! Vitória maiúscula contra um adversário que tecnicamente tem um quinteto superior ao nosso… jogo de confirmação dum trabalho excepcional do Stevens, que treinador ele é!!!!!!!!!!!! Stevens é a alma desse Celtics!

    Outros times aos poucos se entrosarão mais porque tudo tá no início, mas isso vale pro Celtics também… Brown melhorando a cada jogo, Tatum se soltando e Irving/Horford jogo a jogo pegando mais segurança no protagonismo que espera-se deles!

    Simplesmente, orgulhoso do que o Celtics faz nas mãos do Stevens!

    13

    0
  12. Lucas Oliveira disse:

    “vamos lá, confiar no nosso técnico” Não poderia feito comentário melhor!
    Kyrie voltou de cabeça para o jogo e o que o Horford fez neste ultimo quarto (e vem fazendo nos últimos jogos) é digno de aplausos.
    Meninos Brown e Tatum não fizeram a melhor partida do mundo, mas contribuíram muito dos dois lados. Brown em especial fez um duplo-duplo e uma ótima partida defensiva a ponto de deixar o PG nervoso.

    9

    0
  13. Bruno Ferronato disse:

    Que jogo meus amigos, com Stevens não tem jogo perdido não! Horford bem demais, e Irving é clucth demais, pode estar o pior que for, chega na hora do vamo ver ele resolve. Muito orgulhoso desse time.

    4

    0
  14. Marco Ferreira disse:

    Não sei o que o nosso treinador tem, mas ele é fora do comum…
    Que segundo tempo dos Celtic’s, completamente seguro e inteligente.

    Let’s Go Celtic’s…

    4

    0
  15. Digor33 disse:

    Meu! se Hayward tivesse no time!!!!!! Aí aí

    3

    0
  16. Christiano Costa Novo disse:

    Pow confesso que desanimei ao final do primeiro tempo. OKC tava com tudo pra cima de nós, kkkkkkk. Era muita energia e todas as bolas caiam sem contar os inúmeros tocos que pegamos. Enfim Celtics passou por uma prova de fogo e com muito trabalho e sem lesões vamos melhorar mais e mais. Lets Go Celtics!!!

    5

    0
  17. O QI de basquete do horford é algo impressionante, sempre sabe a hora certa de ir pra cesta de fazer um fake dar uma assistência! Olha o percentual de acerto dele ontem!!

    6

    0
  18. Marcos disse:

    Estava esperando muito esse jogo, pois o OKC tem o roster mais perigoso no 1×1 da Liga (minha opinião).
    E nós, para meu orgulho, temos uma das melhores defesa e NÃO temos mais um garrafão soft, gordo e cabeludo.

    Foi um jogaço, Irving e Horford jogaram demais no 3o e 4o quartos, com direito a jogada do Irving de 5 pontos e Horford 100% dos 3 em determinados momentos clutch.
    Jogo para marcar território e dizer que vamos brigar pelo caneco (ah, se o Hayward não tivesse aquela lesão!).

    Também não dá para ignorar:
    – Juizada deu uma ajudada monstro nos dois 1os quartos, o que impediu um naufrágio por mais de 20 pts.
    – Coach do OKC foi um Jênio (com J de “jegue” mesmo) ao colocar o Pizza-Felton para marcar o Irving. Deu “serto”, viu?
    – Brad mandou bem no revezamento Smart e Rozier. Mais uma vez os garotos Rozier III e Jayson Tatum jogaram com muita qualidade e altivez para suprir o time de pontos e defesa em momentos cruciais do jogo.

    []s verdes
    Obs.: Com o Pop tendo problemas por causa das lesões, já está na hora do Brad levar o COY.
    Até o Kamikaze-não-defendo D’Anthony já levou esse prêmio.

    6

    0
  19. Leo disse:

    O time teve muita maturidade para lidar com a grande desvantagem do primeiro tempo.

    Horford vem fazendo uma excelente temporada até aqui. Irving e seu espírito clutch se encaixaram muito bem em Boston. Ele não tem medo de decidir e está se encaixando muito bem no esquema do Stevens

    https://www.youtube.com/watch?v=Fk_W0VYubfI

    0

    0
  20. São 7 jogos seguidos sofrendo menos de 100 pontos

    um time que se formou faz 2 meses e perdeu o principal jogador em 5 minutos da temporada

    Se o Stevens não for COY agora eu desisto da NBA

    Eu ainda manteria esse quinteto, to adorando o Baynes dando marretada em todo mundo e esse banco com Rozier-Smart-Morris (talvez Ojeleye e Theis) é bem confiável tbm. Agora tem 3 jogos mais fáceis e as 10 vitorias seguidas é possível. Primeiro tempo absurdo do Tatum, segundo tempo absurdo do Irving e do Horford, Rozier tá bem menos afobado que ano passado, praticamente não comete TO, Smart continua sendo a raça do time, espero que consigam renovar com ele por um contrato parecido com o do Roberson, mas é capaz de algum time oferecer muita coisa e o Ainge deixar ele ir

    2

    0
  21. JailtonSV disse:

    Tatum foi monstruoso no primeiro tempo. Se não fosse ele, teríamos que tirar uns 30 pontos de vantagem. OKC foi sufocante na defesa, ajudado pela pouca movimentação da nossa equipe na quadra ofensiva.

    3° e 4° quartos foram espetaculares, não me estenderei pq os comentários dos colegas acima fazem justiça a façanha Celta.

    Gostaria de elogiar o Horford, esta temporada possui parceiros decentes de garrafão, mas algo melhorou além disso. Já enfrentou ótimos atletas e se saiu MUITO bem (Porzingis, Embild, Giannis), Acredito que ele frequentará o all star game nessa temporada. Além de estar rendendo na posição 4, coisa que admito que duvidava.

    #Stevens COY
    #Melhor_rebuild_da_historia

    0

    0

Deixe um comentário