Prévia – Philadelphia 76ers (25-43) x Boston Celtics (44-25)

BOSTON, MA - JANUARY 6: Al Horford #42 of the Boston Celtics handles the ball during a game against the Philadelphia 76ers on January 6, 2017 at TD Garden in Boston, Massachusetts. NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and/or using this photograph, user is consenting to the terms and conditions of the Getty Images License Agreement. Mandatory Copyright Notice: Copyright 2017 NBAE (Photo by Brian Babineau/NBAE via Getty Images)

Após vitória sobre o Brooklyn Nets por 98 a 95 na última sexta-feira de Saint Patrick’s Day (17), o Boston Celtics encara mais um rival de divisão neste domingo (19), o Philadelphia 76ers, às 14:00, horário de Brasília, no Wells Fargo Center. No embate de hoje, o alviverde possui a obrigação de sair com a vitória para reduzir a vantagem do Cleveland Cavaliers sobre nós e, ainda, aumentar a vantagem sobre o Washington Wizards, justamente nosso adversário na segunda-feira.

Ainda recuperando-se de lesão no joelho, o armador Isaiah Thomas será poupado novamente, dando oportunidade a Marcus Smart no quinteto titular logo mais. Com a equipe desfalcada de seu principal cestinha, Avery Bradley, Jae Crowder e Al Horford deverão assumir maiores responsabilidades nas ações ofensivas do Celtics, além da necessidade do banco de reservas ser mais efetivo na pontuação, para que o time não tenha dificuldades em um jogo fácil novamente, como foi contra o Nets.

Com os desfalques do ala Ben Simmons e do pivô Joel Embiid, o 76ers assumiu o tank pelo restante da temporada, em busca de uma boa escolha no badalado draft de 2017. Com remotas chances de atingir os playoffs ainda, perder tornou-se uma boa opção para a franquia na busca de mais um talento para o roster da próxima temporada, onde podem brigar por playoffs, com a estréia de Simmons, após perder toda sua temporada de calouro, a volta de Embiid, além da presença do calouro sensação, Dario Saric, favorito ao prêmio de novato do ano dessa temporada.

FICHA TÉCNICA

Local: Wells Fargo Center

Horário (de Brasília): 14:00

Transmissão: NBA League Pass

Philadephia 76ers: T.J. McConnell, Timothe Luwawu-Cabarrot, Robert Covington, Dario Saric, Jahlil Okafor. Técnico: Brett Brown.

Boston Celtics: Marcus Smart, Avery Bradley, Jae Crowder, Amir Johnson, Al Horford. Técnico: Brad Stevens.

 

Lucas Pereira
Lucas Pereira
Sou estudante de Ciências do Estado pela UFMG em Belo Horizonte e acompanho NBA desde 2007, quando me encantei com o Celtics e tornei-me mais um que sangra verde todos os dias.

11 Comentários

  1. Sander disse:

    Não vamos jogar mal por duas vezes seguidas.

    Celtics 104 x 84 Philadelphia

    0

    0
  2. Diego Gondim disse:

    Celtics 102 x 95 76ers

    0

    0
  3. Barros disse:

    Al Horford is back fellas!

    0

    0
  4. Jota Boy disse:

    Boa Horford, seu jogo é esse! Não precisa ficar arremessando de 3 sempre, 27 pts com 11-13 FG e 1-2 3p, até o momento.

    0

    0
  5. Marcelo Paolielo disse:

    É amigos…sem Thomas a gente conseguiu jogar mau 2 partidas seguidas, isso mostra que dependemos muito do baixinho e que nossa rotação é limitada, perder do Sixers e sofrer pra vencer o Nets?? Mostra nossa limitação.

    0

    0
  6. Barros disse:

    Velho, pq sempre quando o Cavs perde seu jogo, nós nunca ganhamos e contra times inferiores? Oh god, vamos pra frente, volta logo baixinho!!!

    0

    0
  7. Barros disse:

    Ponto negativo, Jaylen Brown sumiu!! Tem jogos seguidos que nosso garoto não está rendendo mais, oq será q aconteceu?

    0

    0
  8. Lucas Oliveira disse:

    Foram dois jogos, imagino que tenha a ver com a falta do Isaiah, ou é simplesmente uma oscilação natural de um rookie.
    Bradley escolheu muito mal os arremessos no último quarto e fechou o jogo com 0 / 5 de 3 pontos. Sem o Isaiah não podemos contar com um jogo fraco do segundo melhor pontuador.
    Grande partida do Horford que vem reencontrando seu jogo ofensivo na hora certa.

    0

    0
  9. Fernando C Silva disse:

    As vezes tenho a impressão que as derrotas bobas são propositais. Talvez não dos jogadores mas o Stevens não faz muita questão de ganhar alguns jogos.

    Mantivessemos o favoritismo contra equipes do final da classificação e estaríamos em primeiro lugar.

    Talvez isso preocupe o Stevens em termos de favoritismo.

    Não sei. É uma impressão, mais um palpite sem nenhum elemento de confirmação (fora a incrível sina contra a raspa do tacho e alguns movimentos estranhos do Stevens nesses jogos).

    0

    0
  10. Gustavo Miglioretti disse:

    de positivo só o Horford e o Rozier (primeiro DD dele na carreira, se ele conseguir se tornar um grande defensor vejo semelhanças com o Beverley)

    a shot selection do Smart tá cada vez pior, ele no post sempre leva vantagem sobre o defensor pq ele é mais forte, mas segue insistindo nos arremessos… eu adoro ele na defesa, sua garra, etc e como evoluiu como PG mas precisa melhorar isso.. 3 anos tijolando já

    derrota até de certa forma normal sem o THomas e fora de casa. Sixers jogou bem os 3 jogos anteriores contra a gente só nao souberam fechar os jogos, e acontece agora com a gente. Saric é muito bom

    0

    0

Deixe um comentário