04

dezembro

2013

8

Comentários

Recuperação de Olynyk pode demorar mais que o tempo previsto

Fora das partidas do Boston Celtics desde a partida contra o Indiana Pacers no último dia 22 de novembro, quando sofreu uma torção no tornozelo direito em uma lance no garrafão ofensivo com o argentino Luis Scola, o ala-pivô Kelly Olynyk segue em tratamento e sem data certa para voltar ao time. No treino desta terça-feira (4), antes da partida contra o Milwaukee Bucks, o calouro celta não participou das atividades mais pesadas e apenas praticou lances livres.

Logo após o treinamento, o técnico Brad Stevens conversou com Chris Forsberg, da ESPN Boston, sobre o problema vivido por Olynyk. O treinador revelou que a expectativa do Departamento Médico e da comissão técnica era de que o camisa 41 pudesse voltar em duas semanas, podendo se tornar opção na partida contra o Denver Nuggets, nesta sexta-feira (6), em Boston. Porém, todos viram que a lesão foi mais séria que o esperado, fato este que fez com que a franquia não apressasse a volta do ala-pivô. “Ele (Olynyk) está fora, provavelmente, por mais uma semana, mas não sabemos o cronograma exato”, admitiu Stevens, que demonstra paciência com o problema vivido pelo jovem atleta. “Foi uma entorse significativa, por isso estamos sendo inteligentes e dando-lhe todo o tempo apropriado para voltar”, explicou.

Com o Celtics sendo paciente em sua recuperação, Olynyk só deve voltar a atuar no dia 13 de dezembro, contra o New York Knicks, ou no dia 16, quando o Celtics receberá o Timberwolves no TD Garden. Titular celta na derrota contra o Pacers, quando se machucou, o ala-pivô pode perder espaço em sua volta, já que está sendo substituído por Jared Sullinger no quinteto titular e ainda tem que lidar com o crescimento de Kris Humphries na rotação.