Semifinais do Leste (Jogo 4) – Washington Wizards (1-2) x Boston Celtics (2-1)

Vindo de uma enfática derrota, por 116 a 89, na última quinta-feira, 4 de maio, em sua primeira partida longe de seus domínios na semifinal da conferência Leste, ante o Washington Wizards, a equipe do Boston Celtics promete recolher os cacos deixados pelo mau desempenho na última apresentação, aproveitar o descanso de dois dias inteiros e entrar em quadra na noite deste domingo, 7 de maio, às 19h30 (horário de Brasília), focado em sair da capital americana com um match point na bagagem. Por outro lado, o Wizards joga por sua vida nesta série de pós-temporada, com objetivo de empatar o confronto, não permitindo que o Celtics tenha a oportunidade de finalizar a disputa na sua próxima partida em casa.

Relembre os duelos anteriores da série:
Jogo 1 – Celtics 123 x 111 Wizards
Jogo 2 – Celtics 129 x 119 Wizards

Jogo 3 – Wizards 116 x 89 Celtics

Após fazer cinco partidas em um curtíssimo intervalo de apenas nove dias, o Boston Celtics teve um descanso de dois dias inteiros para preparar-se para o quarto confronto da série semifinal de conferência contra o Wizards. Muitos acreditam que o Celtics tenha sofrido fisicamente no último embate contra Washington, sendo facilmente batido pela sufocante defesa comandada pelo treinador adversário, Scott Brooks. Portanto, o descanso prolongado soa como um alívio para os jogadores da equipe de Boston, que podem preparar-se de maneira mais adequada para o próximo confronto, estando muito mais próximos de suas condições físicas plenas. No entanto, o principal jogador da equipe, Isaiah Thomas, discorda desta concepção.

“Eu não posso esperar (pelo Jogo 4). Estou infeliz que tenhamos tantos dias entre os jogos. Mas eu não posso esperar. Como um competidor, eu quero jogar. Eu sinto como se fosse um jogo que devemos vencer. Queremos ir com esta mentalidade e tentar tirar vantagem desta oportunidade para voltar para casa vencendo (a série) por 3-1.”, disse Thomas, mostrando grande ansiedade para voltar à quadra contra o adversário da capital norte-americana.

Esta ansiedade demonstrada por Isaiah Thomas em sua entrevista no treinamento do Celtics, no último sábado, tem grande relação com a fraca partida dele próprio no último confronto entre as equipes. Thomas sucumbiu ante a forte marcação da equipe de Washington, que apostou em uma defesa mais física nos jogadores do Celtics, com grande sucesso. Thomas terminou a partida com apenas 13 pontos, convertendo apenas 3 de seus 8 arremessos tentados, nenhum deles para três pontos.

“Nós iremos fazer ajustes como um time. Assistirei os vídeos do jogo e farei ajustes… e verei onde posso pegá-los desmembrados.”, indicou Thomas sobre os ajustes que deverão ser feitos para melhorar a atuação da equipe em relação ao último embate.

Outra tônica da última partida foi o nervosismo de ambas as equipes. O confronto em questão terminou com um total alarmante de oito faltas técnicas, além de uma falta flagrante 2, de Kelly Oubre Jr, quando este empurrou Kelly Olynyk em um “contato contundente e injustificado”, como a própria NBA classificou o ato do jovem ala do Wizards, no segundo quarto de partida. Por conta deste ocorrido, Oubre, principal reserva da equipe de Washington, desfalcará seu time neste jogo 4, podendo voltar às quadras apenas para o quinto encontro da série.

“Temos que jogar melhor que jogamos no outro dia, não importa quem estiver nos enfrentando.”, contemporizou o treinador do Celtics, Brad Stevens, sobre a ausência do camisa 12 do Wizards. Já o ala Jae Crowder, por outro lado, usa o desfalque de Oubre como motivação extra para um melhor desempenho da equipe: “Nós temos que tirar vantagem deles estarem com um cara a menos. A segunda unidade deles estará um pouco desentrosada sem ele, então, temos que capitalizar isso.”

FICHA TÉCNICA:

Local: Verizon Center (Washington, DC)
Horário (de Brasília): 19h30
Transmissão: ESPN
Washington Wizards: John Wall, Bradley Beal, Otto Porter Jr, Markieff Morris e Marcin Gortat. Treinador: Scott Brooks.
Boston Celtics: Isaiah Thomas, Avery Bradley, Gerald Green (Marcus Smart), Jae Crowder e Al Horford. Treinador: Brad Stevens.

Fábio Malet
Fábio Malet

Gaúcho de Porto Alegre, bacharel em Ciência da Computação e analista de sistemas. Apaixonado por esportes, tem o jornalismo como um hobby, e, pretende, futuramente, fazer pós-graduação na área. Acompanha NBA desde o começo de 2007 e, pé-quente, viu seu Boston Celtics ser campeão na primeira temporada inteira que assistiu. Torce também para Grêmio, Tottenham Hotspur, Green Bay Packers, e por conta da afinidade com Boston, tornou-se fã de Bruins e Red Sox.

66 Comentários

  1. Barros disse:

    Jogo mais importante do ano, uma vitória seria excelente. Tomara que venhamos com uma postura diferente do game 3.

    0

    0
  2. Daniel Fialho disse:

    Vamos destruir.

    0

    0
  3. Fernando C Silva disse:

    Smart defende na 3 e passa a bola no ataque.

    Celtics 113 x Wizards 112,9. Está lindo!

    0

    0
  4. SERGIO disse:

    CELTICS 120 X 114 WIZARDS

    0

    0
  5. Daniel Fialho disse:

    Celtics 112 x 95 wizards

    0

    0
  6. Rodrigo Ribeiro disse:

    Tá chegando a hora nação Celta, vamos pra cima sem dô, o coletivo será o nosso diferencial hoje com todos pontuando acima de dois dígitos!

    Celtics 109 x 99 Wizards

    🍺🍀👊🏻🏀👊🏻

    0

    0
  7. Fernando C Silva disse:

    A defesa está bem melhor.

    IT marcando o Beal, contra quem ele consegue fazer um bom trabalho.

    O time está bem atento às trocas na marcação e quando controlamos o jogo na defesa, nosso ataque aparece.

    Stevens claramente preocupado com a defesa, o que seria também a minha opção.

    Amir entrou para que o Crowder ficasse com Oto, AB com Wall.

    Agora entrou KO. Tem que ir para cima pois no ataque ele é melhor que qualquer dos Wizards.

    0

    0
  8. Rodrigo Ribeiro disse:

    Ótimo, ganhamos o 1QT.

    0

    0
  9. Fernando C Silva disse:

    Muito bom.

    Desta vez o .plano de jogo não está fazendo a diferença.

    Time contra time sou mais Celtics, embora por pouca diferença.

    Se continuar assim, venceremos.

    Esperemos a sequência. Brooks vai mexer no time.

    0

    0
  10. Fernando C Silva disse:

    Na metade do Q2 tivemos 2 chutes de 3 com jogador livre.

    Erramos ambos e achei que perdíamos a chance de bater na.moral dos Wizards.

    Agora nossa marcação começa a ficar perdida novamente.

    Cara, se a nossa bola não cai, a deles também não pode cair.

    0

    0
  11. Leo77 disse:

    O smart é um excelente defensor vindo da rotação, porém não dá pra ficar dependendo dele para definir as jogadas de ataque.

    0

    0
  12. Rodrigo Ribeiro disse:

    Smart fica o intervalo arremessando meu filho, pra ver se as tuas 🏀 entram. E retornar mais confiante!

    0

    0
  13. Joll #23 disse:

    Amir Johnson ta de brincadeira né… esse cara tem que ser enterrado no banco… pqp ¬¬

    0

    0
  14. Joll #23 disse:

    26-0 em 6 minutos…. Virou piada.

    0

    0
  15. Pedro disse:

    Cara sério, as vezes eu pego pensando o que o Brad tem na cabeça. Como você deixa seu time tomar um run de 26-0 sem pedir um time out? Sério, porra, não sou de criticar ele. Mas o que ele achou ali? Que o time ia recuperar um momento que não vinha tendo a muuuito tempo? Pior de tudo, agora você deu confiança um time que joga no correria, que é tudo que você NÃO quer. Porra Brad, é playoffs! ARROZ E FEIJÃO

    0

    0
  16. Fernando C Silva disse:

    É triste quando bate o desespero no time.

    A frustração no ataque torna a defesa atabalhoada.

    Os Wizards aceleram o jogo, pegam nossa defesa não posicionada e começamos a tomar runs.

    Cabe ao Stevens parar o jogo, chamar uma bola de segurança e acalmar o time para que não force jogadas.

    Depois de 25 pts seguidos no coco e 8 turns, fica difícil.

    0

    0
  17. Fernando C Silva disse:

    Pedro, o problema é o tempo que o Stevens leva para arrumar uma solução.

    As vezes pedir um tempo e chamar uma bolinha de segurança, pedir ao AH para chutar 2 bolas em sequência para aliviar o IT.

    Continua conversando com o staff e depois para o jogo novamente.

    0

    0
    • Pedro disse:

      Eu concordo, mas é ai que eu acho que falta a mão pesada do treinador. A filosofia dele de deixar os jogadores “tentarem” resolver é legal, deixa o grupo na mão dele, dá confiança e tal, mas tem hora que tem que para o jogo e dar um 220v nos caras hahaha. Chamar uma bola de segurança e é isso. Perdemos a força do Bradley no ataque já tem uns 3 jogos, acho que ele está lesionado de novo e tão deixando ele só jogar na defesa. O Crowder pode dar as mãos ao Amir no ataque e irem dormir. O Smart é isso ai mesmo. Ele quebrou a minutagem do rozier que vinha bem, bem mesmo, até de forma surpreendente. Insistiu no Amir, que PELO AMOR DE DEUS, ele já viu em uns 3 jogos que NÃO dá. Pq não surpreender os caras? Entrar com Smart ou Brown no time titular? E essa história dos time outs é o que sempre me mata nele, ele demora demaaais, não dá, o time tá mal, junta os caras fecha a casinha e vão bora. Não pode dar confiança pro time da casa em playoffs, achei que ele tinha aprendido isso ano passado em Atlanta.

      0

      0
  18. Soares Phillipe disse:

    A culpa toda da derrota é do Stevens.
    A demora do cara para pedir timeout foi ridícula.

    Fora que insistir no Crowder é suicídio.
    Se o Crowder for para o G5, eu não assisto o jogo!

    0

    0
  19. Joll #23 disse:

    Pior é ver que o time melhorou assim que o Green entrou… pelo menos parou de levar pontos e equilibrou, mas agora com 20 de diferença na cabeça ta foda. Não tem o que acrescentar ao comentário, esse terceiro quarto pareceu time de pelada, time de várzea. Podemos passar pras finais de conferencia, mas não me iludo, vai ser dificílimo bater de frente com o Cavs dessa maneira, tomaria uma varrida desse jeito

    0

    0
  20. Fernando C Silva disse:

    Com relação aos Cavs, seja quem passar, Celtics ou Wizards, o objetivo é vencer 1 ou 2 jogos. Mais que isso é ilusão.

    0

    0
  21. Joll #23 disse:

    42-20…. Se parar pra pensar no run de 26-0, quando equilibrou as forças o jogo era 20-16…. Esse run arruinou o jogo

    0

    0
  22. luca oliveira disse:

    Tá faltando calma na conclusão, tá acelerando muito as jogadas e tomando contra golpe á rodo.

    22 pontos é quase impossível de reverter, pelo menos diminuir pra não passar vergonha. No próximo jogo é aproveitar o chute de 3 e jogar com paciencia.

    0

    0
  23. Marcos disse:

    Ah, temos um time fera, afinal Bradley, Smart e Crowder sao bem melhores do que o Paul George… Não, pera…

    Não entendo a dificuldade de manter Smart e KO com minutos limitados e jogar mais com o Rozier e Green. Tambem não entendo como o time não pede timeout com 26-0 de corrida.

    Time é limitado, mas o coach é bem juvenil de playoffs ainda,
    []s verdes

    0

    0
    • Pedro disse:

      Marcos, com todo o respeito, para de bater nessa tecla que já tá chato. O time é esse, ponto. Esse time ganha do wizards, só tem que jogar com sangue nos olhos todo jogo. Não dá pra jogar meia bomba e achar que vai cair do céu. Esse negócio de ficar chorando viúva não dá. O time é esse, falta o time JOGAR.

      0

      0
      • Marcos disse:

        Pedro, ESSE time com Smart, KO, Jerebko e Amir tendo muitos minutos, se perder de 30 está no lucro.

        A verdade é que, dada as limitações do time, o Stevens tente sempre adaptar o time ao adversário na defesa e torce pela bola de 3.

        Os caras, já sabendo disso, adiantam a marcação e fecham a bola de fora e o time sofre pq é tão alto e atlético quanto uma equipe de beisebol (acho que beisebol deve ter caras mais altos e mais rápidos).

        Em um momento da partida que o Wiz troca a marcação (as vezes até usa zona, que é pouco comum na NBA) PRECISAMOS de um cara com drible além do IT.
        E o único que temos é o Green, que não tem minutagem por alguma razão (minutos roubados ora pelo Smart (um jogador desnecessário, quase, nesse confronto), ora pelo J-Bko, ora pelo KO).

        Os caras abrem 10+ e aí voltamos ao tiroteio de 3, esperando a sorte.
        No primeiro jogo, estava caindo tudo do nosso lado na bola de fora.
        O segundo jogo foi IT singlehandled.
        Em TODOS tomamos corridas de 20+.

        O que mais me preocupa é que o J. Wall está tendo tempo de descansar e o IT não, o que é um claro sinal de falta de JOGADOR do nosso lado. Podemos encarar isso ou dizer que só falta ao elenco “jogar”.

        []s verdes

        0

        0
  24. Gustavo Rangel disse:

    Como o time está em rebuilding, e o nosso técnico não é cascudo o suficiente para dominar uma situação adversa num playoff, deixo as ressalvas:

    1 – Precisamos de um F pra colocar o Crowder no seu devido lugar, que é o banco.
    2 – Não precisamos do Marcus Smart amassando aro e cometendo juvenilidades na quadra. Ele pode fazer isso em outra franquia, não me importo.
    3 – Nenhum time pode se dar ao luxo de levar 42 pontos num tempo e achar que é reversível um panorama desses.
    4 – Amir, suma de Boston. Poucos jogadores na liga são tão inúteis quanto você. E a camisa celta reforça isso mais e mais.

    0

    0
    • Joll #23 disse:

      Sinceramente, falta um F como você falou, um jogador “clutch” pra ajudar IT + AH, e na minha humilde opinião um chutador confiável de fora

      0

      0
      • Gustavo Rangel disse:

        Joll, nossas soluções são, em tese, simples: um F pra colocar Crowder no banco é metade do caminho. Marcus Smart envolvido numa troca que traga qualquer agregador decente pra segunda unidade. E a barca pode crescer com Jerebko, Mickey, Young, Zeller… E o principal: AMIR LONGE DO TD GARDEN

        0

        0
    • Joll #23 disse:

      Ver o James Young jogando na NBA também é algo inacreditavel… dispensa imediata pra proxima temporada.

      0

      0
  25. Rafael Lima disse:

    O culpado de estarmos vendo esse quarto período melancólico é o Brad Stevens. Nenhum técnico com um mínimo de inteligência toma 26-0. Não dá pra não pedir tempo e chamar uma jogada ensaiada, uma bola de segurança. Foi revoltante!
    Sei que o que vier esse ano é lucro, mas dá medo dessa passividade pro ano que vem, quando tivermos um time mais competitivo.

    0

    0
  26. Leo77 disse:

    Não consigo entender porque o J Brown não teve tempo de quadra, tendo em vista q alguns jogadores não estão conseguindo acrescentar nada, acho q as opções do nosso técnico, com todos os méritos q ele tem, tem sido equivocadas pra esse jogo.

    0

    0
  27. luca oliveira disse:

    Falta aproveitar mais os chutes de 3

    Oscila muito nesse tipo de jogada

    0

    0
  28. Daniel Fialho disse:

    O problema ja nem é mais o stevens. Olhem as estatisticas da equipe nesse jogo. Nem deus e sua infinita sabedoria iria concertar isso. Precisamos e contratar e mandar quem nao ta rendendo logo embora. Por favor dispensem o amir , não da mais nada no time. Vai pra china amir.

    0

    0
  29. Soares Phillipe disse:

    Cadê os defensores do Crowder?
    Pior jogador do roster com sobras.

    0

    0
  30. Joel disse:

    Culpar o treinador num time com Lixo Bradley, lixo smart, lixo Johnson, lixo Crowder. VCS estao de brincadeira. Nao temos eh jogadores.

    0

    0
  31. Raphael disse:

    O problema é que os wizards perceberam que é só tirar o Thomas do jogo que ja era o time, fizeram marcação forte nele e acabou o ataque dos celtics e outra Crowder e Smart definindo jogadas não da

    0

    0
  32. Fernando C Silva disse:

    O jogo está perdido.

    Fazendo uma análise mais fria, o Stevens pediu um tempo no início da run que nos tirou do jogo.

    Não teve resultado.

    Então ele demorou para pedir novo time porque esperava o resultado da sua orientação ou não tinha o que dizer ao time.

    Ainda que nada tivesse para dizer ao time, deveria ter pedido tempo simplesmente para esfriar o adversário, on fire naquele momento.

    Assim, faltou experiência.

    Mas o Stevens é inteligente e sei que vai absorver.

    Fica minha ressalva que o Celtics e os offs não são lugares para aprender.

    Mas a oportunidade foi dada e nosso coach vai bem até aqui. Se quiser alçar vôos mais altos, precisa acelerar este aprendizado.

    Nos jogos em Washington, o Brooks se saiu melhor.

    Agora a série volta à Boston, onde estamos tendo dificuldades em confirmar o mando de quadra.

    Cabeça fresca, juntar os cacos e a primeira coisa a dizer ao time é: só precisamos vencer em casa.

    Precisamos de motivação e tenacidade.

    Já sabíamos que a série seria difícil, mas certamente ninguém esperava tamanha ventagem dos Wizards jogando em seus domínios.

    Preocupa o fato de que, as vezes levamos estas mesmas runs em casa.

    Parece que o Brooks sentiu que, a run no Q1 nos dava tempo de recuperação. Deixou para aplicar no Q3.

    0

    0
    • Renato Green disse:

      Sensato Fernando!
      Como mencionou, vamos juntar os cacos esfriar a cabeça e tentar achar uma solução para não sofrermos apagões que está sendo rotina em todos os jogos dessa série!
      Vamos Celtao!!! Sabíamos que não seria fácil!!!

      0

      0
      • Fernando C Silva disse:

        Renato, eu andava preocupado com os quartos que levamos perto de 30 pts em casa.

        Nossa defesa alcançou novo patamar: tem quarto que passamos de 40 pts.

        Sinto que o time se frustra, começa a forçar bolas e a defesa, quando em transição, realmente está frágil.

        Que fazer?

        Primeiro precisamos de mais gente pontuando, ou seja, a importância do IT no ataque tem que ser menor.

        Longe de mim desmerecer nosso FP. Porém nosso ataque está muito previsível.

        Eu manteria o IT mais tempo com a segunda unidade.

        Iniciaria o jogo com ele e depois de 5 min, colocaria o Rozier para cansar o Wall ou o Beal.

        Quando estes sentarem, é só entrar com o IT descansado e pontuando.

        No mais, o Brooks mudou o posicionamento da defesa no Q3 e, como observou o Daniel, precisamos jogar mais no garrafão.

        O Gortat não é exatamente um pontuador. Talvez possamos tentar o KO trabalhando sobre ele.

        Uma observação sobre o KO. Entrou muito bem, pontuando, mas errou duas bolas de 3 livre no Q2.

        Se tivesse acertado, a diferença ao nosso favor passaria de 22pts.

        Teria ligado um sinal amarelo na cabeça do Brooks.

        0

        0
        • R Green disse:

          Concordo mais uma vez Fernando!
          Seremos francos, quando nosso time alcança algum sucesso é quando IT tem algum apoio maior no ataque! Jogos que Bradley pontuou bem, o próprio Crowder se não me engano no segundo jogo derrubou várias bolas de três, faz com que o time ganhe de forma mais natural pois se todas as horas que ficar ruim só esperar do IT fica complicado pela forte defesa que estão fazendo em cima do nosso pequeno gigante!

          Vamos levantar essa moral Celtao que a maior parte da sua torcida sempre estará contigo!

          0

          0
  33. Paulo Jr disse:

    Será que é só eu que estou vendo a falta de minutos para o Rozier???? Cara do Céu o time fica sem opção ofensiva quando os Wizards marcam o Thomas. Não Seria correto colocar o Rozier e tirar a bola da mão do Thomas??? O Crowder tmb não sei o que está fazendo em quadra! Aliás sei sim.. Tirando os minutos do Brown que ataca muito melhor que ele é defende bem tmb.

    0

    0
  34. Silvio Freitas disse:

    Terceiro tempo ridículo com os mesmos erros . Defesa frouxa . Técnico aprendiz . 26×0 sem parar o jogo é ridículo. Nem na NBB . O time é isso aí . . Sem pivô e defesa .
    Se for pra final , Lebron vai varrer e nos matar de vergonha . Celtics não merece essa gente em sua direção .
    Silvio Freitas

    0

    0
  35. Barros disse:

    Tem coisas na NBA que não entendo, como o time toma 26-0. nao tenho outra explicação a não ser aposta e dinheiro envolvido.

    0

    0
  36. Barros disse:

    Eu já falei o segredo é o Rozier com mais tempo armando o time, produzimos bem demais e dar minutos pro Brown! Crowder é ridículo de ruim e desse jeito pode fazer sua malinha de Boston.

    0

    0
  37. Daniel Fialho disse:

    Bredley jogou no sofrimento , o crowder nem vou falar nada, o smart mau nesses 2 jogos. Fica dificil ate pro stevens fazer algo , so de olhar pro banco ver amir , young , jerebko, fica complicado.Os unicos vindo bem do banco e rozier e green e kelly o resto ta dificil.e mesmo o IT com dificuldades ainda consegue fazer 19 pts sendo 5/5 3pts seguidas , mais remar sozinho fica dificil né.
    E nem adianta pensar em cavs no momento, porque se por um acaso perder-mos esse proximo jogo em casa acho que ficamos nessa série. Mas agora é sentar e analisar, Stevens é um cara que absorve bem esses momentos. Quem esperava que esse time ficasse em primeiro lugar na temporada regular? Quem esperava uma virada na primeira roda em cima do chicago quando eles bateram os 2 primeiros jogos? Quando Stevens chegou a boston vocês esperavam estar disputando uma partida de play offs nos proximos 2 ou 3 anos? Olhem o trabalho desses caras até aqui e tirem suas conclusões. Derrepente se cria um caos por que um time que até pouco tempo atrás vivia e ainda vive uma reconstrução. Ou vcs acham que não. Que somos contenders e vamos cobrar como tal. Uma coisa aqui que muitos tem que aprender e o simples fato de que isso aqui não e futebol. Só. Independente do que aconteça daqui pra frente com esse time nessa série temos que reconhecer uma coisa , que trabalho desses caras.

    0

    0
  38. Daniel Fialho disse:

    Stevens esta de parabéns, quem diria que esse time com todos os defeitos e limitações iria terminar em primeiro na conferência e estaria em uma semifinal lutando, por que não é facil uma reconstrução de um time, não e facil ter amir , james young , jerebko e cia. O momento é de analisar esses 2 jogos passados, se possivel trazer algumas lendas pra dar aquele incentivo. E pra quem vem criticar quando o time perde , por que quando ganha eu não vejo esse volume de comentarios por aqui, isso não é futebol. Ou você apoia ou não apoia , ou você é um celta ou não é. Independente do que rolar nessa semifinal nós só temos que aplaudir esses caras.

    0

    0
    • Soares Phillipe disse:

      Blablabla.
      Sempre vem um coxinha com esse papo derrotista de apoio infinito. Fica batendo palma para Amir, Jerebko, Crowder.
      A torcida tem que criticar e tem direito, se as vitórias escondem os defeitos, é por culpa de coxinhas igual você.

      Quer ser derrotista?
      Vai torcer pro NY Knicks.

      0

      0
      • R Green disse:

        Sr soares usou o termo coxinha?
        Será mesmo coxinha quem apoia o time ou fica aí chorando sempre quando perde?
        Vai torcer pro Lebron ou pro GSW campeão, pq o Celtics está em fase de reconstrução e chororo igual o seu a equipe não precisa!

        0

        0
      • Daniel Fialho disse:

        Ao senhor Soares felipe , acho lamentavel sua falta de interpretação de texto e argumentos, não vim aqui para descutir com niguém, apenas dar minha opinião e concorde com ela quem quiser.

        0

        0
      • Daniel Fialho disse:

        Ao senhor Soares Philipe, é incrivelmente insano e perturbador sua falta de interpretaçõa de texto. Este não é um site politico e minhas opiniões nenhuma pessoa é obrigada a concordar.

        0

        0
      • Daniel Fialho disse:

        Ao senhor Soares Phillipe, é incrivelmente perturbador e insano sua incapacidade de interpretar um texto. Em uma democracia respeitamos o direito das pessoas de opinar à favor ou contra qualquer assunto. Esse site não é um site sobre politica e sim sobre basquete caso o senhor esteja confus.

        0

        0
      • Marcelo SM disse:

        Mas que barbaridade!
        Esse não é um site de política. Daqui a pouco vem outro babac@$% e te chama de “petralha”.
        Aqui o que importa é o Celtics!

        0

        0
    • Rafael Lima disse:

      Stevens é muito bom para construção e preparação para o jogo, mas durante a partida ele demora muito pra pedir tempo e varias vezes faz escolhas erradas como dar muito tempo pro Amir e pouco para Green e Rozier.
      Concordo que nosso time foi mais longe do que qualquer um pudesse imaginar, mas já que chegou, vamos pra final da Conferência, mandar um recado que somos a segunda força do Leste e, com os reforços certos, seremos a primeira no ano que vem.
      Acho que todos podem criticar pq enxergamos o jogo, vivemos isso há muitos anos (no meu caso desde os anos 90), mas isso não quer dizer falta de apoio e sim a forma que pensamos sobre como o time pode melhorar.
      Go Celtics!

      0

      0
  39. Gustavo Miglioretti disse:

    a série tá empatada e eu tenho a impressao que o Wizards tá liderando….esperava esse 2-2 mas com jogos disputados em D.C

    vamos ver se o Stevens tira o time desse ‘buraco’ igual fez contra o Bulls

    Amir voltou pro quinteto titular. Pq? o Green nao deu certo nessa série, testa o Brown entao. Amir nao dá nem pra ser role player mais. Smart foi mto mal em 2 jogos seguidos, eu diminuiria o tempo dele pra usar o Rozier que vem sendo muito sólido

    e eu discordo sobre falarem que o Celtics já fez muito, tem que agradecer o Stevens e tudo mais, fomos a melhor campanha do leste e temos o mando. Dá pra ganhar uma série do Wizards. Ninguém esperava essa 1st seed esse ano, mas já que conseguimos, temos que jogar como tal. Nao dá pra pensar “o ano que vem é o nosso” pq já nos colocamos numa posiçao pra brigar esse ano

    eu nem ficaria desapontado se o time fosse eliminado na semi se nao tivesse o mando, agora, sendo 1st seed eu acho que cair antes da final do leste seria decepcionante sim, mesmo nao apagando a excelente temporada desse time

    0

    0
  40. SamucaRJ disse:

    Todo mundo sabe das limitações do time, esse time está fazendo um trabalho excelente e caso não chegue a final de conferência (vai chegar) já cumpriu seu papel.

    Acho o IT um grande jogador, mas sozinho vai ficar difícil pra ele. Quando ele não consegui jogar não temos time.

    Eu estou feliz com o papel do time, surpreendeu a todos e mostrou que com alguns reforços de qualidade poderemos jogar e vencer qualquer um.

    As grandes estrelas da NBA com certeza vão olhar para Boston e nos ver como um time, que tem reais condições de campeão num futuro bem próximo.

    Temos uma base boa, dinheiro e draft pra montar um grande time já para o ano que vem. Espero que D.A seja mais agressivo e faça tudo que for possível pra montar esse time logo….

    0

    0
  41. Bruno Ferronato disse:

    O pior de tudo é que nos 4 jogos o time tomou um run gigantesco em algum momento, e não é exagero nenhum dizer que a série poderia ter sido 4 a 0 pro Wizards não fosse a volta por cima nos 2 primeiros jogos.
    Celtics é um time que joga bem e ganha jogos quando joga como um time voluntarioso, mas faltam jogadores categóricos na hora que a coisa aperta, situação esta costumeira em playoff.
    Outra coisa que irrita é que quando começa a tomar a run o time parece que quer tirar a diferença em um ataque só, se comporta com muita afobação. Nessas horas tem que esquecer a diferença e jogar jogada a jogada, defendendo muito. Aliás também não se vê mais a defesa da temporada regular.

    0

    0
  42. Leo77 disse:

    Apesar das duras críticas de vários colegas aqui e minhas tbm, acho q são justas, não pq torcemos só nas vitórias, mas pq torcemos por um time q mesmo nas derrotas vende elas caras para seus adversários, portanto acho q algumas críticas são justas, pq sabemos q esse time pode render muito mais, mesmo quando perde.
    A série agora em Boston vai ser diferente, porém acho q precisamos d uma vitória categórica para elevar tbm a moral do time.
    Abcs, vamos Celtics!

    0

    0
  43. Entendo que muitos torcedores aqui estão tristes e com raiva dessa derrota,ainda mais da forma que foi, mas a verdade é que alguns aqui esqueceram que essa temporada não é a do celtics, e sim a próxima.Acabou que o primeiro lugar na conferência leste nos iludiu.O time e o stevens ainda são inexperiente nos playoffs

    0

    0
  44. Pablo Rodrigues disse:

    Rapaz, que baixaria generalizada foi esse Q3, viu.. Wizards fez o que quis no garrafão. Ok que o time já superou as expectativas na temporada, mas este comportamento submisso é inaceitável para qualquer time q represente o nosso Celtão.

    0

    0
  45. Andre Frenhane disse:

    Eu acredito que a derrota era esperada, o problema foi a forma que aconteceu. O time estava bem até o final do segundo período, e o retorno foi preocupante. Se fosse eu, quando o Wizards abriu 8 pontos, colocaria Rozier no lugar do Thomas e Brown no lugar do Crowder e mandaria marcar Beal (Brown ou Bradley) e Wall (Rozier) de perto, marcação incansável, desde a saída da quadra deles, aí com eles mais cansados voltaria com Green, Crowder e Thomas para tentar umas bolinhas de 3 pontos. Pode parecer que estaria deixando uma batata quente nas mãos dos garotos, mas temos que aproveitar a jovialidade e aumentar ainda mais o espirito de competitividade desses garotos.

    0

    0
  46. Alan disse:

    O Stevens tem 3 anos de NBA, isso é menos tempo que muito jogador do Celtics . Ele fez ótimos 3 anos de trabalho e espero pelo menos outros 5. A questão é que criamos expectativas, vimos ótimos jogos desse time e o primeiro lugar nos deu uma ilusão de time construído e bem firmado na liga, mas não é bem assim. O Celtics é irregular e o Stevens tirou muito leite de pedra nesses 3 anos e conseguiu ajudar na evolução do Thomas e demais jogadores, contudo não da para depender de uma regularidade de Smart, Crowder e Bradley no ataque, o último teve uma evolução absurda mas também é irregular, infelizmente. Os três serão moedas de troca por jogadores mais regulares e que possam contribuir mais, porque a filosofia do Stevens ja preza pela defesa forte fazendo com que o jogador que chegue tenha que defender além de atacar. O Celtics já fez muito, fez tanto que chegamos a acreditar que o celtics já era time construído e preparado, por isso essa indignação forte, mas a serie ta aberta, e a final de conferencia ja é um grande prêmio, agora é torcer para nossos jogadores acertarem a mão e tornar se grandes ativos para trocas. Celtics continua muito bem, Obrigado

    0

    0

Deixe um comentário