Summer League – Celtics 93 x 69 Warriors

Mesmo com três desfalques de peso, o Boston Celtics provou que tem um dos melhores elencos da 2017 NBA Summer League e garantiu uma classificação heróica na noite desta quinta-feira (13). Em partida disputada no Thomas & Mack Center, em Las Vegas, o maior campeão da história da liga teve uma atuação consistente do começo ao fim, derrotou o Golden State Warriors por 93 a 69 e carimbou o passaporte para as quartas de final da competição.

Sem poder contar com os alas Jaylen Brown, Jayson Tatum e Abdel Nader, seus principais atletas na Summer League, o Boston Celtics teve um cestinha improvável: mesmo começando a partida no banco de reservas, o ala húngaro Rosco Allen fez uma grande atuação e anotou 18 pontos, além de pegar quatro rebotes. Entre os titulares, destaque para o ala-armador Jabari Bird, que fez 17 pontos, e para o pivô croata Ante Zizic, com um duplo-duplo de 14 pontos e 10 rebotes. O ala Semi Ojeleye também foi bem, com nove pontos e nove rebotes.

Pelo Golden State Warriors, o principal atleta foi o ala-armador Patrick McCaw: campeão da NBA pela franquia de Oakland na temporada 2016/2017, McCaw foi o cestinha do jogo, com 20 pontos, e também conseguiu três roubadas de bola. O combo guard Bryce Alford, por sua vez, fez 11 pontos.

Na próxima fase da Summer League, o Boston Celtics enfrentará o Dallas Mavericks, que também está invicto após quatro partidas na competição e derrotou o Sacramento Kings por 83 a 76 nas oitavas de final. O duelo entre Celtics e Mavericks será disputado neste sábado (15), no Thomas & Mack Center, em horário a ser definido pela NBA.

Destaques do Celtics:

Rosco Allen (18 pontos e quatro rebotes)

Jabari Bird (17 pontos, um rebote e uma assistência)

Ante Zizic (14 pontos e 10 rebotes / duplo-duplo)

Destaques do Warriors:

Patrick McCaw (20 pontos e três roubadas de bola)

Bryce Alford (11 pontos, um rebote e uma assistência)

Noah Allen (Oito pontos e três rebotes)

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda

Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando “Let’s go, Celtics!”, e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

2 Comentários

  1. Antonio Jhennyson de Souza disse:

    Sem as promessas em quadra o jogo perde um pouquinho a graça já que a gente assisti principalmente para ve-los atuar. De resto bom jogo. Espero que a gente pegue o Lakers na final pra tomarem outra surra.

    0

    0
  2. JailtonSV disse:

    Esse confronto Celtics vs Warriors foi um sinal. Será a final da NBA hehe.

    #Eu acredito

    0

    0

Deixe um comentário