Alvo de críticas, Kyrie Irving evita falar sobre futuro no Boston Celtics

Disputando os playoffs pela primeira vez com a camisa do Boston Celtics em 2019, o armador Kyrie Irving foi o símbolo de uma frustrante campanha da equipe verde e branca de Massachusetts na temporada 2018/2019 da NBA. Mesmo cotado como forte candidato ao título da Conferência Leste, o Alviverde patinou na temporada regular e foi eliminado de maneira embaraçosa pelo Milwaukee Bucks nas semifinais, sofrendo quatro derrotas consecutivas após abrir a série com uma grande vitória fora de casa. Nos cinco duelos contra o Bucks, Irving teve um péssimo desempenho, com apenas 35,6% de aproveitamento nos arremessos e 21,9% de acerto nos chutes de longa distância.

Criticado pela imprensa e por boa parte da torcida do Boston Celtics, não só pelo desempenho em quadra, mas também pelo comportamento indiferente em meio aos tropeços diante do Milwaukee Bucks, Kyrie Irving foi perguntado pelo jornalista Mark Murphy, do Boston Herald, sobre o seu futuro em Boston, mas não quis falar muito sobre o assunto e não deu maiores pistas sobre a possibilidade de renovação com a franquia de Massachusetts. Vale lembrar que Irving será agente livre a partir do dia 1º de julho, e o armador já está sendo sondado por New York Knicks, Brooklyn Nets e Los Angeles Lakers.

“Vou ser sincero, só estou tentando voltar para Boston primeiro, em segurança. Ver minha família, diminuir a tensão, fazer o que os seres humanos fazem”, informou Irving. Questionado se estava decepcionado com a temporada do Celtics, o camisa 11 disse que está tranquilo com a situação e fez elogios ao Milwaukee Bucks.

“Verdade seja dita, não é hora de ficar desapontado. Você aprende suas lições, lida com o pontapé que sofreu e segue em frente. É uma jornada de basquete. Obviamente que queria continuar jogando, mas eles (Bucks) acabaram com isso. Eles mereceram vencer essa série, eles queriam vencer, e estou ansioso para vê-los na final do Leste, contra o próximo adversário. Foi um grande adversário que enfrentei e importante pelo resto da minha carreira, porque sei que não vou esquecer algo assim, mas não senti o gosto da derrota, mesmo sendo por 4 a 1. Para mim, é apenas pensar no próximo passo e ver onde isso acaba”, afirmou o armador celta.

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 27 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

9 Comentários

  1. Publicidade

  2. Erondi Nunes disse:

    É sério vc não sentiu a derrota Kyrie ? Só pode tá de brincadeira mesmo.

    O Celtics perder por 4 a 1 é inaceitável.

    Será q Smart, Morris, Horford e cia também tem sangue de barata igual ao Kyrie pra não senti essa derrota.

    Porque não é sincero agora q a season acabou.

    7

    3
  3. Marco Antônio de Paula disse:

    Esse cara está pouco se importando com os Celtic. Já entrou nesses playoffs com esse pensamento. Já estava com a cabeça fora de Boston a muito tempo. Na verdade atualmente só queria cumprir o final do contrato para vazar. Que siga o seu caminho e nós seguiremos o nosso.

    15

    1
  4. Tiago Coelho disse:

    Ao que parece K. Irving não deve ficar, e si isso acontecer como fica a situação dele?

    Ele sai de graça ou ele pode ser envolvido em alguma troca?

    0

    0
    • Marcos disse:

      Vai depender da negociação com o Ainge.
      Ele pode aceitar uma sign and trade para não ir embora sem deixar nada para os Celtics.

      Melhor talento do elenco disparado, porém péssimo playoff.
      Não é um jogador capaz de levar um time sozinho.
      Digo isso pq o Celtics 18/19 foi um time sem esquema tático.
      O James conseguiu com um time com Larry Nance e JR Smith, o Irving não foi capaz de fazer o mesmo com Hayward e Morris.
      E o Morris é até melhor que o JR…

      Não vamos conseguir ninguém top na FA.
      Walker gosta da cidade de Charlotte e não deve sair.
      O lance é apostarmos no draft e trazemos armadores e pivôs altos.
      Esperança de desenvolver o Williams.

      Abs verdes,

      3

      0
  5. Erondi Nunes disse:

    Acho muito difícil Kyrie assinar e ser trocado, mas dessa forma sairia pela porta da frente.

    E seria trocado pro time q ele escolher, o q viesse seria lucro pra nós.

    Não ficaria lembrado como Ray Allen.

    E pensar q podíamos ter trocado pelo Porzingis q ainda está com salário de rookie.

    Se o Kemba almeja título ele sai de Charlotte.

    Próxima temporada o salary cap aumenta, com as prováveis saídas de Horford e Irving teremos bastante espaço no cap.

    Acredito no trabalho de Danny Ainge, acho q ele monta mais um time ferrenho.

    0

    0
  6. Fernando Silva disse:

    CJ Mcollum 10 x KI 0.

    9

    0
  7. Fernando Silva disse:

    20 x 0

    6

    0
  8. Marcos disse:

    Kawhy Leonard, o melhor jogador da Liga em 2019. Durant está próximo, mas não tão clutch ou bom defensor.

    Abs verdes,

    5

    0
  9. Chiovato disse:

    Que jogo do Leonard, merecido acabar a série nas mãos dele! Que o Celtics dê a sorte de trazer jogadores como ele ao clube, atletas profissionais e homens de honra!
    Kemba difícil vir, mesmo sendo fã do profissional que é, torcer pra acertar no draft em 3 das escolhas e em meio à tudo fazer boas trades envolvendo Horford + pick por bom atleta e nesse intervalo talvez atrair bom FA pra ser líder.

    Muitas mudanças virão, creio que 2 ou 3 titulares mudarão, sendo ele Irving, Horford e talvez Brown ou Tatum envolvidos em trade. Não tentaria Davis sabendo que seria por 1 temporada!!! Prefiro atletas de menos hype que ele, que fiquem pra estabelecer quinteto forte e duradouro pra título.

    5

    6

Deixe um comentário