Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Em entrevista, Leandrinho fala sobre a experiência no Celtics

O ala-armador brasileiro Leandrinho Barbosa concedeu entrevista, nesta quarta-feira (16), aos jornalistas Murilo Borges, Augusto Zaupa e Ivan Zimmerman, da rádio Bradesco Esportes FM. O camisa 12 celta, contratado junto ao Indiana Pacers no início da temporada 2012/2013, se tornou o primeiro brasileiro a defender a franquia mais vitoriosa da história da NBA em uma temporada regular. Leandrinho, de 30 anos, falou sobre a chegada ao Boston, trocas na equipe, a nova função de armador e até sobre Kevin Garnett e Ray Allen.

Sobre a chegada à cidade de Boston e ao Celtics, o brasileiro foi só elogios. “Os primeiros meses foram muito bons. Não esperava, no comecinho da temporada, jogar como eu joguei. Fiquei muito feliz, deu para mostrar um pouco do meu basquete, faço parte do plano deles. O convívio que estou tendo está sendo muito bom, estou aprendendo muita coisa e a galera gosta muito de mim. Estamos ganhando alguns jogos importantíssimos, o que está sendo muito bom e efetivo para o grupo”, disse.

Leandrinho falou também da experiência de jogar de armador, na função do titular Rajon Rondo. O brasileiro afirmou que, quando foi eleito o melhor sixth man da NBA (na temporada de 2006-2007, pelo Phoenix Suns), ele jogava na sua posição de ala-armador e também como armador. “Foi fundamental para que o Celtics se interessasse por mim a posição que o Doc me colocou. Agradeço por isso”. O jogador explicou ainda que gosta de jogar como armador, já que fazia essa função no Brasil antes de ir para a NBA. “Virei número 2 (ala-armador / shooting guard) aqui nos EUA, passei a jogar mais nessa função, mas, com a bola na mão, me sinto à vontade nas duas”.

Em relação ao pouco tempo de quadra, o camisa 12 explicou que já chegou ao Celtics com a equipe formada, o que prejudicou em sua busca por espaço na rotação. “Vim para Boston tarde, não só o Boston mas outros times já tinham times feitos. Tenho que engolir e esperar a chance, sabendo que é isso que vai acontecer. O Doc Rivers (treinador do Celtics) fala comigo normalmente, fala para estar preparado, já que tudo pode acontecer”. Apesar dos poucos minutos em quadra (média de quase 11 minutos por jogo), Leandrinho afirma que está feliz na equipe. “Estou aprendendo muito, com muitos veteranos que gostam de mim. Lógico que gostaria de jogar mais minutos, mas pé no chão. Quando tiver que acontecer, vai acontecer”.

Sobre as negociações do Celtics, o brasileiro deu uma pista. “Trocas podem ocorrer, já que precisamos de um pivô. Acredito em trocas, tanto de entradas quanto de saídas (de jogadores). Eu mesmo já pensei em sair, mas o Danny Ainge (GM do Celtics) não quis deixar, já que admira meu basquete. Ele vai me segurar, mas muita coisa ainda vai acontecer”, explicou o brasileiro, que afirmou ainda ter “conversas constantes com as equipes de Flamengo e Brasília, que são equipes interessadas, mas não pretende sair de Boston, a não ser que saísse por algo fora do normal”.

Além de declarações sobre a equipe, LB falou ainda da convivência com o ala-pivô Kevin Garnett, ídolo celta e odiado por muitos fãs da NBA. “O Garnett não é marrento, ele é super gente fina. Ele é muito focado, concentrado, a visão que temos é que ele não está nem aí, que você vai chegar perto dele e ele vai ser mal-educado, mas não é nada disso. De vez em quando ele xinga, mas é o estilo dele. Não é a toa que ele tem um bom desempenho na liga, está a 17 anos”, afirmou LB, que fez uma ressalva: “o KG é super gente fina, brincalhão, mas com as pessoas do time. Com os oponentes, é outra história”.

Ainda sobre Kevin Garnett, o brasileiro explicou como ficou o clima da equipe após a saída de Ray Allen para o Miami Heat e do primeiro encontro após a saída do ex-camisa 20 celta. “O Garnett nem fala mais com o Allen. No primeiro jogo (derrota por 120 a 107 em Miami, na abertura da temporada), o bicho pegou, saiu faísca. Foi meio estranho, os caras estavam muito tensos, a vontade de ganhar do Miami por causa do Ray era muito grande”, disse.

Para quem quiser ouvir a entrevista na integra, segue o áudio:

Parte 1:

[soundcloud url=”https://soundcloud.com/yuri-andreoli/entrevista-leandrinho-parte-1″ comments=”true” auto_play=”false” color=”ff7700″ width=”100%” height=”81″]

Parte 2:

[soundcloud url=”https://soundcloud.com/yuri-andreoli/entrevista-leandrinho-parte-2″ comments=”true” auto_play=”false” color=”ff7700″ width=”100%” height=”81″]

Agradecendo Murilo Borges por ter nos permitido a divulgação da entrevista aqui no Celtics Brasil.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

22 comentários

  1. É bom o Leandrinho esclarecer isso, tem muita gente pensando que ele vá sair do Celtics, e que isso vá ocorrer logo.
    Se ele já pensou em sair e o Ainge não deixou, é sinal que ele tem espaço e não deve ser negociado logo.

    Sobre KG, só uma coisa: MITO.

  2. Théo Oliveira

    Essas trocas que estão por vim… medo*

  3. Túlio

    É to achando que Rudy Gay vem mesmo, o cara joga muito e acho que vai ter uma boa quimica com o Rondo, porém ninguem aqui quer ver o Paul Pierce fora de Boston =/

    • sebas1606

      Acho que o PP não sai.Ele não serviria em muitas equipes,a maioria teria de se desfazer de muitos jogadores e talvez até picks.Uma equipe que está numa reconstrução não abre mão de jovens jogadores e picks e equipes melhores não abririam mão de um time montado a essa altura do campeonato.

      Acho que ele não sai porque o valor de mercado dele é baixo,o Danny Ainge não deve conseguir muita coisa por ele não.

  4. Sérgio Soares

    Nada que nós não soubéssemos sobre o Garnett… Um mala pros adversários, mas um referência no elenco celta.
    Mesmo com a confiança do Ainge, acho que ele é forte candidato a ser envolvido em algum pacote por algum center.

  5. João Ribeiro Arminio

    Parabéns por estar no Celtics, Barbosa! Equipe em que muita gente gostaria de estar mas jamais passará nem na porta. Pelo que vemos, acompanhando as partidas do Celtics nas transmissões internacionais, os torcedores de Boston te ADORAM e clamam para que vc entre nos jogos e lamentam quando isso não acontece. Vc deve saber disso mais do que ninguém. O Campeonato é longo e vc faz parte da rotação. Go Celtics!!!!

  6. Gustavo Arruda

    Sobre a tal “crise no Celtics e mega troca”, é o seguinte: houveram discussões no vestiário, durante a série de derrotas consecutivas. Coisa que, graças as seis vitórias seguidas, sumiu. Tanto que o próprio Rondo falou que o clima alegre e descontraído voltou.

    Sobre a troca por Pierce e Rudy Gay, já fizemos um post a respeito e foi opinião do próprio Murilo no Twitter. Opinião, não informação.

    É bom que fique claro, antes que pensem que o mundo tá acabando em Boston.

  7. Vinicius Simões Bravo

    “Eu mesmo já pensei em sair, mas o Danny Ainge (GM do Celtics) não quis deixar” – Mais uma Prova da Burrice de Ainge.

    “a vontade de ganhar do Miami por causa de um Certo Vendido era muito grande” – Era, É e Será sempre! Sempre teremos vontade de derrubar Miami, e não descansaremos enquanto isso não acontecer. O Miami Heat é um INIMIGO, que deve ser abatido. E tenho plena confiança que podemos derrubar o Heat em uma série de Playoffs, e será prazeroso derrubar o Time modinha e seus Vendidos.

    • Daniel Emiliano

      Porque prova da burrice do Ainge?
      Vai dizer que o Barbosa está mau ?

      Ele nem se quer tem chances de jogar, e nas raras vezes que entra, corresponde.

      Hoje mesmo, entrou pra jogar 2 minutos e foi o segundo maior pontuador do banco.
      Tivesse entrado no terceiro quarto pra colocar um fogo naqueles longosssss minutos em que bola nenhuma nossa caía, e a história poderia ser diferente.

      Ainge ta correto em não negociar o Barbosa, mesmo porque com o salário que ele recebe, acho praticamente impossível arranjar uma troca que nos favoreça.

      • Vinicius Simões Bravo

        Acho burrice do Ainge a justificativa para trazer ele. Tá, tudo bem que ele fazia isso na temporada 06/07, que lhe rendeu o Sixth Man, mas não produziu absolutamente mais nada além disso. Teve um princípio de bom momento no Pacers, mas para mim, mais nada.

        Sou contra a contratação dele desde o primeiro dia. Na época, só tinha Eddie House no mercado. Hoje tem o Delonte West também, que eu acho que são dois Backups melhores para Rondo do que o Barbosa (lembra da justificativa de Ainge?), e que além de serem Melhores que o Barbosa (na minha opinião), já produziram muito bem com a Camisa Celta. House jogou bem de verdade pela última vez no Celtics, quando foi trocado por Nada (Nate Robinson + Marcus Landry = Nada, e até hoje sou contra essa troca), e Delonte West que só jogou bem na carreira em Boston.

        Prefiro ter um desses dois citados acima, que vão ter mais tempo de quadra e vão produzir mais do que um Fraco Barbosa como Bench Warmer.

        E sei lá, eu não gosto da ideia de falar que o cara foi o segundo melhor pontuador do banco, quando entrou faltando 2 minutos, em uma derrota quase certa, onde os times já não defendiam mais. Entendo as posições de cada um, mas não é por aí. Nem contra o Heat, que ele anotou 16 pontos, eu achei que ele foi bem, imagina ontem…

        Espero que seja uma moeda de troca para conseguirmos um Center ou mais um cara de garrafão. Antes ele saindo do que Rondo e Pierce.

        • Eddie House, Vinicius ?

          35 anos, aposentado a duas temporadas e que TAMBÉM é SG, e não PG?

          Pra fazer igual o Knicks ressuscitando Sheed e agora depois de algumas contusões no meio da temporada já descobrir que ele pode estar fora da temporada toda?

          NUNCA que o House é melhor opção que o Leandrinho.

          No mais acho engraçado você diminuir o Leandrinho dizendo que ele só jogou umas temporadas lá no Suns a anos atrás, pra em seguida citar House e Delonte como melhores opções, jogadores esses que também só jogaram bem por uma unica equipe.

          Sem esquecer que House foi trocado porque se recusou a renovar com o Celtics por 2 vezes, e o Delonte ano retrasado foi afastado por uns jogos em Boston mesmo, por ter dado um murro na cara do Wafer em um treino.

    • Rodrigo DC

      No começo o Leandrinho tava mal, mas nos últimos jogos tem entrado pouco mais pontuado bem, se pegar o box score é quase um ponto por minuto em quadra. Acredito que o Leandrinho poderia ter mudado o jogo hoje, mas se a opção do Doutor Rios foi mantê-lo no banco, paciência.

    • Felipe

      burrice pq?
      barbosa tem que fazer parte da rotação…. ontem o lee tava mal e o barbosa podia muito bem entra para colocar fogo no jogo……. pra mim ele nao deve ser torcado nao

  8. Daniel Ferreira

    O importante é que ele esclareceu o que já era esclarecido KG MITO™

  9. […] No dia de ontem (quarta-feira), o ala-armador Leandro Barbosa deu uma longa entrevista a rádio Bradesco Esportes FM, conforme noticiamos aqui. […]

  10. NBA Celtics Fan » Barbosa denies ESPN Brazil story

    […] This isn’t Manti Te’o territory, but there’s definitely smoke. According to this Celtics blogger in Brazil, the conversation was recorded and he has the audio. The next couple of weeks are going to be […]

  11. […] você não ouviu a entrevista, clique aqui e ouça toda a conversa com o jogador brasileiro. […]

  12. Fernando

    Como brasileiro torço para o LB dar certo no Boston. Entendo que ele foi bem contra o Heat e se estivesse um pouco mais ambientado com o time ele teria feito mais pontos naquele jogo. Mas depois ele sumiu. O que se escuta é que o LB passou por problemas na família. Agora é hora de provar se pode mesmo ficar. Contra o Bulls, na minha opinião, ele ajudou pouco.

  13. […] Ainge can find something that works, but it’s definitely a long shot. Leandro Barbosa: A blogger in Brazil broke the story that Barbosa wanted out of Boston. That has since been disproven, but it […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.