1963 – Mais uma vez contra o Lakers

Em 1963 o Boston Celtics vinha de quatro títulos consecutivos, vencendo o forte time de Los Angeles nas finais do ano anterior, porém a equipe verde e branca começou a temporada sob forte desconfiança, sendo uma matéria da revista Sports Illustrated o símbolo dessa dúvida.

Uma matéria que estampava na capa da revista a frase: “O Boston Celtics é um time velho”.

Essa matéria tinha uma certa base, visto que Bob Cousy e Bill Sharman, dois dos pilares das conquistas anteriores estavam com mais de 30 anos e Cousy anunciara que iria se aposentar ao final daquela temporada.

Novas peças e mudanças no elenco

O que a Sports Illustrated não contava era com a genialidade de Red Auerbach, que vendo o envelhecimento de sua equipe, logo tratou de resolver essa questão, indo buscar John Havlicek e Don Nelson no draft. Auerbach tambem deu um papel de maior importância a KC e Sam Jones dentro da equipe, que unidos a Bill Russell renovavam o time sem deixar a qualidade em quadra cair.

A tradição do charuto

A temporada regular começou, e os novos ajustes de Red, além do jogo sempre forte de Russell, faziam do Celtics novamente uma equipe de ponta na temporada, chegando a ter uma defesa tão eficiente que em alguns momentos da season a mesma permitia apenas 68 pontos por jogo aos adversários, uma média praticamente fora da realidade do basquete desde a era do relógio.

E foi justamente nessa fase, onde as vitórias vinham ao natural e muitas de forma consecutiva que nasce a tradição dentro do Boston Celtics de se comemorar as vitórias ascendendo um charuto, ato sempre protagonizado pelo técnico Red Auerbach ao final dos jogos onde saia vitorioso, e repetido inúmeras vezes depois durante toda a história do Celtics.

Os Playoffs

O Celtics terminou com a melhor campanha da temporada regular naquele ano com 58-22, rebatendo as críticas. Nos playoffs teve uma série difícil nas finais de conferência contra o Cincinnati Royals, de Oscar Robertson, que só foi vencida no jogo 7, pelo placar de 142-131.

1963 NBA Finals – Celtics X Lakers Again

O Los Angeles Lakers venceu nas finais da conferência Oeste o St Louis Hawks, também em uma série que foi ao sétimo jogo, mesmo tendo Jerry West jogando ainda com contusões durante o playoff.

Os playoffs foram superados pelos dois times e mais uma vez ambos se encontravam nas finais. Depois de duas vitórias dos Celtics o desejo de vingança de LA estava cada vez mais forte.

No jogo 1, jogando no Boston Garden, o Celtics venceu os Lakers por 117-114 sendo esta uma grande partida de Bill Russell, principalmente na parte defensiva.

O jogo 2 não foi muito diferente do primeiro, e o Celtics venceu com relativa facilidade por 113-106 e abriu 2X0 na série.

Jogando agora em Los Angeles, o jogo 3 foi vencido pela equipe da casa por arrasadores 119-99, num jogo especial onde Jerry West esteve “imparável”.

No jogo 4, atuando novamente em Los Angeles, a história do jogo 3 tinha tudo para se repetir, quando todos viram o Lakers abrir 13 pts de vantagem, porém o Celtics não se entregou e com um jogo muito consistente, virou o marcador que terminou em 108-105 para o time de New England.

Com 3X1 na série, o lendário técnico Celta, Red Auerbach declarava aos jornais “Nós nunca perdemos três jogos seguidos”.

Esse tipo de declaração parece ter instigado o time de Los Angeles, que no jogo 5 derrubou o Celtics,f orçando a expulsão de Tom Heinsohn por excesso de faltas, limitando Bob Cousy a apenas 12 pontos. Nessa partida a dupla Elgin Baylor e Jerry West esteve demais. Tendo o primeiro marcado 43 pontos e West anotado 32, o que rendeu ao Lakers uma vitória por 126-119 e um respiro na série.

Esse jogo alimentou na imprensa rumores que diziam que o Celtics estava acabado e que havia chegado a hora dos jovens de Los Angeles assumirem o posto de maior potência da liga.

Sexta partida da serie

O dia do jogo 6 havia chegado, e Hollywood agora respirava basquete. Os 15.000 lugares do Ginásio estavam tomados, além de um circuito de TV ter sido instalado em pontos da cidade para a transmissão do jogo.

A torcida no ginásio fez uma pressão imensa, e tentou de todas as formas ajudar seu time, mas aquilo parecia não existir para John Havlicek, que marcou 11 pontos consecutivos, deixando o Celtics com uma vantagem de 14 pontos no intervalo.

O terceiro quarto foi vencido pelos Lakers que trouxeram a vantagem para 9 pontos.

Mas o último quarto não começou com boas notícias para o lado verde da partida, e com menos de 11 minutos por jogar, Bob Cousy torceu seu tornozelo e ficou de fora do jogo até faltarem pouco mais de 5 minutos. A essa altura a diferença estava em um único ponto.

Foi então que os dois times começaram a trocar cestas. Com 2:48 no cronômetro o placar mostrava 104X102, quando Heinsohn roubou uma bola na defesa e em um contra-ataque colocou a diferença em duas posses.

A partir daí, Cousy fez aquilo que sempre foi sua especialidade, controlar a bola e gastar o tempo restante. Faltando poucos segundos deu o último drible de sua carreira e jogou a bola para o alto, terminando uma trajetória de glórias que rendera mais uma vez um titulo ao Celtics.

Ao fim do jogo, depois das comemorações, com o sexto título de Boston conquistado, o quinto consecutivo, Red Auerbach disse

“Que história é essa de dizer que Los Angeles é a capital do basquete mundial?”

E Bill Russell fechou a temporada em grande estilo…

“É bom jogar com os veteranos, os velhos e profissionais experientes”

http://www.youtube.com/watch?v=y8lEhiHw0Dg

Fonte: www.nba.com/history

3 Comentários

  1. joao pedro disse:

    parabens,otima materia

    0

    0

Deixe um comentário