Jogo 5 – Celtics 96 x 83 Cavaliers

Após duas derrotas consecutivas como visitante na final da Conferência Leste da NBA, o Boston Celtics voltou a atuar diante de seu torcedor na noite de quarta-feira (23), no TD Garden, precisando de uma vitória para recuperar a vantagem na série contra o Cleveland Cavaliers e encaminhar a sua presença na decisão da liga. Apesar da pressão pelos tropeços recentes, o caldeirão verde e branco falou mais alto: com grande atuação de seus jovens atletas e uma defesa sufocante, o Celtics bateu o Cavaliers por 96 a 83, conquistou a 10ª vitória consecutiva como mandante nos playoffs e abriu 3 a 2 na final de conferência.

O início de jogo em Boston foi equilibrado, com ligeira vantagem do Cleveland Cavaliers, mas o Celtics mostrou sua força ainda no primeiro quarto e abriu uma liderança de 13 pontos sobre a franquia de Ohio. Depois de uma confusão entre Marcus Morris e Larry Nance Jr, o Cavaliers esboçou uma reação e deu sinais de que o empate seria questão de tempo. Entretanto, o Celtics voltou a pontuar, controlou a maioria das jogadas visitantes e foi para o intervalo com 11 pontos de vantagem.

Mesmo sem muita precisão nos arremessos, o Boston Celtics manteve a pegada no terceiro quarto e ampliou a vantagem para 16 pontos. No último período, o time verde e branco atingiu a casa dos 20 pontos, mas o Cavaliers reduziu essa liderança para 12. Após um tempo pedido por Brad Stevens, o Celtics recolocou a cabeça no lugar, voltou a pontuar e confirmou a vitória sem maiores dificuldades.

Eleito para a seleção dos melhores calouros da temporada 2017/2018 da NBA, o ala Jayson Tatum fez mais uma grande atuação e mostrou muita personalidade, apesar de ter apenas 20 anos. Comandando as ações celtas na quadra de ataque, Tatum anotou 24 pontos e pegou sete rebotes. Também entre os titulares, destaque para o ala-armador Jaylen Brown, com 17 pontos, e o pivô Al Horford, que fez um duplo-duplo com 15 pontos e 12 rebotes.

Entre os reservas do Boston Celtics, dois nomes merecem ser citados. Sacado para a entrada de Aron Baynes no quinteto titular, o ala-pivô Marcus Morris acertou arremessos importantes e anotou 13 pontos, além de pegar seis rebotes. Já o armador Marcus Smart, participativo nos dois lados da quadra, fez 13 pontos, pegou quatro rebotes e distribuiu quatro assistências.

Grande ídolo e esperança do Cleveland Cavaliers, o ala LeBron James lutou bastante e até fez sua parte, encerrando o jogo com um duplo-duplo de 26 pontos e 10 rebotes. Porém, James não evitou a terceira derrota da franquia de Ohio na decisão e deixou a partida visivelmente desgastado. O único atleta do Cavs a dar um auxílio para o astro foi o ala-pivô Kevin Love, que fez 14 pontos e pegou sete rebotes. Na rotação, o armador Jordan Clarkson e o ala Jeff Green tiveram contribuições modestas: apenas oito pontos cada.

Com a vitória em casa, o Boston Celtics só precisa de mais um triunfo para avançar à decisão da NBA, enquanto o Cleveland Cavaliers terá que vencer os dois jogos restantes para continuar na briga pelo segundo título de sua história. Cavaliers e Celtics voltam a se enfrentar na noite desta sexta-feira (25), às 21h30, na Quicken Loans Arena, com transmissão da ESPN para todo o Brasil.

Destaques do Celtics

Jayson Tatum (24 pontos e sete rebotes)

Jaylen Brown (17 pontos e três rebotes)

Al Horford (15 pontos e 12 rebotes / duplo-duplo)

Destaques do Cavaliers

LeBron James (26 pontos e 10 rebotes / duplo-duplo)

Kevin Love (14 pontos e sete rebotes)

Boxscore

Melhores Momentos

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 26 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

Deixe um comentário