19

abril

2017

13

Comentários

Jogo 2 – Celtics 97 x 111 Bulls

Abalado psicologicamente pela morte da irmã do armador Isaiah Thomas e pela inquestionável derrota em casa no primeiro jogo dos playoffs da Conferência Leste, contra o Chicago Bulls, o Boston Celtics complicou ainda mais a sua situação na pós-temporada. Em partida disputada na noite de terça-feira (18), no TD Garden, o Alviverde repetiu a péssima atuação da abertura da série, escancarou a sua falta de concentração e foi presa fácil para um motivado Bulls, que venceu por 111 a 97 e se aproximou da classificação para as semifinais de Conferência.

Mais uma vez, Isaiah Thomas foi o cestinha do Boston Celtics, com 20 pontos, mas mostrou um compreensível desgaste emocional pela tragédia familiar e sentiu a forte marcação do Chicago Bulls, principalmente de Rajon Rondo. O ala Jae Crowder, por sua vez, melhorou seu desempenho na quadra de ataque em relação ao primeiro jogo e anotou 16 pontos, só que manteve a displicência na defesa. Entre os reservas, destaque para o armador Marcus Smart, que fez 13 pontos e pegou oito rebotes.

No Chicago Bulls, os destaques foram o ala Jimmy Butler e o experiente ala-armador Dwyane Wade, que contribuíram com 22 pontos cada um. Velho conhecido do torcedor do Boston Celtics, o armador Rajon Rondo fez uma atuação espetacular e flertou com um triplo-duplo, anotando 11 pontos, 14 assistências, nove rebotes e cinco roubadas de bola em 40 minutos. Na rotação, o grande nome foi o alemão Paul Zipser, que contribuiu com 16 pontos.

Com duas vitórias em Boston, o Chicago Bulls pode garantir a classificação nos dois jogos seguidos que terá diante de sua torcida, no United Center, sendo que o primeiro deles será nesta sexta-feira (21), às 20h. Pressionado, o Celtics não tem outra saída e precisa de pelo menos um triunfo fora de casa para forçar a realização do Jogo 5, previsto para o TD Garden.

O jogo

Empurrado pela torcida, o Boston Celtics abriu 7 a 0 no início da partida, com cinco pontos de Isaiah Thomas, mas depois sofreu a virada e viu o Chicago Bulls abrir 12 pontos de diferença. Mesmo cortando o prejuízo e reassumindo a liderança no início do segundo quarto, o Alviverde sofreu com a disposição e as boas jogadas de Chicago, que levou uma vantagem de oito pontos para o intervalo.

No terceiro quarto, com Tyler Zeller tentando conter Robin Lopez no garrafão, o Celtics conseguiu se aproximar no placar e deu esperanças aos seus torcedores, só que a euforia durou pouco. Tranquilo e preciso diante de um rival nervoso, o Bulls recuperou a larga vantagem sem muitos problemas. No último quarto, com Boston mostrando o seu desespero na construção das jogadas e nos arremessos de longa distância, a franquia de Chicago continuou pontuando e garantiu a segunda vitória fora de casa nos playoffs.

Destaques do Celtics

Isaiah Thomas (20 pontos e quatro rebotes)

Jae Crowder (16 pontos e quatro assistências)

Marcus Smart (13 pontos e oito rebotes)

Destaques do Bulls

Jimmy Butler (22 pontos, oito rebotes e oito assistências)

Dwyane Wade (22 pontos e quatro rebotes)

Rajon Rondo (11 pontos, 14 assistências, nove rebotes e cinco roubadas de bola / duplo-duplo)