Prévia – Utah Jazz (34-20) x Boston Celtics (34-19)

Vice-líder da Conferência Leste após 53 compromissos na temporada 2016/2017 da NBA, o Boston Celtics tenta se manter em uma posição confortável na competição diante do Utah Jazz, em partida que será disputada na madrugada de sábado (11) para domingo (12), às 1h (horário de Brasília), na Vivint Smart Home Arena, em Salt Lake City, com transmissão do SporTV para todo o Brasil. Será o terceiro compromisso consecutivo do Alviverde como visitante contra equipes da Conferência Oeste e o segundo duelo contra o Jazz nesta edição da liga: no primeiro encontro, disputado no dia 3 de janeiro, em Boston, o Celtics venceu por 115 a 104.

Dono da quarta melhor campanha da Conferência Oeste, com 34 triunfos em 54 jogos e aproveitamento de 63%, o Utah Jazz está praticamente classificado para os playoffs e agora luta para manter ou melhorar a sua posição, que lhe daria mando de quadra no primeiro round. A franquia de Salt Lake City vem de derrota fora de casa, para o Dallas Mavericks, que encerrou uma série invicta de quatro partidas, e precisa se recuperar desse tropeço diante do Boston Celtics. Afinal de contas, Los Angeles Clippers, Memphis Grizzlies e Oklahoma City Thunder, equipes que estão abaixo do Jazz na tabela, ainda estão na briga para subir na tabela.

Contra o Boston Celtics, o técnico Quin Snyder terá duas baixas importantes no perímetro. O experiente armador George Hill se recupera de uma lesão no pé esquerdo, e o promissor ala-armador Rodney Hood sofre com uma contusão no osso do joelho direito. Dessa forma, os australianos Dante Exum e Joe Ingles devem ser titulares contra o Boston Celtics. Destaques da franquia de Salt Lake City, o ala Gordon Hayward e o pivô francês Rudy Gobert estão confirmados na equipe de Salt Lake City.

Longe de casa há quase uma semana, o Boston Celtics ligou o sinal de alerta com o tropeço diante do Sacramento Kings, mas se recuperou rapidamente com uma vitória emocionante sobre o Portland Trail Blazers, com direito a grandes atuações dos armadores Isaiah Thomas e Marcus Smart. Com uma pequena vantagem na segunda posição do Leste, o Alviverde quer aproveitar o jogo contra o Utah Jazz para não deixar o ritmo cair e pressionar o líder Cleveland Cavaliers, que foi derrotado pelo Oklahoma City Thunder na quinta-feira (9).

Diante do Utah Jazz, a equipe do Boston Celtics não poderá contar com o ala-armador Avery Bradley, que se recupera de uma lesão no tendão de Aquiles e só voltará a atuar em duas semanas. O ala Jae Crowder, que foi liberado do jogo contra o Portland Trail Blazers para resolver problemas particulares, deve recuperar a sua titularidade neste confronto, enquanto Marcus Smart, destaque na última partida, volta para a sua função de sexto homem e deixa a posição 2 para o calouro Jaylen Brown.

FICHA TÉCNICA

Local: Vivint Smart Home Arena (Salt Lake City, UT)
Horário (de Brasília): 1h
Transmissão: SporTV2 e NBA League Pass
UTAH JAZZ: Dante Exum, Joe Ingles, Gordon Hayward, Derrick Favors e Rudy Gobert. T: Quin Snyder
BOSTON CELTICS: Isaiah Thomas, Marcus Smart (Jae Crowder), Jaylen Brown, Amir Johnson e Al Horford. T: Brad Stevens

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda

Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando “Let’s go, Celtics!”, e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

9 Comentários

  1. Rodney Oliveira disse:

    Celtics 121 x 107 Jazz

    0

    0
  2. Sander disse:

    O Fáb de Melo foi encontrado morto em casa.

    0

    0
  3. Fernando C Silva disse:

    Celtics 113 x Jazz 109

    0

    0
  4. Lucas Oliveira disse:

    Aqui sim uma vitória para mandar embora a nuvem da derrota para o Sacramento!

    Sem Crowder novamente (aliás sem Crowder e sem explicação novamente), contra um jogador valorizado como o Hayward, contra o time que menos sede pontos na competição e mais uma vez dominamos completamente o Jazz e destruímos sua defesa.
    Grande destaque para a partida do Green com um percentual absurdo nos arremessos e para o Olynyk e seu QI que o fizeram deixar a quadra com 19 pontos, 7 rebotes, 3 assistências, 2 roubadas e 2 bloqueios, ótima performance nos dois lados da quadra.
    Smart deu um susto no terceiro quarto com uma torção de tornozelo, apesar de ter voltado a partida, espero que ao esfriar não se torne um problema.

    Só não entendi a opção de não voltar com o Brown e dar tanto tempo para o Young.

    0

    0
    • Lucas Oliveira disse:

      Pessoal sou só eu que estou encontrando problemas para acessar o site? Tenho acessado pelo tablet, ficou dois dias fora e agora não vejo os posts na página principal, só vejo o banner.

      0

      0
    • Mauricio Green disse:

      Lucas pelo q ouvi na transmissão da CSN o Crowder está com problema de saúde na família, mas deve enfrentar o Dallas segunda. Smart foi cãibra na paturilha esquerda, sem problemas
      O Brown que perdeu todo segundo tempo por ter destendido o quadril direito, hoje não vi nada da contusão.

      0

      0
  5. Barros disse:

    Parabéns Cabaleira e Green pela performance, IT4 você é ridículo!!!

    0

    0

Deixe um comentário