Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Ex-pivô do Celtics, Fab Melo morre aos 26 anos

O pivô brasileiro Fab Melo, 22ª escolha geral do Boston Celtics no Draft 2012, foi encontrado morto em sua casa na sua cidade natal, Juiz de Fora, vítima de um ataque cardíaco enquanto dormia. O pivô brasileiro jogou apenas uma temporada na NBA, a 2012-2013, pela equipe de Boston. Neste período, Melo atuou em 6 partidas, totalizando 36 minutos, 7 pontos, 3 rebotes, 2 roubos de bola e 2 tocos.

Fabrício Paulino de Melo nasceu em Juiz de Fora, Minas Gerais, no dia 20 de Junho de 1990. Por conta de sua altura e envergadura já avantajadas, Melo transferiu-se para os Estados Unidos, ainda adolescente, para uma escola de Ensino Médio na Flórida, conhecida por abrigar alunos brasileiros com aptidão esportiva: a Sagemont High School. Jogando pelo time da Sagemont, Melo chamou a atenção de alguns olheiros da NCAA e acabou optando para ir para a Universidade de Syracuse, jogar pelos Oranges.

Melo jogou por Syracuse durante 2 temporadas, antes de deixar a faculdade e declarar-se disponível para o recrutamento da NBA. Em sua última temporada no basquete universitário, Melo foi nomeado o Jogador Defensivo do Ano na conferência Big East. Sua destacada performance defensiva no basquete universitário acabou chamando a atenção das equipes da NBA, em especial o Boston Celtics. Com grande necessidade de um bigmen defensivo, o Celtics acabou por selecionar Fab Melo na 22ª escolha da 1ª rodada do Draft 2012.

Só que Melo acabou não correspondendo às expectativas em Boston e foi trocado logo após sua primeira temporada na NBA. Melo foi enviado ao Memphis Grizzlies, em troca do ala Donté Greene. Após a troca concretizada, a equipe do Tennessee acabou dispensando o brasileiro. Um mês depois, ainda durante a pré-temporada de 2013, o Dallas Mavericks assinou com Melo para o training camp da equipe. Às vésperas do início da temporada 2013-2014, o Mavericks acabou dispensando o brasileiro para finalizar seu elenco para a temporada regular. Este foi seu último time na liga americana de basquete.

Durante sua passagem por Boston, Melo foi inúmeras vezes enviado ao Maine Red Claws, equipe da Liga de Desenvolvimento da NBA afiliada ao Boston Celtics. Por lá, o pivô brasileiro teve algum destaque. No dia 22 de Dezembro de 2012, Melo registrou um notável triplo-duplo: 15 pontos, 16 rebotes e 14 tocos contra o Erie BayHawks. Ainda, os 14 tocos de Melo nesta partida tornaram-se o recorde da estatística na história da liga.

Após sua pequena passagem pela NBA, o pivô brasileiro rodou pela Liga de Desenvolvimento da NBA, pelo basquete brasileiro e pelo basquete porto-riquenho. Em 2016, Melo havia sido contratado pelo Brasília, onde jogava até então.

Em nome de todos os integrantes da Equipe Celtics Brasil, fica aqui o nosso voto de pesar aos familiares de Fab Melo. Desejamos força a todas as pessoas mais próximas dele neste momento tão difícil.

Author avatar
Fábio Malet
Gaúcho de Porto Alegre, bacharel em Ciência da Computação e engenheiro de softwares sênior. Apaixonado por esportes, tem o jornalismo como um hobby e pretende, futuramente, fazer pós-graduação na área. Acompanha NBA desde o começo de 2007 e, pé-quente, viu seu Boston Celtics ser campeão na primeira temporada inteira a que assistiu. Torce também para Grêmio, Tottenham Hotspur, Boston Red Sox e Green Bay Packers.

4 comentários

  1. Fernando C Silva

    Chocante. A causa do infarto foi divulgada?

  2. Gustavo

    Chocante também. Força à família

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.