Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

1962 – O primeiro titulo contra LA Lakers

Em 1962 mais uma vez, o Boston Celtics voltou para as Finais da NBA, desta vez para encarar o “novo” Los Angeles Lakers, que estava saindo de uma temporada maravilhosa. Para entender o começo da rivalidade destes dois times, é preciso retratar o novo Lakers, que havia mudado de Minneapolis para Los Angeles; e ressaltar que o Celtics vinha de tres conquistas consecutivas.

Lakers – O inicio em Los Angeles

Com seu sucesso nos playoffs de 1961, o Lakers rapidamente reuniu um grande público de pessoas em Los Angeles, tornando-se uma franquia popular. Entre as celebridades que começavam a assistir seus jogos estavam: Doris Day, Danny Thomas, Dinah Shore e Pat Boone, os jogos do Lakers se tornavam um lugar onde as grandes estrelas se encontravam.

Para a nova franquia de LA, era um ano onde tudo parecia dar certo. Até mesmo seu único revés durante a temporada regular tinha suas vantagens. Elgin Baylor, ala da equipe e um dos principais jogadores do Lakers junto com o Jerry West, começou o ano como um terror, mas foi chamado em dever de reserva para com o Exército em Fort Lewis, Washington. Como resultado, ele foi capaz de aparecer em apenas 48 partidas da temporada regular.

Baylor participava do elenco principal nos fins de semana e quando o fez, estava pronto e praticamente imparável. Sua média de 38,3 pontos por jogo perdeu apenas nesta estatística para o prodigioso Wilt Chamberlain (que jogava no Philadelphia).

A união do Lakers fez um belo time, principalmente em 1962.  “Foi um ano agradável”, lembrou Baylor. “A nossa camaradagem era grande. Dentro e fora da quadra, fizemos coisas juntos. Tivemos um ao outro. Como uma equipe que se esforcou todas as noites.”

Mesmo com a agenda “problematica” de Baylor, a harmonia do Lakers foi traduzida em sucesso e a equipe faturou a Divisão Oeste com um recorde de 54-26, e futuramente ganhando do Detroit nas Finais da Divisão Oeste.

O Lakers tinha o seu oponente nas finais da NBA, o Boston Celtics que ganhou do Philadelphia de W.Chamberlain, o que deixou o técnico do Lakers (Fred Schaus) um pouco aliviado. “Nós não temos jogo no garrafão’’ disse Schaus, podemos concluir que ele estava falando que foi bom não enfrentar o poder de Chamberlain no garrafão, porém o Celtics tinha Bill Russel, mas este não teria o poder ofensivo de Chamberlain.

A nova franquia de LA tinha alguém para conduzi-los: seus dois jovens astros pareciam destemidos. “Tanto West e Baylor tiveram playoffs fantástico”, lembrou Schaus. E foi nessa situação que as batalhas dos jogos das Finais da NBA 1961-62 começaram!

Final 1962 – Celtics X LA Lakers – A segunda decisao, mas a primeira em LA

No primeiro jogo das Finais o Celtics ganhou do Lakers no Boston Garden por 122-108, mas o time de LA se recuperou na noite seguinte com uma virada de 129-122 que enviou o terceiro jogo para sua casa empatando a série (1-1). Um público recorde de 15.180 lotou a Arena Sports em LA, e esta torcida ajudou a equipe da casa nos momentos finais.

Jerry West roubou a bola de Sam Jones (PG do Celtics) faltando exatamente quatro segundos para o término do jogo e conseguiu fazer uma bandeja no soar da campainha, fazendo 2-1 para o Lakers na Final e levando a multidão à loucura, mas o Celtics prontamente matou qualquer pensamento de quase término da série em Los Angeles, ganhando o jogo quatro por 115-103 e empatando novamente a grande decisao.

O quinto embate da série foi realizado em Boston e a equipe da casa não conseguiu conter Elgin Baylor, que marcou 61 pontos e 22 rebotes, e o Lakers novamente estava perto do título (126-121), o especialista no setor defensivo do Celtics, Satch Sanders, contemplou a bela partida de Baylor. “Elgin era apenas uma máquina”, disse ele. Questionado sobre sua noite de pontuação grande, Baylor disse: “Tudo que eu lembro é que ganhamos o jogo. Eu nunca pensei sobre quantos pontos eu tinha”.

Novamente o Celtics evitou a derrota na final e empatou a série (3-3) em Los Angeles por 119-105.

Jogo 7

Numa quarta-feira, 16 de abril os dois rivais se enfrentaram no jogo 7 em Boston, Na partida derradeira a equipe de Boston se manteve a frente do Lakers por muitas vezes durante o jogo. No ultimo quarto o Lakers empatou (100-100) nos minutos finais alternando jogadas com seus principais jogadores (Baylor, West, Selvy). Com 18 segundos restantes para o final do jogo, o Celtics teve a posse da bola e Frank Ramsey (SF/SG) errou o gancho que fez, Schaus logo pediu tempo e assim o Lakers tinha com 5 segundos a possibilidade de acabar com a hegemonia do Celtics na NBA, mas não foi isso que aconteceu. Selvy (PG do Lakers) errou o chute e no rebote para assegurar o OT estava lá Bill Russel.

No OT o Celtics confirmou seu reinado na NBA, com seu 4º título seguido, ao vencer por 110 x 107 com Sam Jones marcando cinco dos seus 27pts na prorrogacao  e Bill Russel sendo o melhor jogador. Assim o Lakers só pode se debruçar no que poderia ter acontecido se a bola de Selvy entrasse.

Baylor disse : “Eu pensei que o Cousy (PG do Celtics) fez falta no Selvy, pois ele chutou de um lugar que era seu preferido, eu estava numa posição boa para o rebote, mas alguém atrás de mim me empurrou para a direita, eu vi o Sam Jones e o Bill Russel atrás de mim’’.

Alguns anos mais tarde Baylor, assistiu uma cópia do filme do jogo e confirmou o que ele havia suspeitado. Sam Jones realmente tinha empurrado Baylor para fora de quadra, longe do rebote. Jones depois brincou sobre isso com ele e admitiu o fato.

Ao final do jogo o Boston Garden explodiu de alegria, e pelo quarto ano consecutivo, a torcida invadiu a quadra, saldando os heróis do time, que formavam uma dinastia. Russel fez o maior double-double de uma final, 30 pontos e impressionantes 40 rebotes, que foram um dos principais motivos da vitória Celta.

PS: Celtics e Lakers ja haviam disputado uma final em 1959, mas naquela epoca a franquia Lakers ainda estava em Minneapolis. Portanto essa foi a primeira final do Boston Celtics contra o Lakers em Los Angeles.

Fonte: www.nba.com/history

Author avatar
Redação Celtics Brasil

26 comentários

  1. José Roberto

    Simplesmente espetacular, não bastasse o Michael Jordan fazer 66 pontos no Garden em 86, o Elgin Baylor fez 61 pontos nessa final. Concerteza deve ser a maior pontuação em finais da NBA, pois esse era o recorde em playoffs antes do jordan superar esse número tambeḿ espetacular do Baylor .

    Muito Bom

  2. José Roberto

    Agora tem uma questão pendente, o Jordan fez 66 pontos com a prorrogação nesse jogo cinco da final não teve prorrogação?

  3. Daniel Ferreira

    Grandes momentos da história celta que representam nossa imensa grandeza como franquia e mesmo com revés sempre é um candidato ao titulo. Simplesmente imcomparável…Bill Russell com 40 rebotes e 30 pontos? Caraca precisamos de um center assim na atualidade kk’

  4. Lucas Lemuel

    Os títulos do Lakers qnd eram em Minneapolis conta como títulos do Lakers em LA??
    Alguem pode me explicar direito isso, Agradeço.

  5. Luís Fernando Ozelim

    porra… muito bom esse post.

    espero por mais desses!

  6. José Roberto

    é verdade Flávio, obrigado pela correção

  7. Chris

    Lindo post boa noticia como essa muito impressionante ver o historial entre 2 rivalidades como Lakers e Boston.
    Na verdade algo k da saudades tanto pra torcida lakers e celta: Larry Bird – Magic Johnson, pra quem acompanha a NBA desde os anos 80 sabe do que estou falando.

  8. Raul toledo

    Pietrus treinou pela primeira vez e postou que é bom ser um celta. Pode estrear nesta quarta, apesar de admitir que precisa de duas semanas para voltar ao ritmo, afinal ele ficou 8 meses parados. Excelente defensor e bom 3pt shooter, com certeza é peça chave para tentarmos estabilizar na regular season e chegar bem aos playoffs. 18!!

  9. Gahhh

    otimo o pietrus voltar

  10. Plácido Alexandre

    Aê o site ta com muito poucas noticias do Celtics,estão se esquecendo do sinal verde e etc…

    E por favor não me digam que não tem noticias porque tem…Não são muito importantes mais faz uma rapidinhas e tal,tem a cirurgia do Green e etc.

    • Daniel Ferreira

      não sei se você sabe mas tanto quem posta como organiza o site e tal é fan são pessoas normais assim como vc deve ser trabalham,estudam e tudo mais…exigência é osso.Também queria que o pessoal fizesse mais post’s mas eu acho que eles não estão tendo muito tempo se liga aí 😉

  11. Kobe

    Kobe marcou 48 pontos ontem!

  12. Felipe Smith

    kkkkkkkkkkk
    sacanagem Daniel Ferreira. O Kobe jogo muito mesmo.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *