Finais do Leste (Jogo 3) – Cleveland Cavaliers (0-2) x Boston Celtics (2-0)

Após abrir uma excelente vantagem de 2 a 0 nas Finais da Conferência Leste da NBA, o Boston Celtics viaja para o estado de Ohio e enfrenta novamente o Cleveland Cavaliers, na noite deste sábado (19), às 21h30 (horário de Brasília). A Quicken Loans Arena, palco do primeiro jogo da temporada 2017/2018, foi também cenário para a trágica lesão sofrida pelo astro Gordon Hayward nos primeiros cinco minutos de jogo, colocando em xeque a tão esperada campanha que levaria o maior campeão da história da NBA a brigar novamente por títulos. No entanto, após emocionantes sete meses e muitas mudanças, a franquia de Massachusetts encontra-se novamente brigando por uma vaga nas finais.

Relembre os jogos anteriores da série entre Boston Celtics e Cleveland Cavaliers:

Jogo 1 – Celtics 108 x 83 Cavaliers

Jogo 2 – Celtics 107 x 94 Cavaliers

Os números demonstram a superioridade da defesa celta contra o ataque de Cleveland, liderado por LeBron James. O time de Ohio, na temporada regular, manteve uma média de 110.9 pontos marcados por jogo, enquanto nos playoffs a média é de 106.7 pontos por jogo, considerando somente as séries contra o Indiana Pacers e Toronto Raptors. Porém, nos dois primeiros jogos das Finais da Conferência Leste, a média foi drasticamente derrubada para 88.5 pontos por jogo. A forte pressão exercida pelos marcadores de Boston tem causado um abismo nos turnovers cometidos pelas duas equipes, já que o Cavaliers cometeu 24 erros, enquanto o Celtics somente 14.

A rotação formulada pelo técnico Brad Stevens vem sendo bem sucedida. Desta forma, o comandante celta não deverá promover mudanças no time titular, já que a pressão para realizar ajustes foi completamente deslocada para o lado do Cavaliers. Após o treino da última quinta-feira (17), Stevens elogiou muito a sua defesa, dizendo que “esses caras têm sido incríveis marcando com a fisicalidade apropriada, sem fazer faltas, sendo duros e cobrindo uns aos outros. Isso é algo que queríamos ser durante todo o ano. Nós queríamos ser um time melhor defensivamente.”

Muito embora este jogo seja considerado crucial para o time de Cleveland, já que uma derrota significa estar numa posição de desvantagem nunca antes revertida na história da NBA, não se sabe ainda se o técnico Tyronn Lue irá manter a estratégia da última partida, que deu certo somente até o meio do segundo quarto de jogo. LeBron James, que fez um excepcional primeiro quarto, apesar de ser atualmente um dos melhores jogadores do planeta, não pode fazer tudo.

A marcação desenhada por Brad Stevens tem sido capaz de conter o elenco de apoio de James, ocasionando, assim, o cansaço prematuro do camisa 23 de Cleveland. O Cavaliers venceu seus últimos 5 jogos em casa nestes playoffs e, para tentar manter a sequência, Lue quer ver sua equipe com um “senso de urgência, atacando logo cedo”, como dito aos jornalistas após o treino da última sexta-feira (18).

FICHA TÉCNICA

Local: Quicken Loans Arena (Cleveland, OH)

Horário (de Brasília): 21h30

Transmissão: ESPN e NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Terry Rozier, Jaylen Brown, Jayson Tatum, Marcus Morris e Al Horford. Treinador: Brad Stevens

CLEVELAND CAVALIERS: George Hill, J. R. Smith, LeBron James, Kevin Love e Tristan Thompson (Kyle Korver). Treinador: Tyronn Lue

Publicidade

Eduardo Quirino
Eduardo Quirino
Eduardo, 31 anos, nascido em Niterói/RJ mas é Resendense de coração. Bacharel em Direito, estudante de Administração e flamenguista, é apaixonado por esportes e envolvido com o basquete desde os 14 anos. Ex-pilar do Volta Redonda Rugby, ex-capitão do Resende Rugby e atual ala-pivô do Basquete Resende, tem como espelho a lenda Kevin Garnett, razão pela qual começou a torcer para o Boston Celtics em 2008. KG se foi, mas o amor pelo Celtics é pra sempre! Sou um dos calouros do Celtics Brasil e espero vê-los muitas vezes por aqui!

21 Comentários

  1. Publicidade

  2. marco_rio5 disse:

    Avante Celtão. Temos que Vencer mais essa Batalha

    2

    -1
  3. Fernando Silva disse:

    Espero que Lue não faça mudanças nos Cavs. Assim já saberemos o que nos aguarda.

    O jogo dos Cavs, se mantida a escalação, será parecido com os Q1 e 2 do jogo 2.

    Espero por duelos do James contra todos da nossa defesa.

    Morris, Brown, Smart e Baynes precisam ter especial cuidado para não ficarem logo pendurados em falta.

    4

    0
  4. phabio passos disse:

    Bem isso depende dos juizes, que gosta de proteger essas de porcelanas, eles nao mesma falta pra os dois time,gostam de ajuda timinhos modinhas…….e para os cara de porcelanas…. VAMOS CELTICS…

    4

    2
  5. Juliana Daniel candido disse:

    Hj vamos abrir 3×0. Bora vencer maior da NBA

    0

    0
  6. Jandir disse:

    alguma site em que eu possa acompanhar o jogo?

    0

    0
  7. Júnior M disse:

    Morris amassando o aro, embora marcando muito o Lebron

    3

    0
  8. Sander disse:

    O Monroe nao acerta uma rotação defensiva.

    1

    0
  9. Tiago Oliveira disse:

    Tá difícil hoje, time errando muito dos 2 lados, os juizes ainda marcando algumas faltas duvidosas. Mas Tentar fechar o 1º tempo com a diferença de no máximo uns 15, da para virar, 3º quarto o time sempre vem melhor.

    1

    0
    • Júnior M disse:

      Pois é Tiago.
      O time é talentoso, mas realmente falta um “algo a mais” longe do TD Garden.

      Expectativa do Celtão, sem Hayward e Irving, amassar o aro nos momentos de baixa é normal; porém, a defesa falhar, aí sim é de assustar.
      Na boa, não achei a defesa do Cleveland tão alinhada, mas sim o Celtics muito mal nos arremessos iniciais, oq conferiu uma baixa “na moral” na parte ofensiva.

      Aliado a isso, até o J.R.S acertando arremesos, fica complicado.

      3

      0
  10. Fabrício disse:

    Só eu estou achando o time hesitante demais em alguns arremessos?

    0

    0
  11. Marcos disse:

    Brad loucaaaaaço colocando yabuce (2 to) e Monroe.
    Horford amarelado fortemente na marcação do James.

    Vamos aproveitar a juventude e tentar a virado no 2nd tempo.

    Abs verdes

    0

    0
  12. Tiago Oliveira disse:

    O jogo foi para o ralo já, o celtics amarelou hoje. Espero que o time não se perca na segunda. Abs e até segunda. (e a queda de lebron ein, tudo para lá o juiz da falta, vergonhoso)

    2

    0
  13. Marcos disse:

    Acho meio bobeira abrir mão do jogo logo no 1o quarto.
    Jogo de segunda é o jogo da temporada.

    Abs verdes

    0

    0
  14. Fernando Silva disse:

    Dia ruim. Paciência. Cabeça no lugar e vamos para a próxima.

    5

    0
  15. Daniel disse:

    Acho incrivel como qualquer jogada ou lance duvidoso com Lebron é sempre pró Lebron , arbitragem paga demais para o Lebron , mas é claro que o Celtics perdeu porque jogou muito mal , acho que hoje so o Tatum se salvou , infelizmente ataque e defesa muito abaixo , mas temos Brad Stevens , então o próximo jogo será muito diferente , então se prepara Lebronzinho

    1

    0
  16. marco_rio5 disse:

    Infelizmente hoje tomamos uma surra. Time nãos e achou em quadra. Nossa defesa não funcionou e os Cavs dominaram o garrafão. Love dominou os rebotes (14). Acho que precisamos achar essa eficiencia defensiva para garrafão. Tambem as bolas de fora dos caras hoje caíram todas. O proprio Stevens estava atordoado na entrevista pós jogo. Parece que não acreditava no massacre. Acho que o momento é trabalhar o emocional da garotada. Tentar fazer um jogo mais parelho na proxima. Trazer a moral de volta ao time. Reforçar essa defesa.Começar o jogo mais forte. Se tomar outra surra dessas no proximo jogo, Adeus Série. Vai abalar o psicológico da garotada.

    2

    0
  17. L.Gabriel disse:

    Quando vi o TT fazendo bloqueio pra arremesso de três e correndo pra pega o rebote… Tava feio mesmo. Enfim o jogo de segunda é mais importante ainda. Cavs vem cheio de moral, ganhar o jogo de segunda e jogar um balde de agua fria e correr pro abraço…
    Segundo jogo que LJ vem forte no primeiro quarto, gosto muito do ojeleye pra marcar, poem o cara e nem que faça 5 falta so no primeiro quarto, mas tenta dar uma segurada, e deixe os pontuadores pro jogo…

    1

    0
    • marco_rio5 disse:

      O que me deixa irado é quando o Stevens coloca o Yabusele Tanajura em quadra. Como um cara com aquela pança consegue jogar na NBA?

      0

      0
  18. Fernando Silva disse:

    Defensivamente fomos mal e ficamos frustrados no ataque.

    O jogo se resolveu no Q1. Depois até que diminuímos o ritmo de ampliação da vantagem, porém sem conseguir recuperar o espaço perdido.

    Tivemos alguns momentos em que a bola para cortar a diferença para 10 pts estava na mão mas…

    Calma. Tranquilidade. Foi um jogo ruim da melhor defesa da season contra um baita ataque (e fora de casa).

    Os Cavs optaram por James, Love e TT dentro do nosso garrafão. Morris, AH e Baynes/Monroe têm que dar conta.

    Stevens chegou a permitir Smart vs. Love. A diferença de altura é nítida para este embate na área pintada.

    0

    0
  19. Fernando Silva disse:

    Wyc Grousbeck falou à WBZ

    “Não tenham dúvidas de que eu estou disposto a pagar para termos um elenco de alta performance aqui. Nós estamos preparados para fazer o que for necessário e possível para vencermos novamente”.

    Acho que Smart fica.

    1

    0
    • marco_rio5 disse:

      Nesse caso, acho melhor ele contratar um cara dominante de garrafão. Não temos esse cara no elenco. Yabusele Tanajura, Baynes não tem grande mobilidade. Horford sozinho não vai segurar a onda. Cavs está voltando a série graças ao seu jogo de garrafão. Eles estão ganhando a grande maioria dos rebotes. Smart é muito bom, quando pago num preço justo. O Empresário dele quer salário de Allstar. Então pode sair que não faz tanta diferença. Smart não é o cara da bola decisiva. Hoje nossa posição mais carente é garrafão, e ali o Smart não se encaixa

      0

      0

Deixe um comentário