Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Mundial – Oitavas – 04/09

 Confira aqui os resultados e os melhores momentos dos dois primeiros jogos das oitavas de final: Sérvia X Croácia e Espanah X Grécia.

Os dois primeiros confrontos das oitavas de final foram muito emocionantes, decididos apenas nos últimos instantes. Acompanhe abaix breves análises dos duelos:

Sérvia 73 X 72 Croácia

No início da década de 1990, Sérvia e Croácia eram parte de um mesmo país: a Iugoslávia. Por conta de confrontos ideológicos e políticos, a Iugoslávia foi dividida entre sete países. Dentre eles, os dois que mais se odeiam são os sérvios e os croatas. Ou seja, Sérvia e Croácia fizeram o segundo clássico de uma rivalidade histórica no mundial. O primeiro deles foi Grécia e Turquia.

Agora vamos ao jogo. Mesmo desfalcada de muitos bons jogadores, a Croácia veio determinada a vencer o duelo. Com um taque de muita intensidade e uma forte marcação, os croatas abriram grande vantagem no primeiro quarto (27 a 19). Já no segundo a Sérvia acordou, e soube conter o ataque croata, que marcou apenas 9 pontos no quarto, contra 15 dos sérvios. Na volta do intervalo, nenhuma equipe conseguiu assumir o controle da partida, que passou a ser muito truncada e disputada.

No quarto final as duas equipes tinham chances de vencer. A Sérvia chegou a abrir sete pontos de diferença, mas o croata Marko Popovic apareceu para salvar sua seleção convertendo uma cesta de três pontos. Os sérvios tentavam abrir vantagem, mas os croatas sempre escotavam. Os segundos finais foram marcados por erros bobos dos dois lados. Restando 1s, Aleksandar Rasic teve a chance de liquidar a partida: após sofrer falta, acertou o primeiro lance livre, 73 a 72 Sérvia. O segundo Rasic errou propositalmente para não dar chance de arremesso ao adversário. Após muito sufoco, a Sérvia está nas quarats de final.

Destaques da partida

Sérvia

Nenad Krstic: 16 pontos, 3 rebotes
Aleksandar Rasic: 15 pontos, 3 assistências, 2 roubos
Kosta Perovic: 10 pontos, 3 rebotes

Croácia:

Marko Popovic: 21 pontos, 5 rebotes, 5 assistências, 2 roubos
Roko Ukic: 11 pontos, 4 rebotes, 4 assistências
Marko Banic: 10 pontos, 7 rebotes

Confira abaixo os melhores momentos da partida:

http://www.youtube.com/watch?v=MmGgcxHcBpc

Espanha 80 X 72 Grécia

Após quatro anos, espanhóis e gregos duelavam novamente. Assim como a final de 2006 no Japão, Pau Gasol não jogou, mas naquela ocasião o time espanhol massacrou a Grécia, o que não se repetiu desta vez.

Os gregos começaram melhor e tiveram a liderança no placar durante quase todo  primeiro quarto, quase porque no final do primeiro período a Espanha assumiu a dianteira no placar. No segundo quarto, com uma forte marcação por zona, os espanhóis conseguiram abrir uma boa vantagem: 36 a 31 no intervalo de jogo.

Na volta dos vestiários começou o bombardeio grego em bolas de 3 pontos. A Grécia, que até então não havia acertado nenhum arremesso de três pontos, passou a ter o domínio do jogo, com uma sequência de nove pontos graças a estes arremessos. A Espanha só conseguiu reagir graças ao melhor jogador do Final 4 da última Euroliga: Juan Carlos Navarro. Navarro passou a responder a todas cestas de três da Grécia, impedindo que os gregos abrissem uma grande diferença no placar.

No último quarto, assim como no primeiro jogo do dia, as duas equipes tinham chances de vencer. Mas os espanhóis souberam conter a principal arma grega. Com uma forte marcação no perímetro, os gregos não conseguiam mais acertar os arremessos de três pontos, e no garrafão tinham de contar com a pontaria no lance livre de Schortsanitis, que sempre era parado com falta. Sem encontrar um novo plano ofensivo, a Grécia foi facilmente “domada” pela Espanha.

Com esta derrota, os gregos continuam fregueses dos espanhóis. A Grécia sofreu sua sexta derrota consecutiva em torneios internacionais para os espanhóis: Final do Mundial 2006 (70 X 47), 2° round Eurobasket 2007 (76 X 58), Semifinal Eurobasket 2007 (82 X 77), Primeira fase das Olímpiadas 2008 (81 X 66) e Semifinal do Eurobasket 2009 (82 X 64).

A má notícia da partida é que Dimitris Diamantidis anunciou sua aposentadoria da seleção grega. Diamantidis fará muita falta aos gregos.

Destaques da partida.

Espanha:

Juan Carlos Navarro: 22 pontos
Rudy Fernandez: 14 pontos, 2 rebotes
Sergio Llull: 9 pontos
Felipe Reyes: 6 pontos, 10 rebotes

Grécia:

Dimitris Diamantidis: 16 pontos, 4 rebotes, 2 assistências, 2 roubos, 2 tocos
Nikos Zisis: 16 pontos, 4 rebotes
Sofoklis Schortsanitis: 13 pontos, 4 rebotes
Antonis Fotsis: 12 pontos, 7 rebotes, 2 roubos
Vassilis Spanoulis: 12 pontos, 3 assistências, 2 rebotes

Veja abaixo os melhores momentos do jogo:

http://www.youtube.com/watch?v=Oja1knXI2V0

Pelas quartas de final, Sérvia e Espanha se enfrentam na quarta-feira (08/09) ao meio dia.

Por: Flávio Catandi

Author avatar
Flávio Catandi
Jornalista e Radialista apaixonado por basquete. Participa do Celtics Brasil desde 2008. Já foi redator, colunista e hoje é editor do site. Nas horas vagas gosta de escrever roteiros e gravar curtas e documentários. Pode ser encontrado na cidade de São Paulo com uma camiseta Celta.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.