Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Portland Trail Blazers (23-30) x Boston Celtics (33-19)

Derrotado pelo Sacramento Kings no primeiro dos quatro jogos seguidos que terá fora de casa contra equipes da Conferência Oeste, pela temporada 2016/2017 da NBA, o Boston Celtics terá, na madrugada de quinta para sexta-feira (10), uma rápida oportunidade de recuperação diante do Portland Trail Blazers, em partida que começa às 1h30 (horário de Brasília) e será disputada no Moda Center. Será o segundo duelo entre Blazers e Celtics nesta edição da liga: no dia 21 de janeiro, em Boston, a franquia de Portland venceu na prorrogação por 127 a 123.

Na briga pela classificação para os playoffs da Conferência Oeste, o Portland Trail Blazers venceu quatro dos sete jogos que disputou depois do duelo contra o Boston Celtics, sendo o mais espetacular deles na terça-feira (7), diante do Dallas Mavericks, com uma cesta de CJ McCollum no último lance. Além de jogar em casa contra o Celtics, Portland tem uma motivação extra nesse duelo: se vencer, a franquia de Oregon ultrapassa o Denver Nuggets e assume a oitava posição do Oeste.

Diante do Boston Celtics, o técnico Terry Stotts não poderá contar com o pivô Festus Ezeli, que se recupera de uma lesão no joelho esquerdo, e com o ala Evan Turner, em recuperação de um problema na mão direita. Sem Turner, o quinteto titular do Blazers deve contar com Maurice Harkless na posição 3. Destaques da franquia de Oregon, o armador Damian Lillard e o ala-armador CJ McCollum estão confirmados contra o Celtics.

Vice-líder da Conferência Leste, o Boston Celtics iniciou a série de jogos na Conferência Oeste com a confiança nas alturas, mas o tropeço inquestionável diante do Sacramento Kings colocou o Alviverde em estado de alerta. Como o tempo de descanso e preparação entre essa derrota e o jogo contra o Portland Trail Blazers é muito curto, o Celtics confia no poder de reação de seus atletas para voltar a vencer e continuar a perseguição ao líder Cleveland Cavaliers.

Na partida contra o Portland Trail Blazers, a equipe do Boston Celtics continua com um desfalque de peso: com problemas no tendão de Aquiles, o ala-armador Avery Bradley só deve voltar a jogar depois do All-Star Game. Sem Bradley, o calouro Jaylen Brown continua como titular na posição 2. A esperança de vitória, mais uma vez, está nas mãos do armador Isaiah Thomas, segundo maior pontuador da temporada 2016/2017.

FICHA TÉCNICA

Local: Moda Center (Portland, OR)

Horário (de Brasília): 1h30

Transmissão: NBA League Pass

PORTLAND TRAIL BLAZERS: Damian Lillard, CJ McCollum, Maurice Harkless, Noah Vonleh e Mason Plumlee. T: Terry Stotts

BOSTON CELTICS: Isaiah Thomas, Jaylen Brown, Jae Crowder, Amir Johnson e Al Horford. T: Brad Stevens

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

5 comentários

  1. Temos que vencer hoje, porém, tem que entrar em quadra com sangue nos olhos se não vai perder fácil para o Portland.

  2. Fernando C Silva

    Celtics 113 x Blazers 108

  3. Lucas Oliveira

    Alguém sabe o que aconteceu com o Crowder? Única coisa que encontrei foi que ele estava fora para “ficar com sua família” e que não estava claro se ele perderia mais jogos.

  4. Lucas Oliveira

    Bom…. Não foi bonito, mas considerando que dois dos jogadores mais importantes na defesa e no suporte ao ataque estavam fora e o déficit recuperado, foi uma boa vitória.
    Isaiah sempre nosso melhor pontuador, mas foi uma boa partida do Smart que saiu como titular, com 18 pontos, 5 assistências, 5 rebotes e 5 steals (!). Bom ver o conjunto ajudando com 4 dos 5 titulares terminando em dois dígitos e mais 3 reservas também.
    Se o Crowder não voltar o jogo contra o Jazz vai ser complicado, espero que o time volte inteiro depois dá All Star Week.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.