Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Rapidinhas 18/03/10

Confira algumas rápidas notícias e pitacos do Boston Celtics e da NBA.

RETA FINAL: Depois dessa pequena excursão na costa Oeste contra Houston Rockets (18/03), Dallas Mavericks (19) e Utah Jazz (22), o Boston Celtics fará 6 jogos seguidos em casa, 5 deles ainda enfrentando times da costa Oeste, Denver (24), Kings (26), Spurs (28), Thunder (31) e Houston (02/04). Para fechar essa sequência em Boston, nada mais nada menos que o Cleveland Calaviers (04/04).

Seria uma boa prova da nossa recuperação em casa se vencessemos todas as 6 partidas, difícil, mas não impossível.

Os torcedores estão animados com as últimas apresentações da equipe, não pelas vitórias em si, pois os últimos times são frágeis, mas sim pela evolução e qualidade do jogo do time e principalmente pela significativa melhora na energia e vontade dos jogadores.

Vencer Denver e Cavs principalmente, seria extremamente importante para mostrar nossa força na liga, assim como vencer Thunder que vem muito bem e surpreendendo muita gente e ainda o Spurs que tem muita tradição e é time grande.

Além disso, fazer bons jogos nessa mini excursão à costa Oeste, é muito importante, o time voltaria com muita moral pra casa, caso vencesse os jogos contra Dallas e Utah.

PERKINS: Não é nenhum segredo que o desempenho de Perkins caiu drásticamente nos últimos meses, Perkins pegou rebotes em dois digitos apenas uma vez nas últimas 6 semanas, até então, a última delas foi contra o Lakers onde Perk pegou 14 rebotes em 18 de fevereiro. Depois de ter médias de 9.6 pontos por jogo em janeiro, o rendimento caiu muito e foi para a casa dos 5.9 no último mês e meio. Porém o jogo dele está melhorando, ele voltou a jogar bem embaixo do garrafão e a limpar o perímetro, assim Perk pegou 12 rebotes contra o Knicks em apenas 22 minutos e foi o maior reboteiro da partida.

“Ele está melhorando muito, os últimos 3 ou 4 jogos dele foram ótimos, a energia dele voltou”. “Ele está correndo pela quadra, correndo para a base, para o garrafão, está excelente”, disse Doc Rivers.

GARNETT: Garnett não estava se importanto muito com as estatísticas de seu jogo em 9-11 arremessos para 22 pontos em 24 minutos.

“Eu poderia me importar menos”, disse Garnett sobre sua eficiência em quadra. “Estou feliz por que tivemos uma grande vitória e os titulares puderam descançar no último período. Tive bastante energia na maior parte do tempo, é o que eu venho fazendo esse ano, e é o que eu vou continuar à fazer. Eu poderia me preocupar mais com os 9-11 arremessos ou com os 0-4, tanto faz, o que importa é o +1 na coluna de vitórias”.

“Sabe que eu tenho a dizer uma coisa sobre esse time: Você pode pegar os titulares, você pode pegar os cinco aqui, estes cinco primeiros “, disse Garnett, apontando para o “box score” na frente dele.” Este 11-17 [por Pierce], este 9-11 [por Garnett], este 3-6 [por Ray Allen]. Isso pode mudar a qualquer momento. Defesas diferentes e em diferentes momentos (noites) vão permitir aos jogadores certos ter certas em noites como esta. Isto virá de dois ou três caras por aqui”.

“Nos preocupamos primeiro em defender, pegar rebotes, dar tocos, porque os pontos virão de um ou de outro, essa noite foram eu e Pierce, outra noite pode ser Rondo, Perk, Ray, pode vir de qualquer um, mas primeiramente temos que nos concentrar em fazer um bom jogo defensivo”.

BILL WALKER: “Todo dia, todos os treinos, eu defenitivamente tentava marcar Pierce para tentar aprender seus movimentos, como ele se movimentava, assim como com Ray, tenho muito respeito por esses caras, principalmente por KG”.

SHELDEN WILLIAMS: “É necessário e ele está me mostrando alguma coisa”, disse Rivers, perguntado se Williams está jogando mais por necessidade ou por capacidade, “ele está sendo grande o ano todo. Quando ele parou de jogar, ele jamais parou de trabalhar duro, e nós dissemos aos outros “Big Man” do time, Se voces não trabalharem direito, nós iremos com Shelden, se ele não for bem, voces voltam. “Mas agora acho que todos tem lugar nessa equipe”, disse Rivers.

Williams não é nenhum craque, mas tem médias de 4.3 pontos e 1.9 rebotes em 8 minutos em todos as suas aparições (7 jogos) nesse mes de março. Williams foi parte integral desse time nos primeiro 27 jogos da temporada (Boston teve campanha de 24-3 nessa corrida) com médias de 4.4 pontos e 3.4 rebotes em outubro. Outro ponto é que desde que Shelden retornou ao time, Davis entra em quadra com muito mais energia, talvez, pela sombra da presença de Shelden no banco de reservas. O “esforço” de Wallace abriu tempo adicional para Williams se provar novamente.

Por: Rafael Forner

Author avatar
Redação Celtics Brasil

4 comentários

  1. Rafael Forner

    É, não foi tão rapidinha assim …

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. A vida de um reserva nunca é fácil né.
    Imagina ter que marcar o Pierce todo santo dia !
    Depois ter que tentar infiltrar com o KG te esperando…

    Que belezaaaaaaaaaa
    rs

  3. Robert William Carlos

    apesar dos pesares, eu prefiro mil vezes o Shelden q o Sheed embaixo do garrafão

  4. joao

    o shelden eh um pivo q tem presença de garrafao….axo q deveria tirar o big baby e dxa como reserva de pf o sheed e como pivo o shelden…ele eh um pivo muito forte e defensivo como o perkins,…..vale mto apena abrir mao dos minutos do big baby para ver um pivo bom q no ultimo jogo jogou bem ofensivamente como 7min e 8pts….

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.